Ex-presidente do PT ataca Doria e chama tucano de ‘vagabundo’

Ex-presidente nacional do PT, o ex-deputado estadual Rui Falcão (SP) chamou o prefeito paulistano, João Doria (PSDB), de “vagabundo”. A ofensa foi proferida durante um evento do partido batizado de “inauguração popular” do viaduto que leva o nome da ex-primeira-dama Marisa Letícia, mulher do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT). A obra viária foi aberta ao público em 3 de janeiro,

Doria, crítico de Lula, não concordou com a homenagem, proposta pelo vereador Paulo Reis (PT) e aprovada pela Câmara Municipal em dezembro do ano passado. Marisa morreu há um ano em decorrência de um AVC (Acidente Vascular Cerebral).

O tucano considera “injusta a homenagem a alguém envolvido no maior escândalo de corrupção já registrado no País e que nunca morou na cidade nem jamais lhe trouxe qualquer benefício”, conforme disse na ocasião. O viaduto fica no Jardim São Luís, na zona sul paulistana. As informações são do UOL

Leia maisEx-presidente do PT ataca Doria e chama tucano de ‘vagabundo’

MEC prorroga adesão de estados e municípios ao Mais Alfabetização

Resultado de imagem para MEC prorroga adesão de estados e municípios ao Mais Alfabetização

As escolas terão prazo até 16 de fevereiro para fazer sua inscrição no programa

O prazo para estados e municípios aderirem ao Programa Mais Alfabetização foi prorrogado para 15 de fevereiro. A data anterior para o fim do período de adesão era ontem (2). A adesão deve ser feita por meio do Sistema Integrado de Monitoramento, Execução e Controle do Ministério da Educação. As escolas terão prazo até 16 de fevereiro para fazer sua inscrição no programa.

O programa foi criado para apoiar escolas no processo de alfabetização dos estudantes de todas as turmas do primeiro e do segundo anos do ensino fundamental. A proposta consiste em reforçar o trabalho do professor com a participação de um assistente, a fim de aprimorar a experiência dos alunos nas áreas de leitura, redação e matemática. Os assistentes serão estudantes de pedagogia e licenciatura. A previsão é que o programa esteja funcionando em março. Serão investidos R$ 200 milhões para o pagamento dos assistentes pedagógicos. A expectativa é atender a 4,2 milhões de alunos em aproximadamente 200 mil turmas espalhadas pelo Brasil.

O repasse será feito por meio do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE) e os auxiliares receberão R$ 150 por mês para cada turma em que atuarem, podendo acumular até oito turmas. Não há vínculo empregatício. Os candidatos a assistente devem, obrigatoriamente, passar por um processo de seleção elaborado pelos municípios. O programa Mais Alfabetização faz parte da Política Nacional de Alfabetização, lançada pelo MEC em 2017 para combater a estagnação dos baixos índices registrados pela Avaliação Nacional de Alfabetização. O conjunto de iniciativas terá investimento total de R$ 523 milhões. As informações são do Correio Braziliense.

Em sete meses, Petrobras já alterou 144 vezes o preço da gasolina

O governo admite que os sucessivos reajustes na gasolina podem pressionar a inflação de 2018. Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil/Arquivo

Desde julho do ano passado, quando adotou uma nova política de preços para os combustíveis, a Petrobras já promoveu 144 ajustes, 24 apenas neste ano. Nessa sexta, anunciou aumento de 0,5% para gasolina e de 0,6% no diesel, a vigorar a partir deste sábado. Tantos movimentos resultaram numa alta acumulada de 15% em 2017. Mas, com algumas reduções este ano, o reajuste acumulado desde então é de cerca de 8%. O dado revelou o descompasso dos preços praticados pelos postos de Brasília, cuja alta é de quase 30%.

Nas bombas do Distrito Federal, o aumento entre o valor mais baixo registrado em 4 de julho do ano passado, de R$ 3,05, e o menor verificado ontem, em Taguatinga, de R$ 3,88, é de 27,21%. Essa distorção ocorre, conforme a estatal, porque os preços são livres no Brasil. Mesmo que a Petrobras promova reduções nas refinarias, as distribuidoras e os donos de postos colocam suas margens em cima e, infelizmente, estão sempre mais dispostos a aumentar do que a reduzir os valores cobrados.

Por conta disso, o governo admite que os sucessivos reajustes na gasolina podem pressionar a inflação de 2018. O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, disse ontem que o aumento no valor dos combustíveis é “sempre um problema”. “Para o cidadão comum, pesam mais, porque ele olha o preço de cada coisa, enquanto o IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) é uma média de centenas de itens. Ainda vamos ver como é que vai ficar a inflação ao longo do ano”, disse. As informações são do Correio Braziliense.

Filhos de Ronaldo Soares tramam traição contra o senador José Agripino

Gustavo escolhe filho de bacurau e antiagripinista para líder do governo

Com a escolha do vereador Wedson Nazareno, do PR para exercer a função de líder do governo na Câmara Municipal do Assú, cresce a suspeita de que o prefeito do Assú Gustavo Soares e o deputado estadual George Soares, deverão trair o senador José Agripino, do DEM, na disputa de outubro deste ano para o Senado.

Wedson, filho do ex-vereador Ormando Machado, um dos mais fiéis e antigos bacuraus do Vale do Açu, deverá votar mesmo pela reeleição do senador Garibaldi Alves Filho e pela eleição da deputada federal e candidata a senadora Zenaide Maia, no lugar de Agripino, atendendo orientação política do clã dos Soares.

Apesar do ex-prefeito Ronaldo Soares, pai dos dois, dizer que é agripinista desde criança, quando exerceu o cargo de secretário de Agricultura do RN na época do governo José Agripino e chamava o PMDB, atual MDB, de praga maldita na década de 80 e 90, o senador do DEM dificilmente terá o apoio dos Soares este ano.

 

Gilmar Mendes cita o RN sobre penduricalhos a magistrados

Resultado de imagem para ‘Quadro compromete terrivelmente o Judiciário’, diz Gilmar

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal, disse ao Estado que o pagamento de auxílio-moradia e outros penduricalhos a magistrados compromete “terrivelmente a imagem do Judiciário”. “Temos de encontrar algum denominador comum quanto ao devido salário dos magistrados. É preciso que seja bem definido”, disse Gilmar. “O Supremo, que deveria ser o teto (salarial), se tornou o piso.” Prestes a deixar a presidência do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Gilmar disse que o País vive “clima fascistoide”.

Como o sr. vê o fato de juízes como Sérgio Moro e Marcelo Bretas receberem auxílio-moradia?

O auxílio-moradia é apenas a ponta do iceberg. Temos outros penduricalhos, como auxílio-creche, auxílio-livro. Os Estados que estão passando por crises pagam essas vantagens para juízes e promotores. Temos de encontrar um denominador comum quanto ao devido salário dos magistrados. É inegável que precisa ser uma carreira bem paga, mas é preciso que seja bem definido. Mas que se encerre com esse quadro que compromete terrivelmente a imagem do Judiciário.

Há excessos?

Em Estados que estão com caos financeiro, os benefícios do Judiciário, do Ministério Público, são às vezes garantidos por medidas excepcionais. Recentemente tivemos o caso do Rio Grande do Norte, em que o ministro João Otávio de Noronha (STJ) mandou devolver um pagamento de auxílio-moradia. Um Estado que enfrentou uma greve policial por falta de pagamento. Como explicar para a população? O Supremo, que deveria ser o teto, na verdade se tornou o piso. As informações são de Rafael Moraes Moura, O Estado de S.Paulo.

Leia maisGilmar Mendes cita o RN sobre penduricalhos a magistrados

Ministro Gilmar Mendes é o campeão da safra de marchinhas

Simpatia É Quase Amor durante o Carnaval de 2016; neste ano, bloco terá marchinha com crítica ao prefeito do Rio, Marcelo Crivella

No Carnaval, perder-se pelas avenidas da cidade ou desaparecer no turbilhão da galeria, para citar o verso do samba “Camisa Amarela”, de Ary Barroso, era um direito do cidadão. Isso antes da invenção do celular. Hoje, mesmo que o camarada vista só tanga e cocar, o apêndice eletrônico vai junto, como parte inseparável do corpo.

O prazer só não foi totalmente estragado porque ainda se pode aproveitar a folia para tirar onda em cima dos poderosos. É uma tradição que vem desde os primeiros tempos da República: não há fato relevante na política brasileira que não tenha provocado a criatividade de nossos compositores.

O ministro Gilmar Mendes é o campeão da safra 2018. Ele aparece como personagem em uma penca de marchinhas. A melhor delas leva a assinatura do veterano João Roberto Kelly: “Alô, alô, Gilmar/ Eu tô em cana/ Vem me soltar”). Na mesma batida seguem a Orquestra Royal (“Começou o Carnaval do Gilmar/ Liberou a brincadeira/ Quero ver quem vai dançar/ A dancinha da tornozeleira”) e os Marcheteiros (“Gilmar soltou/ Soltou a franga/ Largou a tonga/ Agora só anda de tanga”). As informações são do Escritor e jornalista Ruy Castro –  Folha de São Paulo.

Leia maisMinistro Gilmar Mendes é o campeão da safra de marchinhas

Jefferson: ‘esquema do PT no Judiciário’ tenta destruir Cristiane

ROBERTO JEFFERSON / RETORNO CONGRESSO

O presidente do PTB, Roberto Jefferson, disse neste sábado (3) que “estão tentando destruir a vida política promissora” de sua filha, a deputada Cristiane Brasil (PTB-RJ), indicada pelo partido para assumir o cargo de ministra do Trabalho no governo Michel Temer.

A nomeação da parlamentar para o posto foi impedida por força de uma decisão liminar da 4ª Vara Federal de Niterói, proferida em 8 de janeiro.

O Estado mostrou, neste sábado (3) que Cristiane Brasil é alvo de um inquérito que apura suspeitas de tráfico de drogas e associação para o tráfico durante a campanha eleitoral de 2010. A investigação foi enviada na sexta-feira (2) à Procuradoria-Geral da República (PGR), em Brasília, porque Cristiane possui foro privilegiado.

O inquérito também apura suposto envolvimento no caso do deputado estadual Marcus Vinicius (PTB), ex-cunhado da parlamentar, e três assessores dela na época. As informações são da Agência Estado.

Leia maisJefferson: ‘esquema do PT no Judiciário’ tenta destruir Cristiane

Nestlé é acusada de publicidade enganosa em leite para bebês

A Nestlé deve responder, nos próximos dias, a uma pesquisa dizendo que seus produtos para crianças não entregam o que prometem em suas informações nutricionais e campanhas de marketing.

Um relatório da Changing  Markets  Foundation, fundação de economia sustentável, diz que as fórmulas dos produtos de nutrição infantil da Nestlé têm muitas inconsistências, lançando dúvidas sobre a credibilidade das alegações de saúde da fabricante.

“O relatório levanta alguns pontos importantes, sobre os quais queremos nos debruçar em detalhes”, disse um porta-voz da Nestlé nesta sexta-feira (2). “Vamos responder às preocupações e recomendações do relatório nos próximos dias.”

A fundação diz ter analisado os produtos que a Nestlé vende para bebês de menos de 12 meses em 40 países diferentes, comparando as alegações de marketing e os ingredientes em mais de 70 produtos. As informações são da Folha de São Paulo.

Em Ceará-Mirim, Força Nacional prende policial militar suspeito de chefiar milícia

Prisão aconteceu nas primeiras horas da manhã deste sábado

A Força Nacional prendeu hoje em Ceará-Mirim, o policial militar Erinaldo Ferreira de Oliveira, conhecido como “Naldão”, acusado pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), de assumido a chefia da milícia no município, após a morte do sargento PM Jackson Sidney Botelho, em 20 de fevereiro do ano passado.

Segundo o MPRN, “o que viu foi um verdadeiro e trágico banho de sangue, resultando nas mortes brutais de 12 pessoas em pouco mais de 48 horas, fato que ganhou grande repercussão regional, estadual e até em âmbito nacional”.

A denúncia detalha o relatório das investigações e aponta que, dentre os mais de 100 inquéritos policiais instaurados com o objetivo de apurar os crimes em Ceará-Mirim, 74 possuem a mesma dinâmica criminosa: os executores utilizam motos ou carros, balaclavas e roupas escuras, efetuam disparos em quantidade excessiva e em especial na região cervical da vítima, ameaçam as testemunhas presentes e fogem sem deixar qualquer vestígio. Com informações da Tribuna do Norte.

Leia maisEm Ceará-Mirim, Força Nacional prende policial militar suspeito de chefiar milícia

Airbus faz primeiro teste de voo com táxi aéreo elétrico não tripulado

A Airbus informou nesta sexta-feira que sua controlada, a A³ (A-Cube), realizou com sucesso o primeiro teste completo de voo com a aeronave elétrica e autônoma Vahana.

O voo do veículo não tripulado durou 53 segundos e atingiu cinco metros de altura, em teste realizado no Estado do Oregon, nos Estados Unidos.

A A³, empresa da Airbus sediada no Vale do Silício, quer fazer do Vahana o primeiro taxi aéreo movido à eletricidade e capaz de voar sem piloto.

“Em pouco menos de dois anos, o Vahana saiu de esboço feito em um guardanapo para uma aeronave autônoma que completou com sucesso seu primeiro voo”, disse o responsável pelo projeto, Zach Lovering. As informações são de Valor Econômico.

Em feito inédito, crianças recebem implantes de orelhas impressas em 3D

Usando uma combinação de impressão 3D com cultura de células, cientistas da Academia Chinesa de Medicina conseguiram, pela primeira vez, construir orelhas e transplantá-las em cinco crianças nascidas com uma deformidade congênita conhecida como microtia. O feito, que pode revolucionar o tratamento da condição que afeta um em cada 5 mil nascimentos, foi realizado com a coleta de células cartilaginosas do próprio paciente, que foram cultivadas numa estrutura tridimensional da orelha saudável.

“Nós fomos capazes de desenhar, fabricar e regenerar as orelhas externas dos pacientes”, disseram os pesquisadores, no estudo publicado na revista “EBioMedicine”. “No entanto, são necessários esforços adicionais para eventualmente traduzir este protótipo em práticas clínicas de rotina”.

A microtia é uma condição congênita que afeta a formação de uma ou de ambas as orelhas, afetando a audição. Nos casos mais graves, há a ausência total da orelha e do canal auditivo. Atualmente, as opções de tratamento incluem a reconstrução cirúrgica com plástico ou cartilagem das costelas ou o uso de próteses. Na nova abordagem, os cientistas coletaram células cartilaginosas chamadas condrócitos, retiradas da orelha afetada pela microtia do próprio paciente. Então, elas foram colocadas para cultivo em moldes da orelha saudável impressos em 3D. As informações são de O Globo.

Leia maisEm feito inédito, crianças recebem implantes de orelhas impressas em 3D

Arqueólogos encontram Tumba de 4.400 anos perto de pirâmides do Egito

Arqueólogos do Egito dizem ter descoberto uma tumba de 4.400 anos perto das pirâmides do Cairo.

O Ministério das Antiguidades do Egito anunciou a descoberta este sábado e disse que a tumba provavelmente pertencia a uma oficial de alto escalão conhecida como Hetpet durante a 5ª dinastia do Antigo Egito. A estrutura inclui pinturas de parede que retratam Hetpet observando diferentes cenas de caça e pesca.

Segundo Mostafa Al-Waziri, líder da missão arqueológica, as cenas representam um macaco — espécie que, à época, eram considerados animais domésticos —, colhendo frutas e outros dançando diante de uma orquestra.

Mostafa acredita que Hetpet, uma mulher que seria próxima à realeza egípcia, teve outra trumba na necrópole ocidental de Gizé, que abriga as tumbas de altos funcionários do Antigo Egito. As informações são de O Globo.

Lula recorre ao STF para evitar prisão

A defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva entrou com um habeas corpus no Supremo Tribunal Federal (STF) para pedir que o petista possa recorrer em liberdade da sua condenação por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, até que estejam esgotadas as possibilidades de recurso em instâncias superiores.

O mesmo pedido foi apresentado, na terça-feira, no Superior Tribunal de Justiça (STJ), mas foi negado, no mesmo dia, pelo vice-presidente da corte, ministro Humberto Martins. Os advogados afirmam que a decisão deixou Lula “na iminência de sofrer constrangimento ilegal em seu direito de locomoção”.

Na semana passada, o Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4) confirmou a condenação do ex-presidente e aumentou sua pena para 12 anos e 1 mês de prisão. O petista tem direito a recurso nesse tribunal, mas apenas para esclarecer pontos da sentença. Segundo os desembargadores do TRF-4, ele pode ser preso logo após a análise desse instrumento. A intenção da defesa de Lula é se antecipar e garantir a liberdade dele antes dessa essa decisão final do TRF-4 .As informações são de O Globo.

Leia maisLula recorre ao STF para evitar prisão

STF se prepara para julgar os primeiros processos da Lava-Jato

Presidente do PT e deputado do PP inauguram fase decisiva de casos que tramitam na corte

Três anos depois de receber os primeiros inquéritos da Operação Lava-Jato, o Supremo Tribunal Federal (STF) se prepara para bater o martelo sobre os primeiros processos. O relator do caso, ministro Edson Fachin, quer marcar ainda para este semestre o julgamento da senadora paranaense Gleisi Hoffmann, a presidente do PT, e do deputado Nelson Meurer (PP-PR). O veredicto será dado pelos cinco ministros da Segunda Turma da Corte.

Na sexta-feira, Fachin enviou o processo para o colega Celso de Mello, que é o ministro revisor da Lava-Jato. Ele tem a responsabilidade de analisar o caso mais detidamente que os outros integrantes da Segunda Turma e votar logo depois do relator. Assim que o decano do STF elaborar o voto, Fachin poderá agendar o julgamento. Os dois ministros já alinharam que o caso ficará por pouco tempo no gabinete do revisor.

Os dois processos foram escolhidos porque já estão praticamente concluídos. O caso de Gleisi é o mais adiantado e, portanto, deve ser julgado antes. A investigação contra a petista chegou ao STF na primeira leva de inquéritos da Lava-Jato, em março de 2015. Em setembro do ano seguinte, os ministros da Segunda Turma aceitaram a denúncia apresentada pela Procuradoria-Geral da República (PGR) e transformaram o inquérito em ação penal. Também são réus no mesmo processo o marido dela, o ex-ministro Paulo Bernardo, e o empresário Ernesto Kugler. As informações são de O Globo.

Leia maisSTF se prepara para julgar os primeiros processos da Lava-Jato

Nas mãos de Toffoli, o novo pedido de liberdade de Maluf

O ministro Dias Toffoli é o relator no STF de um novo habeas corpus impetrado pela defesa do deputado federal Paulo Maluf nesta quinta-feira, 1. Desta vez, os defensores pedem para que seja sobrestada a decisão de Edson Fachin que mandou executar a pena de 7 anos, 9 meses e 10 dias imposta ao ex-prefeito de São Paulo por lavagem de dinheiro. Maluf está encarcerado desde o dia 20 de dezembro na ala de idosos do Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília.

Ao pedir, novamente, a liberdade de Maluf, a defesa faz um questionamento ao Supremo. “Há uma justificativa para manter na prisão um cidadão com 86 (oitenta e seis) anos de idade acometido de doenças e que, segundo a acusação, teria praticado um crime há 18 (dezoito) anos e, após isso, não respondeu a nenhum tipo de processo?”

Os advogados também respondem: “Ora, se a razão de ser e o ideal da pena é ressocializar e reinserir o cidadão na sociedade de modo que ele não mais pratique crimes, o objetivo estava plenamente alcançado e satisfeito”. As informações são de Luiz Vassallo, Rafael Moraes Moura e Amanda Pupo –  O Estado de São Paulo.

Leia maisNas mãos de Toffoli, o novo pedido de liberdade de Maluf

Deputado chama Alckmin de ‘santo do pau oco’

Geraldo Alckmin (PSDB), governador de São Paulo

Geraldo Alckmin está confiante. Com 11% das intenções de voto no Datafolha, o governador paulista tem como meta chegar ao segundo turno, onde ele só perderia em uma eventual disputa com o ex-presidente Lula.

Mas nem tudo são as mil maravilhas em sua vida. O deputado federal Major Olímpio (SD-SP) entrou com um pedido de impeachment do tucano nesta semana na Alesp. Não deve prosperar, mas a sombra do afastamento sempre causa preocupações.

“Alckmin é igual o santo do pau oco: por fora, cara angelical; por dentro, ouro roubado”, definiu o oposicionista. As informações são de  Pedro Carvalho – VEJA

Edson Fachin libera ação contra senadora Gleisi Hoffmann para revisão

Resultado de imagem para gleisi hoffmann

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Edson Fachin liberou para revisão seu voto em ação penal na qual a senadora Gleisi Hoffmann (PT-PR) e seu marido, o ex-ministro do Planejamento Paulo Bernardo, são réus pelos crimes de corrupção e lavagem de dinheiro, na Operação Lava-Jato.

Com o despacho proferido na quinta-feira, caberá ao ministro Celso de Mello concluir a revisão e liberar a ação para o julgamento, que deve ocorrer ainda neste ano na Segunda Turma da Corte.

Em novembro, ao apresentar as alegações finais no caso, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, pediu a condenação da senadora e de Paulo Bernardo. No processo, ambos são acusados de receber R$ 1 milhão para a campanha da senadora, em 2010. As informações são do Valor Econômico.

Leia maisEdson Fachin libera ação contra senadora Gleisi Hoffmann para revisão

%d blogueiros gostam disto: