fbpx

Após vacinas, mortes de idosos acima de 90 anos caem 70% em SP

Idosa recebe imunização contra covid-19 na cidade de São Paulo — Foto: Rogério Galasse/Futura Press/Estadão Conteúdo

O número de mortes por Covid-19 entre idosos com mais de 90 anos na cidade de São Paulo caiu 70% entre janeiro e fevereiro de 2021, segundo dados da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), obtidos com exclusividade pela TV Globo e pelo G1.

Para os infectologistas, a redução acentuada, principalmente nas mortes desse grupo, pode já estar refletindo os efeitos da aplicação das vacinas entre os idosos da cidade (leia mais abaixo).

Os dados, segundo a prefeitura, compreendem o período das primeiras semanas de aplicação da primeira dose dos imunizantes contra a Covid-19 na capital paulista, que começou em 5 fevereiro.

De acordo com a Prefeitura de São Paulo, as mortes desses idosos recuaram de 127 em janeiro para 38 no mês passado. Os números de internações e de casos também tiveram uma queda acentuada.

Óbitos por Covid-19 em São Paulo

Faixa Etária Janeiro Fevereiro
90 a 94 78 25
95 a 99 43 10
100 a 104 5 2
105 a 109 1 1
Total 127 38

Em janeiro, 246 idosos com mais de 90 anos foram internados por Covid-19 na capital paulista. Em fevereiro, o número caiu para 104, uma redução 57,7%, segundo o levantamento da Secretaria Municipal da Saúde (SMS).

Internações por Covid-19 em São Paulo

Faixa etária Janeiro Fevereiro
90 a 94 178 80
95 a 99 58 20
100 a 104 6 2
105 a 109 4 2
Total 246 104

Já o total de casos confirmados de Covid-19 entre os paulistanos desta faixa etária passou de 380, em janeiro, para 144, em fevereiro, uma queda de 62,1%.

Casos de Covid-19 em São Paulo

Faixa etária Janeiro Fevereiro
90 a 94 281 106
95 a 99 84 31
100 a 104 10 4
105 a 109 5 3
Total 380 144

‘Reflexos da vacinação’

Segundo a Prefeitura de SP, os números contemplam casos de residentes da capital e abrangem todos os equipamentos de saúde da cidade, sejam eles municipais, estaduais, privados ou filantrópicos.

Leia maisApós vacinas, mortes de idosos acima de 90 anos caem 70% em SP

Em novo decreto, prefeito de Natal permite funcionamento de bares e restaurantes até 21h

Prefeitura permite funcionamento de bares e restaurantes até 21h, todos os dias da semana — Foto: Sérgio Henrique Santos

O prefeito de Natal, Álvaro Dias, publicou novo decreto neste sábado (6) e não seguiu as recomendações e determinação do governo do estado para o toque de recolher das 20h às 6h, de segunda a sábado, e durante todo o dia, aos domingos. A edição especial do Diário Oficial do Município apresenta a lista de horários de funcionamento do comércio local (veja abaixo).

Contrariando o decreto do estado, a prefeitura permite o funcionamento de bares e restaurantes até 21h, todos os dias da semana, e de shoppings centers, inclusive praças de alimentação, também todos os dias, no horário das 9h às 20h.

Horários de funcionamento de acordo com novo decreto da prefeitura

Supermercados, hipermercados e atacarejos, bem como suas respectivas galerias comerciais Das 6h às 22h, todos os dias da semana
Lojas de conveniência Das 6hàs 21h, todos os dias da semana
Comércio “de porta para rua”, galerias comerciais e centros comerciais Das 8h às 18h, de segunda a sábado
Shoppings centers, inclusive as praças de alimentação Das 9h às 20h, todos os dias da semana
Academias, clubes, associações, box, studios e similares Das 5h às 22h, todos os dias da semana
Restaurantes, pizzarias, lanchonetes, bares, food parks e similares Das 11h às 21h, todos os dias da semana

Além do prefeito Álvaro Dias, assinam o decreto o presidente da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte, Anteomar Pereira da Silva; o presidente da Associação dos Municípios da Micro Região Seridó Oriental (AMSO), Fernando Antônio Bezerra; o presidente da Associação dos Municípios do Litoral Agreste Potiguar (Amlap), Fernando Luiz Teixeira de Carvalho; o presidente da Associação dos Municípios do Seridó (AMS), Ivanildo Araújo de Albuquerque Filho; e o presidente da Associação dos Municípios do Oeste Potiguar (AMOP), Rivelino Câmara.

Transporte público

Em trecho que trata sobre o transporte público, a prefeitura suspendeu nos chamados horários de pico dos dias úteis – das 6h às 8h e das 17h às 19h – o uso do benefício da gratuidade concedido a idosos; e o uso do benefício da meia passagem estudantil, excetuados os estudantes em regime presencial. Segundo o decreto, o objetivo é evitar a aglomeração de pessoas. A Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (STTU) vai disciplinar a aplicação desta medida.

Decreto da prefeitura de Natal trata sobre transporte público — Foto: Reprodução

Decreto da prefeitura de Natal trata sobre transporte público — Foto: Reprodução

decreto da prefeitura autoriza ainda a abertura e funcionamento das igrejas, templos e demais locais de rituais religiosos para a realização de missas, cultos e rituais de qualquer credo ou religião, com limite de 25% da capacidade do local.

Leia maisEm novo decreto, prefeito de Natal permite funcionamento de bares e restaurantes até 21h

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: