Comportamento inadequado nas redes sociais colocará em risco CNH

Os profissionais de recursos humanos sempre pediram muito cuidado com o que os candidatos publicam nas redes sociais. Ao que tudo indica, o que é escrito na internet pode influenciar, em breve, na vida dos motoristas pelo Brasil afora.

Tramita na Câmara dos Deputados o Projeto de Lei (PL) 130/2020, que visa punir motoristas que compartilham conteúdos nas redes sociais contendo infrações de trânsito. Postagens em que a pessoa filma a si mesma em uma velocidade maior que a permitida ou praticando qualquer outro tipo infração serão validadas como prova.

A proposta prevê a suspensão do direito de dirigir por 12 meses e a cassação da carteira nacional de habilitação no caso de reincidência no prazo de dois anos.
Autora do PL, a deputada Christiane Yared (PL-PR) defende que essas pessoa estão ameaçando a segurança da circulação e pondo em risco a vida alheia, sem que isso sofra qualquer tipo de controle.

Confira o projeto:

Caso seja aprovado, a ementa da Lei n º 9.503, de 23 de setembro de 1997 o texto passaria a vigorar da seguinte forma:

“Art. 261 A penalidade de suspensão do direito de dirigir será imposta nos seguintes casos:
III – condutor que praticar infrações de circulação de natureza gravíssima e divulgá-las por meio de redes sociais ou quaisquer outros meios de divulgação digitais, eletrônicos ou impressos, ainda que não tenha havido a lavratura do respectivo auto de infração.

§ 1º

III – no caso do inciso III do caput: 12 (doze) meses e, no caso de reincidência, a cassação do documento de habilitação
Art. 263 A cassação do documento de habilitação dar-se-á:
IV – no caso de reincidência, no prazo de 2 (dois) anos, na conduta prevista no Inciso III do caput do art. 261
Art. 298 São circunstâncias que sempre agravam as penalidades dos crimes de trânsito ter o condutor do veículo cometido a infração:

Parágrafo único. Sem prejuízo do disposto nos incisos deste artigo, as penalidades serão aumentadas de um terço à metade caso o condutor do veículo tenha divulgado a conduta pratica nas redes sociais ou quaisquer outros meios de divulgação digitais, eletrônicos ou impressos, independente da aplicação de outras sanções administrativas, cíveis ou penais.”

Leia maisComportamento inadequado nas redes sociais colocará em risco CNH

Papéis de empresas brasileiras têm forte queda em Nova York

Resultado de imagem para empresas brasileiras fecharam a segunda-feira com fortes perdas em Nova York,

Os papéis de empresas brasileiras fecharam a segunda-feira com fortes perdas em Nova York, em meio aos temores gerados pela rápida disseminação do coronavírus fora da China, que provocou forte estresse no mercado financeiro internacional.

Os grandes bancos também amargaram perdas importantes, embora menores que as de Petrobrás e Vale. O ADR do Itaú recuou 3,67%, o do Bradesco perdeu 3,31% e o do Santander caiu 4,21%.

Para o diretor de Operações da gestora Mirae Asset, Pablo Spyer, mesmo com a Bolsa e o mercado de juros futuros e câmbio fechados no Brasil, por conta do carnaval, é possível ter uma ideia de como seriam as perdas caso estivessem em operação.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: