Brasil para na Bélgica e é eliminado da Copa

O técnico Tite. Foto: Sergey Dolzhenko/AP

Projeto hexa adiado. Mais uma vez. A seleção brasileira acabou prejudicada por um mau primeiro tempo e superada pela eficiência de Bélgica nesta sexta-feira, em Kazan. A derrota por 2 a 1 pelas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia encerra o sonho de título e acaba com a expectativa de uma população que quatro anos anos depois da traumática por 7 a 1 para a Alemanha, volta a acreditar em uma conquista.

Se em 2014 o Brasil pagou por uma pane contra a Alemanha, desta vez foi punido por um primeiro tempo de falhas na marcação e contra-ataques perigosos. A badalada seleção de Bélgica fez um jogo inteligente e mostrou o quanto desta vez está mais preparada. A equipe depois de 32 anos está de volta à semifinal de uma Copa e em grande estilo, ao impor ao técnico Tite a primeira derrota em jogos oficiais.

A Bélgica ofereceu de uma vez só dificuldades jamais enfrentadas pela seleção na era Tite. Além de criar ao Brasil uma inédita desvantagem de dois gols no primeiro tempo, a equipe europeia conseguiu desfrutar de uma marcação enfraquecida pela ausência de Casemiro, suspenso. De Bruyne e Hazard tinham grande liberdade para armar jogadas, em especial contra-ataques. Nenhum adversário teve tanto espaço assim contra o Brasil nos últimos anos.

Ciro Campos, enviado especiaL / Kazan, O Estado de S.Paulo

Leia maisBrasil para na Bélgica e é eliminado da Copa

Alunos de escola em Assú bebem água de péssima qualidade usada ate por sapos

O prefeito do PR Gustavo Soares, irmão do deputado estadual George Soares, que é tido como o pior prefeito da história do Assú, após reunir secretários réus, acusados e condenados na Justiça de todo tipo corrupção, deixando nas mãos dessa turma ligada a seu pai e ex-prefeito Ronaldo Soares – também réu, acusado e condenado por peculato, dano ao erário, desvio de dinheiro público e outros crimes contra a administração municipal, quando governou a terra do poeta Renato Caldas – abandonou a cidade e vem administrado virtualmente o município com a saúde e a educação, mergulhados no caos.

Prefeitura do Assú usa caixa de água no chão sem higiene nenhuma para armazenar água usada por  mais de 50 alunos e professores

Sem dó e sem piedade, o prefeito Gustavo Soares, tem deixado até as crianças sem merenda nas escolas municipais, como constatou a reportagem da Rádio Princesa do Vale durante visita in loco do repórter do Caderno de Ocorrências, Jarbas Rocha, que entrevistou várias mães no Porto Piató sobre a falta de alimentação para os alunos que voltam mais cedo para casa, além da falta de professores e outros problemas. Esta semana, a falta de transporte escolar na zona rural do município também foi motivo de reclamação dos jovens alunos contra o governo do prefeito Gustavo Soares, segundo o blog Assú Todo Dia.

Até os sapos usam a mesma água que consumida pelos alunos e professores da Escola Patativa do Assaré

Na comunidade rural do Assentamento Patativa do Assaré, o prefeito Gustavo Soares e a secretária de Educação Shirley Pinto, também alvos de reclamação por descaso do governo. Enquanto no Porto Piató, falta merenda, na escola Patativa do Assaré, os alunos bem água de qualidade potável muito duvidosa que é armazenada numa caixa de água sem qualquer condição de higiene. Até os sapos fazem a festa na caixa usada para guardar a água para alunos beberem.

 

TCU recomenda que OAS devolva R$ 33 milhões

A Secretaria de Fiscalização de Infraestrutura Rodoviária e Aviação do Tribunal de Contas da União (TCU) recomendou que a empreiteira OAS devolva R$ 33 milhões que teriam sido superfaturados nos serviços de terraplenagem e túneis nas obras do trecho norte do Rodoanel, em São Paulo. Os pagamentos foram feitos pela Dersa, estatal paulista responsável pela construção.

A devolução do dinheiro foi a condição apresentada pela auditoria do TCU para rever o pedido feito aos ministros da Corte de Contas para conceder uma medida cautelar suspendendo os pagamentos a OAS referentes ao reajuste contratual assinado em 2016 por causa do atraso na execução da obra.

Segundo a fiscalização, esses valores também estão superfaturados. As recomendações ainda serão analisadas pelo ministro-relator Walton Alencar Rodrigues. Fabio Leite – O Estado de São Paulo

Leia maisTCU recomenda que OAS devolva R$ 33 milhões

Justiça condena tabelião de Angicos a devolver R$ 81 mil desviados do cartório

Resultado de imagem para justiça de angicos

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) obteve na Justiça a condenação do tabelião de Angicos, Márcio Veríssimo da Silva, à devolução de R$ 81.204,21 ao Tribunal de Justiça do Estado (TJRN). A quantia é referente a aplicação de multa civil igual ao prejuízo causado pela negligência do cartório do Município em repassar o recolhimento de verbas para o Fundo de Desenvolvimento da Justiça.

Na ação civil de improbidade administrativa, o MPRN, por meio da Promotoria da Justiça de Angicos, relatou que a prática ilícita foi descoberta após inspeção realizada pela Corregedoria do próprio TJRN. Na análise da contabilidade dos livros de Registros e Tabelionato, verificou-se a ausência dos repasses ao mencionado fundo. Além disso, constatou-se que era bastante comum nessas fiscalizações que o cartório apresentasse um saldo devedor.

Após a inspeção do tribunal, voluntariamente Márcio Veríssimo da Silva ressarciu ao TJRN o valor que se apropriara. Porém, diante da conduta ilícita, que caracterizou dano ao erário e prática de improbidade administrativa, o MPRN moveu a ação e o Juízo da Comarca aplicou a multa na decisão. VEJA SENTENÇA

Leia maisJustiça condena tabelião de Angicos a devolver R$ 81 mil desviados do cartório

Justiça condena servidora por acúmulo indevido de cargos em Angicos

Resultado de imagem para justiça de angicos

Por mais de 20 anos servidora pública exerceu dois cargos de forma irregular

O Juízo da Comarca de Angicos condenou a servidora pública Josimara Oliveira à perda do cargo de técnica especializada da Secretaria Estadual de Educação e Cultura do Estado e ao ressarcimento de 25% do valor de todas as remunerações recebidas desde a sua admissão em 1990 até o seu afastamento do cargo. A sentença é uma resposta a uma ação de improbidade na qual o Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) questiona o acúmulo ilícito de cargos públicos.

O Juiz de Direito que prolatou a sentença ainda determinou à servidora pública o pagamento de uma multa civil de três vezes o valor da remuneração recebida no cargo ilicitamente cumulado, a ser revertida para o Estado do Rio Grande do Norte.

A servidora exerceu, durante mais de 20 anos, dois cargos de forma irregular. Em 1986 ela foi nomeada para o cargo de professora no município de Angicos e quatro anos depois, em novembro de 1990, foi designada para a função de Técnica Especializada da Secretaria Estadual de Educação e Cultura do Estado do Rio Grande do Norte. VEJA SENTENÇA

Leia maisJustiça condena servidora por acúmulo indevido de cargos em Angicos

Lula de Lourinaldo foi vítima da inveja e ciúme dos irmão Soares

Lula de Lourinaldo, foi vítima da ciumeira e da inveja do primo, prefeito Gustavo Soares

O prefeito do Assú Gustavo Soares, é tão falso quanto uma nota de três reais. Após deixar seu primo e ex-secretário  de Saúde, Luís Eduardo Pimentel Soares, queimar lentamente sem lhe dar condições administrativas e financeiras, para que ele realizasse uma excelente trabalho para melhorar a qualidade de atendimento nas unidades de saúde do município e se projetar como grande administrador, demitiu o jovem e agora, vem divulgando rasgados elogios.

Todo Assu sabe que Lula de Lourinaldo é um jovem competente, honesto e trabalhador, mas que fracassou na sua missão e por isso, foi demitido, graças, a ciumeira e a inveja política do prefeito Gustavo Soares e do seu irmão, deputado estadual George Soares, que vislumbram nele como uma futura ameaça política. Se o prefeito Gustavo Soares tivesse cumprindo pelo a menos a metade do que prometeu ao povo, Lula de Lourinaldo, teria galgado o posto de melhor secretário da história do Assú.

De braços e mãos amarradas, Lula foi um herói, fez o que podia e não podia para melhorar a qualidade de vida dos cidadãos assuenses, mas sem apoio dos primos, saiu queimado para no futuro disputar a Prefeitura do Assú, como foi maquiavelicamente planejado pelos dois irmãos Soares. Quem conhece Lula, profissional de mão cheia, sabe que ele herdou valores positivos do seu pai e ex-prefeito Lourinaldo Soares, homem de bem do clã.

Pré-candidatos a senador, Zenaide e Jácome elevam gastos públicos com divulgação

Os deputados federais e pré-candidatos ao Senado Federal, Zenaide Maia (PHS) e Antônio Jácome (Podemos) estão entre os maiores gastadores de cota indenizatória nestes primeiros seis meses de ano eleitoral, segundo levantamento do jornalista Ciro Marques, do Portal Agora RN.

A irmã do presidente regional do PR, Zenaide Maia, é a grande campeão de gastos do dinheiro público com R$ 244,6 mil destinado a divulgação de seus trabalhos e ainda elevou a despesa em cerca de 30%. Os gastos que ela pagou com dinheiro público dobraram em quase todos os meses

O pastor Jácome, ocupa a terceira  posição com R$ 236 mil mas nos seis primeiros meses de 2017, por exemplo, o gabinete dele gastava, em média, R$ 16 mil com divulgação, mas em fevereiro chegou a pagar R$ 43,4 mil com esse tipo de despesa. O mesmo aconteceu neste ano, mas em março, quando gastou R$ 58,3 mil com divulgação, e maio, quando desembolsou outros R$ 26 mil. Veja abaixo como ficou o ranking:

Zenaide Maia – R$ 244.673

Rafael Motta  – R$ 239.885

Antônio Jácome  – R$ 236.302

Beto Rosado  – R$ 225.583

Rogério Marinho  – R$ 216.137

Walter Alves  – R$ 214.216

Fabio Faria –  R$ 171.617

Felipe Maia –  R$ 105.966

Juiz condena RN pagar dívida de R$ 9 milhões por aquisição de 125 carros para a Segurança Pública

O Estado do Rio Grande do Norte foi condenado a pagar o montante de R$ 9.062.500,00 em favor da General Motors do Brasil Ltda, que venceu uma Ação de Cobrança em que a montadora buscava a condenação do Estado em adimplir valores oriundos de contrato de fornecimento de veículos. A sentença é do juiz Cícero Martins de Macedo Filho, da 4ª Vara da Fazenda Pública de Natal, que aplicou sobre o valor juros e correção monetária.

A General Motors do Brasil ajuizou ação judicial contra Estado do Rio Grande do Norte, alegando que, após regular procedimento licitatório, forneceu 125 veículos ao ente estatal, totalizando R$ 9.062.500,00, montante que, embora incluído em nota de ofício, não foi pago. Requereu, portanto, a condenação do Estado à quitação do débito.

Informou que o Estado, por meio de sua Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social, manifestou interesse em aderir a Ata de Registro de Preços nº 001/2009, decorrente do Pregão de Registro nº 140/2009, firmada entre a Polícia Militar de Minas Gerais e a montadpra para a aquisição de 125 veículos, do modelo Blazer Advantage, pelo valor unitário de R$ 72.500,00, totalizando o montante de R$ 9.062.500,00.

Em razão disso, em 7 de maio de 2010, a Polícia Militar, por meio de Ofício, autorizou a participação da Secretaria na condição de “Carona” no Registro de Preços nº 97/2009, oriundo do Pregão nº 140/2009 e da Ata de Registro de Preços nº 001/2009, desde que houvesse a anuência do fornecedor.

Leia maisJuiz condena RN pagar dívida de R$ 9 milhões por aquisição de 125 carros para a Segurança Pública

Governo do RN republica edital do concurso da PM

Polícia Militar do Rio Grande do Norte (Foto: Demis Roussos/Governo do RN)

O governo do Rio Grande do Norte publicou, no Diário Oficial desta sexta-feira (6), o edital do concurso para preenchimento de mil vagas praças da Polícia Militar. Ao todo, são oferecidas 938 oportunidades para pessoas do sexo masculino e 62 para as de sexo feminino.

O concurso será realizado pelo Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo (Ibade). De acordo com o cronograma, as inscrições, que custam R$ 100, deverão ser realizadas pela Internet, no site do instituto, do dia 16 de julho até o dia 13 de agosto.

Na primeira estapa, os candidatos farão prova objetiva e redação, previstas para o dia 23 de setembro e será realizada nas cidades de Natal, Mossoró, na região Oeste e Caicó, no Seridó. É o próprio candidato quem escolhe o município onde quer fazer as provas.

As demais etapas são: exame de saúde, teste de aptidão física (TAF), avaliação psicológica, investigação social e avaliação de títulos. Os candidatos aprovados até a sexta etapa, dentro do número exato de vagas do Edital de abertura do concurso, participarão ainda de um curso de formação.

Com volta de Marcelo, Brasil desafia Bélgica para chegar à semifinal

Marcelo, que volta ao time titular, ao lado de Neymar no último treino antes da partida válida pelas quartas de final - Foto: Eduardo Nicolau/Estadão

seleção brasileira está mais forte, e desta forma parte para cima da Bélgica na partida desta sexta-feira, às 15h, (de Brasília), pelas quartas de final da Copa do Mundo da Rússia. Marcelo está de volta. O lateral-esquerdo do Real Madrid toma sua posição na seleção após ficar fora por lesão. Filipe Luís, reconhecido por Tite e por todos do elenco, retorna ao banco.

Com Marcelo, o futebol brasileiro ganha mais graça, talento e ginga em Kazan. Melhora ofensivamente. Nas duas primeiras partidas do Brasil na Rússia, a bola passou mais pelos pés do lateral do que de qualquer outro jogador do time. Ele cria jogadas, combina com Neymar e se aproxima de Philippe Coutinho.

Uma vitória nesta sexta-feira faz do Brasil um dos quatro melhores do mundo. Marcelo havia deixado o campo com dez minutos no confronto com a Sérvia, o terceiro da seleção, devido a um espasmo na região lombar. Filipe Luís entrou em seu lugar, foi bem e permaneceu contra o México. Agora, entrega a posição ao seu verdadeiro dono.

Para escolher Marcelo, Tite levou em conta a larga experiência do lateral-esquerdo do Real Madrid, ainda que, aos 30, ele seja dois anos mais novo do que Filipe Luís. Afinal, ele foi campeão de tudo pelo time espanhol nas últimas temporadas e carrega na alma a vivência de ter feito parte do grupo que disputou a Copa de 2014, no Brasil.

Leia maisCom volta de Marcelo, Brasil desafia Bélgica para chegar à semifinal

Crivella oferece a pastores cirurgias de catarata e ajuda para problemas no IPTU

Prefeito se reuniu com líderes religiosos em agenda secreta no Palácio da Cidade

Em agenda secreta no Palácio da Cidade, na quarta-feira, o prefeito Marcelo Crivella ofereceu ajuda a pastores e líderes de igrejas que tenham problemas com IPTU em seus templos ou que queiram angariar fiéis que necessitem de cirurgias de catarata e varizes.

Intitulado “Café da Comunhão”, o encontro foi combinado por WhatsApp, em mensagem à qual O GLOBO teve acesso. Os organizadores pediram aos presentes que levassem “reivindicações por escrito, relações de suas igrejas e número de membros”.

O prefeito discursou por mais de uma hora, na presença do pré-candidato a deputado federal pelo PRB, Rubens Teixeira.

— Na prefeitura, estamos fazendo mutirão da catarata. A Márcia trabalha comigo há quinze anos. Ela conhece os diretores de toda a rede federal, Ipanema, Lagoa, Andaraí, Bonsucesso, do Fundão, ela conhece os diretores de todos os hospitais da rede municipal que eu já apresentei a ela, que já vieram e almoçaram conosco, de maneira que ela me representa em todos esses setores, Miguel Couto, Souza Aguiar, Lourenço, Salgado, Piedade e por aí afora. Nós estamos fazendo o mutirão da catarata. Contratei 15 mil cirurgias até o final do ano. Então se os irmãos tiverem alguém na igreja com problema de catarata, se os irmãos conhecerem alguém, por favor falem com a Márcia. É só conversar com a Márcia que ela vai anotar, vai encaminhar, e daqui a uma semana ou duas eles estão operando — disse, emendando: O Globo

Leia maisCrivella oferece a pastores cirurgias de catarata e ajuda para problemas no IPTU

Lei eleitoral proíbe pronunciamentos e ida a inaugurações a partir de sábado

Evento durante a campanha eleitoral de 2014, no Espírito Santo

A três meses do primeiro turno, agentes públicos terão de cumprir a partir deste sábado (7) uma série de restrições até o fim da eleição, conforme calendário eleitoral do TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Segundo a legislação eleitoral, os candidatos ficam proibidos, por exemplo, de comparecer a inaugurações de obras públicas, bem como de contratar para esses eventos shows artísticos pagos com recursos públicos. Também fica proibida a propaganda institucional de atos ou serviços dos órgãos públicos.

Além disso, não poderão, por exemplo, nomear, contratar ou demitir sem justa causa servidores públicos. Até a posse dos eleitos, também não poderão transferi-los ou exonerá-los, salvo em determinadas situações, como em relação aos comissionados e cargos de confiança.

A lei proíbe também a transferência de recursos da União aos estados e municípios, e dos Estados aos municípios, com exceção de recurso com cronograma prefixado ou para atender situações de emergência.

Os agentes também ficam proibidos de fazer pronunciamento em cadeia de rádio e televisão fora do horário eleitoral gratuito.

De acordo com o TSE, o objetivo das proibições é “evitar o uso e a influência da máquina pública na campanha em benefício de um ou mais candidatos”.

Presidenciáveis com menos de 2% de intenção de voto usam mais anúncios pagos

Nesta semana, Henrique Meirelles (MDB) impulsionou 19 postagens de sua página no Facebook

Na última quarta-feira (4), a página de Henrique Meirelles no Facebook patrocinava 14 postagens de vídeos quase idênticos com imagens de visitas do pré-candidato do MDB ao Planalto a 15 cidades. A diferença entre eles era apenas a ordem das cidades —uma estratégia para cativar diferentes públicos-alvo.

Durante a última semana, desde que a rede social passou a divulgar a lista dos posts pagos por cada página, o ex-ministro da Fazenda foi o presidenciável que mais impulsionou mensagens: 19 contabilizadas pela reportagem desde a segunda-feira (2).

A tática foi mais utilizada por pré-candidatos que, como Meirelles, têm 2% ou menos de intenções de voto na última pesquisa Datafolha: Manuela D’Ávila (PC do B), João Amoêdo (Novo), Rodrigo Maia (DEM), Flávio Rocha (PRB), Levy Fidelix (PRTB) e Paulo Rabello de Castro (PSC).

A exceção foi Marina Silva (Rede), que aparece com até 15% das intenções de voto. Na última semana ela pagou, em média, uma postagem por dia.

Ao patrocinar o post, o pré-candidato, assim como empresas, pode escolher que perfil quer atingir na rede: idade, gênero, localização, interesses. A postagem então ultrapassa a barreira dos seguidores da página para atingir quem o político vê como seu público-alvo para determinada mensagem. Isabel Fleck – Folha de São Paulo

Leia maisPresidenciáveis com menos de 2% de intenção de voto usam mais anúncios pagos

%d blogueiros gostam disto: