Abertura do mercado chinês para melão brasileiro deve gerar 10 mil empregos no RN, diz Abrafrutas

Melão produzido no RN deverá ganhar mercado chinês, após acordo comercial (arquivo) — Foto: Anderson Barbosa/G1

O Rio Grande do Norte deverá ser o estado mais favorecido pelo protocolo assinado entre os governos do Brasil e da China, para exportação do melão brasileiro durante a cúpula do BRICS (Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul). A reunião ocorre em Brasília. De acordo com os produtores do estado, que é o maior exportador do produto no país, a expectativa é dobrar as áreas de produção e gerar emprego nos próximos anos.

“Isso significa a abertura do maior mercado do mundo para o nosso melão. Claro que teremos desafios, como a distância e as variedades de melão que eles consomem, mas a nossa expectativa é pelo menos dobrar a área de produção e criar cerca de 10 mil empregos”, afirmou Luiz Roberto Barcelos, presidente da Associação Brasileira dos Produtores Exportadores de Frutas e Derivados (Abrafrutas) e diretor da Agrícola Famosa, maior exportadora de melão do país.

De acordo com ele, já nos próximos anos, o estado deverá passar dos atuais 20 mil para 40 mil hectares de produção. Porém, os produtores não sabem se a abertura já vai valer para a safra atual – que normalmente começa em setembro e vai até o início do ano seguinte.

“Nós questionamos o Ministério da Agricultura da China para saber se já poderemos exportar, apenas com a assinatura do protocolo, ou se eles ainda precisarão fazer uma visita técnica. Nossa ideia é mandar amostras”, pontuou.

Leia maisAbertura do mercado chinês para melão brasileiro deve gerar 10 mil empregos no RN, diz Abrafrutas

Projetos de Nelter buscam reconhecimento de Utilidade Pública para Associações do Vale do Açú

Buscando reconhecer a Utilidade Pública da Associação Comunitária de Fazenda Nova, em Assú e da Associação dos Moradores da Comunidade Pedrinhas, em Ipanguaçu, o deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) protocolou projetos de lei, na Assembleia legislativa do Estado do Rio Grande do Norte (ALRN), neste sentido.

“A Associação Comunitária de Fazenda Nova, em Assú, tem como finalidade despertar o interesse da comunidade pelo desenvolvimento e promoção do trabalho social. Além disso, atua reivindicando benefícios nas áreas da saúde, educação, agricultura e lazer junto aos órgãos competentes do município, do estado e da união”, destacou Nelter frisando que esta Associação também tem importante papel para firmar convênios com instituições sociais, estimulando-as a adotar programas de planejamento e coordenação, para melhor e maior prestação de serviços à comunidade de Fazendo Nova.

De acordo com o parlamentar, tão importante quando a instituição assuense, a Associação dos Moradores da Comunidade Pedrinhas, em Ipanguaçu, apresenta como objetivos principais o fomento ao desenvolvimento comunitário através da realização de obras e melhoramentos, com recursos próprios obtidos por doação ou empréstimo.

“A Associação dos Moradores da Comunidade Pedrinhas proporciona aos sócios e dependentes a organização das atividades econômicas, sociais, culturais e desportivas, diretamente ou através de outras instituições; bem como a organização das atividades de beneficiamento, comercialização e armazenamento das produções vegetais, pecuárias, agroindustriais e artesanais, em forma individual e ou comunitária; entre outros benefícios que envolvem defesa de interesses, investimento em formação e ações de preservação do meio ambiente”, frisou Queiroz.

Os projetos em questão tramitarão nas comissões temáticas da ALRN, logo após irão para plenário para apreciação dos deputados e por fim seguirão para sanção da governadora Fátima Bezerra.

Audiência Pública vai debater Zoonoses e políticas públicas para os animais

Na próxima segunda-feira (18), a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizará audiência pública com o tema: “Saúde pública – Direcionada ao controle de zoonoses e a omissão do Poder Público com os cães e gatos no RN”.

O debate está sendo proposto pelo deputado estadual Allyson Bezerra (SDD) e acontecerá às 9 horas no auditório do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFRN) em Mossoró.

Allyson explica que o tema é relevante devido à ligação com a saúde pública da população. “Cuidar dos animais é uma questão fundamental da saúde pública e percebemos que nosso Estado é carente de políticas públicas voltadas para a causa animal. A audiência é um momento importante para ouvir as pessoas engajadas nessa causa e pensar em soluções para a problemática”, afirmou o parlamentar.

Estão convidadas a participar da audiência pública, autoridades municipais, estaduais, representantes de movimentos que atuam em defesa da causa animal e a população em geral.

George Soares vai a rádio com velho blá blá e não diz porque obra da Barragem do Pataxó ainda não iniciou


O líder sem liderança alguma na Assembleia, o deputado George Soares, foi ontem, dia 13, a emissora de rádio em Assú conceder entrevista, manteve o velho blá blá que é tão comum de políticos com o seu perfil, perseguidor e que não consegue emplacar projetos ou ações que elevem o patamar da região do Vale do Açú, no quesito de desenvolvimento.

O parlamentar é tão “sabido”, que não explicou porque até agora, não foram iniciadas as obras da reforma da Barragem do Pataxó, mas a conversa nos bastidores é que ele está escondendo a sete chaves, que a fazenda que tem as jazidas que serão vendidas a empresa que executará a obra, é herança sua, já que seu pai seria o suposto dono.

Não dá pra entender porque o deputado George Soares anda fugindo desse assunto, mas a população comenta que os valores que poderão ser arrecadados com a venda das jazidas, irá servir também para financiar a campanha de reeleição de seu irmão, e consequentemente, de seu pai, já que ele que é o prefeito de fato, e o outro, de enfeite de parede.

Mas vamos aguardar mais informações, e torcer para que os órgãos de fiscalização cobrem a execução da obra que a população de pataxó tanto espera, e que o governo sequer dá uma explicação, e menos ainda, o deputado que se diz defensor do Vale do Açú, que fica se escondendo do assunto.

Operação da PRF intensifica fiscalização nas rodovias federais do RN

A Polícia Rodoviária Federal intensifica a partir desta quinta-feira, 14, a fiscalização e o policiamento nas rodovias federais de maior movimento no Rio Grande do Norte. Na “Operação Proclamação da República 2019”, que vai até o domingo, 17, o efetivo terá um acréscimo de 40%, com a implementação de equipes extras. Também terá reforço na fiscalização com etilômetros durante todo o período.

A operação tem como objetivo reforçar as ações de policiamento ostensivo, com foco na prevenção e redução dos acidentes graves, bem como garantir a fluidez do tráfego, aumentar a percepção de segurança nas rodovias e enfrentar a criminalidade.

Serão priorizadas ações voltadas para combater o uso de bebida alcoólica para depois dirigir e as ultrapassagens proibidas. Será dispensada atenção especial aos condutores dos veículos de duas rodas, onde se observará a utilização do capacete com a viseira fechada. A PRF também estará atenta para o uso do cinto de segurança por todos os ocupantes do veículo, bem como dos dispositivos de retenção para o transporte de crianças menores de sete anos e meio.

Além do patrulhamento ostensivo, a PRF também realizará ações educativas nas rodovias federais, buscando sensibilizar motoristas sobre a responsabilidade com a segurança do trânsito. Em determinado ponto da rodovia, o veículo será abordado e, enquanto ocorre a fiscalização, condutor e passageiros serão convidados para assistir a vídeos que mostram comportamentos inadequados no trânsito e as consequências dessas condutas. Todos terão a oportunidade de fazer uma reflexão sobre suas atitudes e assimilar novos hábitos.

Leia maisOperação da PRF intensifica fiscalização nas rodovias federais do RN

Marinha reforça limpeza de óleo no Nordeste com mais um navio

O navio de desembarque de carros de combate Almirante Sabóia, da Marinha, partiu na última segunda-feira (11), do Rio de Janeiro, em direção a Ilhéus, na Bahia, com a finalidade de reforçar as ações de limpeza de vestígios de óleo nas praias do Nordeste. O navio transporta um Grupamento de Fuzileiros Navais, com 244 militares, além da tripulação.

Em terra, a tropa desempenhará ações de apoio à proteção ambiental, por meio da limpeza e do monitoramento dos manguezais, arrecifes e praias da região do sul do estado da Bahia, na faixa compreendida entre as cidades de Caravelas e Ilhéus.

O navio Almirante Sabóia realizará patrulha naval, ação de presença no Porto de Ilhéus e operações de monitoramento, participando com outros navios, na busca por possíveis manchas de óleo ou agentes poluidores, em especial em regiões próximas ao Parque Nacional Marinho de Abrolhos.

A atracação da embarcação no litoral baiano ocorrerá nesta quinta-feira (14), no Porto de Ilhéus. No dia 18, o navio fará ações no mar, com previsão de retorno ao Porto de Ilhéus no dia 25.

Em outra frente, mergulhadores do Batalhão de Operações Especiais dos Fuzileiros Navais permanecem atuando na limpeza e retirada do óleo no Rio Persinunga, no município de São José da Coroa Grande, em Pernambuco.

As ações de limpeza das praias do Nordeste estão concentradas em Mamucabinhas, em Pernambuco; Japaratinga, Barra de São Miguel, Coruripe, Feliz Deserto e Piaçabu, em Alagoas, e Cairu e Guaiu, na Bahia. Outra frente da Marinha atua na praia de Guriri, no Espírito Santo, na Região Sudeste, onde na semana passada apareceram vestígios de óleo na costa.

Proposta por Ezequiel, Sessão Solene homenageará 105 anos da Escola Doméstica

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizará na próxima segunda-feira (18) uma sessão solene pelos 105 anos da Escola Doméstica de Natal. Na oportunidade, serão homenageados nomes que passaram ou que continuam colaborando com a instituição atualmente. A proposição da solenidade é do deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB), presidente da Casa.

“A Escola Doméstica é uma das instituições mais tradicionais do nosso Estado, há 105 anos contribuindo com a educação e a formação de milhares de mulheres, muitas delas hoje ocupando posições de destaque em nossa sociedade. A sessão solene será uma grande oportunidade para reconhecermos a importância do trabalho realizado neste período”, disse Ezequiel Ferreira.

A fundação da Escola Doméstica de Natal, pelo poeta, escritor e jornalista Henrique Castriciano, ocorreu em 1914. Na época, ele havia viajado para a Europa, onde conheceu padrões – na Suíça – que quis implementar na capital potiguar. Acabou sugerindo ao então governador Alberto Maranhão a criação de uma escola voltada para mulheres. Era o início da ED, ainda localizada na Ribeira. Desde o seu início, a instituição teve como objetivo preparar as mulheres para atuar tanto no âmbito familiar quanto trabalhando fora de casa.

Leia maisProposta por Ezequiel, Sessão Solene homenageará 105 anos da Escola Doméstica

Anúncio de casamento com Lula precipita saída de namorada de Itaipu

A soltura do ex-presidente Lula (PT) e o anúncio de que ele pretende se casar com Rosângela da Silva, a Janja, precipitaram a saída da socióloga dos quadros de Itaipu.

Na terça-feira (12), ela assinou adesão ao PDV (Programa de Demissão Voluntária) da binacional, onde trabalhou por quase 15 anos e tinha salário de R$ 20 mil.

“Foi acertado o desligamento oficial dela da companhia em 2 de janeiro. Até lá, ela vai usufruir de férias e dias de bonificação a que tem direito”, disse à Folha Patrícia Iunovich, superintendente de Comunicação de Itaipu.
A situação funcional de Janja, 52, estava indefinida desde que, ao assumir o comando da companhia no governo Jair Bolsonaro, o general Joaquim Silva e Luna decidiu fechar o escritório de Itaipu em Curitiba, onde ela estava lotada.

A transferência dos 120 funcionários da capital paranaense para Foz do Iguaçu deverá acontecer até 31 de janeiro de 2020.

A namorada de Lula ainda não havia comunicado à direção de Itaipu sobre sua intenção de ser transferida ou não para Foz do Iguaçu.

Uma pessoa que acompanhou as negociações disse que o processo estava em “banho-maria” até Lula, 74, ser solto na última sexta-feira (8).

Após deixar a cela da PF em Curitiba, o petista deu um beijo em Janja. “Eu consegui a proeza de, preso, arrumar uma namorada e ainda ela aceitar casar comigo. É muita coragem dela”, afirmou Lula a apoiadores.

Leia maisAnúncio de casamento com Lula precipita saída de namorada de Itaipu

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: