fbpx

PSB retoma aposta na candidatura de Joaquim Barbosa para presidente

O ex-ministro do STF Joaquim Barbosa Foto: Ueslei Marcelino/Reuters / Reuters

Apesar de ter se decepcionado com a desistência de Joaquim Barbosa em disputar a eleição do ano passado, o PSB voltou a investir na tentativa de construir uma candidatura presidencial do ex-presidente do Supremo Tribunal Federal. A avaliação é que o ex-ministro pode se tornar uma alternativa para eleitores de centro-esquerda decepcionados com o PT.

No final do mês passado, o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, almoçou com Barbosa em Brasília. Siqueira afirma que o objetivo foi convidar Barbosa para integrar o conselho de política internacional da legenda.

— Ele aceitou participar. Nós vamos discutir os grandes temas da conjuntura mundial nesse conselho — disse o presidente do PSB.

De acordo com Siqueira, a legenda quer Barbosa mais atuante na vida partidária.

Leia maisPSB retoma aposta na candidatura de Joaquim Barbosa para presidente

Clima de redução da violência do governo do RN deixa dois feridos em tiroteio em Assú

A insegurança em Assú é muito pior na gestão da governador Fátima Bezerra, do PT, do que na época do ex-governador Robinson Faria, apesar do esforço da Princesa FM, do radialista Jarbas Rocha e do seu diretor Lucílio Filho, que se recusam a divulgar os fatos para não contrariar e perder a boquinha na Prefeitura do Assú, Camera de Vereadores e no gabinete do deputado do PR e líder do governo na Assembléia George Soares.

A população está assustada e amedrontada com bandidos que andam espalhando o terror e o medo nos bairros da periferia da cidade abandonada pelo prefeito Gustavo Soares, irmão do deputado George Soares, que deu um cala boca na principal emissora do município, evitando que a outrora destemida Princesa, por um pouco mais de R$ 35 mil mensal, fique acovardada e acuada pelos irmãos Soares, amordaçada e silenciada com represália política do poderoso clã familiar.

Ontem, por volta das 21h40, dois homens em uma motocicleta passaram em alta velocidade de frente a um bar, na avenida principal do bairro Vertentes, e efetuaram vários disparos contra dois homens que estavam no local. Nário Bruno Oliveira da Rocha, de 29 anos de idade, e Érico Inácio da Silva sofreram  disparos e foram socorridos para o Hospital Regional Nelson Inácio dos Santos. Segundo a PM, um deles já tem passagem pela polícia, o outro é desconhecido.

Segundo o blogueiro Focoelho,  as vítimas, foram alvejada nas costas e pernas e ambos não correm risco de morte. As fotos foram tiradas pelo repórter citado.

Enquanto isso, a governadora do PT, Fátima Bezerra, comemora a redução da violencia no RN.  Pode?

Alvo de Receita e Supremo, ministro do TCU dá aulas a Bolsonaro, ministros e PF

Palestra do ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, a Bolsonaro e ministros
Palestra do ministro do Tribunal de Contas da União, Augusto Nardes, a Bolsonaro e ministros – Marcos Correa/PR

Investigado sob suspeita de envolvimento na compra de decisões no Carf (Conselho Administrativo de Recursos Fiscais) e cobrado pela Receita Federal por impostos de suposta propina, o ministro Augusto Nardes(Tribunal de Contas da União) tem sido chamado pelo governo de Jair Bolsonaro para dar aulas sobre boas práticas de governança.

Autor de um livro sobre o assunto, Nardes deu palestra para o próprio presidente e seus ministros em 14 de março, no Palácio do Planalto. Em 26 do mesmo mês, esteve em evento em Brasília com os superintendentes da Polícia Federal, um dos órgãos que o investigam.

Ligado ao ex-ministro Eliseu Padilha, ele já dava aulas para autoridades no governo de Michel Temer. 

O ministro Augusto Nardes, do TCU (Tribunal de Contas da União)
Augusto Nardes foi chamado para palestras sobre boas práticas de governança

Nardes é alvo da Operação Zelotes por, supostamente, receber R$ 2,5 milhões em troca de recrutar um grupo de lobistas para comprar decisões do Carf favoráveis à RBS, conglomerado de comunicação que atua no Sul. Os julgamentos sob suspeita no conselho –espécie de tribunal que avalia recursos de contribuintes a autuações da Receita– anularam um débito que ultrapassa R$ 1 bilhão.

Leia maisAlvo de Receita e Supremo, ministro do TCU dá aulas a Bolsonaro, ministros e PF

STF retoma julgamentos em meio à crise de inquérito das fake news

O ministro Dias Toffoli, do STF, durante o evento da comunidade Judaica, em São Paulo. Ele está de terno, camisa azul, gravata azul escura e com um quipá na cabeça

O STF (Supremo Tribunal Federal) buscará nesta semana tentar pacificar os ânimos internos e encontrar uma solução para o polêmico inquérito que investiga a divulgação de fake news contra ministros da corte.

Nos bastidores, os integrantes do tribunal avaliam agora se e como a apuração aberta pelo presidente José Dias Toffoli deve ser levada a plenário.

A avaliação é que, se houvesse uma votação hoje sobre o tema, a investigação seria arquivada pela maioria.

Isto é Dias Toffoli
Presidente do STF já presidiu o TSE e foi advogado-geral da União no governo Lula

Na quinta-feira (18), após pressão externa e interna, o ministro Alexandre de Moraes, relator do inquérito das fake news, revogou decisão que havia sido tomada por ele próprio de retirada do ar de reportagens da revista Crusoé e do site O Antagonista sobre o apelido “amigo do amigo do meu pai” dado a Toffoli pela Odebrecht.

O episódio da censura representou uma derrota ao presidente da corte. A medida havia sido criticada publicamente por ministros como Celso de Mello e Marco Aurélio Mello. Ricardo Della Coletta e Gustavo Uribe – Folha de São Paulo

Leia maisSTF retoma julgamentos em meio à crise de inquérito das fake news

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: