A VERDADE: Prefeito do Assú não está nem aí para os 55 casos do COVID

O irresponsável prefeito do Assú parece não está nem aí para a grande quantidade de casos de coronavirus que acometem o município, a tornando uma das cidades no RN com maior número de infectados. A ineficiência, irresponsabilidade e insensibilidade com a população beira a níveis que estão deixando preocupados os cidadãos “humanos” e de bem do município.

O não atendimento ao que é recomendado pela OMS e pelo Ministério da Saúde, no tocante a todas as precauções e atitudes para evitar a propagação e disseminação do vírus como incentivar a cumprir o isolamento social na cidade, pode acarretar sérios problemas para o prefeito, que está brincando com a vida das pessoas.

Por não ter ações enérgicas, o prefeito Gustavo está ‘liberando’ a livre circulação das pessoas, numa das cidades com mais casos confirmados do NOVO CORONA VÍRUS, hoje esta em 55, mas todos os dias os números crescem, e pra isso acontecer, significa que as ações ate o momento realizadas nao estao surtindo efeito. E pior, o que se vê é o descaso do prefeito, que vem na cidade semanalmente, e passa a maior parte em seu apartamento de luxo em Natal fazendo churrasco e batendo papo com amigos.

Regras como o uso obrigatório de máscaras, determinação de critérios de ocupação de espaços de uso comuns e responsabilização pelo descumprimento das orientações, são ações que devem ser monitoras a todo segundo, pois depois que o virus se prolifera, aumentam os problemas, já que não tem leitos suficientes no hospital regional que é administrado por indicação do prefeito e deputado que é líder do DESgoverno de Fátima Bezerra. Liderança essa que não serve pra nada. Nenhuma ação positiva, real e concreta foi feita ou conseguida pelo deputado conhecido como “boquinha” por empregar quase todos seus familiares em gabinetes de aliados.

Só um rigoroso monitoramento da Saúde e uma avaliação permanente, é que o município poderá barrar o crescimento de novos casos, e sendo negligente com o descumprimento das medidas, a Prefeitura passa a ser a única responsável pelo proliferamento do virus, pelas possíveis mortes, e está sim, violando o direito a vida da população.

Mundo tem 3,8 milhões de casos de covid-19; Brasil é 6º em mortes

O acumulado de casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus em todo o mundo chegou a 3,8 milhões. O balanço foi divulgado pela Organização Mundial da Saúde (OMS) hoje (9), com dados até a manhã deste sábado (10). Há uma semana eram 3,2 milhões de casos, o que representa um aumento de 20%. Há um mês, havia 1,43 milhão de casos. Em 30 dias, o acréscimo foi de 265%.

As mortes chegaram a 265,8 mil em todo o planeta. Há uma semana, eram registrados 230,1 mil óbitos. Em sete dias, o crescimento foi de 15%. Há um mês, a OMS anunciava 85,7 mil mortes. De lá até agora, o índice mais do que triplicou.

A pandemia está concentrada sobretudo na Europa e nas Américas. O primeiro continente concentra 1,68 milhão de casos confirmados. Já a segunda região reúne 1,63 milhão de pessoas infectadas. Em seguida vêm a área definida como Mediterrâneo, com 246 mil, o Pacífico do Oeste, com 158 mil, o Sudeste Asiático, com 90,8 mil, e a África, com 40,5 mil.
Brasil

O Brasil assumiu a 6ª colocação em número de mortes, com 9,14 mil. O país só fica atrás da França (26,18 mil), Espanha (26,25 mil), Itália (30,2 mil), Reino Unido (31,24 mil) e Estados Unidos (69,88 mil).

Em relação ao número de casos confirmados, o Brasil ocupa a 9ª posição no ranking mundial da OMS, com 135,1 mil. Acima do país estão Turquia (135,56 mil), França (136,57 mil), Alemanha (168,55 mil), Rússia (198,67 mil), Reino Unido (211,36 mil), Itália (217,18 mil), Espanha (222,85 mil) e Estados Unidos (1,24 milhão).

*Com informações do site da OMS

Caixa D´água do Banguê desaba e prefeito do Assú foge das explicações

A gestão do prefeito turista, Gustavo Soares, já era desastrosa, e piora ainda mais a cada dia. Recentemente, Gustavo que é viciado em se auto promover nas redes sociais, postou foto na comunidade do Banguê ao lado da caixa, e agora caixa d’água desabou, deixando moradores indignados.

Dorielson, de “A voz das comunidades”, fez um vídeo denunciando essa falta de respeito da gestão com a comunidade, e faz um apelo ao Ministério Público, para que quem executou um serviço mal feito, responda por isso urgente. Pois o desabamento poderia ter causado um acidente irremediável, como pessoas feridas e até morte.

Dorielson ainda revela que agora todos entendem porque a Prefeitura do Assú, se recusa a ligar as caixas dáguas, porque já sabem a má qualidade do serviço, e por isso, sabem que se ligar, a caixa irá desabar.

É lamentável, que um prefeito utilize os recursos público dessa forma irresponsável, porque o serviço tem que ser realizado por uma empresa que garanta a qualidade, e deve ser monitorada pela equipe da prefeitura, com especialista da área.

Dessa forma, fica a dúvida, de quem foi a má fé e/ou a negligência? O povo quer saber senhor prefeito.

ESCONDERIJO: Ronaldo Soares se esconde em “carverna” para escapar dos oficiais de justiça

O velho jacaré, Ronaldo Soares, mais sujo do que poleiro de galinheiro, além de ter adquirido uma fama de colecionador de processos na justiça, tem exercido uma nova habilidade, que é a de se esconder.

O maior ficha suja da história de Assú, responde a diversos processos, como por exemplo o processo por falcatruas no tempo do seu governo, que resulta em uma devolução de quase 3 milhões de reais a prefeitura. Inclusive, um dinheiro que iria cair bem para o município enfrentar o corona vírus.

A maioria dos processos do jacaré, encontra-se com mandados “devolvidos”, ou seja, que não foram entregues ao ex-prefeito Ronaldo. Comenta-se que o jacaré com seu estilo arcaico, está se escondendo numa caverna e abandonou a casa do DNOCS, para poder escapar dos oficiais de Justiça.

Verba publicitária de Bolsonaro irrigou sites de jogos de azar e de fake news na reforma da Previdência

O governo de Jair Bolsonaro veiculou publicidade sobre a reforma da Previdência em sites de fake news, de jogo do bicho, infantis, em russo e em canal do YouTube que promove o presidente da República.

As informações constam de planilhas enviadas pela Secom (Secretaria Especial de Comunicação da Presidência) por determinação da CGU (Controladoria-Geral da União), a partir de um pedido por meio do Serviço de Informação ao Cidadão.

A Secom contrata agências de publicidade que compram espaços por meio do GoogleAdsense para veicular campanhas em sites, canais do YouTube e aplicativos para celular.

O anunciante escolhe que tipo de público quer atingir, em que tipos de sites não quer que sua campanha seja veiculada e quais palavras-chave devem ser vetadas. Então o Google distribui os anúncios para sites ou canais do YouTube que cumpram os critérios estabelecidos pelo anunciante.

O montante pago pela Secom é dividido entre o Google e o site ou canal do YouTube. As porcentagens do Google variam, de 40% a 20% ou menos, dependendo da negociação entre os sites e a plataforma. No final, o anunciante recebe um relatório sobre todos os seus anúncios, onde foram veiculados, quantas impressões e outros dados.

Segundo as planilhas da Secom, disponíveis no site de Acesso à Informação do governo federal, dos 20 canais de YouTube que mais veicularam impressões (anúncios) da campanha da Nova Previdência no período reportado, 14 são primordialmente destinados ao público infantojuvenil, como o canal Turma da Mônica e Planeta Gêmeas.

Um dos canais de YouTube que mais receberam anúncios, segundo a Secom, é o Get Movies, que não só é destinado ao público infantil mas tem 100% do seu conteúdo em russo. “O destino no YouTube para russos que querem assistir a desenhos animados e outros tipos de programa para a família”, diz a descrição do canal que recebeu 101.532 anúncios, segundo a tabela.

Leia maisVerba publicitária de Bolsonaro irrigou sites de jogos de azar e de fake news na reforma da Previdência

ASSÚ: População está com medo de que com o “aval” do Pavão, Liduina Melo pode assumir a pasta da Saúde

Como diz o ditado popular, “que o que está ruim pode piorar”, está acontecendo com a população do Assú, que vive dias de terror, com a possibilidade do prefeito turista, indicar a ex diretora do regional, Liduina Melo, para assumir a pasta da saúde municipal.

A gestão de Viviane Lima era conhecida por ser ineficiente, aliada a incompetência e ausência do prefeito Gustavo  Soares, que fizeram a saúde pública da cidade vivenciar a pior gestão já vista nos últimos 40 anos.

Com a chegada do novo corona vírus, o aumento dos problemas e das reclamações, comenta – se que Viviane achou por bem entregar o cargo, só que no meio dessa pandemia, o prefeito vai indicar alguém que já tem a rejeição da população, dos servidores e isso acarretaria num caos maior do que o que já existe.

Líduina tem um péssimo histórico de relação com servidores e populares, e por isso o rebuliço está grande na cidade, porque caso o prefeito não a indique, vai gerar a insatisfação com seu aliado, Nuilson Pinto.

A realidade é que o prefeito não tem ninguém para colocar na pasta, pois não tem estrutura, e diante do aumento diários de casos confirmados do COVID-19 na cidade, vai ser difícil alguém competente e responsável, conseguir gerir a pasta sem a velha politicagem dos Soares

Governo de SP pode decretar lockdown se isolamento social não aumentar

Após determinar a prorrogação da quarentena em São Paulo até o dia 31 de maio, o governador de São Paulo, João Doria, disse que pode adotar medidas mais críticas, como o lockdown (fechamento total, em inglês), caso encare-o como uma medida necessária para o combate à pandemia do novo coronavírus (covid-19) no estado. Segundo ele, a medida poderá ser adotada até mesmo antes do dia 31 de maio, período previsto para acabar a quarentena no estado.

O lockdown é um tipo de medida mais radical imposta por governos e que proíbe o deslocamento das pessoas e exige o fechamento das atividades consideradas não essenciais. Para garantir o lockdown, os governantes costumam prever aplicação de multas ou prisões. Neste caso, as pessoas só podem sair de casa para a compra de alimentos ou transporte de doentes, por exemplo.

“Não descartamos medidas mais restritivas. Ela não está sendo aplicada no momento. Não há protocolo iminente, mas ele não está descartado. Esperamos que ele não tenha que ser praticado, mas dependemos muito [da adesão da população]”, disse o governador. Quando fala de adesão, o governador se refere à medida de se manter em isolamento, em casa, evitando sair de casa. A taxa de isolamento social hoje no estado foi de apenas 47%, bem abaixo do que o governo considera ideal, em torno de 70%. Mas o governo já considera satisfatório quando a taxa atinge 55%, o que, segundo o governo, evita a propagação da doença. “Se houver necessidade de endurecimento [das medidas], adotaremos. Nosso compromisso é salvar vidas”, falou o governador.
Ampliação do isolamento

Hoje, Doria anunciou a manutenção da quarentena no estado paulista até o dia 31 de maio. Segundo o governo paulista, a medida só começará a ser flexibilizada quando houver a redução sustentada dos números de novos casos de covid-19 por 14 dias e quando a manutenção da ocupação dos leitos das unidades de terapia intensiva (UTI) estiver em patamar inferior a 60%.

O estado de São Paulo chegou hoje a 3.416 óbitos pelo novo coronavírus, sendo que 210 foram registradas nas últimas 24 horas. Além da capital paulista, já foram registrados óbitos em outros 170 municípios. Os óbitos continuam concentrados em pacientes com 60 anos ou mais, totalizando 73,2% das mortes.

Leia maisGoverno de SP pode decretar lockdown se isolamento social não aumentar

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: