DEM traça estratégia para lançar Rodrigo Maia como candidato à Presidência

RODRIGO MAIA

O DEM trabalha para lançar o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (RJ), como candidato à Presidência da República em 2018. A legenda investe no discurso de que ele é o único candidato com capacidade de “reunificar” a política nacional, por ser hoje um dos poucos políticos com trânsito no governo e nos principais partidos da oposição (PT, PC do B e PDT), que o ajudaram a se eleger para o comando da Casa, além de manter boa relação com o Judiciário.

O lançamento da pré-candidatura já tem data para acontecer: 6 de fevereiro, quando está marcada a convenção nacional do DEM. Ao lançar Maia, a estratégia do partido é testar o nome do presidente da Câmara nas pesquisas eleitorais. O parlamentar fluminense tem dito a aliados que só aceita disputar o Palácio do Planalto se atingir pelo menos 10% das intenções de voto. Nos últimos levantamentos, ele ainda patina, com menos de 5%.

“O Rodrigo tem os principais atributos que o legitimam a exercer essa função de candidato do centro: capacidade de diálogo, equilíbrio e serenidade para tomar decisões. Hoje é um presidente respeitado pelo governo e pela oposição, mostrando vocação para romper esse clima de intolerância política que agita o País”, diz o líder do DEM na Câmara, Efraim Filho (PB), um dos principais entusiastas da candidatura de Maia.

Leia maisDEM traça estratégia para lançar Rodrigo Maia como candidato à Presidência

Frente Favela Brasil quer lançar candidatos pela Rede, PDT e PSB

Em fase de coleta de assinaturas para a obtenção do registro partidário, a Frente Favela Brasil (Frente) negocia com a Rede, o PDT e o PSB a filiação de seus integrantes, que conservariam a plataforma do movimento, para disputar as eleições do ano que vem.

— Decidimos criar um partido porque existe um modelo de exclusão. Precisamos estar nos espaços de poder. A gente não quer mais que ninguém organize a gente, queremos falar por nós mesmos. A pauta que nos une é a discriminação de todos nós — diz Celso Athayde, coordenador da Central Única das Favelas (Cufa) e um dos idealizadores da Frente.

Ele ressalta que o partido não é restrito a negros, embora seja focado neles:

— É um partido de moradores de favela que tenham qualquer cor. Obviamente que os brancos não vão ter prioridade nem protagonismo, porque somos maioria também na favela. As informações são de O Globo.

Leia maisFrente Favela Brasil quer lançar candidatos pela Rede, PDT e PSB

Temer omite denúncias e combate à corrupção em discurso de fim de ano

Denunciado duas vezes neste ano pela Procuradoria-Geral da República (PGR), o presidente Michel Temer (PMDB) usou o rádio e a TV, em rede nacional, para fazer um balanço de seu governo na noite de Natal. Sua retrospectiva do ano, no entanto,  não incluiu o combate à corrupção e nem seu esforço para barrar as denúncias na Câmara, que custaram cifras bilionárias aos cofres públicos.

A primeira denúncia foi suspensa em agosto. Nela, o então procurador-geral da República, Rodrigo Janot, acusava Temer de corrupção passiva. Em outubro, com menos aliados na Câmara, foi a vez da Casa barrar a denúncia por obstrução da Justiça e organização criminosa contra Temer.

Diante das  decisão, que suspendeu as acusações enquanto Temer estiver na Presidência, as investigações somente podem prosseguir a partir de 1º de janeiro de 2019. Para conseguir essas duas vitórias, o peemedebista teve que fazer diversas concessões e negociações, de medidas do governo com parlamentares, entre junho e outubro.

Leia maisTemer omite denúncias e combate à corrupção em discurso de fim de ano

Casas ao lado dos parques eólicos no Nordeste vivem sem luz

ARARIPINA/PI-BRASIL, 28/11/2017 - Criancas, Caue 4 anos, Renata, 10 e currinha de 5 anos, moradores de um Vilarejo que sofre com falata de agua proximo as torres de energia eolicas na serra do marinheiro no municipio de Araripina no Piauí Foto: Zanone Fraissat - Folhapress / MERCADO)***EXCLUSIVO***

Energia traz bilhões ao Nordeste, mas benefício fica com poucos

Sentada em frente de casa, num lugar conhecido como serra do Inácio, na divisa entre Piauí e Pernambuco, a aposentada Altina Maria da Costa, 74, reclama do barulho dos gigantescos aerogeradores, localizados a pouco mais de 200 metros: “Ave Maria! Tem dia que a gente nem dorme com elas zoando aí. É uma zoada horrível!”.

Moradora do local há 15 anos, ela é uma das últimas remanescentes das redondezas, depois que 73 famílias foram indenizadas para deixar suas casas para a implantação das 98 torres.

“Continuamos aqui tomando poeira, renovando gripe…”, conta ela, que recusou a oferta para deixar o local.

A casa de três cômodos está cercada por aerogeradores, mas não tem luz. “De noite, a gente usa é vela mesmo.”As informações são da Folha de São Paulo.

Leia maisCasas ao lado dos parques eólicos no Nordeste vivem sem luz

Giba do vôlei se filia ao PSD para atuar na campanha de Ratinho Jr.

ctv-qp8-giba-do-volei

O jogador de vôlei Gilberto Amauri Godoy Filho, mais conhecido como Giba, se filiou ao PSD, após Convenção do partido no Paraná, no último dia 11. O atleta foi convidado pelo pré-candidato a governador, deputado estadual Ratinho JR., para ajudar a elaborar a parte de esportes e educação do plano de governo.

Giba era filiado ao PSDB, partido que integrava desde 2013, mas deixou para integrar a equipe do pré-candidato. Filho do apresentador de TV, Ratinho Jr. foi o primeiro colocado em intenções de voto, segundo levantamento feito pelo Instituto Paraná Pesquisas, em julho.

O campeão olímpico nega a possibilidade de concorrer a um cargo, mas segundo o deputado federal Edmar Arruda (PSD-PR), um dos principais articuladores da campanha de Ratinho, a intenção do PSD é lançá-lo ao Congresso. “Dentro do partido, nós enxergamos o nome dele com uma grande viabilidade para disputar o Senado no Paraná. A gente brinca: vai ter que ser candidato, hein, Giba”, diz. As informações são de  Marianna Holanda, O Estado de S.Paulo .

Leia maisGiba do vôlei se filia ao PSD para atuar na campanha de Ratinho Jr.

Desembargadora decreta ilegalidade de paralisação dos policiais do RN

Resultado de imagem para desembargadora judite nunes

Judite Nunes, do Tribunal de Justiça do Estado, impôs multa de até R$ 30 mil para cada dia de descumprimento

Quase uma semana após o início da paralisação dos serviços de policiamento ostensivo e investigações criminais, policiais militares e civis do Rio Grande do Norte foram obrigados a retomar as atividades neste domingo, 24. A decisão foi tomada pela desembargadora do Tribunal de Justiça potiguar, Judite Nunes. As Associações que representam os praças, cabos, oficiais, bombeiros e policiais civis, porém, ainda não foram comunicadas oficialmente da decisão e o trabalho não foi retomado. A medida judicial impõe multa de até R$ 30 mil às instituições que representam as categorias em caso de descumprimento.

As Associações, ao tomarem ciência da decisão judicial através da imprensa, ressaltaram que não estão em greve, mas cumprindo uma “operação padrão”. Em nota, o Sindicato dos Policiais Civis (Sinpol/RN) manteve o posicionamento publicizado na última sexta-feira, 23. “O Sindicato ressalta que os policiais civis não deflagraram movimento grevista em nenhum momento e sim decidiram se mobilizar para cobrar do próprio Governo a garantia do direito básico do trabalhador, que é o salário em dia”, reafirmam.

Desde a segunda-feira passada, dia 18, quando os agentes se segurança pública do estado decidiram reduzir as atividades ao mínimo possível, o número de ações criminosas tem aumentado em Natal e região metropolitana, principalmente. Três agências bancárias foram explodidas, 21 lojas arrombadas, 319 queixas de roubos e 147 veículos roubados. Os dados são da Secretaria de Estado da Segurança Pública e da Defesa Social (Sesed/RN) e superam as médias diárias em dias considerados comuns, com o policiamento nas ruas.

Leia maisDesembargadora decreta ilegalidade de paralisação dos policiais do RN

Papa pede paz em Jerusalém e solução com ‘dois Estados’

Pope Francis waves to faithful during the Urbi et Orbi (Latin for ' to the city and to the world' ) Christmas' day blessing from the main balcony of St. Peter's Basilica at the Vatican, Monday, Dec. 25, 2017. (AP Photo/Alessandra Tarantino) ORG XMIT: VAT1

Em sua mensagem de Natal, o papa Francisco pediu paz em Jerusalém e rezas para “alcançar uma solução que permita a coexistência de dois Estados”.

“Neste dia de festa, invocamos o Senhor pedindo paz para Jerusalém e para toda a Terra Santa.”

“Rezemos para que entre as partes envolvidas prevaleça a vontade de retomar o diálogo e, finalmente, chegar a uma solução negociada, permitindo a coexistência pacífica de dois Estados”, disse nesta segunda (25).

“Que o Senhor também sustente os esforços de todos aqueles membros da comunidade internacional, movidos de boa vontade, que desejam ajudar essa terra martirizada a encontrar o entendimento, a justiça e a segurança que espera há tanto tempo.” As informações são da AFP 

Leia maisPapa pede paz em Jerusalém e solução com ‘dois Estados’

STJ vai gastar R$ 3,9 milhões com carros de luxo

Em 2018, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) deve gastar R$ 3,9 milhões com a troca dos veículos oficiais de ministros e desembargadores. Os carros de luxo têm custo unitário estimado em R$ 162 mil pelo próprio órgão.

substituição da frota foi deliberada na sessão do Conselho de Administração realizada no dia 22/11/2017 e aprovada por unanimidade, nos termos do voto da Relatora, ministra Laurita Vaz [aquisição de 23 veículos], sendo 12 veículos incluídos no orçamento de 2017 e os demais, condicionados à disponibilidade orçamentária, previstos para o ano de 2018.

A licitação prevê que, além de contar um veículo para cada ministro, a Presidência do Tribunal é atendida com um veículo de representação, o total de veículos a serem adquiridos neste novo processo seria de 24. As informações são de Contas Abertas.

Leia maisSTJ vai gastar R$ 3,9 milhões com carros de luxo

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: