Defesa de Lula diz que Léo Pinheiro foi pressionado para mudar versão

Após novos vazamentos de conversas entre procuradores da Lava Jato, a defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) disse hoje que Léo Pinheiro, ex-presidente da construtora OAS, foi pressionado para mudar sua versão e incriminar o petista no caso do tríplex.

Publicada hoje pelo jornal Folha de S.Paulo, em parceria com site The Intercept Brasil, a reportagem diz que o empreiteiro que incriminou Lula no caso que o levou à prisão “foi tratado com desconfiança pela Operação Lava Jato durante quase todo o tempo em que se dispôs a colaborar com as investigações”.

De acordo com a reportagem, as mensagens vazadas indicam que Léo Pinheiro “só passou a ser considerado merecedor de crédito após mudar diversas vezes sua versão sobre o apartamento tríplex de Guarujá (SP) que a empresa afirmou ter reformado para o líder petista”.

“A reportagem publicada hoje pelo jornal Folha de S.Paulo reforça a forma ilegítima e ilegal como foi construída a condenação do ex-presidente Lula no chamado caso do ‘triplex'”, disse o advogado Cristiano Zanin Martins, que defende o petista, em nota.

Leia maisDefesa de Lula diz que Léo Pinheiro foi pressionado para mudar versão

No Seridó, Ezequiel assina a ficha de filiação de mais um vice-prefeito no PSDB

O PSDB ganhou mais um vice-prefeito neste domingo (30), com a filiação de Dr. Araújo, médico que já foi também prefeito por duas vezes de Ouro Branco, no Seridó. Presidente regional da sigla, o deputado Ezequiel Ferreira de Souza participou da Convenção Municipal e abonou a ficha do novo integrante.

“Estamos iniciando o crescimento do PSDB no Estado e vamos percorrer as regiões onde vamos trazer mais prefeitos, vice-prefeitos, vereadores e nomes fortes para disputarem as eleições 2020”, frisou Ezequiel Ferreira.

Em Ouro Branco, além de Dr. Araújo o PSDB também tem a pré-candidatura do empresário Denis Rildon e os vereadores Júnior Nogueira e Rogério Lucena, que preside a sigla na cidade. O vereador Sérgio Carlos sinalizou que no momento oportuno também deve ingressar na legenda. O partido ganhou as filiações dos ex-vereadores Chico Garofa, Magui Diniz, Graça de Isnaldo, Fabio Severiano e Phierce Muller, além de vários pré-candidatos no próximo ano. A ex-vereadora Eurinete Santos prestigiou a convenção, dentre outros nomes que estão engrossando a oposição na cidade, mostrando união.

“Preferi o PSDB por ser hoje um dos maiores partidos no Estado. Vamos fortalecer juntamente com Denis o partido em Ouro Branco, para assim ter um filho da terra disputando e vencendo a próxima eleição”, discursou Dr. Araújo.

Leia maisNo Seridó, Ezequiel assina a ficha de filiação de mais um vice-prefeito no PSDB

Plano Real, que segurou inflação, completa 25 anos

Os brasileiros com mais de 40 anos têm fácil memória das estratégias das famílias para mitigar os efeitos da hiperinflação sobre a renda nos anos 1980 e 1990. “Era uma ginástica danada. Tinha que ir atrás de promoções e nem sempre eram suficientes”, conta Rute Maria de Souza, dona de um restaurante self-service há quase 30 anos na zona central de Brasília.

Tendo que repor constantemente a dispensa da cozinha do estabelecimento, a empresária ia mais de uma vez ao dia em supermercados e sempre via a mesma cena: “Eu me lembro das remarcações no mercado. Quando chegava, lá estava a maquininha trabalhando”.

Para fugir das intermináveis remarcações, a então professora de ensino fundamental Cléia Gerin, mãe de quatro filhos, estocava alimentos, material de limpeza e sabão para lavar roupa. “O feijão ficava velho, e assim era mais difícil de cozinhar. Acabava que gastava mais gás”, comenta, ao citar a necessidade de sempre comprar mais do que efetivamente precisava no mês para fugir da imparável subida de preços.

“A partir do momento em que recebia, era aquela loucura de ir ao mercado para comprar o máximo que pudesse, para durar o mês todo, e para não ter que voltar porque no dia seguinte o preço seria diferente”, descreve ao recordar os tempos de inflação galopante.

Apesar das dificuldades, Cléia era professora da rede pública do Distrito Federal e tinha a segurança do pagamento todo mês. Em alguns momentos, era acrescido em sua remuneração um “gatilho” para repor as perdas inflacionárias.

Leia maisPlano Real, que segurou inflação, completa 25 anos

Governo do RN trata situação dos servidores com descaso

Em reunião com o Fórum Estadual de Servidores, a governadora Fátima Bezerra (PT) descartou a possibilidade de dar reajuste igualitário para todos os servidores do Rio Grande do Norte e manteve a medida descriminatória encaminhada para a Assembleia Legislativa que prevê reajuste de 16,38% somente aos procuradores, auditores fiscais e delegados de polícia. Sendo assim, tratando com descaso a situação de atraso salarial e de quase 10 anos sem reajuste ao qual os servidores da saúde estão submetidos.

Além desse ataque, o Governo do RN também decidiu:

Cancelar o Leilão dos Royalties, medida que ajudaria no pagamento dos salários atrasados, em razão da queda na arrecadação.

Diminuir o teto de pagamento para 3 mil. Ou seja, até o meio do mês receberia quem ganha até 3 mil e quem recebe acima desse valor seria pago ao final do mês.

Dessa maneira, o calendário de pagamento até setembro ficaria assim:

Leia maisGoverno do RN trata situação dos servidores com descaso

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: