Nelter Queiroz defende que presos façam a própria comida

O deputado Nelter Queiroz (MDB) defendeu, durante sessão ordinária desta quarta-feira (19), que os presos que fazem parte do sistema prisional do Rio Grande do Norte façam a própria comida para que o Estado possa economizar com as empresas que produzem as quentinhas.

“Isso já foi uma prática no Rio Grande do Norte durante a gestão de Leonardo Arruda como secretário de Justiça. Mas desde o Governo Rosalba que o Estado tem gastado muito com quentinhas. O governo atual precisa concluir uma licitação e otimizar esse custo”, disse Nelter.

O parlamentar também chamou a atenção para a vistoria eletrônica no Detran. De acordo com Nelter, o Rio Grande do Norte está perdendo quase R$ 14 milhões ao ano com a empresa responsável. “A empresa que faz a vistoria eletrônica no Detran cobra um valor absurdo. Desde o governo passado que existe essa licitação. O Governo do Estado já tentou derrubar uma liminar para tirar a empresa, mas não conseguiu”, alertou Nelter.

JOGO ARDILOSO: Prefeito do Assú é instruído por seu pai para brincar de “bom moço” com o povo assuense


Há exatamente um pouco mais de duas semanas, por ordem do prefeito Fake Ronaldo, o “mamulengo” Gustavo Soares, houve uma sessão “extra” na Câmara Municipal de Assú, para a votação do aumento de salário dos vereadores, secretários e prefeito.

O rebuliço tomou uma proporção que o prefeito fake duvidava, pois não acreditava que a população do Assú iria se posicionar contra. Nesse meio tempo, ocorreram diversas manifestações nas redes sociais contra o aumento salarial.
No fim das contas, o prefeito fake e o mamulengo colocaram os vereadores como “testa de ferro”, pois os dois filiados no partido do prefeito, Elisangela e Wedson, votaram a favor do aumento, e caso a população se revoltasse, eles vetariam o aumento, e ele sairia como “bom moço”.

No fim das contas, quem saiu como os vilões da história do projeto de aumento, foram os vereadores que votaram a favor, e acabaram entrando numa fria.

No interesse dos Soares, não existe consideração por ninguém, cada um jogue com as cartas que tem na mesa. Comenta-se que os vereadores estão articulando uma revanche, e há quem garante que não vai ficar por isso mesmo. Com o desgaste do prefeito com a população, e agora com a Câmara Municipal, vamos ver o fiasco que vai ser sua candidatura a reeleição.

FGTS vai reduzir descontos no financiamento da casa própria em 2021

Os descontos concedidos a pessoas físicas nos financiamentos à casa própria, com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS), vão cair a partir do próximo ano. A decisão foi tomada pelo Conselho Curador do FGTS, que reuniu-se hoje (19), em Brasília, para revisar o orçamento do fundo.

Os subsídios foram definidos em R$ 9 bilhões para este ano, R$ 8,5 bilhões, em 2021, R$ 8 bilhões, em 2022, e R$ 7,5 bilhões, em 2023. O presidente do Conselho Curador do FGTS, Júlio César Costa Pinto, afirmou que a ideia é reduzir os descontos em uma “transição suave”.

Costa Pinto afirmou que já há uma discussão sobre a possibilidade de redução das taxas de juros dos empréstimos “de forma que no final não tenha mudanças em termos de custos para o consumidor”. A redução de juros depende de normativos do Conselho Curador. O presidente do conselho ponderou que, além de incentivar a habitação popular, é preciso priorizar também a remuneração paga aos trabalhadores. “Temos que pensar em reembolsar o cotista e também em habitação”, disse.
Orçamento

O Conselho aprovou o orçamento para 2020, com o total de R$ 77,9 bilhões. Segundo Costa Pinto, houve uma “adequação de receitas e despesas”. Na revisão do Orçamento que já tinha sido aprovado em dezembro, houve aumento no orçamento para habitação popular de R$ 62 bilhões para R$ 62,5 bilhões. O orçamento para saneamento básico foi mantido em R$ 4 bilhões, para infraestrutura urbana, segue em R$ 5 bilhões e para o FGTS-Saúde, que financia entidades hospitalares filantrópicas, permaneceu em R$ 3,4 bilhões.
Taxa de administração

Leia maisFGTS vai reduzir descontos no financiamento da casa própria em 2021

CCJ da Assembleia aprova admissibilidade da PEC da Previdência no “vapt-vupt”

O Sindicato dos Servidores da Administração Direta do Estado (SINSP-RN) está impressionado com a rapidez com que o relator da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça da Assembleia Legislativa, deputado Francisco do PT, aprovou o texto encaminhado pelo Governo do Estado e construiu o seu voto favorável.

Francisco do PT, segundo o sindicato, precisou apenas de 30 minutos para analisar o texto de 24 páginas, mais 60 páginas de cálculo atuarial, com quase 2,5 linhas e escrever um relatório de três páginas.

O Sinsp-RN narra em seu site:

“Em reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação, o Deputado Francisco do PT, relator do projeto de reforma da Previdência do governo estadual, disse que precisaria de mais tempo para conhecer a matéria da PEC da morte e propôs uma sessão extraordinária na quinta-feira, dia 20. No entanto, foi obrigado a mudar de opinião depois que Raimundo Fernandes e George Soares, líder do governo, interferiu na fala do parlamentar. Por causa da interferência, Francisco voltou atrás como um cachorro arrependido.

Ou seja, cedendo aos colegas, Francisco apresentou um relatório favorável ao governo e contrário aos servidores públicos, a qual admitiu não conhecer e ignorando o fato de que ela vai prejudicar a vida dos servidores ativos, aposentados e pensionistas do Rio Grande do Norte. O parlamentar, com isso, não apresentou o relatório, apenas cumpriu uma ordem.

O projeto tem 24 páginas, além de 60 páginas do cálculo atuarial. São quase 2 mil linhas. Em 30 minutos, ele leu 84 páginas e escreveu um relatório de 03 páginas. O deputado gastou cerca de 23 segundos por página na leitura. Antes, ele já tinha declarado que não tinha conhecimento do projeto. A cena lembrou o relator da Lava Jato no caso do ex-presidente Lula, no TRF-4.

No quesito rapidez, Francisco foi rápido em se juntar ao Governo do RN na tentativa de penalizar ainda mais os trabalhadores estaduais.”

Leia maisCCJ da Assembleia aprova admissibilidade da PEC da Previdência no “vapt-vupt”

Especialista recomenda medicamentos antimalária contra coronavírus

O líder de uma equipe de especialistas da autoridade sanitária chinesa recomendou o uso de medicamentos antimalária para tratar pessoas infectadas pelo novo coronavírus.

Zhong Nanshan disse a repórteres, nessa terça-feira (18), que testes clínicos revelam que o fosfato de cloroquina é eficaz. Ele afirma que apesar de não ser um medicamento milagroso, pacientes que o tomaram tiveram teste negativo para o vírus em um período de 15 dias, sem efeitos colaterais graves.

Zhong também disse que o tratamento utilizando plasma sanguíneo de pacientes já curados é relativamente seguro e eficaz para aqueles em estado grave.

O governo chinês considera esse tratamento promissor e pede que as pessoas que receberem alta doem seu plasma.

*Emissora pública de televisão do Japão

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: