Fábio Faria e Patricia Abravanel colocam filho em ritual judaico

No domingo de Páscoa (21), o famoso casal deputado federal Fábio Faria e a sua esposa, Patricia Abravanel, apresentadora do SBT, mostraram fotos aos fãs do momento da circuncisão do terceiro filho, um procedimento cirúrgico que remove a pele que cobre o glande do pênis.

Senor, neto de Silvio Santos (Foto: Reprodução/Instagram)

“Ao oitavo dia vocês circuncidarão todos os meninos da sua descendência. A circuncisão servirá como sinal da aliança que há entre mim e vocês, um sinal no seu corpo para mostrar que minha aliança com vocês é para sempre.’ (Gênesis 17)” começou Patricia Abravanel ao explicar o motivo do procedimento no caçula.

STJ vai julgar nesta terça-feira recurso de Lula no caso do tríplex

Lula

Quinta Turma do Superior Tribunal de Justiça(STJ) vai julgar nesta terça-feira o recurso da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva que tenta reverter a condenação do petista no caso do tríplex. A inclusão do caso na pauta do colegiado foi confirmada ao GLOBO por um dos integrantes da turma.

A sessão será às 14h. O advogado do ex-presidente Lula, Cristiano Zanin Martins, disse que até a noite desta segunda-feira não foi informado sobre o julgamento , segundo informa a colunista Bela Megale.

Condenado a 12 anos e um mês de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro, Lula teve sua condenação em segunda instância confirmada pelo Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) em janeiro de 2018.

Leia maisSTJ vai julgar nesta terça-feira recurso de Lula no caso do tríplex

Governo fecha acordo com caminhoneiros e evita paralisação

0

Depois de quatro horas de reunião, dirigentes das onze principais centrais sindicais de caminhoneiros autônomos conseguiram fechar um acordo com o ministro de Infraestrutura, Tarcísio Freitas.

Em resposta ao último reajuste do diesel nas refinarias, os caminhoneiros presentes defendiam uma paralisação no dia 29. Após a negociação, a greve foi suspensa.

O governo se comprometeu a implementar a política de frete mínimo e, a partir desta terça-feira (23), os caminhoneiro terão poder de denunciar ao ministério, sem risco de penalidades, as empresas que descumprirem a política de preço mínimo.

“De fevereiro para cá já teve o reajuste de mais de 10% nas bombas e o gatilho não foi acionado. Ele [Freitas] se comprometeu a resolver isso essa semana”, disse.

Hoje, quando reportam as infrações para a ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), os caminhoneiros também são multados. O valor é R$ 550. Pelo acordo fechado nesta segunda-feira (22), eles estarão livres dessa autuação.

“Teremos mais poder de pressão agora”, disse Carlos DelloRarosa, presidente do Sindicam (Sindicato dos Transportadores Rodoviários Autônomos de Bens) de Londrina (PR).

Heloísa Negrão e Julio Wiziack – Folha de São Paulo

Leia maisGoverno fecha acordo com caminhoneiros e evita paralisação

Ministério nega, outra vez, acesso a dados de Previdência

Propostas polêmicas da reforma da Previdência

O Ministério da Economia se negou novamente nesta segunda (22) a abrir pareceres e estudos técnicos que embasaram proposta de emenda à Constituição (PEC) da Previdência. Em resposta a um recurso de acesso a informações apresentado pela Folha, a pasta reiterou que a consulta aos documentos é restrita a servidores públicos e autoridades devidamente autorizados.

Reportagem publicada neste domingo (21) mostrou que a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho, vinculada ao ministério, blindou esses papéis.

A decisão consta de resposta a pedido do jornal, formulado com base na Constituição e na Lei de Acesso à Informação (LAI), cujo objetivo é o de conhecer com mais profundidade estatísticas, dados econômicos e sociais que sustentam o texto em tramitação no Congresso.

A solicitação foi enviada ao governo em 12 de março e negada em 15 de abril. A Folha recorreu, argumentando que não há justificativa para a restrição do acesso aos dados que subsidiam um projeto já apresentado publicamente. Também ponderou que a população tem o direito de conhecer os argumentos técnicos que sustentam mudanças significativamente impactantes em sua vida.

Fábio Fabrini = Folha de São Paulo

Leia maisMinistério nega, outra vez, acesso a dados de Previdência

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: