Bolsonaro diz que vai cancelar pedido de 8 mil novos radares

Resultado de imagem para Bolsonaro diz que vai cancelar pedido de 8 mil novos radares

O presidente Jair Bolsonaro usou o Twitter para dizer que decidiu cancelar as instalações de radares eletrônicos em rodovias federais e que os contratos serão revisados para avaliar a real necessidade.

Segundo Bolsonaro, a medida veio após revelação do Ministério da Infraestrutura de que há pedidos prontos para mais de 8 mil novos radares. “Sabemos que a grande maioria destes têm o único intuito de retomo financeiro ao estado.”

De acordo com o presidente, ao renovar as concessões de trechos rodoviários todos os contratos de radares serão revisados,  “verificando a real necessidade de sua existência para que não sobrem dúvidas do enriquecimento de poucos em detrimento da paz do motorista.”

Bolsonaro diz que jantar de R$ 290 mil causou demissão de chefe da Embratur

Jantar de R$ 290 mil fez Bolsonaro demitir presidente da Embratur

O presidente da República, Jair Bolsonaro, desmentiu a agora ex-presidente da Embratur, Teté Bezerra, que entregou nesta quinta-feira (28) sua carta de demissão ao ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

De acordo com Bolsonaro, ele próprio mandou exonerá-la do cargo após tomar conhecimento sobre um jantar que seria patrocinado pela empresa na semana que vem ao custo de R$ 290 mil.

Em live transmitida via Facebook, como tem feito toda semana, o presidente afirmou:

“Chegou ao meu conhecimento que na semana que vem, olha só você, brasileiro, a Embratur, a sua presidente, está patrocinando um jantar. Então, a Embratur patrocinando um jantar. Eu acho que o Alceu Valença, se não me engano, ia cantar no jantar, certo? Preço do jantar: R$ 290 mil. Você ia pagar a conta.”

Bolsonaro acrescentou:

“O que nós fizemos, no dia de ontem mesmo? Entramos em contato com o ministro do Turismo, falei para ele simplesmente cancelar o jantar e também, tendo em vista o tamanho do descalabro aqui, que cancelasse também a função ali da responsável pela Embratur. Então, ela foi exonerada no dia de hoje e também página virada.”

O chefe do Executivo completou:

“Isso é um escracho, um deboche para com o brasileiro, que está cansado de pagar imposto, está cansado de ser extorquido e não ter na ponta da linha uma prestação de serviço.”


Ex-deputada por MT demitida da Embratur diz que Bolsonaro demonstra “desconhecimento” 

“O referido ‘jantar’ é, na realidade, uma ação de relacionamento entre compradores e vendedores internacionais de turismo, uma ação bastante comum em eventos desta importância em todo o mundo, com o propósito de aproximar operadores brasileiros e operadores internacionais”, disse Teté.

Segundo a ex-deputada mato-grossense Teté Bezerra (MDB), que foi exonerada, esta semana, da presidência da Embratur (Instituto Brasileiro de Turismo) , a feira teria participação de mais de 50 países, atrairia mais de 10 mil visitantes e giraria cerca de 370 milhões de dólares em negócios.

Governadora Fátima não tem calendário para abril, nem data para atrasados

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sentadas e área interna
Chefe de gabinete civil Raimundo Alves, irmão de Estella Dantas,  Assessora Fábio Faria, e ex-secretária do Governo Robinson Faria

O todo poderoso chefe da Casa Civil, Raimundo Alves, da do governadora Fátima Bezerra (PT) e irmão de Estela Dantas, assessora especial do deputado federal Fábio Fária (PSD), que adota o silêncio sobre as ações do atual Governo do Estado, afirmou  que o governo do PT, não tem data para regularizar o pagamento dos salários atrasados de 2018 e 2017,

Ele disse ainda não há data para pagamento dos salários de abril dos servidores do Estado. De acordo com o secretário estadual de planejamento, Aldemir Freire, o calendário de pagamento de abril ainda será fechado.

Até o momento,  o Governo do Estado não deu previsão para o pagamento dos servidores que têm atrasados os salários de novembro e dezembro de 2018, além de parte do 13º salário de 2017 e o 13º de 2018.

Bolsonaro diz em hebraico que ama Israel e chama Netanyahu de irmão

Resultado de imagem para Bolsonaro diz em hebraico que ama Israel e chama Netanyahu de irmão

Sob chuva intensa, o presidente brasileiro Jair Bolsonaro desembarcou neste domingo (31) no Aeroporto Internacional de Tel Aviv  para uma visita de quatro dias a Israel.

O avião do presidente pousou por volta das 9h45 (3h45, horário de Brasília). Em cerimônia que durou cerca de 15 minutos, ele discursou, bem como o primeiro-ministro israelense, Binyamin Netanyahu. Mas nenhum dos dois tocou em assuntos polêmicos, como a transferência da embaixada do Brasil para Jerusalém.

“Eu amo Israel”, disse Bolsonaro, em hebraico, ao lado do primeiro-ministro de Israel, Binyamin Netanyahu –que raramente se desloca para o aeroporto para se encontrar com chefes de Estado.

Na verdade, essa foi apenas a 5ª vez em dez anos que Netanyahu fez essa honraria. Antes de Bolsonaro, ele recebeu no aeroporto apenas dois presidentes americanos, Barack Obama e Donald Trump, o primeiro-ministro da Índia, Narendra Modi, e o papa Bento 16.

Daniela Kresch – Folha de São Paulo

Leia maisBolsonaro diz em hebraico que ama Israel e chama Netanyahu de irmão

Deputado Fábio Faria e seus 13 assessores em Brasília

A imagem pode conter: 1 pessoa, sentado

O deputado federal Fábio Faria, do PSD, que é filho do ex-governador Robinson Faria e genro do todo poderoso Silvio Santos, do SBT, distribuiu um total de 13 cargos comissionados com seus afilhados do RN. Veja a relação abaixo:

CÉSAR RICARDO KICH E SOUZA –

DAVI BATISTA BEZERRA –

FERNANDA DE ANDRADE GUIMARAES

FLÁVIA MONTENEGRO LISBOA

FRANCISCO PEREIRA RODRIGUES FILHO

JOAO MARIA GALDINO DE MORAIS

LOANA SOUSA SILVA TELES –

MAGNA REGINA DE ARAUJO CRUZ –

MARCELO HENRIQUE ARAUJO DA SILVA

MARIA RITA BATISTA CARLOS FERNANDES –

MÔNICA DOS SANTOS SOARES –

SAMIR HAMAD TIMENI FILHO –

SEVERINO DO RAMO DA SILVA –

Caixa quer tomar Toyota Corolla do prefeito de São Rafael

A imagem pode conter: 6 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé
Prefeito Reno Marinho com seu padrinho e deputado George Soares e outros amigos prefeito e o velho Jacaré, cacique chefe do clã dos Soares e ficha suja

A Caixa Econômica Federal ajuizou ação na 11ª VARA FEDERAL em Assú, contra o prefeito de São Rafael Reno Marinho, de comprar um automóvel TOYOTA/COROLLA GLI FLEX e não pagar uma dívida de R$ 49.804,35 (quarenta e nove mil oitocentos e quatro reais e trinta e cinco centavos), apesar de várias tentativas de cobrança administrativa do débito.

No final ano passado, a Caixa ingressou com uma ação de Busca e Apreensão contra RENO MARINHO DE MACEDO SOUZA, perseguindo ordem judicial que determine a “busca e apreensão” do veículo alienado fiduciariamente em garantia a Contrato de empréstimo/financiamento firmado pelas partes. VEJA AQUI DOCUMENTO

Juíza do TRT autoriza Petrobras a descontar contribuição sindical

A juíza da 9ª Vara do Trabalho de Natal Lygia Maria de Godoy Batista Cavalcanti, determinou em decisão liminar que a Petrobras desconte da folha de pagamento dos trabalhadores, filiados ao Sindipreto/RN, valor referente ao pagamento mensal da contribuição voluntária ao sindicato.

A juíza decidiu ainda que em caso de descumprimento, a estatal deverá pagar multa diária de R$ 10 mil, em favor do sindicato, dentro de um limite de 30 dias..

A magistrada destaca que a medida deve ser realizada somente para os trabalhadores que tenham autorizado o desconto, nos mesmos moldes e critérios praticados ao longo do ano de 2018 e em observância às disposições das normas coletivas da categoria.

A liminar atende a um pedido de suspensão dos efeitos do art. 2º, da MP 873/2019, editada pelo Governo Federal, feito pelo Sindipetro/RN.

 

Ex-funcionários do Hospital PAPI recebem mais de R$ 300 mil de indenização

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) iniciou, na quinta (28), os pagamentos de 49 processos movidos por ex-funcionários contra o hospital PAPI num valor de mais de R$ 300 mil reais.

Os trabalhadores estiveram na Central de Execuções do Tribunal para o receber os alvarás com os valores devidos pelo Hospital que fechou em 2016.

“Os valores para os pagamentos destes primeiros 49 processos foram obtidos nas diligencias executórias que realizamos, dentre elas, bens móveis que foram levados a leilão”, explicou Priscilla Gatto, diretora da Divisão de Inteligência do TRT-RN.

A copeira Leidia Patrícia dos Santos estava muito feliz com o recebimento do pagamento do seu processo. “Estou muito aliviada também, pois esse dinheiro chegou numa boa hora. Eu ainda estou desempregada”, desabafou a trabalhadora.

Leia maisEx-funcionários do Hospital PAPI recebem mais de R$ 300 mil de indenização

Deputado Benes Leocádio propõe punição mais severa para menor infrator

Resultado de imagem para deputado benes leocadio

Projeto de Lei altera o ECA para aumentar internação de adolescente que comete crime

O deputado federal Benes Leocádio (PRB-RN) é o autor da proposta de lei (PL 1427/19) que estabelece alterações do Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) para que menores de 18 anos, apreendidos, tenham prazo de internação socioeducativa igual a pena prevista ao crime cometido.

De acordo com o deputado Benes, o objetivo do projeto é assegurar que o adolescente receba uma punição condizente ao seu crime, dificultando, dessa forma, a reincidência. “A medida socioeducativa de internação prevista no Estatuto da Criança e do Adolescente é de no máximo 3 anos. Entretanto, é de notório conhecimento que tal prazo é insignificante e não atende os objetivos de educar e reinserir socialmente os menores infratores. Prova disso é que grande parte desses jovens reincidem no crime”, justificou.

Atualmente, o ECA estabelece que os adolescentes infratores podem ficar no máximo três anos internados, independente de ato infracional que pratiquem. “No projeto que apresentamos, se um infrator cometer um crime de homicídio e o juiz aplicar, por exemplo, uma “pena” de 10 anos, o prazo de internação desse infrator será de 10 anos, sendo que, ao completar 21 e ainda não tiver cumprido todo o prazo de internação, a medida se converterá em pena privativa de liberdade ou de restrição de direitos, conforme um exame criminológico determinar”, explicou o deputado.

Guedes trava batalha com Sistema S para assumir entidades e seu caixa

Conheça a equipe econômica de Paulo Guedes

O ministro da Economia, Paulo Guedes, trava uma disputa com líderes das principais entidades do Sistema S para assumir o comando de um orçamento de quase R$ 18 bilhões e poder usar esse dinheiro no custeio de projetos do governo.

No centro desse embate estão a CNI (Confederação Nacional da Indústria), o Sebrae (Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas) e a CNC (Confederação Nacional do Comércio).

Essas entidades administram a rede de Sesi, Senai e Sesc. Para o governo Bolsonaro, além de serem alvo de desvio de recursos, essas instituições vêm sendo usadas para promoção de políticos nos estados. Guedes articula indicações com o objetivo de patrulhar a gestão e o caixa dessas instituições.

O governo pressionou para que, em 25 de abril, o conselho de administração do Sebrae vote a destituição do atual presidente, João Henrique Sousa. Ex-presidente dos Correios, ele chegou ao cargo pelas mãos de Michel Temer e de Robson Andrade, presidente afastado da CNI.

Alvo da Polícia Federal, Robson ficou preso por horas, na Operação Fantoche, que investiga possíveis fraudes em contratos do Ministério do Turismo com entidades do Sistema S, particularmente o Sesi (Serviço Social da Indústria), controlado pela CNI.

Auxiliares de Bolsonaro afirmam que Andrade acomodou outros apadrinhados de Temer e do MDB no Sebrae e no Sesi.

Além disso, CNC e Sebrae trocaram seus dirigentes pouco antes da posse de Bolsonaro, o que desagradou ao governo, que, agora, quer fazer uma faxina geral.

Leia maisGuedes trava batalha com Sistema S para assumir entidades e seu caixa

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: