Bolsonaro segue estável e realiza fortalecimento muscular na UTI

O candidato à presidência da República Jair Bolsonaro (PSL) segue internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Israelita Albert Einstein, em São Paulo, com quadro estável. Boletim médico divulgado na manhã deste sábado informa que o candidato não sente dores ou febre e realizará sessões de fisioterapia, incluindo exercícios respiratórios e de fortalecimento muscular, ao longo do dia.

Operado há três dias, Bolsonaro caminha normalmente pelo quarto, sem sinais de infecção. Por recomendações médicas, o presidenciável segue com visitas restritas e somente a pessoas autorizadas pela família. O boletim foi assinado pelos médicos Antônio Luiz Macedo, Leandro Echenique e Miguel Cendoroglo.

Leia abaixo a íntegra do boletim:

O candidato à Presidência da República, Jair Bolsonaro, permanece internado na Unidade de Terapia Intensiva (UTI) do Hospital Israelita Albert Einstein. Após 60 horas da última cirurgia, mantém estabilidade clínica e não apresenta complicações.
Encontra-se afebril e sem outros sinais de infecção. Evolui sem dor, recebendo as medidas de prevenção de trombose venosa.
Hoje prosseguirá com sessões de fisioterapia, incluindo exercícios respiratórios e de fortalecimento muscular.

Fábio Faria realiza evento de adesão

O deputado federal Fábio Faria cumpre agenda de campanha neste sábado (15), em Natal e Seridó.

Fábio começa o dia no seu evento de adesão, para arrecadar recursos, que será realizado no Ocean Palace.

Em seguida, participa de reunião com apoiadores na capital e à tarde segue para o Seridó, onde está prevista a Caravana da Verdade, com o governador Robinson Faria.

Na Sicília, papa Francisco pede a mafioso que seja do amor, e não da honra

O papa Francisco chega para celebrar missa em Palermo, na Itália

O papa Francisco pediu neste sábado à máfia da Sicília que abandone a vida de crime e violência.

De acordo com o líder religioso, a ilha precisa de “homens e mulheres de amor, não homens e mulheres de honra”, usando o termo com o qual os mafiosos referem-se a si mesmos.

Em missa na capital siciliana, Francisco afirmou que os membros do crime organizado –muitos dos quais vão à igreja–  “não podem acreditar em Deus e ser mafiosos” ao mesmo tempo. Em seu apelo, ele se referiu a eles como “queridos irmãos e irmãs”.

Ele visitou Palermo nas celebrações que relembram a morte do padre Giuseppe “Pino” Puglisi, que foi morto pela máfia em 1993, após ter desafiado o controle da organização sobre um dos bairros mais difíceis da cidade.

Puglisi foi morto em seu aniversário de 56 anos, durante uma sangrenta ofensiva da máfia contra o estado e qualquer outra pessoa que ameaçasse o grupo. Os juízes Giovanni Falcone e Paolo Borsellino também foram alvos dos criminosos, sendo mortos em Palermo em 1992.   REUTERS

Leia maisNa Sicília, papa Francisco pede a mafioso que seja do amor, e não da honra

Thales ‘amarrou o burro no pau que tem sombra’ diz assessor de Valderedo

O governo do prefeito Valderedo Bertoldo está em pé de guerra, após o vice-prefeito Thales Marinho, anunciar apoio a candidatura do deputado federal Walter Alves, do MDB, desobedecendo a orientação política do chefe do executivo que apoia o projeto de reeleição do deputado federal do PSB Rafael Motta.

Revoltado com a conduta do vice-prefeito Thales Marinho, o secretário especial Janielson (Grandão), homem de confiança do prefeito Valderedo Bertoldo, detonou o vice-prefeito na rede social do  WhatsApp, chegando a afirmar que ele amarrou o seu burro num pau que tem sombra e alertou que essa desobediência fragiliza até o projeto de reeleição do seu chefe.

Escute áudio abaixo sobre o assunto:

Gilmar Mendes manda soltar ex-governador Beto Richa

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), mandou soltar nesta sexta-feira o ex-governador do Paraná e candidato ao Senado Beto Richa(PSDB), sua mulher, Fernanda Richa, seu irmão, Pepe Richa, e outras 12 pessoas.

Eles foram presos na última terça-feira. Richa é investigado por irregularidades em obras de estradas rurais do estado e suspeito de ter se beneficiado com esquema de propinas, que alimentaria ainda investimentos imobiliários.

Gilmar atendeu um pedido da defesa do ex-governador e o estendeu aos outros investigados. O argumento central dos advogados de Rica é o de que a prisão provisória, determinada por um juiz estadual do Paraná, foi uma forma encontrada para driblar uma liminar dada em dezembro do ano passado pelo próprio Gilmar. Na época, ele proibiu conduções coercitivas.

Richa teve a prisão temporária por cinco dias decretada pelo juiz Fernando Fischer, da 13ª Vara Criminal de Curitiba, da Justiça estadual do Paraná. Nesta sexta-feira, após o pedido da defesa ao STF, o juiz aceitou solicitação do Ministério Público e converteu a prisão temporária em preventiva, ou seja, sem prazo definido para acabar. Outras noves pessoas também tiveram a prisão preventiva decretada. Mas, em sua decisão, Gilmar não apenas revogou a primeira ordem do magistrado paranaense, como também deu salvo conduto contra novos decretos de prisão.

Assú vota em quem trabalha, diz Fábio Faria

Com que cara George Soares vai pedir votos para João Maia e a sua irmã Zenaide?

“Assú vota em quem trabalha”. Essa declaração do deputado federal Fábio Faria ontem a noite na Princesa FM, revela que ele está confiante de que continuará a ser o campeão de votos na cidade e deixou os deputados federais como João Maia, Walter Alves, Rafael Motta, Beto Rosado e Rogério Marinho, numa situação política delicada junto ao eleitorado assuense.

Os cinco candidatos a deputado federal que exercem ou já exerceram mandatos, não tem destinado emendas para Assú como faz Fábio Faria nos últimos 10 anos. João Maia já foi deputado federal e não tem quase nada ou nenhuma emenda para a apresentar a população que enviou para Assú. Os deputados Walter, Beto, Rafael e Rogério, ninguém tem conhecimento de emendas deles.

O deputado estadual George Soares (recebeu doação de R$ 330 mil de João Maia para gastar na campanha eleitoral) e o seu irmão, o prefeito Gustavo Soares, viviam a bem pouco tempo nas secretárias e no gabinete do governador Robinson Faria com o pires na mão pedindo a liberação de emendas do PR e sendo atendidos, mas na última hora traíram o governador. 

Fábio Faria deixa George Soares sem discurso para pedir votos para João Maia em Assú

Com a baixa popularidade do seu irmão, o prefeito Gustavo Soares, apontado por pesquisa como o pior gestor da história da cidade, o deputado estadual George Soares ficou sem discurso para pedir votos para o seu candidato a deputado federal João Maia, após a entrevista do deputado federal Fábio Faria ao programa Panorama do Vale da Princesa FM.

Apesar do deputado federal Fábio Faria declarar que seus eleitores são anti Soares, o deputado estadual George Soares sempre viveu nos cós da calça do Governo do RN desde que Robinson Faria assumiu a chefia do executivo,  votando a favor para aprovar matérias de interesse do governo, mas que na última hora por oportunismo pulou do barco para apoiar Fátima Bezerra.

Com uma extensa relação de obras no valor de mais de R$ 10 milhões para o Assú, o deputado Fábio Faria sem citar nomes desafiou todos os atuais deputados federais que exerceram seus mandatos nos últimos 10 anos a dizer as emendas que enviaram para o município, atingindo em cheio o candidato a deputado federal do PR João Maia que já foi bem votado em Assú e não tem quase nenhuma obra para dizer que trouxe para a cidade, hoje ‘administrada’ pelo prefeito do PR Gustavo Soares.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: