Bolsonaro diz que vai indicar Sergio Moro para vaga no STF

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) ao lado do ministro Sergio Moro

O presidente Jair Bolsonaro afirmou neste domingo (12) que assumiu compromisso com o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sergio Moro, para indicá-lo para uma vaga no STF (Supremo Tribunal Federal).

“Eu fiz um compromisso com ele, ele abriu mão de 22 anos de magistratura. A primeira vaga que tiver lá [no STF], estará à disposição”, disse Bolsonaro, numa entrevista ao programa do jornalista Milton Neves, da rádio Bandeirantes.

“A primeira vaga que tiver eu tenho esse compromisso e se Deus quiser nós cumpriremos esse compromisso. O Brasil inteiro vai aplaudir”, acrescentou o presidente.

O primeiro ministro do Supremo que deve deixar a Corte é o decano Celso de Mello, que atinge a idade de aposentadoria obrigatória em novembro de 2020. A segunda vaga no STF deve ficar disponível com a aposentadoria de Marco Aurélio Mello, em julho de 2021. Folha de São Paulo

Lula pede ao STJ para cumprir pena em casa

Lula concede entrevista na prisão

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva praticamente jogou a tolha e não está mais aguentando ficar na prisão. A defesa dele entrou com um pedido no STJ (Superior Tribunal de Justiça) para que o ex-presidente passe a cumprir pena no regime aberto.

O pedido consta nos embargos de declaração protocolados na noite desta sexta-feira (10) pelos advogados de Lula, solicitando que sejam revistos pontos da decisão tomada pela Quinta Turma do STJ, que em 23 de abril reduziu a pena do ex-presidente no caso do tríplex de Guarujá (SP).

Os advogados de Lula argumentam que, como ele está preso há um ano e um mês na Superintendência da Polícia Federal em Curitiba, a revisão da pena feita pelo STJ permite a mudança para o regime semiaberto —quando o preso pode sair para trabalhar durante o dia, mas precisa se recolher em estabelecimento penal à noite, segundo a Folha de São Paulo.

Policiais Civis do RN paralisam atividades na segunda-feira (13)

Os Policiais Civis do Rio Grande do Norte deliberaram pela adesão a uma paralisação nacional que será realizada nesta segunda-feira, dia 13 de maio, quando eles, federais e rodoviários federais estarão de braços cruzados em protesto contra a reforma da Previdência.

O movimento é organizado pela União dos Policiais do Brasil (UPB), sendo composto por confederações, federações e sindicatos de vários estados. Aqui no Rio Grande do Norte, a concentração será no SINPOL-RN, a partir das 8h.

O Sindicato vai promover atos de rua e um seminário sobre a reforma da Previdência com palestras do presidente do IPERN, Nereu Linhares, e do auditor fiscal Arnaldo Fiuza, que é representante da Frente Potiguar em Defesa da Previdência.

Salários atrasados

De acordo com o presidente do SINPOL-RN, Nilton Arruda,a Diretoria do SINPOL-RN repassou detalhes da última reunião realizada com o Governo do Estado para tratar dos salários atrasados e do calendário de pagamento.

Nilton Arruda diz que o Sindicato quer que seja criado um calendário de pagamento para os meses seguintes e, principalmente, seja definido o mais rápido possível o cronograma de quitação dos atrasados.

Jacaré incentiva eternizar memória do clã Soares e destruir as outras famílias

Depois mandar destruir a casa grande do ex-sogro e ex-prefeito Edgar Montenegro, ex-deputado por cinco vezes, condenado-o ao esquecimento, o  ex-prefeito  Ronaldo Soares, o Jacaré, reforça a sua luta para manter a promoção individual da memória dele e dos dois filhotes: prefeito Gustavo Soares e o deputado George Soares, como centro de poder.

A construção da estatua do Dr Pedro Soares, no beco lateral do prédio da Prefeitura do Assú, Uma das ideias que levam à construção e preservação dos monumentos é perpetuar a memória. É garantir a lembrança da vida da cidade em outros tempos, comemorar personagens e acontecimentos, celebrar o passado, mas o Jacaré e seus dois perigosos filhotes netos do comandante Edgar preferiram a demolição e destruição casa do avó materno.

O ex-prefeito Costa Leitão foi primeira vítima do Jacaré. Ele destruiu a ex-praça Getúlio Vargas para apagar a memória de um que é apontado como um dos melhores da história do Assu. Os ex-prefeitos Sebastião Alves, João Batista Montenegro, não são reconhecidos e não merecem estátua no projeto egoísta do Jacaré.

Em quantas estatuas existem dedicadas a negros ou índios? Ou a ex-vereadores como João Britto, Manoel Botinha, João Batista Montenegro e Carmelito? E o ex-vereador Ormando Machado, vai ser um dia homenageado com uma estátua pelo trio dos  Soares?

Apostador ganha prêmio de 289 milhões de reais da Mega-Sena

Volante de preenchimento para escolha de números entre os 60 disponíveis para o sorteio de prêmios na Mega-Sena, da Caixa Econômica Federal

Uma única aposta acertou as seis dezenas sorteadas e levou neste sábado, 10, o prêmio de 289.420.865 reais do concurso 2.150 da Mega-Sena. Foi o maior prêmio de concurso regular da história da Mega.

A quina, quando se acerta cinco números, foi feita por 838 apostas, com prêmio de 30.450,20 reais para cada uma. Já a quadra, com acerto de quatro números, foi feita por 56.994 apostas, cada uma levando o valor de 639,59 reais.

O números sorteados no concurso, realizado em São Paulo neste sábado, foram 23, 24, 26, 38, 42 e 49.

Para chegar a esse valor, o acumulou catorze vezes, a maior série na história da loteria. Levando em conta a Mega da Virada, o prêmio ocupa o terceiro lugar entre os maiores, perdendo apenas para os sorteios realizados em 31 de dezembro de 2017 e 2018, que pagaram, respectivamente, 302 milhões de reais e 306 milhões de reais.

Antes deste concurso, o maior prêmio de concurso regular já pago foi em novembro de 2015, quando um apostador acertou as seis dezenas e levou para casa um total de 205,3 milhões de reais. Estadão Conteúdo/VEJA

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: