Vereadora do Assú Beatriz deve deixar Fábio Faria para apoiar Benes

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas sentadas e área interna

A vereadora Beatriz Rodrigues, deverá deverá deixar de apoiar o deputado federal Fábio Faria em quem votou na última campanha eleitoral para apoiar o deputado federal Benes Leócadio.

Bene, o federal mais votado do RN e do Assu, desbancou a fama de Fábio Faria de campeão de votos no município, após o ex-prefeito Ivan Júnior declarar apoio ao ex-prefeito de Lajes. O filho do ex-governador desse jeito deve acabar na lanterna.

Bia conversou com Benes sobre algumas demandas do Assu e entregou dois ofícios em busca de recursos na área da habitação e esporte para a população da várzea.

CCJ da Câmara aprova proposta da reforma da Previdência

0

A proposta de reforma da Previdência do governo Jair Bolsonaro (PSL) foi aprovada no fim da noite desta terça-feira (23) pela CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) da Câmara dos Deputados.

Foram 48 votos a favor e 18 contra, de um total de 66 deputados. Não houve abstenção. O texto segue para a comissão especial, que deve ser instalada nesta quinta (25) ou na semana de 6 de maio.

Essa foi a primeira etapa do principal projeto do início da gestão Bolsonaro. A CCJ analisa apenas se o texto fere ou não princípios constitucionais. Será na comissão especial a análise sobre o conteúdo da proposta.

A votação ocorreu depois de mais de nove horas de sessão.

O presidente da Casa, Rodrigo Maia (DEM-RJ), acompanhou o final da votação. Ele comemorou o resultado, e afirmou que pretende instalar a comissão especial nesta quinta (25) ou no dia 7 de maio.

Maia também disse que o governo precisa construir maioria na próxima fase.

Angela Boldrini e Thiago Resende – Folha de São Paulo

Leia maisCCJ da Câmara aprova proposta da reforma da Previdência

Policia apreende espingarda 12 e revolveres em Assú

A cidade do Assu é palco de violência e da criminalidade, com bandidos atirando a esmo numa batalha de facções criminosas que começa a tomar conta da terra dos poetas, deixando assustada a população principalmente quem mora na periferia.
Policiais do Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE), em operação conjunta com a Força Tática, GTO e Polícia Civil, apreendeu quatro armas: uma espingarda calibre 12 e três revólveres calibre 38.
A operação  foi conduzida pelo tenente-coronel Assis Santos, comandante do 10º BPM, revelando que a polícia também apreendeu vários celulares e munições.

Câmara do Assú gasta mais de R$ 10 mil com viagem de vereadores

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Delkiza Cavalcante e Matheus Do Frutilândia, pessoas sorrindo, pessoas em pé

Enquanto o prefeito Gustavo Soares casa e batiza em Assu, os vereadores Paulo Sérgio (Paulinho de Marlene), Paulo Brito, Matheus Dantas, Delkiza Cavalcante, Fabielle Bezerra e Beatriz Rodrigues, receberam cada um de mão beijada do endinheirado presidente do legislativo Francisco de Assis, vulgo Tê, diária no valor de R$ 450,00 totalizando R$ 1.800,00 para custear despesas.

No geral, a Câmara de Vereadores do Assú gastará R$ 10,8 mil com a farra. Eles já estão em Brasília participando da Marcha dos Vereadores 2019 que termina na próxima sexta-feira dia 26. Os seis vereadores devem retornar a Assu no sábado, dia 27.

Bancada evangélica vai apresentar projeto que criminaliza a homofobia

Resultado de imagem para marcos feliciano deputado

A bancada evangélica deve apresentar nas próximas semanas na Câmara dos Deputados um projeto que criminaliza a homofobia no Brasil.

O deputado Marco Feliciano (Pode-SP) foi incumbido pelo grupo de elaborar a proposta e deve apresentar o resultado nesta quarta (24) aos colegas. A ideia é que todos subscrevam o projeto.

Ele prevê que a homofobia seja enquadrada como um crime de racismo —ressalvando a liberdade de consciência e religiosa, diz o parlamentar.

“Se eu estou com a minha família em um restaurante, um casal está se beijando ao meu lado e eu levanto e saio, sem agredir ninguém, não posso ser tido como criminoso”, exemplifica Feliciano.

As igrejas também poderiam seguir falando sobre o assunto em tom crítico.

A iniciativa é uma resposta ao STF (Supremo Tribunal Federal), que no começo do ano começou a julgar a criminalização da homofobia mas suspendeu a votação. Mônica Bergamo – Folha de São Paulo

Governo Bolsonaro dará R$ 40 milhões em emendas a cada deputado

Segundo líderes, valor foi oferecido por Onyx e eleva em 65% manejo do Orçamento por congressistas

Líderes de cinco partidos governistas confirmaram à Folhaque o ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni (DEM-RS), ofereceu destinar um extra de R$ 40 milhões em emendas parlamentares até 2022 a cada deputado federal que votar a favor da reforma da Previdência no plenário da Câmara.

A proposta foi feita na casa do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), na semana passada.

A estratégia de Onyx representa um acréscimo de 65% no valor que cada deputado pode manejar no Orçamento federal de 2019 para obras e investimentos de infraestrutura em seus redutos eleitorais.

Hoje, os congressistas têm direito a R$ 15,4 milhões em emendas parlamentares. Com os R$ 10 milhões extras por ano, esse valor pularia para R$ 25 milhões.

Leia maisGoverno Bolsonaro dará R$ 40 milhões em emendas a cada deputado

Violência em Assú deixa dois feridos a tiros e população amedrontada

Um dos baleados quando era atendido no hospital Foto: Focoelho

O clima de segurança e tranquilidade pintado pelo deputado estadual e líder do governo na Assembléia George Soares, do PR, com a ajuda valiosa da Princesa FM e principalmente do radialista Jarbas Rocha, não tem na prática gerado a paz e ontem a situação voltou a ficar tensa na periferia do Assú, cidade completamente abandonada pelo prefeito Gustavo Soares.

Segundo os blogs Focoelho e Assu Notícia, ontem a noite bandidos fortemente armados voltaram a amedrontar e assustar  os moradores do Alto São Francisco, na cidade de Assú, quando efetuaram vários disparos com o intuito de acabar com a vida de dois moradores da comunidade.

Uma das vítimas quando dava entrada no hospital Foto – Focoelho

Segundo Focoelho, as vitimas dos tiros que deram entradas no hospital regional de Assu, foram Jocieliton Nogueira de Souza e Francisco Canindé de Souza. A Polícia ainda não conseguiu identificar os autores das duas tentativas de homicídios.

 

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: