Haddad sem vermelho do PT é replicado e ironizado no WhatsApp

Meme de eleitores do Bolsonaro ironiza petistas

Como mostrou a Folha, a campanha de Fernando Haddad (PT) reduziu a aparição da cor vermelha – tradicional marca do partido – no material de campanha do presidenciável no segundo turno.

A estratégia foi replicada em correntes enviadas em grupos de apoiadores do PT no WhatsApp. Desde quarta, imagens com propaganda do petista já não tinham predominância do vermelho.

Folha monitora grupos abertos no WhatsApp de apoiadores de Bolsonaro e de Haddad. No aplicativo de trocas de mensagens não é possível saber a origem das imagens e textos enviados. Não há como identificar se as mensagens produzidas são da campanha dos candidatos.

Em um panfleto digital favorável ao petista replicado em mensagens, Haddad aparece em foto colorida numa montagem em que está escrito “compare antes de votar”.

Propostas do candidato para geração de empregos são listadas em letras brancas sobre um fundo verde e amarelo. Bolsonaro aparece abaixo em imagem em preto e branco. O texto diz que o capitão reformado vai retirar direitos trabalhistas. 

Panfleto petista com propostas de Haddad e críticas a Bolsonaro

A guinada petista ao verde e amarelo foi ironizada pelos seguidores de Bolsonaro, que desde o início da campanha usa as cores em seu material de campanha.

Num meme compartilhado em grupo de eleitores de Bolsonaro aparece o material de campanha do candidato do PSL em preto e braco. Um balão com a pergunta “ué cadê a minha cor?” foi incluído. “O PT roubou” é a resposta escrita no canto inferior da imagem. 

Paulo Passos – Folha de São Paulo

Benes faz festa em Santana do Matos e Lajes para comemorar vitória

Benes comemora vitória com o cunhado e prefeito de Santana do Matos

O deputado federal eleito mais votado do RN pelo PTC Benes Leócadio fez ontem uma festa de arromba ontem na sua terra, Santana do Matos, cidade administrada pelo prefeito e seu cunhado,  José Edvaldo Guimarães Junior, do PR, para comemorar 4.613 votos obtidos.

Hoje, Benes Leócadio faz outra festa da pesada para a população de Lajes, cidade que já administrou quatro vezes, para comemorar a vitória ao lado da sua companheira de partido e de dobradinha, a deputada estadual eleita Eudiane Macedo.

Atriz Regina Duarte faz visita a Bolsonaro no Rio de Janeiro

Atriz Regina Duarte visita Bolsonaro

A atriz Regina Duarte visitou o candidato Jair Bolsonaro (PSL) na manhã desta sexta-feira (12), em seu condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Após o encontro, o capitão reformado publicou uma foto com Regina em suas redes sociais.

Ela ganhou destaque na campanha presidencial de 2002 ao declarar voto em José Serra (PSDB) afirmando que tinha medo de seu adversário, o ex-presidente Lula, hoje preso na Lava Jato.

Na ocasião, quando Lula e Serra disputavam o segundo turno, a atriz dizia temer a volta da inflação e a mudança de discurso do petista, que na ocasião adotou um discurso menos radical e acabou eleito.

“Tô com medo. Faz tempo que eu não tenho esse sentimento porque Brasil nessa eleição corre o risco de perder toda a estabilidade que já foi conquistada. Eu sei que muita coisa não foi feita, mas também tem muita coisa boa que foi realizada. Não dá para ir tudo na lata do lixo”, afirmou Regina em vídeo gravado para a campanha de Serra.

Além da visita, ela tem postado manifestações de apoio ao capitão reformado em suas redes sociais e criticado seu adversário, o petista Fernando Haddad.

Desde que deixou o hospital, em 29 de setembro, Bolsonaro recebeu artistas e cantores como Zezé Di Camargo, o humorista Castrinho e Dedé, dos Trapalhões.

O candidato se recupera em casa após ter sido alvo de uma facada em 6 de setembro durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). (Talita Fernandes – Folha de São Paulo)

MENTIROSO ASSUMIDO: Ver. Kekel assume ter mentido sobre falta d’água para fazer o povo atacar a gestão municipal

Circulou na manhã desta sexta (12), um áudio de autoria do Ver. Kekel em que ele criminosamente e sem qualquer pudor, afirma que a culpa da falta d’água em Macau seria da atual gestão municipal que teria “descumprido o contrato” com a empresa Alcanorte.

O Vereador-enganador Kekel sabe mas finge não saber que não existe nem nunca existiu nenhum contrato entre a Prefeitura de Macau e a Alcanorte. Finge pra enganar, induzir o povo ao erro e a atacar inocentes, que se esforçam pra solucionar o problema.

Veja print ao lado onde o Vereador-enganador Kekel é corrigido pelo seu colega Vereador Italo Mendonça, que disse: “Kekel colocou a culpa da falta d’água na prefeitura e o povo ta acreditando” e em seguida ri da situação “Kkkk” e complementa “Já tem gente metendo o cacete no prefeito”.

Em seguida, o Vereador-enganador Kekel é alertado que não existe nenhum contrato entre a prefeitura e a alcanorte e confirma que mentiu “vdd, vdd”.

Resta provada assim, a mais comum e usada ferramenta da parcela maligna da oposição macauense: Uma mistura vil de mentira, covardia e desinformação.

Fica a pergunta aos macauenses, vocês estão sendo defendidos ou usados? Tirem suas próprias conclusões.

Carlos Eduardo Alves declara apoio oficial a Bolsonaro no segundo turno


Em um vídeo divulgado nesta sexta-feira  candidato do PDT ao Governo do Estado, Carlos Eduardo Alves, declarou oficialmente apoio ao candidato do PSL  Jair Bolsonaro, que disputa segundo turno contra Fernando Haddad (PT).

Carlos Eduardo criticou o PT – partido de sua adversária no segundo turno local, Fátima Bezerra, e de Haddad.

“O PT nos prometeu um País mais justo, com mais emprego, mais segurança, mais saúde, mais educação. Um Brasil com um governo ético e sem corrupção. 12 anos depois, temos um Brasil dividido e vivendo sua maior crise econômica, com 13 milhões de desempregados, a maior violência de todos os tempos e a maior crise ética e moral da sua história”, afirmou.

Segundo o candidato do PDT, é preciso uma “mudança radical” na política, na economia e no combate à criminalidade e à corrupção para romper com esse quadro.

No primeiro turno, Carlos Eduardo apoiou seu correligionário Ciro Gomes. Esta semana, após anunciar “apoio crítico” ao PT de Fernando Haddad, Ciro Gomes (PDT) viajou, nesta 5ª feira (11.out.2018), para Europa. O partido afirmou que o pedetista não participaria da campanha.

A assessoria de Ciro declarou que o candidato vai “tirar uns dias para descansar e cuidar da saúde.”

Bolsonaro chora na TV e Haddad diz que não faz ‘campanha de um partido’

Bolsonaro e Haddad disputam segundo turno das eleições presidenciais de 2018

Os dois candidatos à Presidência tentaram, em seus primeiros programas eleitorais de segundo turno exibidos na televisão, nesta sexta-feira (12), reduzir os pontos que levam os eleitores a rejeitá-los.

Jair Bolsonaro (PSL), que busca o eleitorado feminino, chorou ao falar de sua filha caçula, Laura, a primeira após ser pai de quatro filhos.

O candidato reutilizou um vídeo que já havia publicado na internet sobre como decidiu que iria tentar a paternidade novamente: afirma que decidiu desfazer uma vasectomia.

“Mudou muito a minha vida a chegada da Laura”, afirmou, antes de aparecer em vídeo brincando e pedindo o beijo da filha. Folha de são Paulo

Leia maisBolsonaro chora na TV e Haddad diz que não faz ‘campanha de um partido’

George Soares e o prefeito do Assú fazem jogo duplo na campanha para governador do RN

Vice-prefeita do Assu e secretários ligados ao MDB apoia Carlos Eduardo alves

O deputado estadual reeleito George Soares e o seu irmão, o prefeito do Assú, Gustavo Soares, ambos filiados ao PR, são suspeitos de fazer jogo duplo na campanha eleitoral para governador do RN.

Os irmãos Soares, o deputado e o prefeito dizem apoiar a candidata do PT Fátima Bezerra, mas liberaram a vice-prefeita do Assú Sandra Alves (MDB) e um grupo de secretários municipais para fazer campanha para o candidato do PDT, Carlos Eduardo Alves.

O clã dos Soares aposta na postura política dúbia do seu grupo em Assú. Uma fatia fica com Fátima do PT e outra com Carlos Eduardo, garantindo espaço no futuro governo, seja quem for o vencedor agora no segundo turno. 

A estratégia de enganação não tem agradado aos petistas do Assú. No primeiro turno, o deputado George Soares e o prefeito Gustavo Soares, com a conduta de faz de conta, não vestiram realmente a camisa da petista Fátima Bezerra, apesar da vitória dela contra seu adversário Carlos Eduardo Alves, no município.

Por outro lado, a vice-prefeita Sandra Alves e diversos secretários ligados ao MDB, foram as ruas para pedir e conquistar votos para Carlos Eduardo Alves, com o aval do deputado George Soares e o seu irmão, o prefeito Gustavo Soares.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: