Câmara dos Deputados registrou entrada de Adélio no dia do atentado a Bolsonaro

Jair Bolsonaro é esfaqueado em ato de campanha

A Câmara dos Deputados registrou duas entradas de Adélio Bispo, agressor do presidenciável Jair Bolsonaro (PSL), ao prédio do Congresso, em Brasília, no dia 6 de setembro de 2018, mesma data do atentado em Juiz de Fora (MG). O horário das visitas não constam do relatório ao qual a Coluna teve acesso.

O diretor da Polícia Legislativa da Câmara, Paul Pierre Deeter, suspeita que as informações tenham sido fraudadas e abriu investigação. “Considerando a impossibilidade de ter ocorrido o seu acesso às dependências da Câmara dos Deputados neste dia, e no intuito de se averiguar as circunstâncias nas quais se deram os supostos registros, foi realizado o registro da ocorrência policial n. 101/2018”, diz o diretor, em resposta ao deputado JHC (PSB-AL).

A Câmara também registrou outra entrada do agressor ao prédio em momento anterior. Ele teria visitado a Casa em 6 de agosto de 2013, mas o local ao qual se dirigiu ainda é desconhecido. Coluna do Estadão

Aécio devolve casa de 2 mil m² e vai para imóvel funcional

Casa no Lago Sul onde mora o senador Aécio Neves
Casa no Lago Sul onde mora o senador Aécio Neves; tucano vai deixar o imóvel Foto: Dida Sampaio/Estadão

Disposto a mudar de Casa no Congresso, o senador Aécio Neves (PSDB-MG), que tenta uma vaga na Câmara dos Deputados nas eleições 2018, também pretende trocar seu endereço residencial em Brasília. Ele se mudará com a família, no próximo mês, de uma casa de cerca de 2.500 metros quadrados no Lago Sul, bairro de classe média alta da capital federal, para um apartamento funcional.

Segundo a assessoria de imprensa do senador informou ao Estadão/Broadcast, Aécio decidiu se mudar porque o contrato de aluguel com a empresa dona da casa, a SN Investimentos e Participações Imobiliários, está perto do fim. A assessoria do tucano não informou o valor do aluguel, mas um casa na mesma região custa, por mês, entre R$ 5 mil e R$ 10 mil por mês. De acordo com reportagem do site Metrópoles, de Brasília, Aécio paga R$ 25 mil de aluguel.

O salário bruto do senador é de R$ 33,7 mil mensais, e, com os descontos tributários, ele recebe R$ 22 mil. Conforme dados públicos do Senado, Aécio nunca usou verbas do auxílio-moradia a que tem direito, de R$ 5,5 mil, para custear o aluguel do imóvel.

Leia maisAécio devolve casa de 2 mil m² e vai para imóvel funcional

Deputado Ezequiel não dá um pio sobre ‘fantasmas’ na Assembléia

O presidente da Assembléia Legislativa do RN e deputado estadual Ezequiel Ferreira, do PSDB, até agora permanece em silêncio sobre a prisão da chefe de gabinete da Presidência da Casa,  Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho,  acusada de desviar uma fortuna no valor de  R$ 2.440.335,47 com inserção de funcionários fantasmas na folha de pagamento do legislativo.

Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, cabo eleitoral do deputado estadual Ezequiel Ferreira, é suspeita de ter falsificado as assinaturas de pelo menos quatro investigados, o que, para o MPRN, reforça que “terceiros efetuavam os saques à revelia dos titulares”.

Apesar da prisão da sua chefe de gabinete e dos indícios de envolvimento dela nesse esquema criminoso, o deputado/presidente Ezequiel Ferreira, ainda não mandou exonerar a sua aliada política.

Fábio, Tião e Ezequiel são recebidos por João Gentil em Mossoró

Durante uma reunião de amigos e apoiadores do vereador João Gentil, os deputados Fábio Faria (federal), Ezequiel Ferreira (estadual) e o candidato a vice-governador Tião Couto receberam a confirmação da virada da eleição majoritária em Mossoró.

Fábio foi enfático: “Sabíamos que a virada começaria por Mossoró, agora é daqui pra melhor”.

O vice Tião confirmou que depois de eleito instalará seu gabinete da vice-governadoria em Mossoró. “Vamos fazer por nosso cidade o que essas oligarquias levaram décadas e nunca fizeram: trabalhar pelo desenvolvimento”.

Os parlamentares também aproveitaram o encontro para prestar contas do mandato. Fábio Faria destinou mais de R$ 1,5 milhões para pavimentação e R$ 1,4 milhão para saúde. Além do apoio para a abertura do aeroporto e construção do Hospital da Mulher.

Contra o PT, Confederação de Pastores do Brasil decide apoiar Bolsonaro

A centralização do embate entre Jair Bolsonaro (PSL) e Fernando Haddad (PT) já no primeiro turno da eleição fez igrejas evangélicas anteciparem uma tomada de lado na disputa.

A Confederação dos Conselhos de Pastores do Brasil, que congrega as principais agremiações neopentecostais, decidiu declarar apoio ao capitão reformado. À frente da entidade e da Sara Nossa Terra, o bispo Robson Rodovalho diz que, com “a divisão entre direita e esquerda, não dá mais para ficar em cima do muro”.

Rodovalho, que apoiou Haddad em 2012 para prefeito de SP, diz agora que só Bolsonaro é capaz de “colocar um freio de arrumação no Brasil”. Ele comanda cerca de 1,5 milhão de fiéis.

O novo Datafolha reforça a tendência de polarização entre o candidato do PSL e o do PT. A pesquisa mostra que, entre os evangélicos, o deputado abre larga vantagem sobre o petista nas sondagens sobre um eventual segundo turno: 51% a 34%.

Leia maisContra o PT, Confederação de Pastores do Brasil decide apoiar Bolsonaro

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: