fbpx

Audiência entre Álvaro Dias e Fátima Bezerra termina sem acordo, e decretos conflitantes seguem valendo

Terminou por volta das 17h30 desta quarta-feira 10, sem acordo, a audiência de conciliação entre a governadora do Rio Grande do Norte, Fátima Bezerra (PT), e o prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), para discutir um alinhamento de ações no enfrentamento à pandemia da Covid-19 no Estado.

A reunião virtual, presidida pelo desembargador Dilermando Mota, do Tribunal de Justiça (TJRN), durou cerca de 2 horas e 40 minutos e foi marcada por advertências dadas pelo magistrado ao prefeito e, principalmente, à governadora.

Sem acordo, seguem valendo os dois decretos editados por Álvaro e Fátima no último fim de semana com medidas restritivas divergentes.

O desembargador lamentou a falta de consenso. Ao encerrar a reunião, Dilermando Mota disse que um acordo “daria um norte” aos cidadãos sobre que medidas adotar para conter o avanço da pandemia no Rio Grande Norte.

“A sociedade, além de estar lutando contra a pandemia e o terrível vírus, está com insegurança jurídica, sem saber o que fazer. Não temos um decreto único, um vetor único”, destacou Dilermando Mota.

Proposta de Álvaro foi recusada por Fátima

Logo no início da reunião, o prefeito de Natal sugeriu que o toque de recolher decretado pela governadora fosse mantido, mas começando diariamente às 21h e terminando às 6h do dia seguinte. Isso representaria 1 hora a menos de restrição, já que o decreto atualmente prevê início às 20h.

Álvaro Dias afirmou que a diminuição no toque de recolher não representaria mudança significativa na estratégia de combate à pandemia, mas significaria importante receita adicional no faturamento de bares e restaurantes, que poderiam funcionar até mais tarde. O setor tem sido um dos mais prejudicados pelas medidas restritivas durante a pandemia.

O prefeito complementou que a medida é uma ação de preservação de empregos e afirmou que “outra pandemia” de desemprego pode surgir se a medida não for revista.

Leia maisAudiência entre Álvaro Dias e Fátima Bezerra termina sem acordo, e decretos conflitantes seguem valendo

Turismo do RN sofre prejuízo de R$ 1,5 bilhão em um ano de pandemia


O turismo do Rio Grande do Norte sofreu um prejuízo de R$ 1,5 bilhão no período que compreende abril de 2020 e fevereiro deste ano. O dado foi revelado pela Câmara Empresarial do Turismo (CET), que é vinculada à Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do RN (Fecomercio).

Para se ter uma ideia do que esse dado representa, entre abril de 2019 e fevereiro de 2020, houve uma arrecadação de R$ 2,5 bilhões. O montante apurado entre abril de 2020 e fevereiro deste ano foi de R$ 971 mil.

Para o coordenador da CET, George Costa, são números preocupantes e que mostram a situação real vivida pelo principal setor econômico do RN. “São informações reais e alarmantes”, comentou.

Outro número que mostra o impacto da pandemia no turismo potiguar é o gasto médio por dia do turista. Antes da pandemia, esse valor era de R$ 274,45. Agora, esse número é de R$ 216,41. “De uns tempos pra cá, a quantidade de cancelamentos cresceu e só aumentou o prejuízo acumulado”, disse Costa.

Para o presidente do Sindicato de Hotéis, Restaurantes, Bares e Similares do Rio Grande do Norte (SHRBS-RN), Habib Chalita, o turismo do estado como um todo tem sido muito atingido pela pandemia. “São prejuízos incalculáveis. Empresas fechando, funcionários demitidos, crise. É preciso que o poder público tenha iniciativa com aqueles que tanto contribuem para a economia”, afirmou.

Os representantes do setor têm buscado junto aos Poderes soluções para reerguer o turismo potiguar diante de um quadro tão grave e que já completa um ano sem qualquer solução concreta para o segmento. “É necessário algo urgente sob o risco de termos o principal potencial econômico do estado arruinado”, concluiu Chalita.

Em tom de candidato, Lula se diz ‘livre da Lava Jato’ e afirma: ‘Não tenham medo de mim’

Lula cancela entrevista coletiva por causa de julgamento de Moro

Ainda na expectativa de o Supremo Tribunal Federal considerar o ex-juiz Sérgio Moro suspeito para julgá-lo, o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) fez seu primeiro pronunciamento nesta quarta, 10, após a decisão que anulou todas as suas condenações na Operação Lava Jato e o deixou elegível para 2022. Lula se disse “livre” da Lava Jato. “Não tenham medo de mim”, disse o ex-presidente, que adotou um tom de candidato apesar de afirmar “seria pequeno” se estivesse pensando na eleição presidencial neste momento.

A fala aconteceu na sede do Sindicato dos Metalúrgicos, em São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Na segunda, 8, o ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato no STF, declarou a incompetência da 13ª Vara Federal de Curitiba para julgar quatro ações relativas ao ex-presidente, anulando todas as decisões de Moro nos respectivos processos, devolvendo a Lula seus direitos políticos e o tornando apto a disputar eleições. A decisão atende, quatro anos depois, as alegações da defesa do ex-presidente, que sempre argumentou não ser de competência da 13ª Vara Federal julgar os casos, já que os mesmos não têm relação direta com a Petrobrás – alvo inicial da Lava Jato.

O plenário do STF ainda deve analisar a decisão de Fachin. A Justiça do Distrito Federal decidirá se aceita ou não as denúncias. Lula ainda é réu em outras seis ações penais, que tiveram origem em outras operações.

Lula agradeceu Fachin pela decisão, mas lamentou que a decisão tenha sido tomada só agora. “Não sei porque a Corte só decidiu agora, entramos com recurso em 2016. Mas passou por todas as instâncias do Poder Judiciário, que tem sua morosidade. O meu tempo não era o tempo deles”, afirmou.

Leia maisEm tom de candidato, Lula se diz ‘livre da Lava Jato’ e afirma: ‘Não tenham medo de mim’

Criança de 6 anos morre com Covid-19 em Natal

Criança estava internada em Natal (Foto: Arquivo) — Foto: Divulgação/Sesap

Uma criança de 6 anos de idade morreu com Covid-19 nesta quarta-feira (10) em Natal. A menina, que morava em São Gonçalo do Amarante, na região metropolitana, estava internada em um hospital privado da capital potiguar desde o dia 19 de fevereiro e não resistiu a complicações causadas pela doença.

A família da menina falou à Inter TV Cabugi que ela estava intubada há alguns dias, mas não quis dar entrevistas e pediu para a identidade da criança ser preservada. A Secretaria Estadual de Saúde ainda confirmou que criança tinha obesidade e asma – comorbidades que podem agravar a doença.

A menina começou a ter sintomas no dia 15 de fevereiro e foi internada no dia 19. Desde então, seguia no hospital. “Os sinais e sintomas manifestados foram febre, tosse, dispnéia, desconforto respiratório, saturação abaixo de 95%, fadiga e dor torácica”, informou a Sesap. A paciente realizou teste e tomografia, que confirmaram a doença.

De acordo com os dados levantados pelo Laboratório de Inovação em Saúde da UFRN com base nos dados da Secretaria Estadual de Saúde, 15 crianças com idades entre 0 e 14 anos faleceram com Covid-19 desde o início da pandemia no Rio Grande do Norte.

Leia maisCriança de 6 anos morre com Covid-19 em Natal

Subsecretaria do Trabalhado da Sethas oferece hoje 36 vagas de emprego no SINE para Natal e Região Metropolitana

A Subsecretaria do Trabalho da Sethas-RN, por meio do SINE-RN, oferece hoje, dia 10 de março, 36 vagas de emprego para Natal e Grande Natal.

A matriz, em Candelária, e as Centrais do Cidadão no interior do Estado, estão com atendimento presencial suspenso em função do agravamento da pandemia no RN.

Para concorrer às vagas, o(a) candidato(a) deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Quer tirar alguma dúvida? Enquanto o atendimento presencial está suspenso, os telefones de agendamento estão disponíveis para informações. Ligue: (84) 3190-0783, 3190-0788, 98106-6367 e 98107-4226. O atendimento é de segunda a sexta, das 8h às 12h.

Siga o Sine-RN no Instagram: @sine.rn

VEJA AS OFERTAS DE VAGAS DE EMPREGO POR OCUPAÇÃO:

NATAL e GRANDE NATAL – (29 Vagas Permanentes)
AUXILIAR DE MARCENEIRO 03
CADISTA (DESENHISTA TÉCNICO DE ARQUITETURA) 02
CONSULTOR DE VENDAS 05
ELETROTÉCNICO 02
INSTALADOR-REPARADOR DE LINHAS DE COMUNICAÇÃO DE DADOS 02
LUBRIFICADOR DE AUTOMÓVEIS 01
MARCENEIRO 02
MECÂNICO DE MANUTENÇÃO E INSTALAÇÃO DE APARELHOS DE CLIMATIZAÇÃO E REFRIGERAÇÃO 02
MECÂNICO DE MOTOR A GASOLINA 01
MECÂNICO DE REFRIGERAÇÃO 05
MECÂNICO ELETRICISTA DE DIESEL (VEÍCULOS AUTOMOTORES) 01
TÉCNICO MECÂNICO EM AR CONDICIONADO 05
VENDEDOR DE PLANO DE SAÚDE 05

Reforma tributária: Movimento “Simplifica Já” passa a ser defendido por Nelter Queiroz

Nesta quarta-feira (10) o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) encaminhou requerimento aos deputados federais e senadores integrantes da bancada federal potiguar, no Congresso Nacional, em Brasília/DF, bem como aos presidentes da Federação das Indústrias do Rio Grande do Norte (FIERN), Amaro Sales e ao presidente da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do RN (Fecomércio-RN), Marcelo Queiroz, solicitando adesão e apoio destes ao movimento “Simplifica Já”, que defende uma reforma tributária
mais simples.

Seguindo a mesma linha de raciocínio do empresário potiguar, presidente do grupo Interfort e diretor nacional da Federação Nacional das Empresas Prestadoras de Serviços de Limpeza e Conservação (Febrac), Edmilson Pereira de Assis, forte defensor do movimento, o parlamentar lembra que, em todo o país, o “Simplifica Já” tem adesão de mais de 100 entidades empresariais e que os representantes da classe pressionam o Governo Federal e o Congresso Nacional pela aprovação de reformas que contemplem mudanças viáveis e benignas para o setor, inclusive, com a desoneração da folha salarial.

“O movimento defende a implantação do Imposto sobre Valor Agregado (IVA) Dual, como prefere o ministro da Economia, Paulo Guedes. A PEC 45, principal proposta em análise no Congresso, propõe um IVA unificado”, revela Queiroz. O parlamentar também destaca que o movimento “Simplifica Já” apoia a Emenda Substitutiva Global 144, apresentada pelo senador major Olímpio (PSL-SP) à PEC 110, que tramita no Senado.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: