Haddad sem vermelho do PT é replicado e ironizado no WhatsApp

Meme de eleitores do Bolsonaro ironiza petistas

Como mostrou a Folha, a campanha de Fernando Haddad (PT) reduziu a aparição da cor vermelha – tradicional marca do partido – no material de campanha do presidenciável no segundo turno.

A estratégia foi replicada em correntes enviadas em grupos de apoiadores do PT no WhatsApp. Desde quarta, imagens com propaganda do petista já não tinham predominância do vermelho.

Folha monitora grupos abertos no WhatsApp de apoiadores de Bolsonaro e de Haddad. No aplicativo de trocas de mensagens não é possível saber a origem das imagens e textos enviados. Não há como identificar se as mensagens produzidas são da campanha dos candidatos.

Em um panfleto digital favorável ao petista replicado em mensagens, Haddad aparece em foto colorida numa montagem em que está escrito “compare antes de votar”.

Propostas do candidato para geração de empregos são listadas em letras brancas sobre um fundo verde e amarelo. Bolsonaro aparece abaixo em imagem em preto e branco. O texto diz que o capitão reformado vai retirar direitos trabalhistas. 

Panfleto petista com propostas de Haddad e críticas a Bolsonaro

A guinada petista ao verde e amarelo foi ironizada pelos seguidores de Bolsonaro, que desde o início da campanha usa as cores em seu material de campanha.

Num meme compartilhado em grupo de eleitores de Bolsonaro aparece o material de campanha do candidato do PSL em preto e braco. Um balão com a pergunta “ué cadê a minha cor?” foi incluído. “O PT roubou” é a resposta escrita no canto inferior da imagem. 

Paulo Passos – Folha de São Paulo

Benes faz festa em Santana do Matos e Lajes para comemorar vitória

Benes comemora vitória com o cunhado e prefeito de Santana do Matos

O deputado federal eleito mais votado do RN pelo PTC Benes Leócadio fez ontem uma festa de arromba ontem na sua terra, Santana do Matos, cidade administrada pelo prefeito e seu cunhado,  José Edvaldo Guimarães Junior, do PR, para comemorar 4.613 votos obtidos.

Hoje, Benes Leócadio faz outra festa da pesada para a população de Lajes, cidade que já administrou quatro vezes, para comemorar a vitória ao lado da sua companheira de partido e de dobradinha, a deputada estadual eleita Eudiane Macedo.

Atriz Regina Duarte faz visita a Bolsonaro no Rio de Janeiro

Atriz Regina Duarte visita Bolsonaro

A atriz Regina Duarte visitou o candidato Jair Bolsonaro (PSL) na manhã desta sexta-feira (12), em seu condomínio na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Após o encontro, o capitão reformado publicou uma foto com Regina em suas redes sociais.

Ela ganhou destaque na campanha presidencial de 2002 ao declarar voto em José Serra (PSDB) afirmando que tinha medo de seu adversário, o ex-presidente Lula, hoje preso na Lava Jato.

Na ocasião, quando Lula e Serra disputavam o segundo turno, a atriz dizia temer a volta da inflação e a mudança de discurso do petista, que na ocasião adotou um discurso menos radical e acabou eleito.

“Tô com medo. Faz tempo que eu não tenho esse sentimento porque Brasil nessa eleição corre o risco de perder toda a estabilidade que já foi conquistada. Eu sei que muita coisa não foi feita, mas também tem muita coisa boa que foi realizada. Não dá para ir tudo na lata do lixo”, afirmou Regina em vídeo gravado para a campanha de Serra.

Além da visita, ela tem postado manifestações de apoio ao capitão reformado em suas redes sociais e criticado seu adversário, o petista Fernando Haddad.

Desde que deixou o hospital, em 29 de setembro, Bolsonaro recebeu artistas e cantores como Zezé Di Camargo, o humorista Castrinho e Dedé, dos Trapalhões.

O candidato se recupera em casa após ter sido alvo de uma facada em 6 de setembro durante ato de campanha em Juiz de Fora (MG). (Talita Fernandes – Folha de São Paulo)

MENTIROSO ASSUMIDO: Ver. Kekel assume ter mentido sobre falta d’água para fazer o povo atacar a gestão municipal

Circulou na manhã desta sexta (12), um áudio de autoria do Ver. Kekel em que ele criminosamente e sem qualquer pudor, afirma que a culpa da falta d’água em Macau seria da atual gestão municipal que teria “descumprido o contrato” com a empresa Alcanorte.

O Vereador-enganador Kekel sabe mas finge não saber que não existe nem nunca existiu nenhum contrato entre a Prefeitura de Macau e a Alcanorte. Finge pra enganar, induzir o povo ao erro e a atacar inocentes, que se esforçam pra solucionar o problema.

Veja print ao lado onde o Vereador-enganador Kekel é corrigido pelo seu colega Vereador Italo Mendonça, que disse: “Kekel colocou a culpa da falta d’água na prefeitura e o povo ta acreditando” e em seguida ri da situação “Kkkk” e complementa “Já tem gente metendo o cacete no prefeito”.

Em seguida, o Vereador-enganador Kekel é alertado que não existe nenhum contrato entre a prefeitura e a alcanorte e confirma que mentiu “vdd, vdd”.

Resta provada assim, a mais comum e usada ferramenta da parcela maligna da oposição macauense: Uma mistura vil de mentira, covardia e desinformação.

Fica a pergunta aos macauenses, vocês estão sendo defendidos ou usados? Tirem suas próprias conclusões.

Carlos Eduardo Alves declara apoio oficial a Bolsonaro no segundo turno


Em um vídeo divulgado nesta sexta-feira  candidato do PDT ao Governo do Estado, Carlos Eduardo Alves, declarou oficialmente apoio ao candidato do PSL  Jair Bolsonaro, que disputa segundo turno contra Fernando Haddad (PT).

Carlos Eduardo criticou o PT – partido de sua adversária no segundo turno local, Fátima Bezerra, e de Haddad.

“O PT nos prometeu um País mais justo, com mais emprego, mais segurança, mais saúde, mais educação. Um Brasil com um governo ético e sem corrupção. 12 anos depois, temos um Brasil dividido e vivendo sua maior crise econômica, com 13 milhões de desempregados, a maior violência de todos os tempos e a maior crise ética e moral da sua história”, afirmou.

Segundo o candidato do PDT, é preciso uma “mudança radical” na política, na economia e no combate à criminalidade e à corrupção para romper com esse quadro.

No primeiro turno, Carlos Eduardo apoiou seu correligionário Ciro Gomes. Esta semana, após anunciar “apoio crítico” ao PT de Fernando Haddad, Ciro Gomes (PDT) viajou, nesta 5ª feira (11.out.2018), para Europa. O partido afirmou que o pedetista não participaria da campanha.

A assessoria de Ciro declarou que o candidato vai “tirar uns dias para descansar e cuidar da saúde.”

Bolsonaro chora na TV e Haddad diz que não faz ‘campanha de um partido’

Bolsonaro e Haddad disputam segundo turno das eleições presidenciais de 2018

Os dois candidatos à Presidência tentaram, em seus primeiros programas eleitorais de segundo turno exibidos na televisão, nesta sexta-feira (12), reduzir os pontos que levam os eleitores a rejeitá-los.

Jair Bolsonaro (PSL), que busca o eleitorado feminino, chorou ao falar de sua filha caçula, Laura, a primeira após ser pai de quatro filhos.

O candidato reutilizou um vídeo que já havia publicado na internet sobre como decidiu que iria tentar a paternidade novamente: afirma que decidiu desfazer uma vasectomia.

“Mudou muito a minha vida a chegada da Laura”, afirmou, antes de aparecer em vídeo brincando e pedindo o beijo da filha. Folha de são Paulo

Leia maisBolsonaro chora na TV e Haddad diz que não faz ‘campanha de um partido’

George Soares e o prefeito do Assú fazem jogo duplo na campanha para governador do RN

Vice-prefeita do Assu e secretários ligados ao MDB apoia Carlos Eduardo alves

O deputado estadual reeleito George Soares e o seu irmão, o prefeito do Assú, Gustavo Soares, ambos filiados ao PR, são suspeitos de fazer jogo duplo na campanha eleitoral para governador do RN.

Os irmãos Soares, o deputado e o prefeito dizem apoiar a candidata do PT Fátima Bezerra, mas liberaram a vice-prefeita do Assú Sandra Alves (MDB) e um grupo de secretários municipais para fazer campanha para o candidato do PDT, Carlos Eduardo Alves.

O clã dos Soares aposta na postura política dúbia do seu grupo em Assú. Uma fatia fica com Fátima do PT e outra com Carlos Eduardo, garantindo espaço no futuro governo, seja quem for o vencedor agora no segundo turno. 

A estratégia de enganação não tem agradado aos petistas do Assú. No primeiro turno, o deputado George Soares e o prefeito Gustavo Soares, com a conduta de faz de conta, não vestiram realmente a camisa da petista Fátima Bezerra, apesar da vitória dela contra seu adversário Carlos Eduardo Alves, no município.

Por outro lado, a vice-prefeita Sandra Alves e diversos secretários ligados ao MDB, foram as ruas para pedir e conquistar votos para Carlos Eduardo Alves, com o aval do deputado George Soares e o seu irmão, o prefeito Gustavo Soares.

STF reafirma legalidade de terceirização irrestrita ao julgar caso de call center

Resultado de imagem para STF reafirma legalidade de terceirização irrestrita ao julgar caso de call center

O Supremo Tribunal Federal (STF) reafirmou, por 7 votos a 2, nesta quinta-feira, 11, a possibilidade de empresas terceirizarem todas as atividades, desta vez julgando a terceirização do serviço de call center em empresa de telefonia. Os ministros derrubaram uma decisão da Justiça trabalhista que havia reconhecido existência de vínculo de emprego entre o atendente de call center e a empresa tomadora de serviços.

No julgamento, os ministros destacaram que a decisão segue a posição da Corte tomada em agosto, quando liberou a terceirização de todos os tipos de atividades, incluindo as chamadas atividades-fim. A possibilidade de empresas contratarem trabalhadores terceirizados para desempenhar qualquer atividade vale mesmo para processos trabalhistas abertos antes da Lei da Terceirização e da reforma trabalhista, que entraram em vigor no ano passado. Na ocasião, os ministros declararam inconstitucionais trechos da Súmula 331 do Tribunal Superior do Trabalho, que vedava a terceirização de atividade-fim.

Ficaram vencidos nesta quinta os ministros Rosa Weber e Ricardo Lewandowski, que já haviam se posicionado contra a terceirização irrestrita. Rafael Moraes Moura e Amanda Pupo, O Estado de S.Paulo

Leia maisSTF reafirma legalidade de terceirização irrestrita ao julgar caso de call center

Papa aceita renúncia de arcebispo acusado de encobrir abusos nos EUA

AP Photo/David Goldman

papa Francisco aceitou a renúncia do arcebispo de Washington, Donald Wuerl, acusado de encobrir mais de mil casos de abusos sexuais cometidos por sacerdotes da Igreja Católica nos Estados Unidos. Na carta em que aceita o pedido, o pontífice disse que o cardeal colocou os interesses da congregação na frente de suas próprias ambições, o que devem fazer todos nessa posição.

“Você tem elementos suficientes para justificar suas ações e distinguir entre o que significa encobrir delitos ou não enfrentar os problemas e cometer alguns erros”, escreveu o papa. “Sua nobreza te levou a não eleger essa forma de defesa. Por isso, estou orgulhoso e lhe agradeço.”

Uma investigação divulgada em agosto acusou Wuerl de ter encoberto 301 sacerdotes que abusaram de mais de mil crianças e adolescentes enquanto era bispo na Pensilvânia, entre 1988 e 2006. Além disso, foi muito criticado por insistir que desconhecia os supostos abusos cometidos pelo ex-arcebispo de Washington, Theodore McCarrick.

Segundo comunicado do Vaticano, o pontífice ainda não nomeou um substituto. Enquanto um novo arcebispo não for designado, Wuerl, de 77 anos, continuará como cardeal. 

Em resposta ao papa, Wuerl disse estar “profundamente agradecido” e “profundamente comovido por suas amáveis palavras de compreensão”. “Minha renúncia é uma forma de expressar meu grande e permanente amor por vocês, as pessoas da Igreja de Washington.”/AP, EFE e AFP

‘Se tem algum traidor não é o João, é o Alckmin’, diz mulher de Doria

A artista Bia Doria, mulher do candidato a governador de São Paulo João Doria (PSDB), rebateu a insinuação de Geraldo Alckmin(PSDB) de que o marido o traiu.

“João ficou totalmente engajado na campanha do Geraldo, o tempo inteiro. Quem não ficou engajado foi ele, que ficou do lado do Márcio França (PSB)”, afirmou.

“Se tem alguém traidor não é o João, é o Alckmin, o Alckmin que não ficou do lado do PSDB. João é que foi traído. Thais Bilenky – Folha de São Paulo

Leia mais‘Se tem algum traidor não é o João, é o Alckmin’, diz mulher de Doria

George Soares não vai subir no palanque da vice-prefeita do MDB do Assú

Resultado de imagem para george soares e sandra alves vice-prefeito do Assu

Após ameaçar abandonar o barco da candidata do PT ao Governo do Estado, agora no segundo turno, o deputado estadual reeleito George Soares, do PR, acabou recuando e reafirmou apoio  a senadora petista, ficando contra a decisão da vice-prefeita do Assú Sandra Alves (MDB) e do seu esposo, presidente do diretório municipal do partido, Helder Alves, e de outras lideranças como ex-vereadores Heliomar Alves e Arnóbio Abreu, que apoiam Carlos Eduardo Alves, do PDT.

Enquanto isso, o deputado estadual reeleito George Soares e seu irmão, o prefeito Gustavo Soares, deverão estar no mesmo palanque do ex-prefeito Ivan Júnior, que deve bater o martelo de apoio a candidata do PT a governador Fátima Bezerra. A maioria das lideranças petistas do Assú integraram a equipe do ex-prefeito Ivan Júnior como secretários durante oitos, quando ele governou o Assú.

Tudo indica que o prefeito Gustavo Soares e a vice-prefeita Sandra Alves, este ano estarão em palanques diferentes na campanha governador como aconteceu no primeiro turno. O prefeito apoia Fátima Bezerra do PT e a vice-prefeita Sandra Alves, luta para eleger o candidato a governador e ex-prefeito de Natal Carlos Eduardo Alves, do PDT.

PSOL declara apoio a Fátima Bezerra do PT

O candidato a governador pelo PSOL  Carlos Alberto entregou ontem carta de apoio a candidatura ao governo da senadora Fátima Bezerra (PT).

O PSOL elegeu o vereador de Natal Sandro Pimentel para um cadeira de deputado na Assembleia Legislativa.

“O partido decidiu pelo apoio à professora Fátima sem qualquer condição, sem qualquer exigência, pelo critério de derrotar o candidato Bolsonaro nacionalmente, que representa um grande retrocesso, e aqui as oligarquias do Estado”, declarou Robério Paulino, candidato a deputado estadual.

TRE marca nova eleição para prefeito de Pendências no dia 25 de novembro

O  presidente do Tribuna Regional Eleitoral do Rio Grande do Norte (TRE-RN)  , Desembargador Glauber Rêgo, juntamente com os membros da corte eleitoral e a Procuradora Regional Eleitoral do RN, decidiram  estabelecer que as eleições suplementares para os cargos de prefeito e vice-prefeito do município de Pendências vão acontecer no dia 25 de novembro de 2018, conforme calendário disponibilizado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) para este ano.

Com a cassação e perda de mandato de Fernando Antônio Bezerra de Medeiros e José Maria Alves Bezerra, respectivamente, prefeito e vice-prefeito de Pendências, por abuso de poder econômico e político e prática de captação ilícita de sufrágio (compra de votos), eles afastados dos cargos e o presidente da Câmara de Vereadores, Flaudivan Martins, assumiu interinamente a prefeitura de Pendências.

Confira o calendário eleitoral da eleição de Pendências:

– 18 a 23 de outubro: convenções;

– 26 de outubro: último dia para registro das candidaturas;

– 29 de outubro: início da propaganda;

– 25 de novembro: dia da eleição

– 05 de dezembro: último dia para entrega da prestação de contas

A data da diplomação do Prefeito e do vice-prefeito eleitos será fixada pelo Juiz Eleitoral, obedecendo o prazo limite de 19 de dezembro de 2018.

Horário eleitoral gratuito do segundo turno começa nesta sexta

Resultado de imagem para Horário eleitoral gratuito do segundo turno começa nesta sexta

horário eleitoral gratuito dos candidatos a presidente e governador do segundo turno das eleições começa nesta sexta-feira, 12, feriado do Dia de Nossa Senhora Aparecida. O plenário do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aprovou, na sessão administrativa desta quinta-feira, a minuta de resolução sobre o plano de mídia para o cargo de presidente da República.

O texto foi apresentado pela presidente da Corte, ministra Rosa Weber. Segundo a regra, as emissoras de rádio e televisão reservarão 25 minutos diários de segunda-feira a domingo para a propaganda eleitoral dos candidatos por inserções. Destinarão ainda 10 minutos diários de segunda a sábado para cada bloco da propaganda eleitoral referente ao segundo turno do pleito.

 O tempo será dividido igualitariamente entre as coligações dos candidatos que disputam o segundo turno, iniciando-se pela candidatura que obteve a maior votação no primeiro turno, com alternância da ordem a cada programa em bloco ou veiculação de inserção, de acordo com o TSE.

A veiculação das propagandas em bloco e por inserções dos presidenciáveis vai até a antevéspera da eleição, dia 27, que ocorre no último domingo deste mês. O dia 26 também é o último dia para a realização de debate e divulgação de propaganda eleitoral paga na imprensa escrita. 

Agência Estado, O Estado de S.Paulo

Ivan Júnior e George Soares juntos no palanque de Fátima do PT em Assú

O ex-prefeito do Assú e suplente de deputado estadual Ivan Júnior ainda não anunciou oficialmente o seu apoio no segundo turno para governador, mas é grande a probabilidade dele passar a apoiar agora, a candidata do PT a governadora Fátima Bezerra.

Nesse caso, Ivan Júnior e George Soares, vão estar no mesmo palanque da senadora do PT em Assú, apesar de serem adversários políticos no município. 

Em Assú, Ivan Júnior pode anunciar apoio a Fátima do PT

Entrevistado ontem a noite no programa Panorama do Vale, da Princesa FM, o ex-prefeito do Assú Ivan Júnior, candidato a deputado estadual que obteve mais de 23 mil votos, disse que ainda não definiu com qual candidato a governador do RN vai apoiar agora no segundo turno, mas a tendência é de que ele fique mesmo com a candidata do PT Fátima Bezerra.

Apesar de Fátima já contar com o apoio do deputado estadual reeleito George Soares, do PR, o maior rival político de Ivan Júnior em Assú, o ex-prefeito que no primeiro turno apoiou o atual governador Robinson Faria, admitiu ontem que tem afinidade com o PT do Assú que inclusive integrou a sua equipe de secretários durante oito anos quando ele governou a maior cidade do Vale.

Apesar do ex-prefeito Ivan Júnior não descartar apoiar o candidato do PDT a governador Carlos Eduardo Alves, comenta-se nos bastidores que Ivan Júnior votou em Fátima para senadora nas eleições de 2014 e no período que administrou o Assu sempre teve na petista seja como deputada federal ou senadora, uma grande parceira política e administrativa.

%d blogueiros gostam disto: