Portal G1 RN age como ventríloquo do governo Fátima Bezerra do PT

Resultado de imagem para portal g1 rn

O Portal de Notícias G1 RN, começa a agir como porta voz ou o ventríloquo de comunicação da Assessoria de Imprensa da secretária de comunicação Maria da Guia Cunha Dantas, publicando texto do governo do PT para discordar das informações veiculadas por blogs de todo o Estado que não rezam na cartilha do governo do Estado e não estão na folha de pagamento da propaganda e publicidade da governadora Fátima Bezerra, que vem comprando deputadois federais, estaduais e senadores.

Para ter governabilidade, a petista Fátima Bezerra, não tem escrúpulo ou ética moral nenhuma. O Portal G1 RN assumiu hoje uma posição no mínimo vergonhosa, agindo como pau mandado do governo do PT em troca de uma gorda fatia de publicidade que significa muito dinheiro no bolso. Basta ao G 1 RN ganhar o dinheiro do governo do PT sem precisar atacar os blogueiros de todo o Rio Grande do Norte, como se o governo autoritário do PT fosse o dono da verdade.

Texto acima foi enviado pela assessoria da governadora Fatima Bezerra

O Portal G1 RN é o mesmo que divulgou uma redução na criminalidade e a violência no RN, mas ninguém acredita nessa desinformação plantada a troca de dinheiro para enganar os incautos. O sindicato dos jornalista precisa se posicionar e protestar contra a conduta anti ética do G1 que usa texto da assessoria de imprensa do governo para disfarçadamente atacar colegas de profissão.

A polêmica começou porque o G1 RN sem ter nada a ver com peixe, passou a defender gratuitamente o governo do PT, alegando que de acordo com o poder Executivo, um exemplo de desinformação disseminada em blogs do Rio Grande do Norte foi uma possível ‘sobra de caixa de R$ 1,4 bilhão’ nas contas do governo, dinheiro que o próprio governo estaria se recusando a utilizar para fazer o pagamento dos salários atrasados.

A falta de profissionalismo do G1 RN é revoltante. Que o G1 RN ganhe seu dinheiro, a fortuna que a governadora paga e pronto, mas não ataque os blogueiros, como se esse portal fosse o Deus da verdade da comunicação.

‘Podem espernear à vontade’, diz ministro sobre críticas a inquérito do STF

Isto é Alexandre de Moraes

O ministro do STF (Supremo Tribunal Federal) Alexandre de Moraes, que comanda o inquérito aberto pelo presidente da corte, Dias Toffoli, para apurar fake news e ameaças contra os integrantes do tribunal, respondeu às críticas de membros do Ministério Público à investigação.

“No direito, a gente fala que é o ‘jus sperniandi’, o direito de espernear. Podem espernear à vontade, podem criticar à vontade. Quem interpreta o regimento do Supremo é o Supremo. O regimento autoriza, o regimento foi recepcionado com força de lei e nós vamos prosseguir a investigação”, disse Moraes, na tarde desta terça-feira (19).

Ministros do STF

Moraes foi designado por Toffoli para presidir a investigação. O ministro disse que solicitou à Polícia Federal e à Polícia Civil de São Paulo um delegado de cada corporação para auxiliá-lo nas diligências que irá determinar, “principalmente [sobre] a questão dessa rede de robôs, de WhatsApp, Twitter, essa rede que alguém paga, alguém financia por algum motivo”.

“[O objetivo dessa rede] na verdade, é a desestabilização de uma instituição republicana. O que vem se pretendendo é desestabilizar o Supremo Tribunal Federal”, afirmou.  Reynaldo Turollo Jr. – Folha de São Paulo

Leia mais‘Podem espernear à vontade’, diz ministro sobre críticas a inquérito do STF

Trump diz que apoia Brasil na OCDE e vai discutir com Bolsonaro ação militar na Venezuela

O presidente Donald Trump afirmou nesta terça-feira (19) que vai apoiar a entrada do Brasil na OCDE (Organização para Cooperação e Desenvolvimento Econômico) e discutir com o presidente Jair Bolsonaro uma possível intervenção militar na Venezuela.

Dentro do Salão Oval, na Casa Branca, Trump repetiu que sabe o que quer quando o assunto é Venezuela e que “todas as opções estão sobre a mesa” diante da crise no país latinoamericano.

O americano admitiu, no entanto, que Brasil e EUA têm “opções diferentes” e precisam conversar profundamente sobre o assunto.

“Eu sei exatamente o que quero que aconteça na Venezuela. Nós temos opções diferentes sobre a Venezuela, vamos conversar sobre elas. Todas as opções estão sobre a mesa. É uma vergonha o que está acontecendo na Venezuela, toda a crise e fome, vamos falar sobre isso em profundidade”, disse Trump ao lado de Bolsonaro, no Salão Oval da Casa Branca.Marina Dias – Folha de São Paulo

Leia maisTrump diz que apoia Brasil na OCDE e vai discutir com Bolsonaro ação militar na Venezuela

Nelter reforça apelo de dispensa dos tributos para motos atrasadas

O deputado Nelter Queiroz (MDB) reforçou, durante sessão plenária na Assembleia Legislativa, nesta terça-feira (19), o pedido ao Governo do Estado de dispensa da cobrança de impostos em atraso por parte dos proprietários de motocicletas. De acordo com o parlamentar, a maioria dos devedores é de baixa renda e estão em dificuldades financeiras para honrar seus débitos.

“Quero reforçar esse apelo a governadora Fátima Bezerra que já me assegurou que enviaria um Projeto de Lei para regularizar a situação dessas motos. Busco esse direito paras as pessoas simples e humildes”, disse Nelter. Desta vez o pronunciamento do parlamentar foi motivado em decorrência de ação realizada pelo Comando de Polícia Rodoviária Estadual (CPRE) que apreendeu mais de 70 motos no município de Ipanguaçu no início de março.

Nelter Queiroz citou como exemplo a Paraíba, onde o Refis concedido está promovendo uma dispensa ou redução nas multas, juros e acréscimos de até 100%, a fim de que os proprietários de motos e veículos regularizem suas pendências.

Leia maisNelter reforça apelo de dispensa dos tributos para motos atrasadas

Ministério Público pede abertura de inquerito por quebra de decoro do vereador de Macau Kekel

A imagem pode conter: 1 pessoa, barba

O Ministério Público do Rio Grande do Norte, com sede em Macau, encaminhou um ofício à presidente da Câmara, vereadora Maria Dyana de Lyra, solicitando a mesma que na comissão de ética, abrisse um procedimento por quebra de decoro contra o vereador Emanuel Clélio de Oliveira Carlos (kekeu), em razão do mesmo incitar a população a não pagar o IPTU, imposto municipal previsto na constituição Federal.

O procedimento ocorreu devido a falta de decoro parlamentar, desempenhada pelo vereador ao incentivar a população a não pagar o imposto, informando inverdades ao povo, ao afirmar ser o tributo ilegal. Ao verificar as afirmações do vereador kekel, o Ministério Público entendeu que causaram prejuízos aos cofres públicos, o que incentivou a abrir o procedimento que pode ocasionar a eventual cassação do mandato do vereador Emanuel Clélio .

Resta saber se a Câmara irá acatar o pedido do Ministério Público, ou negligenciar como já aconteceu em outras ocasiões em relação ao mesmo vereador. A população fica aguardando qual será o papel da Câmara nessa situação.

Em Assu, mais de 7 mil famílias são atendidas apenas por uma equipe de saúde, diz Ministério Público

Resultado de imagem para PREFEITO DO aSSU E A SECRETARIA vIVIANE
Ministério Público começa a revelar a farsa do governo Gustavo Soares na saúde em Assú e cobra providências do irmão do deputado estadual George Soares

Paralelamente, a 3ª Promotoria de Justiça também expediu recomendação para que a Prefeitura de Assu sob o comando do prefeito Gustavo Soares para que disponibilize pelo menos mais uma equipe de Saúde da Família para atender a comunidade Lagoa do Ferreiro, também no prazo de 180 dias.

A proposta é que a equipe seja instalada no espaço da nova sede da unidade de saúde da família da comunidade, a ser entregue ainda neste semestre. Essa medida também integra o projeto Nascer com Dignidade.

A comunidade conta com aproximadamente 7 mil moradores e está sendo atendida apenas por uma equipe de Saúde da Família. O Ministério da Saúde preconiza que cada equipe deve atender a um universo populacional de 2 mil a 3,5 mil pessoas.

Resultado de imagem para PREFEITO DO aSSU E A SECRETARIA vIVIANE

A secretária Viviane Lima (Foto acima) e a Prefeitura de Assu tem 30 dias para informar a Promotoria de Justiça sobre o cumprimento das medidas recomendadas. VEJA AQUI

Ministério Público aponta irregularidades em hospital e em equipes de Saúde da Família de São Rafael

A imagem pode conter: 12 pessoas, incluindo Wedson Nazareno, pessoas sentadas
Prefeito Reno Marinho, puxa saco do deputado do PR George Soares que se vendey a governadora do PT em troca de emprego

A Prefeitura de São Rafael sob o comando do prefeito Reno Marinho tem o prazo de 180 dias para tomar todas as providências administrativas necessárias para que o Hospital Maternidade Dr. Antônio Ferreira Sobrinho conte com escala 24h de médicos exclusivos para seus serviços. A medida foi recomendada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da 3ª Promotoria de Justiça de Assu.

A atuação faz parte do projeto Nascer com Dignidade, que objetiva a adoção de providências para diminuir o índice de mortalidade neonatal e infantil no Estado do Rio Grande do Norte. A proposta é assegurar a fiscalização e o aperfeiçoamento dos serviços de saúde para grávidas, parturientes e mães em estado puerperal.

O inquérito civil instaurado para apurar desconformidades encontradas no Hospital identificou que médicos da Equipe de Saúde da Família estavam sendo utilizados para integrar a escala da unidade.

Essa medida é incompatível tanto com a assistência de urgência e emergência para a qual o hospital está habilitado, como frente as diretrizes do programa Saúde da Família.

A gestão municipal tem 30 dias para informar ao MPRN sobre o acatamento da recomendação, além de eventuais prazos e condições adicionais necessários para seu cumprimento, com a respectiva justificativa. VEJA AQUI DOCUMENTO

Tucano Beto Richa, ex-governador do Paraná, é preso pela terceira vez

Beto Richa (PSDB)

O ex-governador do Paraná Beto Richa (PSDB) foi preso na manhã desta terça-feira (19), pela terceira vez, suspeito de se beneficiar do desvio de recursos do governo estadual.

A prisão preventiva foi decretada pela Justiça Estadual do Paraná, no âmbito das investigações da Operação Quadro Negro –que apura um esquema de fraude em obras de escolas públicas do Paraná.

Segundo o promotor Leonir Batisti, do Gaeco (Grupo de Combate ao Crime Organizado), Richa foi detido por suspeita de obstrução de justiça, entre outros fatos.

Batisti afirmou, porém, que eles não estão englobados pelo salvo-conduto concedido pelo ministro Gilmar Mendes, do STF (Supremo Tribunal Federal) –que, na sexta (15), impediu novas prisões do ex-governador e de sua família em relação a outra investigação por desvio de verbas no Paraná. Estelita Hass Carazzai – Folha de São Paulo

Leia maisTucano Beto Richa, ex-governador do Paraná, é preso pela terceira vez

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: