FHC defende Alckmin para presidência do PSDB

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso defendeu nesta sexta-feira que o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, assuma a presidência nacional do PSDB. Em nota divulgada numa rede social, FH anuncia que seu candidato à sucessão interna é o governador paulista porque o considera como a mais viável opção para construir uma unidade partidária para 2018.

O ex-presidente se reuniu ontem com Alckmin em São Paulo para avaliar a crise tucana. Há alguns dias aliados do governador têm defendido o nome dele como alternativa à disputa interna entre o senador Tasso Jereissati e o governador Marconi Perillo.

No texto, FH anunciou que, se a convergência em torno de Alckmin não se concretizar, o candidato dele a presidente do partido será Tasso. Com essa posição, o líder tucano consolida um distanciamento em relação ao senador Aécio Neves, que destituiu ontem Tasso da presidência interina do PSDB e nomeou o vice-presidente Alberto Goldman.

Segurança pública do RN cancela paralisação na segunda-feira

Autoridades da Polícia Militar participaram da reunião com representantes do Governo do RN para impedir paralisação (Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi)

Os servidores da segurança pública do Rio Grande do Norte voltaram atrás e decidiram que não vão mais paralisar as atividades na segunda-feira (13). A decisão aconteceu depois de uma reunião ocorrida nesta sexta-feira (10) entre os representantes dos servidores e do governo do estado, com intermédio do Ministério Público.

Os funcionários do Estado se mobilizaram em virtude dos atrasos salariais que estão acontecendo mês após mês no Rio Grande do Norte. De acordo com a Associação dos Bombeiros Militares do Rio Grande do Norte (ABM-RN), ficou decidido que os salários de outubro em atraso dos servidores da segurança pública, ativos e inativos, serão pagos até a próxima sexta (17).

Ainda de acordo com a Associação, uma assembleia será realizada às 18h desta sexta (10) para legitimar o acordo junto à categoria. O acordo foi confirmado pelo Gabinete Civil do Governo do RN.  As informações são do G1 RN.

Leia maisSegurança pública do RN cancela paralisação na segunda-feira

Sindicais protestam contra nova lei trabalhista; CUT diverge e faz ato separado no DF

Um dia antes de começar a valer as novas regras trabalhistas aprovadas pelo Congresso, centrais sindicais realizam manifestações em várias regiões do país. O ato também contesta a reforma da Previdência em discussão na Câmara. Para as entidades sindicais, a reforma trabalhista proposta pelo presidente Michel Temer (PMDB), que modificou mais de cem artigos da Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), retira a proteção da classe trabalhadora e abre caminho para a terceirização de todos os setores.

Em Brasília, a Central Única do Trabalhador (CUT) fez um ato separado das demais centrais sindicais. A discordância sobre um item da reforma, que diz respeito ao imposto sindical, que pela nova legislação deixa de ser obrigatório, levou à separação. Rodrigo Brito, presidente da CUT no DF, defendeu a nova legislação nesse ponto do texto. “Se é que podemos dizer que houve uma coisa boa nessas mudanças, foi exatamente o fim do imposto sindical, porque quem deve decidir se vai colaborar é o trabalhador, por meio de assembleias, e não o governo”, disse.

Pela manhã, a tímida manifestação da CUT aconteceu no Espaço do Servidor da Esplanada dos Ministérios. De acordo com a Polícia Militar (PM), reuniu 150 pessoas. Um outro ato, organizado pelas demais centrais sindicais, está previsto para esta tarde na capital. As informações são de Congresso Em Foco.

Leia maisSindicais protestam contra nova lei trabalhista; CUT diverge e faz ato separado no DF

Equipe do IFRN é vice-campeã do RoboCup Junior Soccer

João Rafael e Lucas Moura, alunos do Campus Natal-Central, foram destaque no maior evento latino-americano sobre robótica.​

No dia 11 de novembro encerrou-se o Robotica 2017, maior evento sobre a área na América Latina. O evento teve início na última quarta-feira (8) e equipes de pesquisa dos campi Natal-Central, Parnamirim e Santa Cruz encontraram-se na capital do Paraná.

Os estudantes João Rafael e Lucas Moura, dos cursos técnicos em Manutenção e suporte e do Informática para internet, do Campus Natal-Central, com orientação do professor Allyson Soares conquistaram o segundo lugar na RoboCup Junior Soccer, uma das competições do evento.

Leia maisEquipe do IFRN é vice-campeã do RoboCup Junior Soccer

‘Não tenho decisão sobre eleição’, diz Henrique Meirelles

Meirelles

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, disse nesta sexta-feira (10) que não tomou nenhuma decisão sobre eventual candidatura nas eleições de 2018. Ele afirmou “ter conhecimento” de que é um presidenciável porque pessoas citam seu nome nas bolsas de apostas e têm essa expectativa de que ele concorra. Meirelles frisou, porém, que essas especulações não afetam a condução da política econômica, pelo contrário: reforçam as propostas da atual equipe de continuidade das reformas.

“Não tenho decisão (sobre as eleições de 2018)”, disse o ministro em entrevista coletiva após almoço com empresários na Federação das Indústrias do Rio Grande do Sul (Fiergs). “Continuo focado no Ministério da Fazenda”, acrescentou. Ele evitou todas as perguntas sobre se ele gostaria de um dia ser candidato. “São diferentes maneiras de perguntar a mesma coisa”, brincou.

Mais cedo, Meirelles disse que o assunto candidatura seria algo a ser avaliado em março do ano que vem (perto do prazo limite para a desincompatibilização de quem ocupa cargos públicos). Questionado sobre essa declaração, ele desconversou. “Todos deverão tomar uma decisão (nessa data) se concorrerão a cargo eletivo”, disse. As informações são da Agência Estado.

Leia mais‘Não tenho decisão sobre eleição’, diz Henrique Meirelles

FHC diz que apoiará Tasso à presidência do PSDB

FHC

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso divulgou na tarde desta sexta-feira, 10, uma mensagem em seu Facebook na qual afirma que apoiará o nome do senador Tasso Jereissati (CE) à presidência do PSDB, caso o partido não encontre uma convergência até sua convenção, marcada para o dia 9 de dezembro. Nesta quinta-feira, Tasso foi destituído do comando interino da sigla pelo senador Aécio Neves (MG).

“Se porventura tal convergência não se concretizar, o que porá em risco as chances do PSDB, já disse que apoiarei a candidatura do senador Tasso Jereissati à presidência do partido”, escreveu. O ex-presidente acrescentou, porém, que não faz ressalvas à eventual candidatura do governador de Goiás, Marconi Perillo, “a quem respeito por sua fidelidade ao PSDB e pelo bom governo que faz”. As informações são de O Estado de São Paulo.

Leia maisFHC diz que apoiará Tasso à presidência do PSDB

Deputado George Soares, o inimigo número UM dos médicos do RN

Resultado de imagem para george soares deputado

Com um salário de R$ 25.322,25 mensal, o deputado estadual George Soares, que paga mais de R$ 10 mil por mês ao empresário Alderlan Lenilson Bento da Silva, mais conhecido por “Manubu” para que ele tome conta de sua politicagem barata no Assú, sem dar uma hora de expediente no gabinete do parlamentar em Natal, virou inimigo dos médicos que salvam vidas diariamente e por pura picuinha quer reduzir de todo jeito, os salários dos profissionais que foram aprovados em concurso público da Prefeitura do Assú.

No maior descaramento, o deputado George Soares e o seu irmão, prefeito Gustavo Soares, com ajuda do coordenador do Sindicato dos Servidores Municipais -SINDSEP, Eurian Nóbrega, querem que sejam reduzidos os salários dos médicos que recebem salários em torno de R$ 14 mil. A campanha comandada por George Soares, o transforma no inimigo Número UM dos médicos do Rio Grande do Norte.

Maia diz que decisão do STF sobre Ficha Limpa foi ‘muito dividida’ e ‘prejudica’

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta sexta-feira que, em princípio, há uma decisão sobre a aplicação da Lei da Ficha Limpa que “prejudica” as pessoas de forma retroativa, num sinal de apoio ao movimento de parlamentares para que a regra não possa ser aplicada em casos anteriores ao ano em que começou a valer.

Maia disse que a legislação brasileira não costuma retroagir e que a decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o tema foi “muito dividida”. Ele confirmou que há um requerimento de urgência para que o projeto que trata do tema seja votado rapidamente e destacou que a decisão será dos líderes, na semana do dia 21 de novembro. Devido ao feriado do dia 15, não haverá votações na próxima semana.

— A princípio, há de fato uma decisão que prejudica (para) antes da lei, antes da criação da Lei da Ficha Limpa. Temos que avaliar com cuidado para que o plenário possa decidir sobre isso também. Há uma decisão do STF, que foi muito dividida, que retroage os efeitos da Lei da Ficha Limpa. A legislação brasileira, no ponto de vista de muitos, nunca retroagiu para prejudicar. Então, é essa a dúvida que está colocada e que está colocada no projeto. Se ele vai avançar ou não vai, essa é uma questão que vamos discutir depois com os líderes — disse. As informações são de O Globo.

Leia maisMaia diz que decisão do STF sobre Ficha Limpa foi ‘muito dividida’ e ‘prejudica’

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: