Liduina apronta barraco no hospital do Assu com diretor e pede demissão

A diretora geral do Hospital Regional de Assú, Liduina Melo, jogou a toalha e anunciou nas rede sociais, a decisão de desistir da chefia da unidade estadual de saúde do Vale do Açu, após diversas denuncias de perseguição e assédio moral da protegida do líder da governadora Fátima Bezerra e deputado do PR, George Soares, e apadrinhada do secretário Nuilson Pinto, vulgo Pavão.

Comenta-se nos bastidores que a atual secretária municipal da Saúde da Prefeitura do Assu Viviane Lima, vibrou e comemorou internamente com a notícia da derrota pessoal de sua desafeta da saúde. Nos bastidores falam que a arrogante Liduina Melo tomou a decisão após um forte bate boca com o diretor administrativo do hospital do Assú  Andriério Lopes Pereira Sobrinho. Após o barraco, Liduina foi orientada a pedir demissão.

O atual diretor administrativo, Andriério Lopes Pereira Sobrinho, que tem o aval do deputado estadual Nélter Queiroz e do PT assuense, poderá assumir a direção geral do hospital. Comenta-se inclusive que George Soares, está proibido de indicar outra pessoa para o cargo, mas vamos esperar o desfecho dessa novela mexicana.,

Servidores da Saúde aprovam moção de repúdio ao Governo de Fátima Bezerra (PT)

Deputado George Soares, o puxa saco do Governo do RN e a governadora Fátima Bezerra

O Sindsaúde-RN e os servidores da Saúde do Rio Grande do Norte aprovaram na última assembleia da categoria, realizada no dia 29 de março, uma moção de repúdio ao Governo de Fátima Bezerra (PT) em relação a saúde pública do Estado.

O Rio Grande do Norte tem passado por diversas crises nos últimos anos, atualmente o Estado está sob decreto de calamidade financeira, devendo mais de R$ 1 bilhão de reais com folhas salariais, e cerca de R$ 300 milhões de dívidas na saúde, o que representa 10% do orçamento anual que é direcionado para a pasta.

A situação de calamidade na saúde do Estado se arrasta há anos, só entre 2017 e 2018 o Rio Grande do Norte esteve sob decreto de calamidade na saúde pública três vezes consecutivas. Durante o governo Robinson Faria (PSD) se fechou hospitais, como o hospital da Polícia, em Mossoró/RN e diversos leitos de UTI. Como se não bastasse, o ex-governador ameaçou fechar sete hospitais regionais, mudando o perfil para pronto-atendimentos, para passar a ser geridos por municípios ou consórcio. Apesar da ameaça, a população foi às ruas e não deixou isso acontecer.

Infelizmente, a política de fechamento vem sendo preparada nos últimos anos. O governo de Rosalba Ciarlini (DEM) preferiu a construção do Arena das Dunas, deixando um estádio moderno e subaproveitado mas que custam R$ 9,6 milhões ao estado todo mês. Para se ter uma ideia, os sete hospitais juntos, ao longo de 2016, custaram apenas R$ 350 mil por mês em atendimentos e internações, segundo dados publicados pela imprensa.

Os governos vem esvaziando estes hospitais, construindo um cenário de precariedade para justificar os fechamentos. E mesmo sob uma “nova administração” de Fátima Bezerra (PT), a situação da saúde só se agrava – vale lembrar que o PT esteve no governo Robinson e andaram de mãos dadas até um dia desses.

Leia maisServidores da Saúde aprovam moção de repúdio ao Governo de Fátima Bezerra (PT)

Sindsaúde vai investigar denúncia de assédio moral no hospital em Assú

Prefeito do Assú com a diretora-geral do HRNIS, Liduína Melo, a nutricionista do órgão estadual, Priscila Tavares, e a secretária municipal de Saúde da cidade de São Rafael, Luana Carvalho.

A diretora geral do hospital regional Dr. Nelson Inácio Liduina Melo, nomeada pela governadora Fátima Bezerra, do PT, a pedido do deputado do PR e líder do governo na Assembléia, George Soares, dentro das exigências incestuosas e imorais da compra e venda mutua celebrada pelo PT e o PR, para para fechar a aliança política em Assu, é acusada da denúncia da prática de assédio moral na principal unidade de saúde do Estado no Vale do Açu.

O Sindsaúde do RN ja foi comunicado e ficou de visitar o hospital do Assú para investigar a denúncia contra a diretora e amiga especial do secretário Nuilson Pinto, vulgo Pavão, para apurar a veracidade e tomar as providências para coibir esse abuso da apadrinhada política do deputado George Soares, que se queixam da falta de alimentação para os funcionários que dizem não ter café da manhã, ceia noturna e o jantar é uma cópia de sopa de péssima qualidade servida aos funcionários do hospital que estão revoltados com a situação.

Crescem os casos de denúncias e processos na Justiça por assédio moral no serviço público. Na Saúde não é diferente. No caso dos profissionais que trabalham na rede pública de atendimento à saúde, além de causar doenças para o servidor e um clima ruim nos locais de trabalho, há prejuízos também para o atendimento à população.

Bolsonaro anuncia Abraham Weintraub para lugar de Vélez no MEC

Abraham Weintraub, novo ministro da Educação

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) anunciou nesta segunda-feira (8) um novo nome para o ministério da Educação. Abraham Weintraub entra no lugar de Ricardo Vélez Rodríguez.

Segundo Bolsonaro, Abraham é doutor, professor universitário e possui ampla experiência em gestão e o conhecimento necessário para a pasta. “Aproveito para agradecer ao professor Vélez pelos serviços prestados”, escreveu o presidente em sua conta no Twitter.

Abraham Bragança de Vasconcellos Weintraub é o atual secretário-executivo da Casa Civil e mantém proximidade com o ministro Onyx Lorenzoni (DEM-RS).

Economista e professor da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), Weintraub participou das conversas sobre a reforma da Previdência.No domingo (7), Weintraub estev com Bolsonaro no Palácio do Alvorada. O nome de Weintraub não estava entre os nomes cotados que circulavam nos bastidores. Folha de São Paulo

Três jovens são assassinados em Assu no final de semana

Um total de três jovens foram assassinados a tiros em Assú, neste final de semana na terra do líder da governadora Fátima Bezerra, do PT e deputado do PR George Soares. O primeiro, Francisco Adalberto Farias Bezerra, 3 anos de idade, foi executado com mais de 10 tiros na manhã de domingo, no estacionamento de uma casa de show, na comunidade de Nova Esperança, zona rural do município.

Segundo informações, Adalberto participava de uma movimentação festiva no clube e quando saiu para o estacionamento foi surpreendido e morto com cerca de 15 tiros de pistola dentro do carro. Outra pessoa conhecida apenas como Berg, que estava com ele no carro teria sido baleado e socorrido para o Hospital de Assú.

O segundo duplo assassinato de dois jovens, aconteceu na comunidade de Vila Nova, no município de Carnaubais. Sebastião Renato Tavares Dantas, “Renatinho” de 16 anos de idade e Hernan Messias Dantas Albuquerque, de 20, foram surpreendidos e mortos a tiros de pistola, revolver e escopeta calibre 12, sendo a maioria na cabeça.

Segundo informações, as vítimas que residiam na cidade de Carnaubais, estavam saído da mesma movimentação festiva na comunidade de Nova Esperança, onde Adalberto foi assassinado. Eles estavam numa motocicleta e foram perseguidos e mortos as margens da RN 016 no municipio de Carnaubais.

A policia não descarta a possibilidade dos crimes terem sido praticado pelos mesmos criminosos, já que existem denúncias de que as vítimas tinham envolvimento com o tráfico de drogas em Assú e Carnaubais.

Teimosia do prefeito do Assu Gustavo Soares pode levá-lo a cadeia

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado e área interna
Prefeito do Assu garante apoio a reeleição de Prates e não exige licitação do lixo para empresa do cunhado do presidente do diretorio do PT em Assu Vouclene Bezerra

O prefeito do Assu Gustavo Soares vai acabar na cadeia com essa mania de desafiar a lei e o Ministério Público, se recusando a realizar licitação para a contratação de empresa de coleta do lixo urbano.

Atualmente, o monopólio está nas mãos de uma empresa do cunhado do presidente do PT Vouclene Bezerra, que já arrecadou mais de R$ 7 milhões e até o final do ano, vai faturar mais de R$ 11 milhões, com a farra do lixo no governo do irmão do deputado George Soares.

A teimosia do prefeito e doutor Gustavo Soares, do PR, poderá levá-lo a cadeia, se permanecer desafiando a lei para proteger o cunhado do presidente do diretório do PT do Assú Vouclene Bezerra que se acha protegido pela governadora do RN Fátima Bezerra e do senador Jean Paul Prates, ambos do PT. 

A amizade de Vouclene com a deputada federal Natalia Bonavides e o secretário Mineiro que não foi convidado para participar da farra em Boston e ficou em Natal, chupando o dedo, não lhe garante essa prerrogativa de privilegio e muito menos a empresa do seu cunhado.

Pipa e PSL apoiam Ivan Júnior para prefeito do Assú

Pipa almoça com a estrela do PSL e deputado federal General Girão

Após o deputado federal General Girão, a maior estrela estadual do PSL, conseguir apenas 687 votos, nas eleições do ano passado, o partido do presidente Bolsonaro, não tem a força e muito menos musculatura política, para querer disputar o cargo de candidato a prefeito ou vice-prefeito do Assú nas eleições do próximo ano, até porque o presidente da comissão do partido no município, Flávio Cruz (Pipa) que almoçou há poucos dias com o manda chuva do partido no Rio Grande do Norte, nunca conseguiu se eleger vereador na terra do poeta Renato Caldas,.

Pipa, o homem forte do PSL em Assú, apesar do seu trabalho realizado na saúde, na época do governo Ivan Júnior,  não conseguiu convencer o povo a elegê-lo, mas acabou assumindo a vaga deixada pelo vereador licenciado por motivo de saúde, João Brito, e que posteriormente acabou falecendo. Na realidade, Pipa precisa fortalecer a legenda e deverá apoiar a pré-candidatura a prefeito do Assu do ex-secretário Ivan Júnior para derrotar o clã dos Soares, segundo informações de bastidores.

Os perigosos filhotes do Jacaré tem o apoio do PT e da trupe de líderes vendidos ao governo do prefeito Gustavo Soares que os comprou com cargos em troca de empregos para seus aliados no governo da professora e imaculada Fátima Bezerra.

Por 100 bilhões de reais, governadora Fátima do PT pode apoiar Reforma da Previdência de Bolsonaro

Depois do retorno da viagem a Boston (EUA), terra do Tio Sam, a governadora Fátima Bezerra, do PT, que não ir para Venezuela ou Cuba, vai acabar se rendendo a troca de benesse no valor de R$ 100 bilhões para o RN e os demais estados e municípios brasileiros, assumindo a posição de defesa da reforma da Previdência com o aval dos seus companheiros de viagem, o senador Jean Paul Prates, a petista Natália Bonavides.

A lógica é simples. Com uma montanha de dinheiro dessa, a petista vai poder colocar a folha de pagamento em dia, pagando todos ps anos atrasados e ainda vai sobrar muita grana para ela e seus cupinchas, comparsas e puxa sacos nas redes sociais, viajarem mais vezes para as terras do Tio Sam, abandonando de vez, a idéia de Venezuela ou Cuba. Os prefeitos petistas e outros famintos de outros partidos, além de presidente de Câmaras e vereadores do interior do RN, vão ficar a favor da reforma da Previdência de Bolsonaro, mas se ficarem contra, não vão devolver o dinheiro. Vamos ver o que vai acontecer!!!

Quando a União fosse repassar o valor aos governos regionais, seria criada uma despesa e o limite de gastos não seria respeitado. Mas com a proposta de desvinculação, o assunto fica sanado. O governo pretende encaminhar o texto ao Congresso em breve. Já existem versões da proposta em circulação no governo, segundo o jornal O Globo.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: