Deputado diz que não aceitará perseguição da governadora a nenhum servidor ou policial militar

Com a divulgação da punição disciplinar do cabo PM Gonçalves Júnior por criticar a governadora Fátima Bezerra, do PT, em rede social, o deputado estadual Coronel Azevedo (PSL), destacou que estará atento as denúncias de perseguição política, por parte do governo do Estado, a alguns servidores estaduais.

“Não podemos aceitar que esse governo comece a fazer perseguições aos servidores. Já é inaceitável fazer o pagamento seletivo. Não aceitarei perseguição política e ideológica a nenhum servidor, em especial a nenhum policial militar”, finalizou Coronel Azevedo.

O parlamentar também criticou o atraso no pagamento dos servidores estaduais. Segundo o parlamentar, há 40 meses os funcionários públicos estão recebendo seus proventos em atraso..

O parlamentar parabenizou o Batalhão de Choque que domingo passado completou 9 anos de sua atuação em locais onde aconteça possíveis perturbação de ordem pública, em grandes eventos e também atua no controle das rebeliões em estabelecimentos prisionais.

“O trabalho do BP Choque não é dos mais fáceis. Muitas vezes são considerados truculentos e até mesmo violentos, mas quando a ordem é mantida, seja qual for a situação, a sociedade agradece” afirmou o deputado.

Homem é preso por comercializar e aplicar anabolizante em Mossoró

Policiais civis da Delegacia Especializada em Narcóticos (DENARC) de Mossoró prenderam em flagrante, na manhã desta quarta-feira (10), Eloito Amitaf Aicul Rodrigues dos Santos, de 28 anos, na cidade de Mossoró.

Eloito Amitaf foi preso quando iria aplicar testosterona (popularmente conhecida como “bomba”) em uma mulher, além de ter armazenado o produto para venda, sem a devida autorização do órgão competente.

De acordo com as investigações, o suspeito vendia e aplicava o anabolizante nos compradores utilizando uma seringa, na região do glúteo.

Suspeito por tráfico de drogas em Caicó

Policiais civis da cidade de Caicó, com apoio de policiais militares, cumpriram, nesta terça-feira (09), mandado de busca e apreensão, no bairro Walfredo Gurgel, em Caicó, resultando na prisão em flagrante de João Almeida Junior, conhecido como “Junior Cross”.

Na residência do suspeito foram aprendidas porções de cocaína, sacolas plásticas usadas para acondicionar drogas, dinheiro fracionado, objetos de valor possivelmente oriundos de atividades ilícitas, além de material que faz apologia a uma facção criminosa.

Durante a ação, João Almeida teria tentado se desfazer das drogas que estavam sob seu poder, mas os policiais conseguiram recuperar parte do material com o auxílio de um cão farejador. O material será encaminhado para exame pericial.

Junior Cross foi autuado pelo crime de tráfico de drogas e permanecerá à disposição da justiça.

A Polícia Civil pede que a população continue enviando informações de forma anônima, através do Disque Denúncia 181.

Presidente Tê vai continuar ‘comendo no cocho’ do prefeito do Assu

A imagem pode conter: 7 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, barba e atividades ao ar livre

O presidente da Câmara de Vereadores do Assu Francisco de Assis Souto, vulgo Tê, vai continuar comendo no cocho do prefeito do Assu Gustavo Soares, deixando tudo correr solto e sem nenhuma fiscalização do Poder Legislativo para coibir abusos ou investigar atos administrativos do governante que cheirem ou pairem suspeita de corrupção e propina, como é o caso da falta de licitação com a empresa do cunhado do presidente do PT do Assu Vouclene Bezerra.

Após uma conversa com o ex-prefeito Ronaldo Soares  – o presidente Tê assumiu compromisso de deixar tudo como está e o que ele como chefe e comandante do Legislativo puder evitar, não vai mexer com o perigoso jacarezinho, filhote do Jacaré velho, assim como procurar manter uma boa relação com o secretário Nuilson Pinto, o Pavão, provável substituto do prefeito Gustavo Soares, na disputa para prefeito do Assu, em 2020.

Ministério Público pede fechamento de escola estadual e providências para outras no Seridó

Fátima Bezerra (PT) escolheu Getúlio Marques para comandar a Secretaria de Educação do RN — Foto: Divulgação
Fátima Bezerra (PT) e Getúlio Marques, da Secretaria de Educação do RN — Foto: Divulgação

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MRPN), por meio da Promotoria de Justiça de Acari, constatou gravíssimas irregularidades durante visita de inspeção às três escolas estaduais de Carnaúba dos Dantas, na região Seridó.

Em decorrência disso, o promotor de Justiça Sílvio Brito, titular da referida comarca, requisitou ao Estado o fechamento de uma das unidades e o cumprimento de uma série de providências para garantir o funcionamento dos outros dois colégios de modo que não coloque alunos, professores e funcionários em perigo e garanta um local adequado para o aprendizado.

Escola Isolada da Rajada está com estrutura comprometida e coloca alunos em perigo, além de comprometer o aprendizado

Telhado comprometido, com dezenas de buracos, goteiras e infiltrações; janelas caindo; instalações elétricas expostas; cozinha e banheiros sem condições adequadas de higiene e uso; paredes sujas; reboco caindo; escombros; ausência de biblioteca e de equipamentos de informática; ausência de muros, cercas ou qualquer outra barreira física que impeça os alunos de irem para a rodovia que passa em frente à escola são algumas das irregularidades encontradas na Escola da Rajada, localizada na Comunidade Rural de mesmo nome.

Leia maisMinistério Público pede fechamento de escola estadual e providências para outras no Seridó

Justiça eleitoral cassa senadora do PSL por caixa dois

O Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso (TRE-MT) cassou nesta quarta-feira (10) o mandato da senadora Selma Arruda (PSL) e do suplente dela, Gilberto Possamai, por crime eleitoral. A chapa é acusada ter praticado caixa dois e abuso de poder econômico por omitir, da Justiça eleitoral, despesas de R$ 1,23 milhão na campanha do ano passado. Os magistrados também determinaram realização de nova eleição e a inelegibilidade de Selma e Gilberto.

A senadora, que é do partido do presidente Jair Bolsonaro e juíza aposentada, poderá recorrer da decisão no exercício do mandato. Ela afirma que é vítima de perseguição política.

“Estou tranquila com a decisão proferida nesta quarta-feira (10) pelo Tribunal Regional Eleitoral. A tranquilidade que tenho é com a consciência dos meus atos, a retidão que tive em toda a minha vida e que não seria diferente na minha campanha e trajetória política. Respeito a Justiça e, exatamente por esse motivo, vou recorrer às instâncias superiores, para provar a minha boa fé e garantir que os 678.542 votos que recebi da população mato-grossense sejam respeitados”.

Bolsonaro almoça com Malafaia e 100 pastores

Resultado de imagem para Bolsonaro viaja para almoço com Malafaia e 100 pastores

O presidente Jair Bolsonaro vai se reunir nesta quinta-feira (11) com o Conselho de Ministros Evangélicos, órgão que congrega vários pastores de todo o país. Convite foi feito por Silas Malafaia, que deve participar do evento.

O almoço acontece no Rio de Janeiro e deve contar com a presença de outras autoridades de Brasília. Rodrigo Maia não deve participar do evento porque está viajando para o exterior.

O encontro vai receber 100 pastores. Antes de embarcar para a capital fluminense, Bolsonaro deve realizar cerimônia para cerca de 400 convidados fazendo um balanço dos primeiros cem dias de governo.

Malafaia foi firme apoiador da candidatura de Jair Bolsonaro durante as eleições em 2018, mas nos últimos meses vinha criticando o distanciamento do presidente da base evangélica. O pastor não foi convidado para a posse e cobrou a transferência da embaixada brasileira em Israel para Jerusalém. Em outra declaração, Malafaia disse ser “apoiador intransigente, mas não subalterno” do militar.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: