CAI A MASCARA DO ÚLTIMO IMACULADO

Imaculado, segundo o dicionário, é alguém puro, isento de qualquer nódoa moral, alguém inocente.

Diferente de um hipócrita, alguém imaculado é alguém que prega, prova e age em perfeita sintonia, entre suas palavras, atos, cobranças e pensamentos.

Mas o que é um hipócrita?

Segundo a Bíblia Sagrada:

Um hipócrita é uma pessoa que finge e exibe uma religião sem servir a Deus de coração. Mateus 23 fala do povo que limpava o exterior da taça mas deixava o interior sujo. Eles eram como sepulcros caiados, que pareciam belos e adornados, mas por dentro estavam cheios de ossos de mortos e imundície. Jesus disse,”Assim também vós exteriormente pareceis justos aos homens, mas, por dentro, estais cheios de hipocrisia e iniqüidade” (Mateus 23:28)

Segundo o senso comum e universal, hipocrisia é a arte de exigir dos outros aquilo não pratica.

Não raro, indivíduos com esse distúrbio comportamental são sempre encontrados por aí, nos mais diversos campos sociais, e principalmente em áreas em que a moral, o conservadorismo e a boa conduta são primordiais, entre elas: a política, e em profissões como a de policial, que curiosamente são onde o sujeito que aqui será abordado está duplamente integrado, e de forma bastante enérgica.

Leandro de Souza é, além de policial, um blogueiro que se não fosse quem é, se não se chamasse Leandro de Souza, se não usasse tantas meias-verdades, tantas suposições e tantas mentiras e se não fizesse da maldade a sua ferramenta de trabalho, seria um bom agente público:

Homem da lei, blogueiro “corajoso” e que – teoricamente – faz da frase “Vamos questionar tudo” seu lema de vida.

Infelizmente, assim como os sepulcros caiados, isso era e é, apenas uma fachada, uma máscara.

De justo, de probo, de correto e de santo Leandro não tinha nada.

De falso, mentiroso, delinquente e picareta Leandro tem muito, sempre teve.

Enquanto acusava o governo municipal dos mais diversos crimes e delitos quase sempre (ou sempre) sem qualquer indício de culpabilidade ou fundamento, Leandro era acusado pelo ministério público de comandar um esquema criminoso de fraude em seguros que tinha como uma das vítimas a SEGURADORA LIDER.

Hoje, sem farda, afastado pela justiça da função de policial militar Leandro tenta jogar a culpa pela sua desgraça (acredite se quiser) no governo municipal macauense, numa rádio irregular, rodeado de também processados e igualmente desonestos, revelando assim mais um transtorno comportamental seu: VEJA DOCUMENTO

Alem de hipócrita, é cínico e dissimulado.

O que Leandro não revela e nem revelará é que:

Ele foi alvo de uma profunda investigação da polícia civil e do ministério público que identificou como sendo ele, o mentor e regente de um esquema vil e criminoso que vitimou a seguradora líder e também o estado, sim, o mesmo estado que ele enquanto mascarado defendia.

Segundo a peça do processo e as palavras do MINISTÉRIO PÚBLICO, (orgão diferente e inconfundível com GOVERNO MUNICIPAL) Leandro ” era responsável pela confecção de boletins de ocorrência com informações inverídicas (fraudulentos), coordenava todas as atividades da associação criminosa “

Sim, o mesmo ministério público que Leandro diz que será o carrasco do governo municipal Macauense.

Entretanto, o seu carrasco não é o governo municipal, nem o ministério público.

É a lei, a verdade, a ética, a justiça.
É a licitude, é Deus.

Todos estes estão de um lado, Leandro do outro.

Hoje, humilhado e destruído pela lei, Leandro diz que: “devemos esperar o término do processo para tirar conclusões”

Ontem, movido pela ganância e pelo ódio, Leandro recebia uma foto e uma mensagem de WhatsApp e de imediato redigia uma matéria taxando pessoas de criminosas, de maneira irresponsável e, como já lhe é usual: criminosa.

É amigos, a lei do retorno não falha.

Tudo que se planta, se colhe.

Cedo ou tarde.

O justiceiro Leandro acusava terceiros de desviarem dinheiro público para comprar emissoras de TV.

O criminoso Leandro desviava dinheiro de terceiros para montar outros escritórios especializados em desviar, e roubar, mais dinheiro alheio.

O justiceiro Leandro, alçava as limitações do governo municipal, distorcia-as, e as pintava como ações criminosas.

O criminoso Leandro, burlava as limitações da lei para cometer crimes, roubando dinheiro alheio, da seguradora líder, do estado.

São as palavras do ministério público, da justiça.

Por fim, é importante esclarecer que:

Não, Leandro não se livrará desse processo porque é “apenas mais uma ação perseguidora e política”.

Pra um juíz determinar o afastamento imediato de um policial militar, é necessário ter vislumbrado PROVAS E ARGUMENTOS CONTUNDENTES nos autos do processo que tornaram a medida inevitável.

Tal afirmativa soa como um insulto à justiça brasileira, ao bom senso.

Leandro de Souza então vai se limitar a ser o que sabe ser de melhor: um office-boy da mentira, do ódio e da vergonha.

Pois, a derrocada e a queda da máscara deste meliante já começou, e terminará com a sentença que não demorará a surgir, em que além de expurga-lo das fileiras da polícia militar do Rio grande do norte também desmonstrará pro público e pra todos os interessados, que, Leandro:

O criminoso é você !

Polícia Federal aponta elo entre amigo de Temer e Rodrimar

Polícia Federal (PF) encontrou o que considera ser a primeira prova financeira que liga o coronel João Baptista Lima, amigo do presidente Michel Temere apontado como seu operador, à empresa Rodrimar, que atua no porto de Santos e é investigada por ter, supostamente, sido favorecida na edição de um decreto presidencial em troca de pagamentos ao emedebista.

Segundo a investigação, que tem Temer como principal alvo, o funcionário do coronel Lima, Almir Martins era também o responsável por um contrato que a Rodrimar mantinha com o braço de uma offshore do Uruguai no Brasil, a Eliland. A informação foi publicada nesta quinta-feira pelo jornal “Folha de S. Paulo” e confirmada pelo GLOBO.

A hipótese da PF é a de que Martins seria um laranja do coronel. Contador da Argeplan, empresa de Lima, ele foi o responsável por assinar as contas da campanha de Temer à deputado federal em 1994, conforme revelou O GLOBO em abril. Ele também atuou como contador nas campanhas de Temer de 1998, 2002 e 2006.

Leia maisPolícia Federal aponta elo entre amigo de Temer e Rodrimar

STF nega habeas corpus a Carlinhos Cachoeira

A ministra Rosa Weber, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou habeas corpus a Carlos Augusto de Almeida Ramos, conhecido por Carlinhos Cachoeira. A defesa queria que a pena dele fosse cumprida em regime aberto — ou seja, fora da prisão, com a obrigação de se apresentar ao juiz periodicamente. Com a decisão, ele continua condenado ao regime semiaberto, em que é possível sair durante o dia para trabalhar e voltar à noite para a cadeia.

Cachoeira foi condenado a dez anos e meio de prisão, em regime fechado, pela primeira instância. A pena foi reduzida para cinco anos pelo Tribunal de Justiça do Rio e, por fim, a quatro anos pelo Superior Tribunal de Justiça (STJ). Embora, pela regra, penas de até quatro anos de prisão sejam cumpridas no regime aberto, o STJ fixou o semiaberto no caso de Cachoeira, levando em consideração a gravidade dos crimes cometidos. O Globo

Leia maisSTF nega habeas corpus a Carlinhos Cachoeira

Ex-empregados da TV Potengi do RN recebem R$ 958 mil do TRT

Resultado de imagem para tv potengi Natal rn

O Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) deverá encerrar, nos próximos dias, uma ação trabalhista de ex-empregados da Televisão Novos Tempos (TV Potengi), que tramita na 3ª Vara do Trabalho de Natal desde 1991.

Muitos dos beneficiários desse processo já receberam o pagamento de suas verbas rescisórias, entretanto, existem ainda 25 ex-empregados da emissora que não foram localizados.

A soma dessas verbas, que variam de R$ 1 mil a R$ 89 mil, chega a R$ 958.496.18, que estão depositados no tribunal, a espera dos beneficiários, desde o final do ano de 2017.

A Central de Apoio à Execução do TRT-RN vem tentando, sem sucesso, localizar esses ex-empregados. Muitos deles mudaram de endereço, de estado e até do país.

Leia maisEx-empregados da TV Potengi do RN recebem R$ 958 mil do TRT

TRT muda horário de expediente durante jogos do Brasil

Ato do presidente em exercício do Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN), desembargador Bento Herculano Duarte Neto, regulamentou o horário de funcionamento do tribunal e das Varas do Trabalho de Natal e do interior durante os jogos do Brasil na Copa do Mundo.

Quando os jogos foram realizados às 9h da manhã, o expediente será 13 às 17:30h. Nos jogos marcados para às 11h da manhã, o TRT-RN funcionará das 7 às 10h da manhã.

Em dias de jogos às 15h, o expediente será das 7 às 14h.

Esses horários de expediente poderão ser revistos, a depender de alterações nos jogos da seleção Brasileira.

Os prazos que se vencerem nos dias de jogos do Brasil ficarão imediatamente prorrogados para o primeiro dia útil subseqüente, assim como as audiências já aprazadas para os horários das partidas deverão ser remarcados.

As medidas urgentes serão atendidas pelo plantão judiciário, nos telefones disponíveis no site deste Tribunal (www.trt21.jus.br> plantãojudiciário).

Petroleiros do RN suspendem greve de 72 horas

Assembleia de petroleiros em Mossoró, RN, durante greve de 72 horas, nesta quarta-feira (30).  (Foto: Sindipetro-RN/Divulgação)

Os petroleiros do Rio Grande do Norte suspenderam a greve de 72 horas iniciada nesta quarta-feira (30) em várias partes do país e que contou com atos em quatro municípios do estado. O sindicato potiguar seguiu a recomendação da Federação Única dos Petroleiros, que recomendou a suspensão da paralisação depois que uma ministra do Tribunal Superior do Trabalho (TST) aumentou a multa aplicada contra a categoria no caso de continuidade.

O recuo aconteceu após a ministra Maria de Assis Calsing, do TST, ter aumentado de R$ 500 mil para R$ 2 milhões a multa diária aplicada aos sindicatos dos petroleiros que aderirem à greve.

De acordo com o sindicato, 100% dos petroleiros, sejam funcionários da Petrobras ou de empresas privadas, cruzaram os braços logo na quarta-feira (30), no RN. O ato não prejudicou diretamente a produção automatizada, mas os serviços que dependiam de atuação humana direta não foram realizados.

No estado, os protestos aconteceram em Natal, Mossoró, Alto do Rodrigues e Guamaré, no ativo industrial onde fica a refinaria Clara Camarão. Ainda de acordo com o categoria, a mobilização faz parte da preparação para uma greve por tempo indeterminado que foi aprovada pela categoria antes do início da greve de caminhoneiros no país.

Segundo o sindicato, atualmente existem 2 mil petroleiros ligados diretamente à Petrobras no Rio Grande do Norte e outros 6 mil terceirizados. G1 RN

Procuradora critica habeas corpus de Gilmar que soltou Paulo Vieira

A procuradora da força-tarefa da Lava jato de São Paulo Adriana Scordamaglia afirmou ver com ‘estranheza’ o habeas corpus dado pelo ministro Gilmar Mendes ao engenheiro Paulo Vieira de Souza, apontado com operador do PSDB, sua filha, Tatiana Arana de Souza, e Geraldo Casas Vilela, ex-diretor de Assentamentos da Dersa.

Os três foram presos nesta quarta-feira, 30, por ordem da juíza Maria Isabel do Prado, da 5.ª Vara Criminal Federal de São Paulo, e soltos apenas 12 horas depois pelo ministro do STF. Eles são acusados de desvios de R$ 7,7 milhões da Dersa em reassentamentos no âmbito das obras do Rodoanel Trecho Sul.

Scordamaglia reiterou ver risco às testemunhas envolvidas no processo. “Na minha visão, sim, e com toda a certeza. O ministro Gilmar Mendes diz que só testemunhas de defesa seriam ouvidas agora, e isso não é verdade. Serão ouvidas testemunhas arroladas pela acusação em breve.”  Luiz Vassallo e Julia Affonso – O Estado de São Paulo

Leia maisProcuradora critica habeas corpus de Gilmar que soltou Paulo Vieira

Doria e Flávio Rocha participam de Marcha para Jesus

O pré-candidato do PSDB ao governo de São Paulo, João Doria, participou da Marcha para Jesus, na manhã desta quinta-feira, ao lado presidenciavel do PRB, Flávio Rocha. O pré-candidato do PSDB, Geraldo Alckmin, não foi ao evento, assim como ja havia ocorrido no ano passado quando ainda era governador de São Paulo.

Doria chegou junto com Rocha e com o prefeito da capital paulista, Bruno Covas (PSDB). Antes, o trio parou para um café. Doria registrou o encontro em suas redessociais.

O pré-candidato do PSDB fez um rápido discurso.

– Estou aqui ao lado do Flavio Rocha, do Bruno Covas e de 1 milhão de pessoas que celebram Jesus. Quem ama sua família está aqui. Glória a Deus, glória ao Brasil e aos brasileiros, glória às pessoas que têm fé no coração – disse o tucano, que é católico.

Rocha, evangélico da Igreja Sara Nossa Terra, não discursou. Adversário de Doria, o atual governador do estado, Márcio França (PSB), participará da marcha à tarde. Também é esperada a presença do presidenciável do PSL, Jair Bolsonaro. A marcha, que acontece na Zona Norte de São Paulo durante todo o dia, é organizada pela Igreja Renascer. O Globo

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: