fbpx

Brasil tem 164 mil milionários, mas deve atingir quase 300 mil em 2022

O número de milionários brasileiros caiu de 172 mil em 2016 para 164 mil em 2017, mas deve subir para quase 300 mil (296 mil) até 2022, diante das perspectivas de crescimento da economia brasileira. O cenário é traçado pelo Relatório Global de Riqueza do Credit Suisse, divulgado nesta terça-feira pelo banco em Zurique. Em um prazo de cinco anos, também até 2022, a riqueza das famílias brasileiras deve avançar dos atuais US$ 2,5 trilhões para US$ 4 trilhões.

Milionários são aqueles que conseguem acumular riqueza em valores locais equivalentes a US$ 1 milhão.

“Afetado ao mesmo tempo por crises política e econômica, o Brasil enfrentou sérias dificuldades nos últimos anos. Em linha com isso, a riqueza média por adulto caiu 35% desde 2011”, aponta o relatório.

A desigualdade de renda no país fica clara no relatório: quase metade da riqueza do país (44%) está nas mãos de apenas 1% dos brasileiros.

Leia maisBrasil tem 164 mil milionários, mas deve atingir quase 300 mil em 2022

Justiça bloqueia R$ 1,5 milhão da Prefeitura de Natal para conclusão de obra de drenagem

O juiz Bruno Lacerda Bezerra Fernandes, da 2ª Vara da Fazenda Pública da Comarca de Natal, determinou o bloqueio de R$ 1,5 milhão nas contas do Município de Natal. De acordo com a decisão do juiz, que tem caráter liminar e foi proferida nesta terça-feira (14), o valor será destinado para a conclusão de obras de drenagem no bairro de Lagoa Nova.

A decisão foi motivada por uma Ação Civil Pública, ajuizada pelo Ministério Público do Rio Grande do Norte em julho, que questiona a interrupção de obras de drenagem no trecho entre as avenidas/ruas Capitão Mor Gouveia, Jerônimo Câmara, São José e Jaguarari. A obra, segundo o MP, solucionaria um problema crônico de alagamento na região, drenando a água que ali se acumula para lagoas de captação de águas pluviais no Centro Administrativo de Natal.

Ainda de acordo com o MPRN, a obra está incluída na licença ambiental de instalação concedida para a realização das obras de mobilidade urbana para Copa 2014, tendo recursos da ordem de R$ 4, milhões garantidos pelo Ministério das Cidades. Enquanto isso, o Município de Natal  sob o comando do prefeito Carlos Eduardo Alves, teria que prestar uma contrapartida de R$ 1,3 milhão. A obra chegou a ser iniciada, mas após um dos túneis previstos no projeto encontrar uma adutora da Companhia de Águas e Esgotos do Rio Grande do Norte (Caern), o trabalho foi interrompido e paralisado.

Leia maisJustiça bloqueia R$ 1,5 milhão da Prefeitura de Natal para conclusão de obra de drenagem

MEC divulga gabarito oficial do Enem

O gabarito oficial do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) foi disponibilizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação e responsávem pelo exame, na tarde desta terça-feira, 14.

As notas só serão divulgadas no dia 19 de janeiro. Como o Enem é corrigido por meio da Teoria de Resposta ao Item (TRI), um mesmo número ce acertos pode levar a notas diferentes, já que as questões têm pesos diferentes.

Clique aqui para acessar o gabarito oficial

Jucá defende mudanças na reforma trabalhista via Medida Provisória

Romero Jucá critica a oposição

O líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), defendeu nesta terça-feira, 14, que as alterações da reforma trabalhista devem ser enviadas por meio de Medida Provisória (MP). Para ele, o envio de um projeto de lei, como defende o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), geraria “uma insegurança jurídica muito grande”. “Defendo que seja o mais rápido possível, pois foi feito um entendimento com todo mundo. Para dar segurança jurídica, a regra precisa valer já”, afirmou

Segundo Jucá, o presidente Michel Temer deve tomar uma decisão até esta quarta-feira, 15, após ponderar todos os aspectos sobre a questão. Ele lembrou que a proposta foi aprovada sem modificações no Senado devido ao compromisso do governo de editar posteriormente uma MP com as alterações acordadas. Ele ponderou, no entanto, que “não há conflito” com Maia, apenas “posições divergentes”.

Leia maisJucá defende mudanças na reforma trabalhista via Medida Provisória

Maia critica excesso de MPs e ‘interferência permanente’ do governo

Maia

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, criticou nesta terça-feira (14) o número de medidas provisórias editadas pelo governo. Segundo Maia, as MPs estão trancando a pauta e interferindo de forma crescente nos trabalhos da Casa. O presidente da Câmara participou de um anúncio de repasse de recursos de emendas parlamentares a unidades de pronto-atendimento em municípios do Rio de Janeiro.

“O que eu fico preocupado é com essa interferência do Poder Executivo no Poder Legislativo de forma permanente. Temos dez medidas provisórias trancando a pauta na Câmara dos Deputados. É muito ruim você ter uma pauta que acaba sendo quase toda ela monopolizada pelo Poder Executivo”, disse Maia. Ele mencionou a MP prometida a senadores para ajustar trechos da reforma trabalhista.

Rodrigo Maia voltou a dizer que considera inconstitucional a mudança de leis trabalhistas por medida provisória e acrescentou que, caso as alterações venham por meio de projeto de lei, serão votadas em no máximo três semanas, segundo a Agência Brasil.

Leia maisMaia critica excesso de MPs e ‘interferência permanente’ do governo

Ministros do TCU entregam auditorias de 94 obras ao Congresso

Ministros do Tribunal de Contas da União (TCU) estiveram no Senado nesta terça-feira para entregar ao presidente do Congresso, Eunício Oliveira (PMDB-CE), um relatório feito pelo órgão em que são detalhadas auditorias realizadas em 94 grandes obras do Brasil, que contam com uma dotação orçamentária de R$ 26 bilhões. Desses 94 empreendimentos, o tribunal apontou indícios de irregularidades graves em 72.

Ao deixar a reunião com o presidente, o ministro Vital do Rego explicou que o levantamento faz parte do Fiscobras 2017, um plano de fiscalização anual realizado pelo TCU para acompanhar o processo de execução de obras públicas que recebem financiamento total ou parcial com recursos da União.

— O presidente desta Casa encaminhará ao presidente da Comissão Mista de Orçamento, que tem um comitê específico para definir a sobrevivência, a paralisação ou a manutenção dessas obras que apresentam indícios de irregularidades, ou não, auditadas pelo TCU — explicou o ministro. As informações são de O Globo.

Leia maisMinistros do TCU entregam auditorias de 94 obras ao Congresso

Quadrilha pagou fatura de R$ 28 mil do cartão de crédito de superintendente da Caixa, diz PF

Resultado de imagem para caixa economica federal

Polícia Federal mapeou o fluxo financeiro de uma empresa de consultoria contratada pela Caixa e descobriu que ela pagou uma fatura de R$ 28 mil do cartão de crédito do superintendente de Tecnologia da Informação do banco, Jair Vasconcelos Filho, principal alvo da investigação denominada Operação Back Bone.

Agentes da PF fazem buscas em endereços do superintendente.

A Operação Back Bone, em sua fase inicial, investiga contratos de oito empresas de Tecnologia da Informação com a Caixa. O inquérito é presidido pelo delegado Leandro Ribeiro, da Superintendência da PF em Brasília.

A PF mapeou todas as empresas que ganharam contratos milionários da Caixa – somando R$ 385 milhões.

A investigação revela que as empresas repassavam valores dos contratos para a empresa de consultoria ACS – iniciais de Antônio Conceição Soares, antecessor de Jair Vasconcelos Filho na Superintendência de TI da Caixa. As informações são de O Estado de São Paulo.

Leia maisQuadrilha pagou fatura de R$ 28 mil do cartão de crédito de superintendente da Caixa, diz PF

FDA aprova a primeira pílula que pode ser rastreada pelo corpo humano

A Administração de Alimentos e Drogas dos EUA (FDA, na sigla em inglês) aprovou nesta segunda-feira a primeira pílula que pode ser digitalmente monitorada pelo corpo. O medicamento Abilify MyCite (aripiprazole), usado para tratar transtornos mentais como esquizofrenia e depressão em adultos, tem um sensor acoplado ao remédio que registra se a medicação foi tomada ou não.

Um adesivo usado pelo paciente recebe e transmite essa informação ao seu celular. O médico que prescrever o remédio também poderá acessar esses dados, caso o paciente permita, segundo o Globo.

Apesar de especialistas acreditarem que a tecnologia possa ajudar a melhorar o monitoramento e adequação das medicações, a empresa responsável pela pílula ressalta que o produto não teve resultados comprovados para isso. A bula do medicamento também diz que o Abilify MyCite não deve ser usado para rastrear a ingestão em tempo real ou durante uma emergência. Isso porque a detecção pode ser lenta ou nem acontecer.

Leia maisFDA aprova a primeira pílula que pode ser rastreada pelo corpo humano

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: