Robinson recebe apoio da terceira maior cidade do estado, Parnamirim

O prefeito de Parnamirim, Rosano Taveira, anunciou hoje apoio político e administrativo a Robinson. É mais um prefeito da Grande Natal a apoiar o governador.

Pelo interior Robinson já vem comendo pelas beiradas faz tempo. E Natal e Grande Natal, como se sabe, é um dos redutos onde Carlos Eduardo ainda tem voto. Robinson já tinha recebido apoio de Extremoz e Ceará-Mirim semana passada, e agora Parnamirim.

E do jeito que vai, só vai sobrar Natal pro ex-prefeito. E olhe lá! Te cuida Carlos Eduardo. A onda Robinson parece que tá pegando mesmo.

Posto Diniz manda cortar abastecimento de combustivel da Prefeitura de Carnaubais por atraso

Antes de completar dois anos da calorosa amizade e aliança política entre o prefeito de Carnaubais Thiago Meira e o empresário Dinarte Diniz, marido da vice-prefeita Marineide Diniz – a boa relação entre os dois começou a azedar por causa de atraso de uma dívida milionária que a Prefeitura de Carnaubais teria contraído no Posto Diniz com a compra de combustível para abastecer a frota de veículos do município.

Nos bastidores da política comenta-se que, o prefeito Thiago Meira  não paga em dia e a demora forçou o Posto Diniz por não  suportar o atraso do pagamento a paralisar a venda de combustivel para os carros do governo municipal, chegando ao ponto da Secretaria de Educação mandar de suspender as aulas nas escolas municipais. Apesar de cortar a Prefeitura, ficou abastecendo apenas as ambulâncias.

Com a medida tomada pelo empresário Dinarte Diniz, o prefeito Thiago Meira que ficou proibido de abastecer os veículos do município, ficou uma fera e o clima esquentou. Na cidade, o clima político é de apreensão, mas a tendência é de que os dois acertem ponteiros e deixem por encerrado esse episódio.

Prefeito de Carnaubais deixa escola sem copo, colher e prato para servir merenda

Resultado de imagem para prefeito Thiago meira

Com uma arrecadação de todos os tributos repassados pelo Governo do Estado e Federal, beirando a casa dos R$ 35 milhões, durante o período de 2017 até o final de maio, o prefeito de Carnaubais Thiago Meira, do PSDB, não tem dinheiro para comprar pratos suficientes para servir a merenda escolar na Escola Municipal Abel Alberto da Fonseca, deixando os alunos da rede municipal de ensino com fome.

Segundo informação do radialista Canindé Dantas, os pais confirmaram a noticia da falta de pratos nas escolas municipais. Uma mãe faz um relato dramático na rede social, contando que seu filho que estuda na Abel Alberto, diz que quem quiser merenda, tem de levar de casa, o copo, prato e a colher.

Ex-presidente do PSC é investigado por pagar prostitutas com dinheiro do fundo partidário

Pastor Everaldo, atual presidente nacional do PSC, ao lado de Vitor Nósseis durante convenção do partido em 2006 – Gustavo Miranda / Agência O Globo

O ex-presidente nacional e fundador do Partido Social Cristão (PSC) Vitor Jorge Abdala Nósseis é alvo de um inquérito, em andamento no Ministério Público de Minas Gerais (MP-MG), que apura a destinação de recursos da Fundação Instituto Pedro Aleixo (Fipa), vinculada à sigla e financiada pelo fundo partidário, para pagar prostitutas. No ano passado, o próprio PSC entregou ao MP do estado e à Polícia Federal uma gravação em que, segundo o partido, o ex-presidente afirma ter usado recursos da entidade para “comer putas”.

O áudio foi obtido pelo GLOBO na prestação de contas do PSC referente a 2017 enviada ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e divulgada nesta quarta-feira no site da Corte. Desde o ano passado, a fundação não tem mais ligações com o PSC. Segundo o partido, Nósseis foi expulso no fim de 2017.

“Eu tô vendo uma fofoca. Diz que eu dei dinheiro, né? Eu dei dinheiro da fundação para comer as puta… Conversa dela. Falei assim: Dei mesmo, e comi. Qual o problema? E agora? Vai fazer o que comigo? Dei, mas elas se formaram. Recuperei elas todas pra vida”, ouve-se na gravação, em que também são citados os nomes de “Samanta” e “Keila”: “Cê vê, a Samanta é uma mesmo. A Keila é outra. Tem umas três lá na Europa. Já viraram, tudo virou gente. Formaram-se, tem mais de vinte”, complementa.  GISELE BARROS / MARCELLA RAMOS* / MARLEN COUTO – O Globo

Leia maisEx-presidente do PSC é investigado por pagar prostitutas com dinheiro do fundo partidário

De jeito nenhum, diz Marina sobre ser vice de Alckmin

A pré-candidata à Presidência Marina Silva Rede), em sabatina Folha/UOL/SBT

A presidenciável Marina Silva (Rede) afastou de forma categórica a possibilidade de abrir mão da pré-candidatura para ser vice na chapa do ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB).  “De jeito nenhum. A Rede é um partido que se coloca. PT, MDB, PSDB precisam tirar férias do governo”, afirmou.

A declaração foi dada em entrevista à Rádio Jovem Pan na manhã desta quinta-feira (7). Sobre a relação com os tucanos, a pré-candidata voltou a afirmar que se fosse hoje não teria apoiado Aécio Neves no segundo turno das eleições de 2014, mas disse que nutre amizade com o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso e que pretende defender o legado do Plano Real caso seja eleita.

Questionada sobre o fato de aparecer somente em anos de eleição, Marina disse que continuava dando palestras dentro e fora do brasil, que não tem mandato para ficar o tempo inteiro na mídia e que pelo menos não tinha o nome envolvido em escândalos investigados pela Operação Lava Jato.  Géssica Brandino – Folha de São Paulo

Leia maisDe jeito nenhum, diz Marina sobre ser vice de Alckmin

Juiz federal do RN suspende tabela do frete rodoviário para empresas

O juiz da 8ª Vara da Justiça Federal do Rio Grande do Norte, Orlan Donato Rocha, suspendeu nesta quinta-feira (7) a medida provisória do governo federal que estabeleceu uma tabela de preços para os serviços de frete rodoviário – um dos pontos de pauta da paralisação de caminhoneiros que aconteceu em todo o país e afetou o abastecimento de vários produtos.

A decisão do juiz Orlan Donato Rocha é válida apenas para duas empresas do setor salineiro potiguar, autoras da ação: a L Praxedes Gomes e Maresal Sociedade Salineira LTDA – ME.

Elas acionaram a Justiça contra a União e a Agência Nacional de Transportes Terrestres (ANTT), argumentando que as normas editadas pelo governo “ferem os princípios constitucionais da ordem econômica: livre iniciativa e concorrência”.

Na sua decisão, o magistrado considerou que a tabelação dos preços “demonstra flagrante inconstitucionalidade, devendo ser rechaçado pelo Poder Judiciário”.

Leia maisJuiz federal do RN suspende tabela do frete rodoviário para empresas

Estradas RN-011 e RN-016 vão incrementar produção e aumentar o PIB no interior do RN

A reconstrução de diversas estradas está mudando a realidade social, econômica e turística do Rio Grande do Norte. A região produtora que envolve os municípios de Areia Branca, Serra do Mel, Carnaubais e Mossoró é uma das beneficiadas com a reconstrução das RN-011 e RN-016, que irão escoar a produção e atingir novos mercados, tanto nacionais quanto internacionais. Os investimentos nas vias são do Governo do RN, projeto Governo Cidadão e Banco Mundial, e significam incremento na produção e exportação, geração de novos empregos e aumento no PIB dos municípios.

A RN-011 vai fomentar a economia de Areia Branca, Serra do Mel e Carnaubais com o escoamento da produção e melhora do acesso de toda a região. “A expectativa do Governo do RN é alta. Paralelo à revitalização das estradas de escoamento, estamos investindo no agricultor através de cursos de capacitação, manejo do solo, entrega de mudas de cajueiro, fixação de placas de energia solar nas plantações, incentivo ainda a participação de feiras agropecuárias e de turismo. Espera-se um incremento de massa salarial no pico da colheita de R$ 4 milhões, revertidos diretamente em renda para a população local”, destaca o secretário de Gestão de Metas e Projetos e coordenador do Governo Cidadão, Vagner Araújo.

Os investimentos do Governo do RN, por meio do projeto Governo Cidadão e Banco Mundial, somam R$ 21 milhões na RN-011. Estudos estimam um incremento na produção de caju na área estimada ao longo dos 31 km da rodovia que pode totalizar uma receita adicional de R$ 4 milhões. Este valor, entretanto, poderá ser ainda maior com a implantação de produção irrigada de outras frutas. Só em Serra do Mel a expectativa é de um incremento de 5% na área produtiva, principalmente da cajucultura.

Leia maisEstradas RN-011 e RN-016 vão incrementar produção e aumentar o PIB no interior do RN

Prefeito de Angicos recebe diária para viagem a Paraíba, maior do que salário de coveiro

O prefeito de Angicos, Deusdete Gomes, vai embolsar R$ 1,2 mil referente a uma diária e meia, para participar hoje e amanhã, 8, da Reunião Extraordinária do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Piancó-Piranhas-Açu (CBH-PPA), que acontecerá na cidade de São José de Piranhas, na Paraíba.

O valor da diária que o prefeito Deusdete Gomes, recebeu dos cofres do município, representa quase um salário que recebe um coveiro e um mecânico para trabalhar durante todo o mês. A quantia é dobro que recebe um coordenador de transportes da Prefeitura de Angicos para trabalhar um mês inteiro.

Prefeito do Assú vai reabrir briga por 138 poços de petróleo com Carnaubais

Do ano passado até hoje, a Prefeitura do Assú já arrecadou de repasse de pagamento de royalties pela Petrobrás um montante de R$ 13.122.050,38  mas o prefeito do Assú Gustavo Soares, irmão do deputado estadual George Soares, não acha justo que a Prefeitura de Carnaubais administrada pelo prefeito Thiago Meira, receba mais dinheiro de royalties do que Assú. Nesse mesmo período, Carnaubais embolsou a bagatela de R$13.676.543,67, representando mais de meio milhão de reais a mais do Assú.

O prefeito Gustavo Soares tem confidenciado a amigos que após as eleições deste ano, ele vai acionar a Agência Nacional do Petróleo (ANP) reivindicando 138 poços de petróleo explorados no município de Carnaubais, que estão, na verdade, no território de Assu. Dessa forma, Assu vai reabrir o debate que vem desde a época do seu pai e ex-prefeito Ronaldo Soares, para que o município passe a ter direito a receber os royalties relativos à exploração.

Na época, Ronaldo Soares, afirmava que a lei que criou o município de Carnaubais determina que o limite sul da cidade é na comunidade de Poço Verde, no terriório de Assu. “Se eu construo uma casa vizinha à sua, qual o limite da minha residência: no primeiro ou no segundo muro de sua casa?”, indagou Ronaldo Soares, explicando o motivo pela reivindicação de que os 138 poços passassem a pertencer a Assu.

Para o ex-prefeito de Assu, Ronaldo Soares, não há o que se discutir quanto aos limites territoriais das duas cidades, e “Carnaubais foi quem invadiu Assu”.

Bandidos arrombam bancos e lotérica em Angicos, Lagoa Salgada e Ceará-Mirim

Casa lotérica arrombada em Ceará-Mirim na madrugada desta quinta-feira (7). (Foto: Redes socias )

Três municípios potiguares foram alvo de bandidos na madrugada desta quinta-feira (7). Bancos, casa lotérica, posto de gasolina e farmácia foram arrombados nas cidades de Ceará-Mirim, Lagoa Salgada e Angicos. Em todos os casos, os criminosos chegaram em carros e armados para realizar a ação. Ninguém foi preso.

Angicos

No município de Angicos, região Central potiguar, criminosos arrombaram a agência do Banco do Brasil da cidade e levaram um malote de dinheiro. De acordo com a Polícia Militar, o crime aconteceu por volta das 3h, e na ação participaram oito homens armados em dois carros.

A Polícia Militar chegou ao local no momento da fuga. Houve troca de tiros, mas ninguém ficou ferido. Na ação, os bandidos espalharam grampos na rodovia e levaram duas pessoas como reféns. Elas foram liberadas instantes depois. Ninguém foi preso.

Lagoa Salgada

No município de Lagoa Salgada, na região Agreste, três carros com cerca 10 pessoas invadiram a cidade e arromabam uma agência do Banco Bradesco, uma farmárcia e um posto de gasolina.

De acordo com a PM, a ação criminosa conteceu por volta das 3h. Antes dos arrombamentos, os bandidos espalharam grampos pela via e usaram um caminhão para obstruir a passagem de outros veículos. Além disso, o dono do caminhão e um vigia de rua foram feitos reféns, mas liberados em seguida.

Nada foi levado do banco. Na farmácia e posto de gasolina foram levados produtos de venda.

Ceará-Mirim

Em Ceará-Mirim, na Grande Natal, cinco homens em dois carros arrombaram uma casa lotérica no centro da cidade. De acordo com o dono do estabelecimento, os criminosos chegaram a ter acesso ao cofre, mas por algum motivo não conseguiram levar.

Durante a ação, moradores ouviram vários disparos de tiros pela cidade. Ninguém foi preso. G1 RN

Após perder abatedouro, Assu no governo de Gustavo Soares, agora perde o Santuário de Irmã Lindalva

Deputado George Soares, na foto com o ex-ministro Henrique Alves, não conseguiu impedir o irmão prefeito do Assú de perder o Santuário de Irmã Lindalva

Após perder mais de meio milhão de reais de uma emenda do deputado federal Fábio Faria para a construção do novo abatedouro público, o prefeito do Assú Gustavo Soares, irmão do deputado estadual e candidato a reeleição George Soares, vem se mostrando um governante incompetente e irresponsável, segundo denúncia do ex-prefeito e pré-candidato a deputado estadual pelo PSD Ivan Júnior que agora acusa o atual gestor de perder outra importante emenda de mais de R$ 1 milhão destinada pelo ex-deputado federal e ex-ministro Henrique Alves, do MDB, para a construção do Santuário de Irmã Lindalva.

Aprovado em 2016, no Ministério do Turismo (MTur), o santuário da Beata Assuense que seria construído na comunidade de Malhada de Areia, virou pó com o descaso do prefeito Gustavo Soares e toda estrutura que acolheria os romeiros no Santuário da religiosa assuense, não será mais construída por falta de responsabilidade do prefeito que mora fora da cidade, governa o Assú por telefone e whatassap, além de montar uma milionária e moderna clínica médica em Mossoró.

O projeto de construção do espaço religioso e turístico em Assú que tinha a participação do Ministério do Turismo, o Governo do Estado e a Prefeitura do Assú, desabou, apesar do ex-prefeito do Assú Ivan Júnior ter feito a doação do terreno para a edificação do santuário de Irmã Lindalva.

A obra que transformaria o Assú, em mais um centro de peregrinação religioso do Nordeste, desmoronou e o deputado estadual George Soares, não fez nada para evitar que Assu perdesse R$ 1 milhão. Enquanto isso, o deputado Tomba Faria continua firme na luta para ampliar e fortalecer o Santuario de Santa Rita de Cássia na cidade de Santa Cruz.

FH pediu doações eleitorais para Marcelo Odebrecht em 2010

E-mails encontrados pela Polícia Federal em um dos notebooks de Marcelo Odebrecht revelam que o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso pediu doações ao empresário durante as eleições de 2010.

O laudo da PF foi anexado ao processo que investiga o ex-presidente Lula pelo recebimento de vantagens indevidas da Odebrecht na forma da aquisição de um terreno que serviria de sede para o Instituto Lula.

As mensagens começam em setembro de 2010, com um e-mail enviado pelo tucano pedindo um “SOS” para Marcelo Odebrecht. Na mensagem, FH envia os dados bancários da conta criada para a campanha de Antero Paes de Barros, candidato ao Senado por Mato Grosso nas eleições daquele ano.

“O candidato ao senado pelo PSDB, Antero Paes de Barros, ainda está em segundo lugar, porém a pressão do governismo, ancorada em muitos recursos, está fortíssima. Seria possível ajudá-lo?”, escreve. O Globo

Leia maisFH pediu doações eleitorais para Marcelo Odebrecht em 2010

Após Gilmar Mendes soltar presos da Lava-Jato, MPF do Rio entra com novo pedido de suspeição

Os procuradores da força-tarefa da Lava-Jato no Rio pediram à Procuradoria-Geral da República para requerer ao STF a suspeição ou impedimento do ministro Gilmar Mendes nos casos que envolvam o ex-presidente da Fecomércio Orlando Diniz. Ele é um dos 20 presos preventivamente por determinação da Justiça Federal do Rio no âmbito da Lava-Jato a que Gilmar concedeu liberdade no último mês.

O pedido da Lava-Jato no Rio se baseia na relação comercial da Fecomércio com o Instituto Brasiliense de Direito Público (IDP), “instituição que é hoje controlada exclusivamente” pela família de Gilmar, como apontam os procuradores no documento. A Fecomércio foi presidida desde o início dos anos 2000 por Orlando Diniz, um dos que ganharam liberdade recentemente por ordem do ministro. Ele só deixou o cargo na entidade após sua prisão, em fevereiro deste ano.

A força-tarefa da Lava-Jato no Rio aponta que o aprofundamento das investigações, com a análise dos dados obtidos com a quebra de sigilo fiscal da Fecomércio, mostra um pagamento de R$ 50 mil em 2016, durante a presidência de Diniz na entidade, em benefício do IDP. Além disso, os procuradores apontam que a Fecomércio, quando também era presidida por Diniz, patrocinou ao menos três eventos promovidos pelo IDP, inclusive alguns que contavam com a participação do próprio Gilmar. Dois dos eventos citados pelo MPF do Rio foram realizados em Lisboa. JULIANA CASTRO – O Globo

Leia maisApós Gilmar Mendes soltar presos da Lava-Jato, MPF do Rio entra com novo pedido de suspeição

Após criticar, Bolsonaro agora defende Bolsa Família

Em mais uma tentativa de moderar o discurso de olho nas eleições, o pré-candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, passou a defender a manutenção do Bolsa Família, já criticado por ele diversas vezes em entrevistas e discursos na Câmara dos Deputados nos últimos anos.

O parlamentar agora se diz favorável ao programa, que atende 13,9 milhões de pessoas, segundo o Ministério de Desenvolvimento Social, desde que haja uma “porta de saída” para quem o recebe.

— Comigo, o programa será mantido. Vou deixar isso claro em um programa de governo. Quero combater essa fake news de que vou acabar com o programa. Vamos bater na questão das fraudes. Há cidades em que o benefício é dado irregularmente para cerca de um terço dos participantes — disse Bolsonaro ao GLOBO.

Em outras ocasiões, antes de almejar a Presidência, o deputado chegou a afirmar que o programa servia para destinar dinheiro “a quem se acomoda”.

Ministério exclui municípios de portaria que reconhece emergência no RN

Reconhecimento de situação de emergência facilita repasses de recursos para ações como envio de carros-pipa às cidades potiguares (Foto: Igor Jácome/G1)

O Ministério da Integração Nacional publicou, nesta quarta-feira (6), uma portaria que reconhece a situação de emergência em 134 municípios potigurares, por causa da seca. Embora tenha levado em consideração uma portaria do governo do estado, publicada em março deste ano, o governo federal não reconheceu a situação de 19 cidades, reduzindo de 153 para 134 o número de municípios contemplados. Segundo a Defesa Civil Estadual, houve erro na publicação.

As cidades que ficaram fora da lista do governo federal foram: Brejinho, Bom Jesus, Ceará-Mirim, Espirito Santo, Ielmo Marinho, Jundiá, Lagoa Salgada, Lagoa de Pedras, Macaíba, Montanhas, Monte das Gameleiras, Nova Cruz, Passagem, Pedro Velho, Santo Antônio, São Pedro, Serrinha, Taipu e Várzea.

De acordo com o coronel Elizeu Dantas, que coordena a Defesa Civil do RN, a lista deverá ser republicada, porque contém erros. De acordo com ele, apenas seis cidades do total de 153 não preencheram Formulário de Informação de Desastre (Fide), do governo federal, e, por isso, poderiam ficar fora da lista. G1 RN

Leia maisMinistério exclui municípios de portaria que reconhece emergência no RN

%d blogueiros gostam disto: