Fabielle Bezerra incentiva população assuense a valorizar comércio local em meio a pandemia

A vereadora Fabielle Bezerra vem contribuindo efetivamente no combate a toda essa crise gerada pelo COVID 19, informando aos cidadãos assuenses em suas redes sociais sobre como se proteger do COVID 19, reforçando e seguindo as orientações da OMS, incentivando o isolamento social, informando o uso de máscaras de pano e reforçando os cuidados para usá-las de forma segura e adequada.

Diante dessa pandemia, a vereadora incentiva a população da cidade a  valorizar  o comércio local. A parceria, através da comunicação solidária, tem sido uma maneira de divulgar o comércio local, aumentando a visibilidade da atitude empreendedora dos assuenses.

Segundo a vereadora desde o início de tudo isso, suas redes sociais estão à disposição do comércio local para divulgação, “diante desse momento que estamos vivenciando, é preciso nos reinventarmos e juntos tentarmos minimizar os danos causados por essa pandemia” relata a vereadora.

A vereadora valoriza o comércio da cidade, incentivando a população a comprar no comércio de Assu, fortalecendo  a economia para, que todos juntos  possam enfrentar essa crise causada pelo coronavírus.

Deputados solicitam ao governo a liberação de serviços do Detran

Na sessão ordinária por videoconferência desta quarta-feira (13), vários deputados solicitaram ao governo a retomada de serviços do Detran. Tendo em vista que o serviço de compra e venda de veículos foi liberado pelo decreto governamental, os parlamentares argumentam que é preciso finalizar o processo de compra e também contemplar os despachantes, que já passam por dificuldades.

“Os despachantes prestam um serviço que é público, de forma autônoma e é muito importante que o governo olhe para esta categoria”, defendeu o deputado Ubaldo Fernandes (PL), que apresentou sua solicitação. O parlamentar afirmou que há inúmeros processos para serem tramitados, como renovação da carteira de habilitação e novos pedidos de compras de veículos, atividades que são importantes até para a arrecadação do órgão governamental.

Ubaldo lembrou que ao passar muito tempo fechado, o risco no retorno das atividades pode ser ainda maior, devido às aglomerações. “Isso pode trazer um caos ao serviço público, mas um retorno gradual vai beneficiar todo o Estado”, disse Ubaldo, que agradeceu à equipe do governo por estar analisando a sua sugestão.

Endossando a solicitação do colega, a deputada Eudiane Macedo (Republicanos) destacou que o serviço dos despachantes não irá causar aglomeração e pode ser feito de forma remota. “As lojas de carro para compra e venda estão dentro dos serviços essenciais, mas não adianta sem o trabalho dos despachantes para finalizar”, defendeu Eudiane.

Outro ponto do seu pronunciamento foi quanto ao Hospital de Campanha de Natal. A deputada disse que os recentes problemas ocorreram porque a unidade foi estruturada para receber pacientes que contraíram a Covid-19 de forma moderada.

Leia maisDeputados solicitam ao governo a liberação de serviços do Detran

CADÊ O DINHEIRO: População do Assú quer saber pra onde foi o repasse de 1 milhão de reais de Zenaide Maia para reforma do Mercado Sofia Frutuoso


A Prefeitura do Assú recebeu recursos na ordem de R$ 1.000.000,00 (Hum milhão de reais), referente a uma emenda parlamentar da deputada federal Zenaide Maia anunciada em 2017, para reforma e reestruturação do Mercado Sofia Frutuoso e a população da cidade quer saber onde está esse dinheiro, pois até o momento, as pessoas que lá trabalham sofrem com as instalações precárias a que são submetidas, sujeira, mau cheiro, dentre outros problemas, e ainda falta de fiscalização nesse momento de pandemia, em que todos deveriam ter máscaras e os outros EPI´s que possam garantir a segurança dos comerciantes e da população.

Onde está esse um milhão de reais anunciado e que o Governo Federal entregou ao município? O povo do Assú quer saber da dupla dinâmica, recordistas na enganação e na incompetência, George e Gustavo Soares, onde foram parar esses recursos destinados pela então deputada, e hoje senadora, para a reforma do Mercado, que iriam solucionar os problemas que afligem comerciantes e população.

Até quando a população da terra dos poetas, vai aguentar essas propagandas enganosas, em que os benefícios nunca chegam para quem precisa, e o dinheiro parece que desce pelo ralo.

Sindsaúde entra com ação pedindo lockdown de no mínimo 15 dias no RN e em Natal

O Sindicato dos trabalhadores em saúde do Rio Grande do Norte (Sindsaúde-RN) entrou com uma ação civil pública, nesta terça-feira (12), solicitando que a Justiça emita uma medida liminar para que o Governo do RN e Prefeitura de Natal  decretem um lockdown de no mínimo 15 dias no estado e na capital. O processo tramita na 5 Vara da Fazenda Pública de Natal.  A quarentena total já é uma medida adotada em alguns estados como  Maranhão e Ceará para reduzir a curva do contágio, contra a disseminação do covid-19. O Sindicato também solicitou no documento uma multa de 100.000,00 (cem mil reais) por dia caso o governo e a prefeitura descumpram a decisão.
No documento, os advogados do Sindsaúde apresentam argumentos que justificam a medida e questionam a flexibilização do isolamento social do governo Fátima Bezerra (PT), com a reabertura das indústrias e parte significativa de atividades comerciais. Um dos trechos do documento aponta que “o Estado do Rio Grande do Norte tem o pior índice de cumprimento do isolamento social entre os estados do Nordeste. No Brasil, o estado potiguar ocupa a 5ª posição entre os que menos têm adotado as medidas do afastamento, que são utilizadas para reduzir o avanço da pandemia do novo coronavírus”. Além disso, aponta o aumento considerável de adoecimentos dos trabalhadores da saúde – que já são quase 500 casos confirmados -, sua sobrecarrega de trabalho e falta de EPI’S.
Nesta terça-feira (12), o RN ultrapassou o número de 2 mil infectados por covid-19, menos de duas semanas depois de ter atingido a marca de um mil infectados, no dia 30 de abril. Ao todo já são 2.033 pessoas infectadas pelo novo coronavírus e 93 mortes confirmadas. Nesta semana, o estado atingiu 100% dos leitos de UTI, que já se encontram superlotados. Na segunda (11), cerca de 33 pessoas aguardavam por leitos.
Para nós do Sindsaúde RN, diferente do que a Sesap e a SMS vêm apresentando, o Estado e o município de Natal já se encontram  em colapso. Por isso, a quarentena geral além de efetivar “direito à vida” e o direito a saúde da população de forma geral, garante ainda a efetivação do princípio fundamental da dignidade da pessoa e do direito à saúde do trabalhador.
“É nítido que o aumento de casos está relacionado ao relaxamento do isolamento social. O governo Fátima e o prefeito Álvaro Dias (PSDB) devem assumir essa responsabilidade e apresentar medidas mais eficazes de isolamento. Para evitar mais mortes não há outra medida no momento que não seja a paralisação imediata de todos os setores não essenciais. Sem uma quarentena de verdade, vai ocorrer um genocídio”, declarou Flávio Gomes, diretor do Sindsaúde RN.
Assim, a ação judicial pede que seja deferida a tutela de urgência para determinar que o estado do Rio Grande do Norte e o Município de Natal implementem e fiscalizem o lockdown, a partir do dia 13 de maio.
Sindsaude -RN

Líderes na Assembleia debatem CPI da Arena das Dunas e medidas para conter efeitos da Covid-19

Os líderes de partidos e blocos partidários da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte debateram sobre a necessidade de investigar irregularidades apontadas por auditoria no contrato firmado da Arena das Dunas entre o Governo do RN e o Consórcio Arena das Dunas Concessão e Eventos S/A, além das medidas para conter a disseminação do novo Coronavírus no Estado e os efeitos provocados na educação e economia.

“Gostaria de reforçar a importância da CPI da Arena das Dunas e parabenizar o deputado Sandro Pimentel (PSOL) pela iniciativa, além de reforçar o apoio da bancada do Solidariedade, que assinou o pedido dando a possibilidade que a CPI seja aberta na Assembleia”, destacou o deputado Allyson Bezerra (SDD). O deputado Coronel Azevedo (PSC) também declarou apoio à abertura de investigação. “A minha assinatura está garantida. A Assembleia precisa apurar esses fatos para defender o recurso público que é do povo”, disse.

Covid-19
O debate em torno das medidas para conter a disseminação do novo Coronavírus no Estado e dos efeitos provocados na educação e economia é permanente entre os deputados da Assembleia do RN. Preocupado com a manutenção do ensino para os alunos da rede estadual de educação, o deputado Dr. Bernardo (Avante) destacou a importância da união entre os poderes constituídos nesse sentido. “Já existe um abismo entre alunos da rede privada e pública, e a pandemia vem aumentar ainda mais. É importante que os alunos possam ter acesso às aulas a distância e não serem prejudicados”, destacou.

O presidente da Casa, deputado Ezequiel Ferreira (PSDB) citou convênio assinado que abre espaço na programação da TV Assembleia para transmissão das aulas da rede estadual de ensino. “Essa tem sido a contribuição da Assembleia do RN, através de um esforço de todos os deputados, para que esses alunos não fiquem sem aulas. Sabemos que grande parte dos alunos não tem acesso à internet. Essa foi uma forma da Assembleia do RN contribuir”, garantiu.

Na área de saúde, Dr. Bernardo pediu atenção para a situação de atraso nos salários dos médicos que atuam na Associação de Proteção e Assistência a Maternidade e Infância de Mossoró (Apamim). “Estão sem receber salários desde dezembro. Peço compreensão do Governo do Estado para evitar colapso na área de obstetrícia em Mossoró e região Oeste”.

Leia maisLíderes na Assembleia debatem CPI da Arena das Dunas e medidas para conter efeitos da Covid-19

Estados abrem 1.400 leitos de UTI para Covid-19, mas ocupação segue alta

Oito estados brasileiros estão com ocupação cima de 70% dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) para o tratamento da Covid-19, sendo Ceará e Pernambuco acima de 90% e Maranhão e Rio de Janeiro acima de 80%.

O cenário preocupante se mantém mesmo com a forte expansão do número de leitos de terapia intensiva registrada na última semana. Ao todo, os estados abriram mais de 1.400 novos leitos de UTI, um avanço de 12% em relação à semana anterior.

O avanço foi possível com a inauguração de novos hospitais de campanha, a chegada de novos ventiladores pulmonares, a aquisição de leitos da rede privada e o remanejamento interno de leitos dentro da própria rede pública.

Os estados de Pernambuco e Ceará seguem entre os que registraram maior ocupação dos leitos de terapia intensiva, em um patamar acima de 90%. O Amazonas não informou os dados, mas a Folha apurou que os leitos estão praticamente em sua capacidade máxima.

Outros seis estados têm ocupação acima de 70%: Rio de Janeiro, Pará, Maranhão, Rio Grande do Sul, Alagoas e Acre.

Espírito Santo e São Paulo aparecem na sequência com 68% de ocupação.

Dentre os estados brasileiros, São Paulo foi o que mais conseguiu expandir a rede para atendimento de pacientes graves da Covid-19, com a inclusão de 658 novos leitos de UTI na última semana.

Na segunda-feira (11), o estado tinha 5.675 leitos de terapia intensiva, sendo 3.871 ocupados com casos confirmados ou suspeita de Covid-19. Na Grande São Paulo, a taxa de ocupação tem ficado acima de 85%.

Leia maisEstados abrem 1.400 leitos de UTI para Covid-19, mas ocupação segue alta

Projeto de Coronel Azevedo pede suspensão da cobrança de empréstimos para todos os servidores

O Projeto de Lei nº 59/2020, de autoria do deputado estadual Coronel Azevedo (PSC), que pede a suspensão da cobrança de empréstimos contraídos por servidores públicos ativos, inativos e pensionistas foi aprovado por unanimidade na reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa.

Autor do PL, Coronel Azevedo destacou que “é uma importante decisão tendo em vista o momento vivido em decorrência da pandemia sem contar o atraso salarial ocorrido em nosso Estado o que tem contribuído para o endividamento do servidor público”.

O documento substitutivo apresentado pelo relator, deputado George Soares (PL), prevê a “suspensão da cobrança pelas instituições financeiras não cooperativas, das consignações voluntárias contratadas pelos servidores públicos estaduais civis e os militares, pelo prazo de até 180 dias”. Além disso, as parcelas que ficarem em aberto durante este período, “deverão ser acrescidas ao final do contrato, sem a incidência de juros ou multas”.

Ainda no substitutivo, há uma orientação ao “servidor interessado na suspensão”, que “deverá formalizá-lo ao órgão da administração estadual responsável pelas folhas de pagamento e pela gestão dos contratos de consignação, indicando o nome, RG, CPF, matrícula, lotação, prazo da suspensão e que é de sua responsabilidade exclusiva eventuais encargos financeiros incidentes sobre a operação decorrente da suspensão”.

Após aprovado na Comissão, o Projeto segue tramitação dentro da Assembleia Legislativa até sua votação em plenário.

Dólar opera em alta e passa de R$ 5,92 na venda, Bolsa sobe

A Bolsa de Valores e o dólar comercial registravam alta na manhã de hoje. Por volta das 11h50, o Ibovespa, principal índice da Bolsa brasileira, avançava 0,3%, a 78.106,16 pontos, enquanto a moeda norte-americana tinha operava em alta de 0,96%, a R$ 5,922 na venda.

Ontem, o dólar fechou em alta de 0,71%, a R$ 5,866, o maior valor nominal (sem considerar a inflação) já registrado desde o Plano Real.

O valor do dólar divulgado diariamente pela imprensa, inclusive o UOL, refere-se ao dólar comercial. Para quem vai viajar e precisa comprar moeda em corretoras de câmbio, o valor é bem mais alto.

Anúncio do Fed frustra investidores

O dólar começou o dia em queda. A virada no câmbio aconteceu depois que o presidente do Fed (banco central norte-americano), Jerome Powell, disse nesta quarta-feira que os Estados Unidos podem enfrentar um “período prolongado” de crescimento fraco. Ele acrescentou que o Fed não considera o uso de juros negativos como ferramenta de política monetária.

“Tinha uma expectativa do mercado de que Powell poderia sinalizar juros negativos nos EUA depois que o (presidente norte-americano) Donald Trump renovou as pressões acerca do assunto ontem “, disse Luciano Rostagno, estrategista-chefe do banco Mizuho. “A fala de Powell frustrou os investidores e fez com que os mercados virassem.”

Leia maisDólar opera em alta e passa de R$ 5,92 na venda, Bolsa sobe

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: