PR abraçará aliança com Robinson após confirmação de depósito de R$ 20 milhões

O Partido da República ( PR), do deputado João Maia, só define sua posição, para as eleições de outubro, depois do dia seis do corrente, fim do prazo legal para que o governo do Estado deposite recursos de convênios nas contas das prefeituras. Há uma expectativa de convênio com a Prefeitura de São Gonçalo, Catedral Estadual do PR, superior a 20 milhões de reais.

Até lá, João, presidente Estadual do PR e que pretende recuperar o mandato de deputado federal, vai continuar conversando com todos os possíveis candidatos ao governo do Estado. Confirmado o crédito, até sexta-feira, o PR abraça de vez o projeto de reeleição do governador Robinson Faria (PSD), oficializando coligação com o próprio PSD, o PSDB, o PRB, o Prós e possivelmente o PP, de Rosalba Ciarlini.

As informações são do jornalista Alexandre Cavalcante, do Blog Pinga Fogo/Portal Nominuto

Hospital Municipal de Natal suspende atendimento no pronto-socorro

Hospital Municipal de Natal suspende atendimento no pronto-socorro adulto (Foto: Inter TV Cabugi/Reprodução)

O pronto-socorro adulto do Hospital Municipal de Natal, localizado no bairro Petrópolis, na Zona Leste da capital potiguar, suspendeu os atendimentos para os pacientes que procuram a unidade espontaneamente. A regulação da entrada é de caráter temporário.

Só serão atendidos os pacientes encaminhados através da central de regulação. Quem necessitar de atendimento urgente, deve procurar uma das Unidades de Pronto Atendimento (UPA) da cidade. Alguns moradores da região foram pegos de surpresa pela suspensão dos atendimentos durante o domingo (1º).

De acordo com Giordano Bruno, diretor técnico do hospital, a mudança está em fase de testes. “Teremos ainda uma reunião junto a Secretaria de Saúde de Natal, com todos os setores de urgência, para poder avaliar a demanda”, disse. O pronto-socorro infantil e a urgência ortopédica da unidade permanecem com o atendimento normalizado. G1 RN

Inquérito sobre Eunício Oliveira está há um ano na PGR

Se depender do ritmo das investigações da Procuradoria-Geral da República, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (MDB-CE), um dos investigados na Operação Lava-Jato, deverá passar pelas eleições de outubro sem maiores problemas. O principal inquérito aberto contra o senador foi enviado para a procuradora-geral, Raquel Dodge, em junho do ano passado e, um ano depois, ainda não retornou à Polícia Federal para apurações complementares.

Sem os autos, a polícia não tem como analisar documentos ou interrogar investigados. A Procuradoria-Geral nega que as investigações estejam paradas. O presidente do Senado, o terceiro na linha sucessória, é investigado por corrupção e lavagem de dinheiro. O inquérito foi aberto pelo ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), a partir da delação premiada do ex-diretor de Relações Institucionais da Hypera Pharma (ex-Hypermarcas) Nelson Mello.

Num dos depoimentos da delação, Mello disse que repassou R$ 30 milhões para políticos do PMDB em transações intermediadas pelo lobista Milton Lyra. Uma parte do dinheiro, R$ 5 milhões, teria sido direcionada a Eunício Oliveira durante a campanha de 2014 quando ele disputou, sem sucesso, o governo do Ceará. JAILTON DE CARVALHO – O Globo

Leia maisInquérito sobre Eunício Oliveira está há um ano na PGR

Líder do governo Temer, André Moura, indica advogados, primo e ex-dona de salão para a Dataprev

Dataprev, uma estatal voltada para o fornecimento de soluções de tecnologia ao governo federal e para o processamento dos pagamentos das aposentadorias dos brasileiros, foi entregue ao líder do governo no Congresso, deputado André Moura (PSC-SE), e virou um cabide de empregos ocupados por meio de indicações políticas do parlamentar. Cargos de confiança em Sergipe, onde a empresa mantém apenas um pequeno escritório, sem uma unidade de desenvolvimento de sistemas ou um data center, foram preenchidos por apadrinhados de Moura, pré-candidato ao Senado pelo estado.

O GLOBO mapeou a extensão dos cargos de confiança ocupados a partir da influência de Moura e de outros políticos e partidos que gravitam em torno do governo do presidente Michel Temer. A reportagem conseguiu identificar as digitais das indicações políticas em pelo menos 16 dos cerca de 60 cargos de confiança existentes na Dataprev. Oito foram preenchidos por indicação direta de Moura.

Dois desses comissionados são assessores diretos do presidente da Dataprev, André Leandro Magalhães, recebem salário de R$ 18,9 mil, moram em Aracaju e pouco aparecem em Brasília, onde o presidente dá expediente, como admitiram em entrevista ao GLOBO. Eles seguem em Sergipe mesmo depois de o presidente da Dataprev ter assinado, em janeiro deste ano, a transferência dos dois de Aracaju para Brasília. A mudança na lotação dos cargos ocorreu após a má repercussão interna gerada pelo fato de que o presidente — também ele uma indicação política do líder do governo — mantinha dois assessores lotados no estado de André Moura. VINICIUS SASSINE – O Globo

Leia maisLíder do governo Temer, André Moura, indica advogados, primo e ex-dona de salão para a Dataprev

Governo cria auxilio alimentação e saúde no valor R$ 1.500 para servidores do gabinete civil

Os servidores do Gabinete Civil do governador do Estado, Robinson Faria, passaram a ter dois benefícios: os auxílios para alimentação e para a saúde. Os direitos entraram em vigor desde a publicação no Diário Oficial do Rio Grande do Norte, no último 28.

No total, R$ 1.500 por mês serão concedidos todo mês aos servidores do Gabinete Civil. Esse valor é o resultado da soma de R$ 1.200 correspondentes ao auxílio-alimentação e dos R$ 300 destinados ao auxílio-saúde.

Os atos assinados pela secretária-chefe do Gabinete Civil, Tatiana Mendes Cunha, foram publicados em meio aos atrasos crônicos do pagamento dos servidores do Estado. Os salários não são pagos com regularidade desde 2016.

Coordenador de Alckmin sugere Meirelles como candidato a vice

alckmin

Coordenador político da pré-campanha presidencial de Geraldo Alckmin (PSDB), o ex-governador goiano Marconi Perillo sugeriu a investidores o nome de Henrique Meirelles (MDB) como candidato a vice na chapa tucana.
Perillo é defensor de uma aliança de Alckmin com o MDB para a eleição. Ele fez a declaração em um encontro organizado pela corretora XP Investimentos, em São Paulo, nesta segunda (2).

“O momento, agora, é de um líder democrático como Alckmin, mais as lideranças políticas e um expressivo representante de mercado com vivência e experiência política, como é Henrique Meirelles”, afirmou Perillo, segundo relato de um participante da reunião.

Parte da cúpula do PSDB resiste a uma aproximação com o MDB, de Michel Temer. A impopularidade do presidente é vista como um componente tóxico para qualquer aliança na disputa deste ano. FOLHAPRESS

Leia maisCoordenador de Alckmin sugere Meirelles como candidato a vice

Brasil vence México e avança para as quartas

Neymar comemora gol em partida contra o México na arena Samara

O Brasil bateu o México por 2 a 0, em Samara, e avançou às quartas de final do Mundial da Rússia.

O time de Tite, que sofreu um pouco no primeiro tempo, abriu o placar aos 5 min da segunda etapa. Após jogada individual pela esquerda, Willian chutou cruzado, e Neymar se jogou para empurrar a bola com o pé para as redes.

Esse foi o primeiro gol do atacante em mata-matas em Mundiais (Messi e Cristiano Ronaldo, por exemplo, estão zerados). O segundo gol foi de Firmino, aos 43 min, que só tocou para o gol após passe de Neymar.

O adversário brasileiro sairá do duelo entre Bélgica e Japão, na arena Rostov, às 15h. Os belgas estão invictos há quase dois anos e vão investir nos ataques de Lukaku para passar às quartas de final. Já os japoneses, classificados após disputa acirrada no seu grupo, apostam nas jogadas de velocidade com Osako, Kagawa, Inui e Honda. Folha de São Paulo

Referência educacional e berço político de Ciro, Sobral vive explosão de violência

PODER - SOBRAL - CE -  Violência e educação de qualidade na cidade de Ciro Gomes.  Na foto, vigília evangélica da madrugada, no bairro de Dom Jose, na periferia da cidade. A maioria dos fieis pedem pela liberdade de seus filhos, maridos e irmãos, que estao presos em cadeia ou são dependentes de droga e se envolvem com facçoes criminosas. 26/06/2018 - FOTO Marlene Bergamo/FolhaPress - 017 -

O relógio marca meia-noite. Em silêncio, homens e mulheres chegam a um galpão transformado em igreja no bairro Dom José, periferia de Sobral (232 km de Fortaleza). Colocam fotos no centro de uma mesa e iniciam uma oração.

São mães, pais e irmãos de jovens que se envolveram com o crime. Os cultos são na madrugada porque a igreja fica em frente a um ponto de venda de drogas e as famílias evitam circular durante o dia pelo bairro.

Berço político do presidenciável Ciro Gomes (PDT) e sua família, a cidade de Sobral vive uma escalada de violência, com aumento do número de homicídios e bairros inteiros dominados por facções criminosas.

O cenário contrasta com os recentes avanços na educação que fizeram da cidade campeã nacional no Ideb (Índice de Desenvolvimento da Educação Básica) da rede pública, com nota 8,8 para os anos iniciais do ensino fundamental, frente a uma média nacional de 5,3.

A situação da cidade é semelhante ao do restante do Ceará, que registrou 5.191 assassinatos em 2017 –um crescimento de 50% em relação ao ano anterior. Tornou-se assim o estado com maior número de homicídios do país, mesmo tendo a melhor educação do Nordeste. João Pedro Pitombo e Marlene Bergamo – Folha de São Paulo

Leia maisReferência educacional e berço político de Ciro, Sobral vive explosão de violência

Absolvição de Gleisi pela Segunda Turma do STF anima réus do petrolão

Sessão plenária da 2ª Turma do STF, que abolsveu a senadora Gleisi Hoffmann (PT) e seu marido, Paulo Bernardo, de acusação pela Lava Jato

Encoberta pelo ruído provocado pelas ações envolvendo o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva no Supremo Tribunal Federal (STF), uma decisão da Segunda Turma, respaldada pelo voto do ministro Edson Fachin, relator da Lava Jato, animou, longe dos holofotes, a defesa de vários réus do petrolão.

O julgamento no STF que absolveu a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR), no último dia 20, deve impactar a maioria dos casos que tramitam no tribunal derivados da Operação Lava Jato, segundo seis dos principais criminalistas que atuam em inquéritos e ações penais no STF ouvidos pela Folha.

Para eles, Fachin e os demais integrantes da Segunda Turma avançaram sobre temas que até então não estavam muito claros no tribunal ao longo da Lava Jato, entre os quais a necessidade de a acusação descrever um ato de ofício vinculado à função pública para caracterizar crime de corrupção.

Entendimento semelhante, que está na raiz da absolvição do ex-presidente Fernando Collor em 1994, havia sido flexibilizado no julgamento do mensalão, em 2012, do qual nasceu a expressão “ato de ofício indeterminado”, controversa no meio jurídico. Rubens Valente – Folha de São Paulo

Leia maisAbsolvição de Gleisi pela Segunda Turma do STF anima réus do petrolão

Deputados do PR e MDB doam bens da Câmara em bases eleitorais

Deputados federais que ocupam cargos na Mesa Diretora estão distribuindo equipamentos doados pela Casa em suas bases eleitorais. Uma série de despachos assinados no final de 2017 autorizou a doação de patrimônio a prefeituras. Mas as entregas estão sendo feitas somente agora no ano eleitoral.

O deputado Giacobo (PR-PR), primeiro-secretário da Câmara, acompanhou em abril a entrega de 15 computadores seminovos. Nas suas redes, divulgou a ação assim: “Escolas recebem computadores doados pelo Deputado Fernando Giacobo”.

Feirão. Giacobo, que vai disputar a reeleição, também participou, em janeiro deste ano, da entrega de um tomógrafo, no valor de R$ 440 mil, para o município de São Miguel do Iguaçu, no seu Estado. O equipamento doado pela Câmara tinha só dois anos de uso.

Dono da caneta. Os bens são doados porque novos foram comprados. No dia 18 de dezembro, por exemplo, das oito doações de equipamentos da Câmara, seis foram autorizadas pelo próprio Giacobo, todas para municípios do Paraná. A Primeira Secretaria, ocupada por ele, é a responsável pelo Departamento de Material e Patrimônio.

Leia maisDeputados do PR e MDB doam bens da Câmara em bases eleitorais

George Soares é nono colocado na pesquisa Consult para deputado estadual

Com o apoio eleitoral do seu irmão e prefeito do Assú Gustavo Soares, assim como de toda estrutura da Prefeitura do Assú que serve de cabide de empregos para centenas de apadrinhados que exercem cargos comissionados e da grande maioria dos vereadores da bancada governista na Câmara Municipal, o deputado estadual George Soares, ficou em no lugar na pesquisa da Consult/Blog do BG.

De acordo com os números da pesquisa espontânea eleitoral, o ex-prefeito do Assú e pré-candidato a deputado estadual pelo PSD Ivan Júnior, é o primeiro colocado na corrida para conquistar uma vaga na Assembléia Legislativa, o que demonstra que a região do Vale tem chances reais de poder voltar a conquistar duas cadeiras, uma para Ivan e outra para George Soares, do PR.

Ivan Júnior lidera para deputado estadual

Na pesquisa da Consult, foi questionado aos eleitores em quem eles votariam para deputado estadual na eleição. O resultado, que é espontâneo, apontou Ivan Jr, ex-prefeito de Assu e ex-secretário de Recursos Hídricos do RN, em primeiro lugar junto com Tomba Farias (ambos com 1,1% das citações) e Getúlio Rego (0,9%) em segundo. Com exceção de Ivan, os dez primeiros já possuem mandato.

Na sequência, foram citados Nelter Queiroz (0,8%) e Vivaldo Costa (0,6%). Com 0,5% estão Cristiane Dantas, Dison/Rudson, Kelps Lima e George Soares. Na faixa de 0,4% marcaram Marcia Maia, Ezequiel Ferreira, Larissa Rosado e Mineiro. Pontuaram 0,3% Ricardo Motta, Zé Adécio e Hermano Morais. Outros 48 nomes, que tiveram apenas uma citação, completam a lista.

A pesquisa, encomendada pelo Blog do BG e 98 FM, foi realizada entre 26 e 29 de junho e ouviu 1.700 eleitores em todo o Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 2,3% e o índice de confiabilidade é de 95%. O levantamento foi registrado no TSE sob os protocolos RN-03673/2018 e BR-08279/2018. Fonte: Novo Jornal

Pesquisa Consult: Nelter é o quarto do RN e o primeiro do Seridó para deputado estadual 

Divulgado neste domingo (1•) o resultado de mais uma rodada de pesquisas, desta vez realizadas pelo Instituto Consult, fica evidente uma tendência consolidada entre os nomes que disputarão as 24 cadeiras da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte em outubro próximo.

Mais uma vez Nelter Queiroz (MDB) ficou entre os cinco mais citados pelo eleitorado nas intenções de voto para deputado estadual. O parlamentar aparece em quarto lugar com 0,82% das intenções de voto, atrás apenas dos pré-candidatos Tomba (PSDB), Ivan Júnior (PSD) e Getúlio Rêgo (DEM).

Deputado experiente e atuante há sete mandatos, Nelter tem uma atuação marcada pela defesa das regiões Seridó, Vale do Açu e Médio Oeste, em que concentra os esforços e ações parlamentares em benefício das demandas da população.

“Mais uma vez o eleitor sinaliza pelo bom reconhecimento ao desempenho de nossa atuação e isso nos gratifica bastante, ao mesmo tempo que mostra o tamanho da nossa responsabilidade em continuarmos buscando fazer o melhor pela nossa gente e que devemos seguir nesse caminho”, destacou Queiroz.

A pesquisa foi encomendada pelo Blog do BG em parceria com a 98 FM. Realizada entre 26 e 29 de junho e ouviu 1.700 eleitores em todo o Rio Grande do Norte. A margem de erro é de 2,3% e o índice de confiabilidade é de 95%. O levantamento foi registrado no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) sob os protocolos RN-03673/2018 e BR-08279/2018.

São João no governo dos irmão Soares, o mais fraco da história do Assú

Os números não mentem. O blogueiro Samuel Nário, do Rabiscos em Assú, divulgou dados da arrecadação da festa do São João, desde 2014 e comparando a renda com a dos festejos juninos deste ano, o resultado revela números financeiros decepcionantes da arrecadação da programa religiosa. Veja abaixo e compare

2014: R$ 198.568,15

2015: R$ 202.157,21

2016: R$ 154.068,55

2017: R$ 156.398,20

2018: R$ 145.423,52 

Segundo um leitor do Blog Rabiscos, de Samuel, “esses números são bons como indicadores para desmentir essa lorota da administração atual que está fazendo o resgate do São João do Assú. Como, se nem o concursos de quadrilhas juninas teve mais nesse ano! Esse concurso chamava muita para a praça durante dois dias e contribuiam para aumentar a arrecadação da barraca da paróquia

Brasil e México prometem jogo aberto por vaga nas quartas

Resultado de imagem para Brasil e México prometem jogo aberto por vaga nas quartas

O Mundial das retrancas? Não para Tite e Juan Carlos Osorio. Na véspera da partida desta segunda-feira, que começa às 11h de Brasília, os técnicos de Brasil e México prometeram manter suas filosofias ofensivas, no duelo pelas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia, em Samara. A pressão maior está com a seleção brasileira, que tentará evitar mais uma zebra no torneio, depois das eliminações precoces de Alemanha, Argentina e Espanha. Para o México, é a chance de acabar com “maldições” e seguir sonhando com o título inédito.

Havia uma expectativa de mudança no meio, mas Tite decidiu manter a base que iniciou a Copa, mais ofensiva, com Philippe Coutinho, Neymar e os contestados Willian e Gabriel Jesus no ataque. Coutinho vem sendo o grande protagonista do time, mas Tite e Thiago Silva apostam que Neymar crescerá na fase final da competição.

Na lateral direita, o treinador manteve Fagner, que agradou nas duas últimas partidas e ganhou a titularidade de Danilo, que retornou de lesão e estará à disposição. Na esquerda, Tite optou pela manutenção de Filipe Luís, que também se destacou na chance que teve, contra a Sérvia. O titular Marcelo se recuperou de espasmo na coluna, mas a comissão preferiu preservá-lo, por ter treinado pouco durante a semana. Ele ficará no banco como opção. Veja

Leia maisBrasil e México prometem jogo aberto por vaga nas quartas

%d blogueiros gostam disto: