Governador reúne forças de segurança e comunica normalidade dos serviços públicos essenciais

Com o objetivo de coordenar medidas emergenciais e tranquilizar a população sobre os efeitos da greve dos caminhoneiros no Rio Grande do Norte, o governador Robinson Faria reuniu, na tarde e noite deste sábado (26), as forças de Segurança Pública no âmbito federal e estadual com atuação no estado. A reunião ocorreu no Gabinete de Gestão de Crise (GGI), localizado no Centro Administrativo, e contou com a presença dos comandantes e representantes do Exército, Marinha, Aeronáutica, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Civil, Força Nacional, Corpo de Bombeiros e secretaria de Estado da Segurança Pública e Defesa Social (Sesed). As autoridades se reuniram novamente na manhã de hoje, no Comando da 7ª Brigada de Infantaria.

“Estamos mantendo a situação equilibrada no RN, prevalecendo sempre o diálogo com o movimento. Os serviços essenciais, até o momento, estão funcionando e trabalhamos junto com nossas forças de segurança para manter a normalidade e para que a população potiguar não sinta tanto os reflexos dessa crise nacional. O clima é de união entre as forças e o Estado. Estamos analisando a situação nacional e posicionando o RN nesse cenário”, destacou o governador Robinson Faria.

Dando um panorama geral da situação no estado, as forças de segurança informam à população que não há ocorrências de prisão em virtude da greve, bem como não há desabastecimento no comércio potiguar ou no Aeroporto Internacional de Natal – Governador Aluízio Alves. Ponto mais crítico da paralisação, o abastecimento tem atenção especial para logística de combustíveis, gás de cozinha e oxigênio hospitalar apoiado pela Polícia Rodoviária Federal.

Leia maisGovernador reúne forças de segurança e comunica normalidade dos serviços públicos essenciais

Ministro assina ordem de serviço para saneamento de Parnamirim nesta segunda

O ministro das Cidades, Alexandre Baldy, visita o Rio Grande do Norte nesta segunda-feira (28) para assinar a ordem de serviço das obras de saneamento básico de Parnamirim, pleito do deputado federal Fábio Faria junto ao prefeito Rosano Taveira, que irá contemplar 100% da terceira maior cidade do estado.

O deputado Fábio Faria foi quem intermediou em Brasília as audiências no Ministério das Cidades para a liberação dos R$ 170 milhões necessários para viabilizar a realização do serviço, que será executado pela Caern, com previsão de ser concluído dentro de quatro anos.

“Estou feliz em ver todos os esforços para que as etapas burocráticas fossem vencidas rapidamente por essa obra tão importante. Investir em saneamento é investir na saúde da população. É ter esgotos tratados e água de qualidade nas torneiras“, ressalta o deputado. O evento de assinatura do convênio está marcado para as 13h, na Governadoria.

Caminhoneiros liberam passagem de carretas de combustíveis para abastecer postos de Natal

Motoristas formaram longas filas em postos que ainda têm combustíveis em Natal (Foto: Igor Jácome/G1)

Polícia Rodoviária Federal confirmou que os caminhoneiros que bloqueiam a BR-406, em João Câmara, liberaram a passagem de pelo menos 40 carretas com combustíveis e gás de cozinha na tarde deste sábado (26).

De acordo com o Sindipostos, a expectativa é que os postos de Natal e região metropolitana sejam reabastecidos durante a madrugada. A greve dos caminhoneiros completou 6 dias neste sábado (26).

Após a passagem das carretas, os caminhoneiros desbloquearam totalmente a BR-406.

Prefeitura do Assú dá calote e agente de Desenvolvimento pede demissão

Após bancar com recursos próprios por mais de um ano a Feira da Lua e pedir para sair por falta de apoio financeiro do prefeito Gustavo Soares, para custear com as atrações que se apresentavam no evento,  que reúne milhares de famílias, o ex-secretário Luis Oliveira, o ‘Luís da Funerária’, foi o primeiro a pular fora do governo do irmão do deputado George Soares.

O segundo a pedir a sua exoneração foi o agente municipal de Desenvolvimento Ecônomico Walisson Farias, sobrinho do ex-presidente da Câmara Municipal do Assú e ex-diretor do Detran na cidade, ex-vereador Francisco Willians de Farias. Ele pediu afastamento da função e não foi aceita, ou seja, não saiu no Diário Oficial do Município. Ele usou seu facebook e tornou público que não mais pertence a pasta.

O ex-agente que mostrava trabalho, criava projetos e tinha novas ideias para implantar, acabou deixando o cargo porque o prefeito Gustavo Soares, não pagava a gratificação mensal e sem receber ele não tinha como continuar a trabalhar.

Prefeito do Assú que recebe R$ 18 mil é acusado de ficar 20 dias fora do município

Apesar de faltar ao trabalho na Prefeitura do Assú, Gustavo Soares recebe salário integral todo mês

O playboy e prefeito do Assú Gustavo Soares, do PR, que ganha R$ 18 mil por mês, é um péssimo exemplo para os gestores dos municípios do RN. Ele é suspeito de ficar até 20 dias fora da cidade, governando o município, por meio do WhatsApp de Natal para administrar e falar com secretários e diretores da Prefeitura do Assú.

A rotina do prefeito e irmão do deputado estadual George Soares, é de ficar de 14 a 15 dias fora do município, sem dar nenhuma satisfação a Câmara de Vereadores, como determina a lei, mas a suspeita é que ele vem esticando esse prazo e os vereadores já começam a investigar a conduta do chefe do poder executivo que fere a Lei Orgânica do Município.

Se for constatado que o prefeito Gustavo Soares tem se ausentado mais de 15 dias, ele poderá sofrer penalidades severas, como por exemplo, a cassação do mandato, levando a vice-prefeita Sandra Alves, a assumir o comando da Prefeitura do Assú.

 

Prefeito do Assú sofre derrota na disputa da cooperativa para ex-secretário

Luis da Funerária vence o primeiro embate político contra o clã dos Soares em Assú

Enxotado pelo prefeito do Assú Gustavo Soares, da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia de Assú, o empresário Luís Oliveira, o ‘Luis da Funerária’, numa demonstração de força popular, impôs uma derrota política ao todo poderoso clã dos Soares, para ficar na história do município, despertando ainda mais ciume político e inveja do idealizador da Feira da Lua, projeto de sucesso com simpatia popular.

Luis foi eleito presidente da primeira diretoria da Cooperativa dos Expositores da Feira da Lua (Coopelua). que começou com 63 cooperados e vai atender não só os expositores da Feira da Lua, evento socioeconômico que acontece mensalmente na Praça São João, mas artesãos, feirantes, e marchantes, entre outros que queiram se filiar a
Cooperativa.

Apesar de controlar todo aparato da máquina pública, o prefeito Gustavo Soares e o seu irmão, deputado estadual George, ambos do PR, não tiveram prestigio popular para impedir a eleição de Luiz da Funerária que despertou a maior ciumeira nos irmão Soares pelo trabalho que vinha realizando nao município. Luis tem dito que pretende ser candidato a prefeito do Assú em 2020 e conta com o apoio do deputado estadual Kelps Lima, do Solidariedade.

PF abre 37 inquéritos para investigar empresários

 

Polícia Federal abriu 37 inquéritos para investigar a suspeita de locaute(greve de empresas) nas paralisação de caminhoneiros. A informação é do ministro da Segurança, Raul Jungmann. Segundo ele, as investigações ocorrem em 25 estados.

No locaute, os patrões agem em razão dos próprios interesses e não das reivindicações dos trabalhadores e se recusam a ceder aos empregados os instrumentos para que eles desenvolvam seu trabalho, impedindo-os de exercer a atividade.

— Chegamos aos 37 inquéritos abertos pela PF, em 25 estados. Os responsáveis estão sendo convocados para prestar depoimento. Vamos exercer no limite fielmente como pena para o delito do locaute — disse Jungman.

Apesar de ter falado, na entrevista concedida no Palácio do Planalto, em mandado de prisão, ao GLOBO, Jungmann corrigiu-se. Disse que ainda não há decisão da Justiça, apenas pedidos. Além de prisão, a PF pediu mandados de busca e apreensão, de acordo com o ministro. O Globo

Leia maisPF abre 37 inquéritos para investigar empresários

Alckmin acena ao PRB com vaga de vice para Flávio Rocha

Integrantes do PRB contam que, em reunião com a sigla na quarta (23), Geraldo Alckmin, o presidenciável do PSDB, sondou a possibilidade de Flávio Rocha ser seu vice. O tucano disse que o dono da Riachuelo tem o que sua chapa precisa: é empresário e do Nordeste.

As negociações, no entanto, teriam que passar pelo DEM, que atua em bloco com o PRB. Hoje, no cenário sem Rodrigo Maia (DEM-RJ) na disputa pelo Planalto, Mendonça Filho (DEM-PE) é cotado para a vice do tucano.

Alckmin voltará a falar com o PRB nesta semana para debater um mapa com opções de alianças pelo país.

O PRB quer que Flávio Rocha adote o nome Flávio Riachuelo. A coordenação de sua pré-campanha encomendou pesquisa com a nova alcunha para medir o impacto. As informações são da coluna Painel/Folha de São Paulo.

Petroleiros decidem entrar em greve na próxima quarta-feira

Resultado de imagem para Petroleiros decidem entrar em greve na próxima quarta-feira

A Federação Única dos Petroleiros (FUP), representante de empregados da Petrobrás, decidiu iniciar manifestações a partir deste domingo, 27 e, à zero hora da próxima quarta-feira, 30, iniciar uma greve de 72 horas, segundo uma fonte. A definição saiu de um encontro realizado por teleconferência na tarde deste sábado, 26.

A lista de reivindicações inclui cinco pontos, um deles é a demissão do presidente da companhia, Pedro Parente. Os sindicalistas pedem também a redução dos preços dos combustíveis e do gás de cozinha; a manutenção de empregos e retomada da produção interna de combustíveis; o fim da importação de derivados de petróleo; e a desmobilização do programa de venda de ativos promovido pela atual gestão da estatal. O comunicado que será enviado ainda neste sábado à empresa contesta também a presença de unidades das Forças Armadas em instalações da Petrobrás.

greve se estenderá até as 23h59 do dia 1º de junho. Já neste domingo, 27, a troca de turnos será atrasada nas refinarias nas quais foram colocadas à venda participações, o que deve deixar a operação mais lenta. Foram incluídas no programa de desinvestimento a Rlam, na Bahia; a Abreu e Lima, em Pernambuco, a Refap, no Rio Grande do Sul, e a Repar, no Paraná. Fernanda Nunes e Vinícius Neder, O Estado de S. Paulo

Leia maisPetroleiros decidem entrar em greve na próxima quarta-feira

Decreto autoriza requisição de veículos particulares

Greve caminhoneiros

O presidente Michel Temer assinou um decreto neste sábado, 26, que autoriza o poder público a requisitar “veículos particulares necessários ao transporte rodoviário de cargas consideradas essenciais”. Publicado em edição extra do Diário Oficial, o decreto diz que a requisição pode ser feita por “autoridades envolvidas nas ações de desobstrução de vias públicas” prevista em decreto 9.382 assinado na sexta-feira, 25

O texto diz que caberá ao Ministro da Defesa determinar os condutores desses veículos “desde que possuam a habilitação específica exigida pela legislação de trânsito”. Poderão ser requisitados a conduzir servidores de qualquer órgão ou entidade da administração pública e militares das Forças Armadas. O decreto entra em vigor neste sábado.

%d blogueiros gostam disto: