fbpx

Covid-19: Dez hospitais públicos estão com 100% dos leitos críticos ocupados no RN

Leitos do Hospital João Machado, que está atualmente com 100% de ocupação — Foto: Divulgação

Dez hospitais públicos do Rio Grande do Norte estão com 100% dos leitos críticos para Covid-19 ocupados. É o que aponta o Regula RN, plataforma que monitora as internações pela doença em todo o estado. A consulta foi realizada às 17h45 desta quarta-feira (17). Há quatro dias, eram seis.

Os hospitais que estão com lotação máxima são:

  • Hospital Colônia Dr. João Machado (Natal)
  • Hospital de Campanha (Natal)
  • Hospital Giselda Trigueiro (Natal)
  • Hospital Manoel Lucas de Miranda (Guamaré)
  • Hospital Maternidade Divino Amor (Parnamirim)
  • Hospital Regional de João Câmara (João Câmara)
  • Hospital Regional Dr. Tarcísio de Vasconcelos Maia (Mossoró)
  • Hospital Regional Lindolfo Gomes Vidal (Santo Antônio)
  • Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos (Assu)
  • Maternidade Infantil Integrada de São Paulo do Potengi (São Paulo do Potengi)

 

10 hospitais estão com 100% dos leitos ocupados no RN — Foto: LAIS

10 hospitais estão com 100% dos leitos ocupados no RN — Foto: LAIS

Já os hospitais Dr. Mariano Coelho e Municipal Aluízio Bezerra estão com 80% dos leitos ocupados, número também considerado preocupante pelas autoridades de saúde.

Ainda de acordo com o Regula RN, que é coordenado pelo Laboratório de Inovação Tecnológica em Saúde (LAIS) da UFRN em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), atualmente o estado está com 78,1% dos leitos críticos para Covid-19 ocupados.

Antes de fevereiro, a última vez que essa marca havia sido atingida foi em julho, quando o estado entrava num cenário de queda de internações após ultrapassar os 90% – taxa que foi persistente desde o mês de maio.

A situação mais preocupante atualmente é na Grande Natal, que registra 86,6% de ocupação. Segundo o comitê científico estadual, o percentual máximo orientado para a liberação das atividades econômicas é de 80%.

Taxa de ocupação de leitos críticos no RN — Foto: Divulgação

Taxa de ocupação de leitos críticos no RN — Foto: Divulgação

Atualmente, o Rio Grande do Norte tem 537 pessoas internadas com Covid-19segundo aponta o boletim epidemiológico da Sesap divulgado nesta quarta-feira (17). São 354 na rede pública e 183 na rede privada. A taxa de ocupação dos leitos críticos (semi-intensivo e UTIs), segundo o boletim da Sesap, é de 63,4% na rede pública e de 73,2% na rede privada.

Na terça-feira, a Prefeitura de Natal anunciou a abertura de mais 10 leitos críticos para Covid-19 no Hospital de Campanha até a sexta-feira (19). Atualmente, os 20 leitos estão ocupados.

G1RN

Deputado Beto garante R$ 1,9 milhão para recapeamento asfáltico de trecho que liga a BR304 à Barragem Armando Ribeiro

O deputado federal Beto Rosado (Progressistas) garantiu, junto ao Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), R$ 1,9 milhão para a Prefeitura de Itajá realizar o recapeamento asfáltico da estrada que passa por dentro da cidade e liga a BR-304 à Barragem Armando Ribeiro Gonçalves.

A barragem é um ponto turístico da região e o maior reservatório de água do Rio Grande do Norte.

O prefeito de Itajá, Alaor Pessoa, usou suas redes sociais para agradecer o empenho do deputado Beto Rosado nessa luta: “Itajá agradece por essa grande obra que vai beneficiar diretamente a nossa cidade e também o turismo na região do Vale do Açu”, diz o prefeito.

A estrada tem cerca de 3,9 quilômetros de extensão, onde é o principal acesso para chegar até a margem da barragem.

Beto reforça a importância da barragem Armando Ribeiro para o Estado e da necessidade de melhorar o acesso pela BR-304.

“Estamos garantindo os recursos para o recapeamento de todo aquele trecho. Uma obra que vai beneficiar não só Itajá, mas toda a região”, completa o deputado.

Leia maisDeputado Beto garante R$ 1,9 milhão para recapeamento asfáltico de trecho que liga a BR304 à Barragem Armando Ribeiro

Profissional de saúde recebe doses de vacinas diferentes contra Covid-19 em Natal; secretaria reconhece erro

Solimar Palagar registrou em fotos primeira aplicação de vacina que tomou contra Covid-19 em Natal. — Foto: Cedida

O que era motivo de alegria se transformou em indignação em poucos minutos. Uma profissional de saúde descobriu que tomou que as duas doses de vacina contra Covid-19 em Natal eram de imunizantes diferentes: ela tomou uma dose da vacina de Oxford em janeiro e uma da Coronavac nesta terça-feira (16). O erro foi confirmado pela Secretaria Municipal de Saúde.

As duas vacinas tiveram uso aprovado pela Anvisa no Brasil e são usadas no programa de imunização. Porém, quem toma a primeira dose de uma deve tomar a segunda dose do mesmo imunizante. Não há comprovação de eficácia da imunização quando o paciente recebe doses da vacina de diferentes fabricantes.

A fisioterapeuta Solimar Palagar, de 47 anos, trabalha em uma maternidade pública e também é professora universitária. Ela contou ao G1 que, como profissional de saúde, foi ao Palácio dos Esportes – um dos pontos de vacinação contra Covid-19 montados pela prefeitura – para tomar a primeira dose no dia 27 de janeiro.

De acordo com ela, dois profissionais informaram que ela estava tomando a primeira dose da Coronavac, no entanto, o nome da vacina não foi registrado no cartão de vacinação, onde apenas consta o lote da dose. Nesta terça-feira (16), ela foi a outro local de vacinação contra Covid-19, no shopping Via Direta, para tomar a segunda dose da Coronavac, conforme calendário divulgado pelo município.

“Cheguei ao local e a moça aplicou a vacina em mim, mas quando ela pegou meu cartão de vacinação para registrar e viu o lote da dose que eu tinha tomado primeiro disse: ‘meu Deus, apliquei a vacina errada. Ela ficou muito assustada e eu fiquei muito nervosa'”, contou. Natal ainda não começou a aplicação da segunda dose da vacina de Oxford.

Leia maisProfissional de saúde recebe doses de vacinas diferentes contra Covid-19 em Natal; secretaria reconhece erro

SINE-RN tem 27 vagas de empregos nesta quarta-feira (17) para Natal e Grande Natal

A Subsecretaria do Trabalho da Sethas-RN, através do SINE-RN, oferece hoje 27 vagas de emprego para Natal e Grande Natal.

Para concorrer às vagas, o(a) candidato(a) deve se cadastrar via Internet no Portal Emprega Brasil do Ministério do Trabalho e Emprego, através do endereço empregabrasil.mte.gov.br ou nos aplicativos Sine Fácil e Carteira de Trabalho Digital, disponíveis para Android e IOS.

Neste momento, devido à pandemia do novo coronavírus (Covid-19), o Sine-RN está com atendimento presencial realizado mediante agendamento.

Em Natal, os telefones para agendamento da unidade matriz, em Candelária, são: (84) 3190-0783, 3190-0788, 98106-6367 e 98107-4226. Os agendamentos e atendimentos acontecem de segunda a sexta-feira, das 8h às 13h.

Siga o Sine-RN no Instagram: @sine.rn

VEJA AS OFERTAS DE VAGAS DE EMPREGO POR OCUPAÇÃO:

NATAL e GRANDE NATAL – (27 Vagas Permanentes)

AUXILIAR DE FABRICAÇÃO NAS INDÚSTRIAS DE ARTEFATOS DE CIMENTO        10

AUXILIAR DE MARCENEIRO  03

DESENHISTA TÉCNICO DE ENGENHARIA CIVIL       01

ENGENHEIRO ELETRICISTA  01

GERENTE DE OBRAS (CONSTRUÇÃO CIVIL)    01

INSTALADOR DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS 02

MARCENEIRO     02

MECÂNICO DE AUTOMÓVEL  02

MECÂNICO DE BICICLETAS  01

MECÂNICO DE MOTOCICLETAS     01

PIZZAIOLO 02

TÉCNICO MECÂNICO EM AR CONDICIONADO  01

MAU EXEMPLO: Vice Fabielle Bezerra participa de aglomeração na capital e coloca em risco população do Assú

A vice Fabielle Bezerra parece que ainda não entendeu a gravidade do momento que todo o mundo vive, diante da nova onda de COVID, pois ela como pessoa pública deveria dar exemplo, e decidir não participar de eventos em que há aglomerações, pois a partir do momento que ela como detentora de cargo eletivo dá mau exemplo, não tem moral de cobrar nada referente a medidas de restrição na cidade em meio a crise da saúde no estado com quase 100% de ocupação dos leitos.

O mais grave dela participar de aglomerações é que no dia seguinte, volta para Assú, e atende pessoas em seu gabinete, colocando a vida de todos em risco, pois caso ela contraia a Covid e seja assintomática, será um foco de transmissão.

A falta de empatia da vice Fabielle Bezerra tem deixado a população de orelha em pé, pois nas redes sociais os discursos são bonitos, mas na prática não passa de balela.

Só para se ter idéia, Seis hospitais públicos do estado estão com todos os leitos de UTI para Covid-19 ocupados. Entre eles estão o hospital Giselda Trigueiro, em Natal, e a Maternidade Divino Amor, em Parnamirim. Os hospitais de Campanha de Natal e o João Machado, também na capital potiguar, estão com 95% e 92,6% de ocupação, respectivamente.

A saúde das pessoas deveria importar para Fabielle Bezerra, pois muitas famílias estão sofrendo com familiares doentes em meio a falta de leitos diante da agressividade do vírus, mas parece que isso não importa, e ontem ela foi para o litoral “chique” da capital e sem nenhum bom senso, coloca em risco toda a população do Assú, agindo com falta de respeito e deixando a população à mercê de uma vice que trata a pandemia como algo insignificante.

No pós-carnaval, o foco do Congresso e Economia será o auxílio emergencial

Passado o carnaval, as negociações sobre a retomada do auxílio emergencial voltam, hoje, ao foco do Congresso Nacional e do Ministério da Economia. O dia será de discussões internas sobre o assunto, pois a Comissão Mista de Orçamento (CMO) vai se reunir com a equipe econômica, amanhã, para tratar das prioridades do Orçamento de 2021: a vacinação e o benefício aos mais vulneráveis.

A CMO só tem sessões na próxima semana, mas a presidente do colegiado, a deputada Flávia Arruda (PL-DF), volta a despachar da Câmara hoje mesmo, para tentar acelerar os trâmites do Orçamento. Relator da peça orçamentária e das propostas de emenda à Constituição que podem garantir o amparo fiscal necessário à volta do auxílio emergencial, o senador Marcio Bittar (MDB-AC) também já está em Brasília discutindo suas prioridades com os técnicos do Congresso, visando avançar no assunto com a equipe econômica amanhã.

Auxiliares do ministro da Economia, Paulo Guedes, confirmaram que a pasta retoma os trabalhos hoje, de olho no auxílio emergencial. O titular da equipe econômica acredita que é possível aprovar o “novo marco fiscal” do benefício em até três semanas, para que os pagamentos comecem em março.

Leia maisNo pós-carnaval, o foco do Congresso e Economia será o auxílio emergencial

PF prende Daniel Silveira, deputado bolsonarista que postou vídeo com discurso de ódio contra ministros do STF

Resultado de imagem para daniel silveira

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), determinou na noite desta terça-feira (16) a prisão do deputado bolsonarista Daniel Silveira (PSL-RJ), após o parlamentar divulgar um vídeo com apologia ao Ato Institucional 5 (AI-5) e discurso de ódio contra os integrantes da Corte. A ordem de prisão em flagrante pela prática de crime inafiançável foi determinada pelo ministro para ser cumprida “imediatamente e independentemente de horário”, o que não é um procedimento comum.

Conforme previsto na Constituição, em caso de prisão em flagrante por crime inafiançável, o processo deverá ser enviado dentro de 24 horas para a Câmara, a quem caberá resolver sobre a detenção do deputado. Logo depois de assinar a decisão, Moraes entrou em contato com o presidente da Câmara, Arthur Lira (Progressistas-AL), por telefone.

Segundo o Estadão apurou, Lira tentou demover o ministro de determinar a prisão, mas ouviu de Moraes o recado de que a decisão já estava tomada. Ainda que a decisão tenha sido individual, o ministro conversou com os colegas de STF ao longo do dia para definir a reação da Corte aos ataques do parlamentar.

A prisão de Silveira marca o primeiro desgaste entre STF e Câmara desde que Lira assumiu o comando da Casa, há duas semanas. Aliados do presidente da Câmara temem que a decisão leve a uma nova crise entre o Judiciário e o Legislativo. Procurado pela reportagem, Lira não respondeu.

“Como sempre disse e acredito, a Câmara não deve refletir a vontade ou a posição de um indivíduo, mas do coletivo de seus colegiados, de suas instâncias e de sua vontade soberana, o Plenário”, escreveu o presidente da Câmara em seu perfil no Twitter.

Leia maisPF prende Daniel Silveira, deputado bolsonarista que postou vídeo com discurso de ódio contra ministros do STF

Menina de 9 anos sofre choque elétrico ao encostar em grade de quadra esportiva durante chuva em Mossoró

Criança de 9 anos tomou choque elétrico em Mossoró  — Foto: Cedida

Uma menina de 9 anos de idade sofreu um choque elétrico nesta terça-feira (16) ao encostar em uma grade metálica enquanto tomava banho de chuva numa quadra esportiva em Mossoró, na Região Oeste do Rio Grande do Norte.

A criança foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada pra o Hospital Regional Tarcísio Maia, onde está internada. Ela não corre risco de morrer.

“Ela não tinha nenhuma marca de queimadura ou de entrada ou saída do choque elétrico. Mas ela estava assustada, com a frequência cardíaca aumentada”, explicou o enfermeiro do Samu Antônio Gomes, que a atendeu.

A irmã da menina contou que o choque aconteceu exatamente no momento em que ela tocou a grade da quadra no bairro Odete Rosado. “Do jeito que ela estava brincando, ela colocou a mão numa grade. No que ela colocou a mão na grade, caiu para trás”, explicou Francisca Taynara da Silva.

Segundo ela, um cachorro que também estava na quadra morreu no local também após um choque.

Cachorro morreu no trecho em que a menina tomou o choque em Mossoró — Foto: Reprodução/Inter TV Costa Branca

Cachorro morreu no trecho em que a menina tomou o choque em Mossoró — Foto: Reprodução/Inter TV Costa Branca

A prefeitura de Mossoró disse que identificou uma fiação que pertence à Companhia Energética do Rio Grande do Norte (Cosern) muito baixa, com os fios batendo na estrutura da praça e liberando corrente. A prefeitura informou que isolou a área.

Leia maisMenina de 9 anos sofre choque elétrico ao encostar em grade de quadra esportiva durante chuva em Mossoró

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: