Audiência pública debate defesa dos animais para evitar câncer de mama

Com o objetivo conscientizar a população sobre a importância da prevenção e do tratamento do câncer de mama em cadelas e gatas, e por iniciativa do deputado Sandro Pimentel (PSOL), o Centro de Estudos e Debates da Assembleia Legislativa realizou esta tarde (19) de forma remota, uma audiência pública para discutir o tema, conforme estabelece a Lei 10.583/2019 que instituiu o Outubro Rosa Pet.

“Essa audiência é para mostrar a importância que deve ser dada à proteção animal. Com os devidos cuidados preventivos é possível evitar o câncer de mama que é um problema gravíssimo”, disse o deputado Sandro, na abertura dos trabalhos.

Logo em seguida, o parlamentar que foi o autor da Lei, criticou o Governo do Estado e o Conselho de veterinária por não ter mandado representantes para participação na audiência.

Em sua participação, a médica veterinária Angélica de Melo considerou como gravíssimo o problema do câncer de mama nos animais. “O melhor que se tem a fazer é o controle populacional. O animal castrado tem menos de 1% de possibilidade de câncer na cadela e na gata. É preciso educar a população para fazer a castração”.

Larissa Veloso, da S.O.S Animais, disse que é difícil a discussão relacionadas porque os procedimentos não são baratos. Por isso é importante ter o Outubro Rosa dedicado a isso. É preciso fazer a castração. Nas gatas há uma incidência maior dos tumores que se espalham muito rápido e muitas pessoas abandonam os animais nas ruas.

Também participou do debate a protetora Jôse que reforçou a crítica ao Estado, que foi convidado não enviou um representante, o mesmo acontecendo com o Conselho de Veterinários.

Eudiane Macedo apresenta projetos de lei voltados à cidadania

A deputada Eudiane Macedo (Republicanos) apresentou três novos projetos de lei na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Nas propostas, a parlamentar foca na atenção à população transexual, no voluntariado e ao trabalho de jovens no Estado. Todas as propostas estão em tramitação no Parlamento.

A parlamentar quer instituir o Programa TransCidadania no Estado, destinado a promover os direitos humanos, o acesso à cidadania, e a qualificação e humanização do atendimento prestado às pessoas transgêneros, travestis e transexuais em situação de vulnerabilidade social. Para Eudiane, é preciso que os estados brasileiros tenham normas que contribuam para o respeito e inclusão dessa parcela da população.

“O Brasil é o país número um em assassinatos de transexuais e travestis. Essa é face mais radical da discriminação e negação de direitos experimentada por travestis e transexuais também em outras dimensões da vida, como as da saúde, educação e trabalho. Superar essa situação de violência e negação de direitos requer um projeto de cidadania comprometido com a população transgênero, o que na prática quer dizer implementar políticas públicas que tenham como principal objetivo superar a discriminação em todas as áreas, dando visibilidade para uma população que costuma ser silenciada e que, quando consegue chegar até o público geral é em forma de deboche”, justificou a deputada.

Leia maisEudiane Macedo apresenta projetos de lei voltados à cidadania

Comitê conclui relatório epidemiológico para futura etapa da retomada

A equipe da Divisão de Programas Complementares de Saúde e Bem-Estar, que integra, na Assembleia Legislativa, o Comitê de Retomada dos trabalhos presenciais, concluiu o mais recente relatório epidemiológico. Os dados correspondem às primeiras etapas da retomada e serão apresentados ao diretor-geral da Casa, Augusto Carlos Viveiros, e à diretora do administrativo e financeiro, Dulcinea Brandão.

“Todo o nosso planejamento está sendo criteriosamente respeitado, seguido à risca e tivemos somente algumas mudanças. Abrimos a primeira e segunda etapas, tudo está correndo conforme o planejado e estamos observando os dados da Covid-19 no RN”, informou o diretor de políticas complementares da Casa, Ricardo Fonseca.

Segundo o diretor, a última etapa vai contemplar, entre outras coisas, o atendimento presencial aos próprios servidores por parte da Divisão de Saúde.

Nesse período, as recomendações do comitê foram seguidas à risca no tocante à aquisição de materiais para oferecer toda a segurança aos servidores que se mantém em trabalho presencial.

Eleições 2020: Duas em cada 10 candidaturas a prefeituras do RN são de mulheres

Urna eletrônica — Foto:  Roberto Jayme/TSE

As mulheres representam 34,9% das candidaturas às vagas nas câmaras municipais do Rio Grande do Norte nas eleições de 2020. O percentual é pouco maior que o registrado em 2016, quando ficou em 33,4%. Na disputa às prefeituras, no entanto, a representatividade é menor: são duas mulheres a cada 10 candidatos, segundo os dados da Justiça Eleitoral.

Ao todo, considerando-se as mais de 10,4 mil candidaturas a prefeito, vice-prefeito e vereador, as mulheres formam 33,9% das candidaturas no estado. Ou seja, continuam minoria, mesmo representando a maior parte (52,8%) do eleitorado no estado. São 3.555 candidatas mulheres e 6.925 candidatos homens registrados no Tribunal Regional Eleitoral.

O percentual total de candidatas cresceu pouco em relação às ultimas eleições municipais de 2016, quando elas representavam 32,5% das candidaturas no estado. Já as candidaturas ao legislativo tiveram queda percentual. Elas eram 22% dos candidatos a prefeito em 2016 – 47 mulheres foram eleitas prefeitas de cidades potiguares. Neste ano, são 20,5%.

Os números podem mudar, porque a maioria das candidaturas registradas ainda não foram julgadas pela Justiça Eleitoral. Porém há pelo menos 44 candidaturas femininas e 69 masculinas consideradas inaptas até esta segunda-feira (19).

Leia maisEleições 2020: Duas em cada 10 candidaturas a prefeituras do RN são de mulheres

São Gonçalo do Amarante: MPRN recomenda que Conselho Tutelar funcione ininterruptamente

Prefeitura de São Gonçalo do Amarante renova medidas de combate ao coronavírus - Agora RN
Conselheiros tutelares do grupo de risco da Covid-19 devem executar trabalho remoto
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) emitiu uma recomendação para que a Prefeitura de São Gonçalo do Amarante organize um plano de ação para o funcionamento dos Conselhos Tutelares (CTs)dando prioridade para a proteção de crianças e adolescentes durante a pandemia. O documento está publicado no Diário Oficial do Estado (DOE) desta segunda-feira (19) e é direcionado tanto à Secretaria Municipal do Trabalho, da Assistência Social e da Cidadania quanto para os membros dos CTs.
A 2ª Promotoria de Justiça da Comarca de São Gonçalo do Amarante recebeu informações que dizem respeito ao fato de que os conselheiros tutelares afastados do trabalho presencial, por serem do grupo de risco da Covid-19, não estão respeitando o isolamento social. A unidade ministerial recebeu denúncias que tais conselheiros estão realizando atividades consideradas dentro da normalidade, participando de eventos com aglomerações de pessoas (como frequentar igrejas, integrar caminhadas com candidatos a vereadores e realizando visitas domiciliares com esses políticos).

Leia maisSão Gonçalo do Amarante: MPRN recomenda que Conselho Tutelar funcione ininterruptamente

KU KLUX KAN SOARISTA: O malvado Deputado George Soares comete injúria racial contra ex prefeito Ivan Júnior

O malvado deputado George Soares em uma de suas falas na campanha de seu irmão Gustavo, agrediu o ex prefeito Ivan Júnior, chamando-o de “rato branco”, que pode ser entendido como crime de injúria racial e que está previsto no código penal que para ser configurado, basta que haja ofensa à dignidade de alguém, com base em elementos referentes à sua raça, cor, etnia, religião, idade ou deficiência.

O deputado George Soares sempre foi desequilibrado emocionalmente igual ao pai e atualmente está à base de rivotril nessa campanha, para amenizar o desespero desde quando chegou de Natal para fortalecer a reeleição do seu irmão e viu que o ex prefeito Ivan Júnior vem despontando na aceitação popular, contra toda a estrutura  montada da Prefeitura e do Governo do Estado.

O deputado fominha só revela com essa atitude e comportamento, sua verdadeira identidade de integrante do clã mafioso dos Soares, bem como nesse vídeo deixa vazar em público o funcionamento e verdadeiro pensamento nos bastidores sujos e mórbidos da campanha de seu irmão, os ataques e desrespeitos contra as cores, fisiologias e dignidade das pessoas. O ku klux kan assuense respira o desespero e o despeito de quem já foi derrotado no dia 15 de novembro pelo voto livre do povo assuense.

Pesquisa aponta Ivan Júnior com 44% na disputa pela Prefeitura de Assu; veja dados

O candidato Ivan Júnior (Republicanos) lidera a pesquisa de intenção de votos para a Prefeitura do Assú. É o que aponta o mais recente levantamento sobre a disputa pelo comando do Executivo do município, realizado pelo instituto Perfil entre os dias 11 e 12 de outubro.

De acordo com dados do levantamento, o candidato do Republicanos tem 44% das intenções de voto na pesquisa estimulada. O segundo colocado é o atual prefeito, Dr. Gustavo (PL), que soma 35,80% das citações da população assuense. O terceiro é Luis Oliveira, do PSC, com 2% das intenções na pesquisa estimulada. Além disso, os dados demonstram que 12,60% dos eleitores estão indecisos e 5,60% querem votar branco ou nulo.

A pesquisa também aferiu a rejeição dos postulantes ao comando do Executivo assuense. Dr. Gustavo tem a maior entre os candidatos, com 24,8%, seguido por Ivan Júnior, com 16,8%, e Luis Oliveira, com 13,6%. Entre eleitores ouvidos, 11% não souberam responder, enquanto 5,4% rejeitam todos.

Avaliação

A pesquisa também fez o levantamento sobre a avaliação da população sobre as gestões dos executivos federal, estadual e municipal. Ao todo, 47,8% dos entrevistados aprova a gestão do prefeito Dr. Gustavo, enquanto 32,2% desaprovam, 14,8% foram indiferentes e 5,2% não souberam ou não quiseram responder.

Já sobre a administração da governadora Fátima Bezerra, 43,4% desaprovam e 34,2% aprovam. O percentual de pessoas indiferentes foi de 14,8%, com 7,6% não respondendo ou não sabendo responder.

Com relação à gestão de Jair Bolsonaro, 41% dos assuenses aprova. A pesquisa apontou que 37,8% desaprovam, 15% são indiferentes e 6,2% não souberam ou não quiseram responder.

A pesquisa foi registrada na Justiça Eleitoral sob número RN-00757/2020 no dia 13 de outubro, ouvindo 500 pessoas entre os dias 11 e 12 de outubro. A margem de erro é de 4,37% para mais ou para menos.

Fonte: Tribuna do norte

Projeto de Raimundo Fernandes regulamenta uso de imóveis residenciais da Polícia

O deputado Raimundo Fernandes (PSDB) apresentou Projeto de Lei (PL) objetivando a regulamentação do uso de imóveis para fins residenciais por parte da Polícia Militar do RN.

“Os imóveis residenciais destinados ao pessoal do serviço ativo da polícia constituem bens do patrimônio estadual administrados pelos integrantes da corporação e necessitam de regulamentação”, justificou o parlamentar.

O projeto regulamenta o uso na capital e interior. Na capital se subdividem entre os de uso pra Ajudância Geral e aqueles para a diretoria de apoio logístico. De acordo com o Projeto, os imóveis residenciais se dividem em classes “A” e “B”, sendo os classe “A” destinados aos oficiais e, na capital, aqueles situados na Vila Militar General João Varela e no interior, onde existirem, os que tiverem a mesma destinação.

O deputado Raimundo Fernandes elencou no projeto os requisitos para a concessão do imóvel. Para uso, entre outros requisitos, é preciso ser casado civilmente; morar com a família; estar servindo na cidade onde esteja situado o respectivo imóvel e não ser proprietário nem mutuário de imóvel residencial no município onde esteja situado o imóvel pretendido, entre outras exigências.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: