Indonésia diz que número de vítimas do tsunami se aproxima de 400 e subirá

Homem observa rastro da destruição provocada pelo tsunami na praia de Carita, na Indonésia

O número de mortos pelo tsunami ocorrido na noite de sábado (22) na Indonésia subiu para 373, com 1.459 feridos, informou a Agência Nacional de Gestão de Desastres nesta segunda-feira (24).

Contudo, de acordo com o órgão, o número de vítimas poderá será maior já que as buscas ainda continuam em localidades que não receberam assistência. 

“O número de vítimas e de feridos continuará aumentando”, afirmou o chefe da agência, Sutopo Purwo Nugroho, que também informou que 128 pessoas estão desaparecidas. A contagem do domingo (23) registrava 222 mortos. Folha de São Paulo

Bolsonaro faz piada com facada

Em vídeo divulgado por sua assessoria de imprensa, o presidente eleito, Jair Bolsonaro, numa conversa descontraída com um grupo de pessoas, pega a faca de um homem que prepara o churrasco para o almoço e o “provoca”.

“Olha o tamanho da faca do cara! Uma dessa aqui em você e você vai ser presidente da ONU…”, disse, em tom de brincadeira, apontando a faca para um oficial da Marinha. No dia 6 de setembro, ainda durante o período eleitoral, Bolsonaro levou uma facada durante campanha na cidade de Juiz de Fora.

O presidente está desde sábado, 22, numa base da Marinha na Restinga da Marambaia, no litoral fluminense. No vídeo, Bolsonaro, que veste calção e camiseta e calça chinelos, ainda atende a pedidos para tirar fotografias com quem estava no local, informou o Broadcast Político de O Estado de São Paulo.

Verba pública a partidos aumentou quase 500% em 20 anos

Nilton Fukuda/Estadão

O dinheiro público destinado aos partidos políticos cresceu quase 500% desde 1996. O Fundo Partidário, que atingirá montante próximo a R$ 1 bilhão no próximo ano, foi engordado nas últimas décadas ao mesmo tempo em que o número de siglas no País se multiplicava.

Em 2019, 30 partidos ganharam nas urnas o direito de terem representação na Câmara dos Deputados, batendo mais um recorde. Há 23 anos eram 19 legendas com assento no Congresso.

Previsto em R$ 927,7 milhões para o próximo ano, o fundo foi criado em meados dos anos 1990 para financiar os custos administrativos das legendas. É abastecido com dotações orçamentárias – aprovadas pelos próprios deputados e senadores – e multas eleitorais aplicadas aos mesmos partidos.

O acesso a recursos públicos do Fundo Partidário é um dos elementos que impulsionou a criação de novas siglas no Brasil nos últimos anos. A fiscalização dos gastos pelo Tribunal Superior Eleitoral ocorre com bastante atraso e a análise das prestações de contas já mostrou que a reserva financia despesas que vão de viagens de jatinho até contas pessoais de dirigentes dos partidos. Caio Sartori, O Estado de S.Paulo

Leia maisVerba pública a partidos aumentou quase 500% em 20 anos

Governadora Fátima Bezerra lamenta assassinato de segurança e amigo pessoal

Figueiredo ao lado da governadora eleita Fátima Bezerra — Foto: Arquivo pessoal

Figueiredo ao lado da governadora eleita Fátima Bezerra — Foto: Arquivo pessoal

A governadora eleita Fátima Bezerra (PT) lamentou a morte do soldado da Polícia Militar João Maria Figueiredo da Silva, de 36 anos, assassinado a tiros no final da tarde desta sexta-feira (21) em São Gonçalo do Amarante, na Grande Natal.

Amigo pessoal de Fátima, o PM atuou na segurança dela durante a campanha e faria parte da equipe quando ela assumisse o comando do estado a partir de janeiro. “Queria bem a ele como um irmão”, disse Fátima.

Na mensagem divulgada pelo presidente da Associação dos Cabos e Soldados da PM do Rio Grande do Norte, Roberto Campos, a governadora do PT também cobra “uma investigação séria e profunda, para que os responsáveis sejam identificados e punidos com os rigores da lei”.

Cabral, a delação do Judiciário e a debandada de advogados

O ex-governador do Rio Sérgio Cabral na ocasião em que realizou exame de corpo delito no IML, em Curitiba (PR) Foto: Geraldo Bubniak / Agência O Globo/19-01-2018

O ex-governador Sérgio Cabral, que sempre negou ter recebido propinas, agora quer fazer uma delação premiada para entregar juízes de tribunais superiores, mas a debandada dos advogados de Cabral pode impedir essa grave ameaça aos magistrados brasileiros.

O advogado João Bernardo Kappen que conduziria a negociação em nome do ladrão, desistiu, segundo O Globo.

Rodrigo Roca, outro dos advogados de Sérgio Cabral, também desistiu de representar Cabral, que já acumula 197 anos de condenação à prisão.

Entre as promessas do ex-governador, estão revelações sobre corrupção no Poder Judiciário e entre ex-integrantes do alto escalão do Ministério Público do Estado do Rio. No cardápio, o STJ e a confissão sobre a compra de votos para a organização dos Jogos Olímpicos do Rio, em 2016. 

Por que o Natal de Lula seria diferente?

Resultado de imagem para lula

Lula passará o Natal sozinho, em sua cela, sem direito a ceia especial, noticiam os jornais.

É um preso que cumpre sentença, assim como outros milhares de cidadãos brasileiros. Por que seria diferente?

Não se trata de perversidade, ao contrário do que fazem crer, mas de uma circunstância criada por ele próprio. O Antagonista

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: