Rafael Motta é chamado de ‘golpista’ no aniversário da senadora Fátima Bezerra

O deputado federal Rafael Motta (PSB) foi ontem (18) ao Clube da Petrobras, para prestigiar o aniversário da senadora Fátima Bezerra (PT), pré-candidata ao Governo.

Como convidado da aniversariante, certamente não esperava ser chamado de “golpista” por uma ala radical do PT, segundo o blogueiro Heitor Gregório.

Para Gregório, Fátima ficou constrangida com o comportamento dos correligionários.

EM TEMPO: A senadora do PT não divulgou nota oficial reprovando ou condenando a atitude deselegante dos petistas.

OAB acusa MEC de usar curso de Direito como moeda de troca eleitoral

A OAB estima que, mantido o atual ritmo de autorização do MEC, o País terminará o ano com cerca de 1.600 cursos de Direito. São 1.350, mas, só nesta semana, foram liberados mais 34, apesar de a OAB ter dado parecer contrário.

“A abertura de vagas virou uma moeda de troca política, sobretudo neste ano eleitoral”, acusa o presidente da OAB, Claudio Lamachia.

O MEC diz que a manifestação da OAB é opinativa e nega interferência política. Informou, ainda, que neste ano foram dadas 71 autorizações. Coluna do Estadão

Com fortuna avaliada em R$ 1,3 bilhão, Flávio Rocha avisa que não precisará de dinheiro do fundo público

O presidenciável Flávio Rocha (PRB), dono da Riachuelo, é outro pronto para abrir suas vultosas contas pessoais para bancar a campanha. Detentor de uma fortuna avaliada em R$ 1,3 bilhão, ele já avisou que não precisará de dinheiro do fundo público.

— Ele externou que pode custear a campanha. Quando me perguntou quanto podia gastar, respondi que seria o teto que já está estabelecido pela lei. E aí já não se falou mais no assunto. Estava decidido — contou ao GLOBO o presidente do PRB, Marcos Pereira.

Outro nome em cogitação para compor uma aliança eleitoral como vice, Flávio Rocha rechaça a hipótese:

— Não tenho vocação para ser vice, tenho certeza de que ainda vou crescer.

Apesar disso, o PRB já iniciou conversas com lideranças de outros partidos visando à campanha presidencial. Caso não decole nas pesquisas até julho, Flávio Rocha pode entrar numa composição como vice de outro candidato de centro.

— Tem uma brincadeira que diz que vice que tem tempo de TV vale. Se não, tem que ter voto ou tem que ter dinheiro — resume o ex-ministro Helder Barbalho, que tentará se eleger governador do Pará.

BRUNO GÓES / CATARINA ALENCASTRO – O Globo

Meirelles pretende gastar pelo menos R$ 5 milhões na pré-campanha

Resultado de imagem para meirelles

Assim como Josué Alencar, o ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles, que quer ser o candidato do MDB a presidente, é autossuficiente no quesito dinheiro. Antes de assumir a Fazenda, Meirelles, apenas em 2016, lucrou R$ 217 milhões com consultoria para grandes empresas. Diferentemente dos candidatos menos abastados, ele não estará à mercê do partido na definição da distribuição dos recursos dos fundos partidário e eleitoral.

Meirelles anunciou que pretende bancar sua campanha com o próprio bolso e disse a interlocutores que deve gastar pelo menos R$ 5 milhões só na fase de pré- campanha. Aos 72 anos, ele vê o ano de 2018 como a última chance de realizar o seu maior objetivo na vida pública: chegar ao Planalto.

Meirelles está tendo reuniões com as bancadas de deputados e senadores e dirigentes estaduais para angariar aliados no partido para a sua pretensão. A possibilidade de ele sair candidato passou a ser bem vista por grande parte da bancada do PMDB na Câmara. Com uma campanha presidencial custeada por recursos próprios, sobraria mais dinheiro do fundo eleitoral para a disputa de parlamentares da própria reeleição.

BRUNO GÓES / CATARINA ALENCASTRO – O Globo

Com menos dinheiro, partidos buscam formar chapa com candidatos ou vices ricos

Empresários ricos são cobiçados por políticos, após mudança nas regras de financiamento

Antes de passar a ser cogitado como candidato a presidente da República — o “outsider” da vez, em articulações do bloco dos partidos de Centro —, o nome do empresário Josué Alencar, já estava no tabuleiro da sucessão presidencial desde que ele se filiara ao PR.

Ele vinha sendo cortejado como “vice dos sonhos” tanto pelo pré-candidato do PDT, Ciro Gomes, como pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que havia procurado o presidente da Coteminas numa tentativa de reeditar a chapa vitoriosa nas eleições presidenciais de 2002 e 2006 formada com o pai do empresário, José Alencar. Josué Alencar vinha sendo cobiçado também por políticos mineiros atrás de alianças locais.

Tanto assédio, segundo os críticos de Josué, só tem uma explicação: dinheiro. As mudanças nas regras de financiamento eleitoral fizeram com que empresários ricos passassem a ser disputados pelos partidos. O Globo

Leia maisCom menos dinheiro, partidos buscam formar chapa com candidatos ou vices ricos

Prefeitura anuncia aumento de 8,96% na tarifa de ônibus, em Natal

Prefeitura anuncia aumento na tarifa de ônibus, em Natal (arquivo) (Foto: Reprodução/Inter TV Cabugi)

O Conselho Municipal de Transportes aprovou nesta sexta-feira (18) aumento na tarifa de ônibus em Natal. Agora, a passagem vai custar R$ 3,65 – um crescimento de 8,96% em relação ao preço cobrado até então, que é R$ 3,35. O aumento ainda será ser homologado pelo prefeito Álvaro Dias (MDB), que vai publicar decreto com o reajuste. Mas a Secretaria de Mobilidade Urbana (STTU) já confirmou que o acréscimo no valor tarifa passa a valer a partir de domingo (20).

Segundo a STTU, ainda nesta sexta-feira, a Prefeitura de Natal vai informar quando o novo valor vai começar a valer nas catracas. Em contrapartida ao aumento, os empresários terão que construir 50 novos abrigos e recuperar 6 estações de transferência.

A proposta da Prefeitura foi apresentada durante reunião do conselho, que começou por volta das 9h, no auditário da Secretaria Municipal de Administração (Semad). O último aumento na tarifa do transporte público da capital tinha sido aprovada em 18 de abril de 2017, quando foram acrescidos 15,51% à passagem.

Embora tenha sido aprovado, o reajuste causou protestos de lados opostos. Enquanto movimentos sociais reclamavam do valor, que consideravam alto, os empresários consideraram a nova tarifa abaixo do ideal. Por fim, a proposta foi aprovada com 16 votos a favor e 3 contra. Ainda houve 9 ausências à reunião. G1 RN

TCU quer saber se PP usou fundo de saúde para atrair deputados

O ex-ministro da Saúde, Ricardo Barros (centro) foi quem assinou a portaria

O Plenário do Tribunal de Contas da União aprovou, sem alarde, auditoria extraordinária no Fundo Nacional de Saúde. A suspeita é de que o PP, que comanda o Ministério da Saúde, direcionou verba para atrair deputados na janela partidária.

Levantamento preliminar da Corte indica que 71% dos recursos de emendas de relatoria foram distribuídas para seis Estados. Entre eles, Alagoas, base do líder do PP na Câmara, deputado Arthur Lira, e o Piauí, do presidente da sigla, Ciro Nogueira. Os dois Estados só não receberam mais do que SP e MG.

Escancarado. Na justificativa para abertura da investigação, o TCU aponta “enorme discrepância entre os valores distribuídos para cada um dos Estados, o que coincide com portaria do Ministério da Saúde que simplificou as normas de repasse do FNS, o que dificulta o controle”

Leia maisTCU quer saber se PP usou fundo de saúde para atrair deputados

Deputado George Soares precisar deixar de ser ingrato e agradecer a Robinson

De algoz do governador, deputado George Soares está perto de se tornar bajulador politico de Robinson

Para justificar a sua adesão ao Governo do Estado, o deputado estadual e candidato a reeleição George Soares, topa qualquer negócio e o parlamentar do PR tem cumprido o seu papel como futuro aliado governista na corrida pela reeleição do governador do PSD Robinson Faria.

Robinson tem sido paciente e generoso com a liberação de emendas para George Soares, mas ele tem pago ao governador com ingratidão. Na Assembléia, outros deputados até reclamam que Robinson não tem liberado as suas emendas, mas George não pode dizer que o governador já deixou de atendê-lo, desde que assumiu o comando da gestão estadual.

Com o pires na mão, George Soares sempre recebeu favores do governo, mas não agradece não. Ele tem agradecido a secretários e diretores de órgão estaduais, mas terminantemente se recusa a reconhecer de público o esforço do governador que nunca agiu para impedir que os pleitos do parlamentar não sejam atendidos.

A questão é.  George Soares que está agindo de pirraça, vai deixar para agradecer ao governador quando estiver no palanque na campanha eleitoral ou vai continuar com sua ingratidão?.

Festa do São João em Assú com ‘cheiro’ de superfaturamento de despesas

Prefeito do Assú dobra despesas do São João comparada com o ano passado

A política em Assú sempre foi um bom ‘negócio familiar’ e o atual prefeito Gustavo Soares, do PR, não quer deixar cair o comércio em franca expansão do clã dos Soares, a popular ‘oligarquia familiar’, que tem o seu irmão, deputado estadual e candidato a reeleição George Soares (PR). Na luta para manter o crescimento da ’empresa’, o prefeito vai torrar mais de R$ 800 mil na festa do São João com a contratação de cantores, bandas e infraestrutura de palco do evento.

No ano passado, a Prefeitura do Assú gastou um pouco mais de R$ 300 mil. O fato do município gastar este ano mais do dobro, começa a gerar suspeita de super faturamento com o elevado crescimento das despesas este ano, mas isso caberá ao Ministério Público investigar a veracidade ou não desse mecanismo para aumentar os gastos ás véspera da campanha eleitoral e com que finalidade específica.

Os candidatos a deputados estaduais figuram entre os últimos na lista de prioridades de dirigentes partidários, quando se trata de recursos para a campanha eleitoral deste ano. Na prática, a prioridade dos partidos se resume em eleger deputados federais, uma vez que é mais vantajoso financeiramente para as agremiações conseguir cadeiras na Câmara dos Deputados.

 

 

Após doar terreno, Ivan Júnior volta a defender construção do prédio da Apae/Assú

Após investir no apoio financeiro e social do trabalho da Apae -Associação dos Pais e Amigos dos Excepcionais em Assú, que totalizava um valor anual superior a R$ 180 mil durante a época que foi prefeito do município e de ter também doado um terreno para a construção do prédio próprio da entidade, o ex-prefeito e pré-candidato a deputado estadual Ivan Júnior, usou a rede social para convocar todos os segmentos da sociedade civil a se engajar na luta pela construção da sede da Apae para ampliar esse belíssimo trabalho.

Taxa de analfabetismo cai para 7,0% em 2017 ante 7,2% em 2016, diz IBGE

NUNCA E TARDE . IDOSOS VOLTAM A ESTUDAR

No Sudeste, taxa era de 3,5% em 2017

A taxa de analfabetismo caiu de 7,2% em 2016 para 7,0% em 2017, informou nesta sexta-feira, 18, o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), que divulgou dados sobre educação da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua).

Apesar da queda, a persistência da mazela torna difícil atingir a meta de erradicar o analfabetismo até 2024, como prevê o Plano Nacional de Educação (PNE) 2014, seja porque as quedas ano a ano ocorrem a conta-gotas, seja porque as desigualdades regionais ainda persistem.

No Nordeste, a taxa de analfabetismo ficou em 14,5% ano passado, o dobro da média nacional. Dos 11,466 milhões de brasileiros de 15 anos ou mais que não sabem ler e escrever, 6,427 milhões, ou 56% do total, moram no Nordeste. Agência Estado.

Leia maisTaxa de analfabetismo cai para 7,0% em 2017 ante 7,2% em 2016, diz IBGE

Apenas 68,4% dos jovens de 15 a 17 anos estão no ensino médio, diz IBGE

enem

A taxa de escolarização das pessoas de 15 a 17 anos ficou em 87,2% em 2017, mesmo nível de 2016, mas apenas 68,4% dessa população estavam na série de estudo adequada, ou seja, cursando o ensino médio.

Isso significa que cerca de 1,3 milhão de adolescentes dessa faixa etária estão fora da escola, enquanto outros 2 milhões estão atrasados, conforme dados da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios Contínua (Pnad Contínua), divulgados nesta sexta-feira, 18, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

A escolarização dos jovens entre 15 e 17 anos é mais uma meta intermediária do Plano Nacional de Educação (PNE) 2014 que não foi alcançada. O objetivo era universalizar a escolarização nessa faixa etária ainda em 2016.

Leia maisApenas 68,4% dos jovens de 15 a 17 anos estão no ensino médio, diz IBGE

Gilmar Mendes manda soltar braço direito de Dirceu e mais três investigados

dirceu

O ministro do Supremo Tribunal Federal Gilmar Mendes mandou soltar, nesta sexta-feira, 18, quatro investigados no âmbito da Operação Rizoma, que mira fraudes nos fundos de pensão Postalis e Serpros. Em quatro decisões, ele acolhe pedidos dos advogados para que o habeas corpus concedido ao operador do MDB no Senado, Milton Lyra, seja estendido aos seus clientes. Entre os beneficiados pelas decisões está Marcelo Sereno, braço direito do ex-ministro José Dirceu na Casa Civil do governo Lula e ex-secretário nacional de Comunicação do PT.

Os outros soltos são Ricardo Siqueira Rodrigues, Carlos Alberto Valadares Pereira, ambos representantes do Serpros, e Adeílson Ribeiro Teles, ex-chefe de gabinete dos Correios. Pela decisão, eles estão proibidos de manter contato com os demais investigados, por qualquer meio e de deixar o País sem autorização do Juízo – todos devem entregar seu passaporte em até 48 horas.

Em todas as decisões, Gilmar afirmou justificou que os fatos que embasaram as prisões preventivas ocorreram muito tempo antes da decretação das prisões.

Leia maisGilmar Mendes manda soltar braço direito de Dirceu e mais três investigados

%d blogueiros gostam disto: