Em Assú, Ivan Júnior pode anunciar apoio a Fátima do PT

Entrevistado ontem a noite no programa Panorama do Vale, da Princesa FM, o ex-prefeito do Assú Ivan Júnior, candidato a deputado estadual que obteve mais de 23 mil votos, disse que ainda não definiu com qual candidato a governador do RN vai apoiar agora no segundo turno, mas a tendência é de que ele fique mesmo com a candidata do PT Fátima Bezerra.

Apesar de Fátima já contar com o apoio do deputado estadual reeleito George Soares, do PR, o maior rival político de Ivan Júnior em Assú, o ex-prefeito que no primeiro turno apoiou o atual governador Robinson Faria, admitiu ontem que tem afinidade com o PT do Assú que inclusive integrou a sua equipe de secretários durante oito anos quando ele governou a maior cidade do Vale.

Apesar do ex-prefeito Ivan Júnior não descartar apoiar o candidato do PDT a governador Carlos Eduardo Alves, comenta-se nos bastidores que Ivan Júnior votou em Fátima para senadora nas eleições de 2014 e no período que administrou o Assu sempre teve na petista seja como deputada federal ou senadora, uma grande parceira política e administrativa.

Irmão de senador vendia influência em esquemas no SUS, diz PF

Foto: Marcello Casal Jr./Agência Brasil

O empresário Murad Aziz, irmão do senador Omar Aziz (PSD/AM), ‘vendia prestígio’ para ‘auferir lucros’ em supostos esquemas descobertos pela Operação Cashback, quarta fase da Maus Caminhos, que mira desvios R$ 142 milhões do Sistema Único de Saúde do Amazonas.

Entre os alvos da Operação Cashback estão empresários e políticos. Os investigadores citam o deputado federal Sabino Castelo Branco (PTB/AM) como um dos supostos envolvidos no esquema. O parlamentar está internado em um hospital de São Paulo.

O irmão de Aziz chegou a ser considerado foragido, mas se entregou, segundo os investigadores. Segundo o superintendente regional da Polícia Federal no Amazonas, Alexandre Saraiva, Murad Aziz é investigado pelos crimes de lavagem de dinheiro e tráfico de influência.

“O principal crime investigado nessa nova fase da Operação Maus Caminhos é o crime de peculato, no entanto, existem pessoas que fazem o trâmite, buscam a facilidade dentro do estado utilizando o poder e a influência política que detêm”, relata o delegado.  Luiz Vassallo e Fabio Serapião – O Estado de São Paulo

Leia maisIrmão de senador vendia influência em esquemas no SUS, diz PF

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: