Ivan Junior participa de reunião com o deputado federal Benes Leocádio na FIERN


Durante a reunião, foram discutidos assuntos de ampliação do setor de confecções no interior do RN, para gerar postos de emprego e renda para a população .

Somando esforços em prol de projetos que tragam ao RN uma maior representatividade frente à indústria têxtil nacional. Deputado Benes pediu apoio da FIERN e do Senai na cooperação para auxiliar na expansão da indústria têxtil em nosso Estado. Na oportunidade também foi apresentado o projeto de instalação de centrais de cortes em várias cidades do interior.

O presidente da FIERN, Amaro Sales, prontamente garantiu apoio e colocou à disposição o Sistema FIERN para auxiliar no projeto, numa maneira de viabilizar recursos, solidificando o mandato de Benes na Câmara Federal, como membro da Frente Parlamentar da Industria Têxtil.

Participaram da reunião o presidente da FIERN, Amaro Sales, Superintendente do Senai, Émerson Batista,Superintendente de Relações Internacionais, Hélder Maranhão, Diretor da Associação das Industrias Têxteis, Ronaldo Lacerda, ex- prefeito de Assu Ivan Júnior e o vice-prefeito prefeito de Cerro Corá, Zeca Araujo.

Casamento comunitário finaliza festejos pelos 30 anos da Constituição do RN

As festividades em comemoração aos 30 anos da Constituição do Rio Grande do Norte foram finalizadas em grande estilo, na praça 7 de Setembro. Entre a tarde e noite desta sexta-feira (11), um casamento comunitário e apresentações artísticas finalizaram os festejos e emocionaram a população presente.

Em parceria da Assembleia Legislativa com o Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte (TJRN), foi viabilizada a união civil de 95 casais de Natal. Os noivos haviam dado entrada na documentação para os casamentos nos cartórios da Redinha (25), Alecrim (50) e Igapó (20), conseguindo a oportunidade de casar sem custos na festa viabilizada em comemoração ao 30º aniversário da Constituição potiguar.

Com direito a marcha nupcial, decoração para as fotos, lembranças e um bolo, os noivos puderam oficializar com a presença de amigos e familiares que foram ao local onde a estrutura foi montada para o casamento.

“Algumas pessoas têm o desejo de casar, mas acabam não oficializando a união devido aos custos, que são de aproximadamente R$ 400. Nesse casamento coletivo e nos outros quase 15 mil que a Justiça potiguar realizou, damos a oportunidade para que as pessoas realizem seus sonhos e economizem um dinheiro, que poderá ser utilizado em outra coisa”, explicou a desembargadora Zeneide Bezerra.

Leia maisCasamento comunitário finaliza festejos pelos 30 anos da Constituição do RN

Em apresentação de novo submarino, Bolsonaro discursa sobre soberania

O presidente Jair Bolsonaro, recebe miniatura do submarino durante cerimônia de conclusão do processo de união das partes do Submarino Humaitá, na Base de Submarinos de Itaguaí

O presidente Jair Bolsonaro disse hoje (11), no Complexo Naval de Itaguaí, a 80 quilômetros do Rio de Janeiro, que não aceitará tentativas de colocar o Brasil como um país colonizado. Acompanhado de diversos ministros e do governador fluminense Wilson Witzel, ele participou da cerimônia que marcou uma das últimas etapas de construção do novo submarino brasileiro, nomeado Humaitá ou SBR-2.

“Lá fora, estão cada vez mais tentando nos colocar em uma situação de colonizados. Não permitiremos isso”, disse em seu breve pronunciamento. O presidente também fez menção ao discurso proferido na Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), realizada no mês passado.

“O Brasil sofria um ataque sobre a dúvida da nossa soberania na Amazônia e eu tive a grata satisfação de falar na ONU, para todo o mundo, que a Amazônia é nossa. É patrimônio do Brasil. Para nós garantirmos isso, precisamos de meios e de homens e mulheres preparados, abnegados e com vontade cada vez mais de servir à nossa pátria. O destino do Brasil, quem o fará seremos todos nós juntos e unidos”, disse.

No pronunciamento, Bolsonaro também disse que o Brasil tem inimigos internos e externos. “Os de dentro são os mais terríveis. Os de fora nós venceremos com tecnologia e disposição e meios de dissuasão”, avaliou. O presidente afirmou que espera deixar o país melhor do que encontrou ao assumir seu mandato. “Nosso partido é o Brasil”, acrescentou. A afirmação ocorre em meio a notícias de que o presidente poderia deixar seu partido, o PSL, por desgaste na relação com dirigentes nacionais da sigla.
Submarino

Leia maisEm apresentação de novo submarino, Bolsonaro discursa sobre soberania

Benes reúne prefeitos e discute prioridades dos municípios para emendas no Orçamento 2020

O deputado federal Benes Leocádio (Republicanos-RN) reuniu prefeitos e prefeitas do RN, na manhã desta sexta-feira (11), na sede da Associação dos Municípios do Agreste Litoral Potiguar (AMLAP) para discutir prioridades de cada município para destinação de Emendas Impositivas/2020. O encontro contou com a presença de gestores municipais, assessores e representantes de todas as regiões do Estado.

No início do evento, os prefeitos recebiam um formulário para selecionar áreas de prioridades do seu município para recebimento de recursos. Além disso, podiam descrever ações para aplicação dos investimentos. A intenção do deputado Benes é encaminhar as sugestões à Bancada Federal do RN para auxiliar na distribuição dos recursos, atendendo aos interesses municipalistas.

“Todas as emendas parlamentares passam a ter caráter impositivo, isto é, pagamento obrigatório pelo Governo Federal. Por isso, por meio do nosso mandato, convocamos essa reunião para que os prefeitos e prefeitas façam as indicações prioritárias de ações para receber as emendas/2020. Estaremos enviando essas sugestões aos colegas, membros da Bancada Federal. Devemos sempre ouvir os prefeitos e prefeitas do nosso Estado, são eles que estão mais próximos da população e conhecem mais a fundo as necessidades”, destacou Benes.

Durante o encontro o deputado também enfatizou os projetos de segurança pública e de instalação de fábricas de confecções nas cidades. “Estamos trabalhando em Brasília na busca de recursos para reforçar a segurança pública nos municípios, instaurar projetos de videomonitoramento e também impulsionar o desenvolvimento da indústria têxtil. Queremos contar com o envolvimento e parceria de todos os gestores”, disse.

Festa do Boi: Assembleia fará sessão solene nesta segunda pelos 60 anos da Anorc

Dentro da programação da Festa do Boi, que começa neste sábado (12), a Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte realizará na segunda-feira (14) uma sessão solene em homenagem aos 60 anos da Associação Norte-rio-grandense de Criadores (Anorc). O evento será realizado no Parque Aristófanes Fernandes a partir das 9 horas.

A Sessão Solene é uma propositura do presidente da Assembleia, deputado estadual Ezequiel Ferreira (PSDB). O parlamentar enfatiza que a Anorc “tem desempenhando um papel fundamental para o desenvolvimento econômico do Estado. A Associação tem feito ao longo de sua trajetória um trabalho exemplar, fortalecendo a pecuária e contribuindo para o crescimento do Rio Grande do Norte”.

A Anorc foi fundada em Natal, no dia 5 de novembro de 1959. A ideia de instalar uma associação que pudesse agregar todos os criadores surgiu de um grupo de pecuaristas potiguares. A Associação é uma entidade sem fins lucrativos, composta por cerca de 400 sócios. A diretoria é eleita através do voto direto e tem um mandato de dois anos.

Leia maisFesta do Boi: Assembleia fará sessão solene nesta segunda pelos 60 anos da Anorc

Aliado da deputada Isolda se rebela contra Fátima e adere a Escola Cívico Militar


O prefeito da cidade de Upanema, Luiz Jairo, e aliado da petista deputada Isolda, se rebela contra o governo de Fátima Bezerra, e contrariando a sua recomendação, faz a adesão do município ao Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares, do Ministério da Educação.

O prefeito enviou ofício ao Ministério da Educação, indicando a Escola Municipal Professora Maria Gorete de Carvalho Macedo para receber a implementação do modelo escolar do Programa Nacional das Escolas Cívico-Militares (PECIM), do Governo Federal.

A escola Maria Gorete é a maior escola da cidade, com mais de 730 estudantes matriculados entre os Ensinos Infantil e Fundamental.

Pelo visto, a governadora Fátima Bezerra, não vai conseguir conter por muito tempo as insatisfações dos prefeitos, que são fruto das insatisfações da população de todo RN. E a deputada Isolda que não tem cacife para cobrar de ninguém essa fidelidade ao desgoverno de Fátima, deve estar inventando mil desculpas para justificar essa insubordinação ao governo petista.

Prestação de contas de partidos expõe buraco negro com gasto de verba pública

Resultado de imagem para tse

Financiados majoritariamente com dinheiro público, os partidos políticos destinaram dezenas de milhões de reais a itens pouco transparentes ou que não têm dados divulgados de maneira detalhada pela Justiça Eleitoral.

O TSE (Tribunal Superior Eleitoral) divulgou só no fim de setembro o detalhamento dos gastos de 2018 dos mais de 30 partidos constituídos no país.

No ano passado, o fundo partidário, custeado pelo Orçamento federal e por multas eleitorais arrecadadas, distribuiu entre as agremiações políticas R$ 889 milhões. Para este ano, a previsão é de R$ 927 milhões —quantia quase equivalente a todas as despesas anuais de uma prefeitura como a de Palmas (TO).

Em 2018, mais de R$ 66 milhões foram destinados pelos partidos a itens pouco específicos, como o pagamento de pessoal com “outros serviços técnicos e profissionais”. Pelas normas da Justiça Eleitoral, o gasto dos partidos precisa ter vínculo com atividade partidária.

O item “serviços de consultoria jurídica” também está entre os que mais receberam recursos, com quase R$ 50 milhões.

Leia maisPrestação de contas de partidos expõe buraco negro com gasto de verba pública

Bolsonaro afirma que vai pedir auditoria no PSL

Resultado de imagem para bolsonaro

Estimulado pelo presidente Jair Bolsonaro, um grupo de deputados do PSL vai pedir ao partido que promova uma auditoria de suas contas para avaliar como foram utilizados os recursos públicos recebidos por meio do Fundo Partidário. A medida tem como foco o presidente nacional da legenda, deputado federal Luciano Bivar (PE), com quem Bolsonaro trava um duelo nos últimos dias pelo controle do partido. “Vamos pedir uma auditoria nas contas do partido dos últimos cinco anos”, afirmou o presidente nesta quinta-feira, 10, em visita ao Estado.

Filiado ao PSL desde março de 2018, Bolsonaro escolheu a sigla para disputar as eleições com a expectativa de que pudesse também determinar os rumos da legenda. Mas, desde a vitória nas urnas, enfrenta dificuldades para fazer valer seus projetos internos. Na terça-feira passada, ele escancarou o conflito quando pediu a um militante do partido que esquecesse o PSL e afirmou que Bivar estava “queimado para caramba”.

A resposta foi imediata. Além de declarar que o presidente já havia decidido deixar o partido, Bivar ameaça retaliar o presidente por meio de seu filho Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Presidente da Comissão de Relações Exteriores da Câmara, o deputado pode ser destituído do cargo por decisão da liderança do partido, que tem a prerrogativa de indicar seus representantes nas comissões. Em outro lance, Bivar marcou uma convenção nacional extraordinária do partido para o dia 18 com o objetivo de reduzir a força de bolsonaristas na legenda.

Leia maisBolsonaro afirma que vai pedir auditoria no PSL

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: