Com tomógrafo quebrado, o caos toma conta da saúde no governo de Fátima em Mossoró

Hospital Regional Tarcísio Maia, Mossoró — Foto: Hugo Andrade/Inter TV Costa Branca

A saúde e o atendimento no governo da professora petista Fátima Bezerra, começa a se mostrar um caos e o desgoverno e descaso da atual gestão não é nada diferente do governo Robinson Faria, como o deputado estadual George Soares quer convencer o povo do Assú e do RN.

Em Mossoró, pacientes do Hospital Regional Tarcísio Maia, que atende o município e demais cidades da região Oeste potiguar, estão sendo transferidos para Natal para fazer exames de tomografia.

O equipamento do hospital está quebrado há quase um mês e o contrato com uma clínica privada, que estava atendendo essa demanda, acabou.

Sem contrato emergencial e sem o tomógrafo, o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) ficou com a responsabilidade de levar os pacientes da unidade para a capital potiguar.

Diretor do Samu, Dickson Fradik afirmou que só tem uma viatura para atender a demanda de viagens.

Bodegueiro Patrício Júnior, um fantoche de um embuste do diabólico Jacaré

Resultado de imagem para ronaldo soares e jose patricio assu
Patrício hoje é dono do casarão do ex-sogro de Ronaldo e avó do prefeito e do deputado do PR

O deboche e a polêmica do velho diabólico Jacaré e ex-prefeito Ronaldo Soares, pai dos dois perigosos jarezinhos: prefeito Gustavo Soares e o deputado George Soares, contra o empresário bodegueiro e candidato derrotado a prefeito em 2016, Patrício Júnior, durante  e após as eleições, não passou de embuste, uma maquinação falsa e mentirosa, para enganar a população do Assu e encobrir uma farsa engendrada e montada nos gabinetes para entregar o poder de volta a oligarquia Soares sem despertar nenhuma suspeita.

O Jacaré traiu até o ex-deputado e falecido Edgar Montenegro e seus filhos Paulinho e Edgarzinho, proibindo inclusive que a ex-secretária Rizza Montenegro, fosse candidata a prefeita para não tomar o comando do clã Soares.

Resultado de imagem para casarão de doutor edgar em Assu
No casarão de Edgar em Assú, avo de Gustavo e George Soares, hoje funciona um moderno supermercado

Para avivar a memória dos leitores e da população do Assu, foi no governo do diabólico Jacaré, na decada de 2000, que o casarão da família Montenegro, foi vendida ao seu compadre e empresário José Patrício, pai do bodegueiro Patrício Júnior, que hoje funciona um dos mais moderno supermercados da cidade dos poetas de propriedade do empresário a quem Ronaldo critica e o chama de rico empresário, filho do velho amigo e coletor estadual, já falecido Chiquito Soares, pai do ex-prefeito. 

Ex-promotor de Justiça de Parnamirim perde cargo e teve os direitos políticos suspensos

Resultado de imagem para ex-promotor de Justiça José Fontes de Andrade

Após uma ação civil pública ajuizada pelo Ministério Púbico do Rio Grande do Norte (MPRN), o ex-promotor de Justiça José Fontes de Andrade foi condenado à perda do cargo por ato de improbidade administrativa. Segundo demonstrado pelo MPRN, José Fontes cometeu inúmeros atos de improbidade administrativa ao solicitar vantagens indevidas de diversos proprietários de imóveis e estabelecimentos comerciais em Parnamirim. À época, ele era titular da 10ª Promotoria de Justiça da cidade.

Além da perda do cargo, o ex-promotor de Justiça teve os direitos políticos suspensos por 5 anos e terá de pagar multa civil de 10 vezes o valor da remuneração percebida no cargo de Promotor de Justiça. Ele também está proibido de contratar com o Poder Público ou receber benefícios ou incentivos fiscais ou creditícios pelo prazo de 3 anos.

Na ação civil pública, o MPRN prova que José Fontes, enquanto promotor de Justiça, tinha atribuições exercidas na área de proteção ao meio ambiente. Os atos de improbidade eram praticados a partir do deslocamento dele até obras e estabelecimentos comerciais, momento no qual solicitava que os proprietários comparecessem à Promotoria de Justiça para tratar da regularidade das mesmas, quando, então, informava a existência de irregularidades. Clique aqui e leia a sentença.

Leia maisEx-promotor de Justiça de Parnamirim perde cargo e teve os direitos políticos suspensos

Nuilson não quer Stélio ‘pintado de ouro’ mas sim Fabielle como vice dele

A imagem pode conter: 5 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e carro
O Pavão abraça vereador Paulo Brito mas a vice é a vereadora Fabielle

O secretário Nuilson Pinto, o Pavão, homem da patota do Jacaré e acusado da prática de corrupção pelo Ministério Público e apontado como eventual candidato a prefeito do Assú no lugar do prefeito Gustavo Soares, irmão do deputado do PR George Soares, que desistiria da reeleição por falta de tesão e desgaste político, não quer nem ouvir falar na possibilidade do pastor da Assembléia de Deus Alfredo Melo indicar o irmão e vereador Stélio de Sá Leitão, como seu companheiro de chapa nas eleições do próximo ano.

No entanto, o Pavão abre um sorriso largo e fácil, quando alguém fala no nome da vereadora Fabielle Bezerra, como sua companheira de chapa para disputar a Prefeitura do Assú.

Ele e todos os vereadores governistas atendendo a orientação do velho e esperto Jacaré, já começaram cedo a fazer a politica feijão com arroz, usando toda a estrutura disponivel da máquina administrativa para numa demonstração de poder, acuar e intimidar, os eleitores do municipio, como se fossem imbatíveis e invencíveis.

Mas, a realidade das ruas e da população, no entanto, é outra.  Os dois perigosos jarezinhos e o velho Jacaré, estão cantando vitória antes do tempo.

Tucano Paulo Preto diz à Receita ser dono de 4 contas na Suíça com R$ 137 milhões

Paulo Vieira de Souza, o Paulo Preto (de paletó), ao ser preso na 60ª fase da Operação Lava Jato, denominada Ad Infinitum

O engenheiro Paulo Vieira de Souza, conhecido como Paulo Preto e apontado como operador de recursos ilícitos do PSDB, reconheceu diante da Receita Federal que é o dono de quatro contas abertas na Suíça. O saldo dessas contas soma 35 milhões de francos suíços, o equivalente a R$ 137,4 milhões.

Ex-diretor da Dersa, empresa de infraestrutura viária do governo paulista, Paulo Preto fez isso retificando as declarações dos últimos cinco anos e pagando uma multa, cujo valor é mantido em sigilo pelo Fisco.

Preso pela terceira vez, condenado a 145 anos de prisão, investigado pela Lava Jato em São Paulo e em Curitiba e citado em pelo menos oito delações, Paulo Preto disse que as contas eram suas como uma estratégia para reduzir danos, na avaliação de cinco advogados ouvidos pela Folha sob a condição de anonimato.

Com a admissão de ser o dono das contas, ele se livra da acusação de crime fiscal.

A confissão tem também o objetivo de afastar uma suspeita que o próprio Paulo Preto havia ajudado a disseminar: a de que outros tucanos eram sócios dele nas contas suíças, entre os quais o ex-ministro Aloysio Nunes Ferreira.

Leia maisTucano Paulo Preto diz à Receita ser dono de 4 contas na Suíça com R$ 137 milhões

Violência e sangue com 13 mortes no RN assusta população

Os bandidos continuam agindo livremente no Rio Grande do Norte, matando, assaltando, roubando carros, invadindo casas, fazendo arrastão a bares e restaurantes, na gestão da governadora Fátima Bezerra, do PT, como no tempo do ex-governador Robinson Faria.

a situação não mudou da noite para o dia como num passe de mágica como quer a governadora petista fazer o povo acreditar, despejando rios de dinheiro na informação paga a peso de ouro nas principais emissoras de TV e rádio do Estado.

Até o quartel do Exercito foi alvo dos bandidos em Natal que roubaram um fuzil e a chefe do executivo ainda quer que o povo acredite nessa fantasia de redução.

De acordo com o Portal no Ar, do conceituado jornalista Ricardo Rosado, desde às 19h de sabado (30) até às 8h desta segunda (1º), a Polícia Militar do Rio Grande do Norte registrou 13 assassinatos em todo o estado. Seis deles aconteceram em Macaíba. Casais foram assassinados, moradores de ruas, e até uma garota de 11 anos. Casos ocorreram em Natal, Parnamirim, Macaíba, São Gonçalo do Amarante, Mossoró e Afonso Bezerra. VEJA AQUI

Ministério Público faz exigências a Rafael Abreu na festa da Semana Santa em Pipa

Resultado de imagem para reserva Aporã.em Pipa

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) quer garantir que uma festa a ser realizada em Tibau do Sul, na Semana Santa, obedeça a legislação de modo a não prejudicar terceiros que possam ser atingidos pelo impacto do evento.

Para isso, a  Promotoria de Justiça da comarca de Goianinha firmou um Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) com o empresário Rafael Bezerra de Abreu, responsável pela organização da festa, marcada para acontecer no dia 19 de abril, nas instalações de um hotel desativado, na reserva Aporã.

As cláusulas constantes no termo aplicam-se ao evento indicado e versam desde questões relativas à poluição sonora e horário da festa, segurança pública, presença de crianças e adolescentes; direito dos estudantes, idosos, pessoas com deficiência e jovens entre 15 a 29 anos de idade comprovadamente de baixa renda de acesso a ingresso pela metade do valor cobrado integral. Leia o TAC na íntegra, clicando aqui.

Leia maisMinistério Público faz exigências a Rafael Abreu na festa da Semana Santa em Pipa

No embalo do samba, vereadores do Assú não sabem se ficam aqui ou se ficam lá

A imagem pode conter: 6 pessoas, incluindo Valdson Bezerra, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno

Enquanto a ex-secretária e vereador do PSDC Delkiza Cavalcanti, não sabe se vai apoiar o deputado federal Benes Leocadio ou se fica com o deputado federal Rafael Motta, a quem apoiou na campanha eleitoral do ano passado, os vereadores da CHAMADA OPOSIÇÃO Valdson Bezerra, Beatriz Rodrigues e Xavier Enfermeiro, estão no mesmo dilema político para as eleições de 2022.

O farofeiro vereador Valdson Bezerra que a exemplo do seus colegas brinca de fazer oposição ao governo do prefeito Gustavo Soares, com discurso ja pronto e autorizado para fazer leves críticas, como os outros que preferem o silêncio e a cruzar os braços, numa atitude passiva e omissa de quem foi eleito para representar o povo no plenário da Câmara de Vereadores e defender a população de manobras que desrespeitem e violem a lei para beneficiar afilhados políticos para si ou para outros.

Sem fiscalizar a aplicação correta do dinheiro público, enquanto o Doutor Gustavo pinta e borda, sem realizar licitação pública para a distribuição milionária do bolo do lixo para a empresa do cunhado do presidente do PT em Assu Volclene Bezerra, que já embolsou mais de R$ 7 milhões e vai engolir mais quase R$ 4 milhões, totalizando mais de R$ 11 milhões dos cofres públicos, os vereadores da dita oposição, não estão preocupados ou incomodados com essa conduta que facilita a pratica de corrupção no governo municipal, inclusive com a distribuição de  propina mensal.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: