Robinson defende criação de Sistema Único de Segurança em Encontro de Governadores

O governador Robinson Faria participou nesta sexta-feira (27) do “Encontro de Governadores do Brasil pela Segurança e Controle das Fronteiras – Narcotráfico, uma emergência nacional”, em Rio Branco, no Acre. O evento promoveu a discussão conjunta, entre estados e União, de medidas de enfrentamento à violência, de combate ao narcotráfico e de fortalecimento das fronteiras tidas como rota de comércio ilegal de armas, drogas e contrabando.

A reunião, proposta por Robinson durante o último encontro de governadores, no mês de maio, foi a primeira dessa natureza no país reunindo governadores e secretários de segurança. Além do Brasil, também estiveram presentes representantes de países como a Bolívia, Equador, Peru e Colômbia.

“É a primeira vez que vejo o Brasil reunido para debater segurança pública. É um grito de socorro, de convocação, de chamamento. Acho que este encontro é uma grande oportunidade para que tenhamos, a partir de então, uma nova postura de segurança pública. Não estamos aqui para eleger culpados, nem corrigir o passado”, disse o governador.

Robinson Faria foi o representante a falar pela Região Nordeste. Na ocasião, ele defendeu a criação de um Sistema Único de Segurança.

Leia maisRobinson defende criação de Sistema Único de Segurança em Encontro de Governadores

20 governadores cobram mais ajuda da União para segurança pública

Resultado de imagem para No AC, 20 governadores cobram mais ajuda da União para segurança pública

Em busca de soluções para a segurança pública, 20 governadores se reuniram nesta sexta-feira (27) em Rio Branco para cobrar do governo federal mais recursos para combater o narcotráfico e controlar a fronteira.

Diante dos ministros da área de segurança do presidente Michel Temer (PMDB), os governadores defenderam mais dinheiro para segurança pública, maior controle da fronteira, endurecimento das leis e integração entre as forças de seguranças estaduais e da União.

“A curto prazo, dinheiro. A médio prazo, fundos. A longo prazo, mudanças constitucionais”, afirmou o governador de Mato Grosso, Pedro Taques (PSDB), que defendeu a criação de um ministério específico para segurança pública e um tratamento diferenciado para Estados fronteiriços.

“O México basicamente perdeu a sua juventude para as drogas. Não queremos que isso ocorra no Brasil”, afirmou o governador do Acre, Tião Viana (PT), na abertura. As informações são de FABIANO MAISONNAVE, Folha de São Paulo.

Leia mais20 governadores cobram mais ajuda da União para segurança pública

CNBB condena ‘barganha de emendas’ e aponta ‘ameaça’ à democracia

MICHEL TEMER

A Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB) divulgou uma nota nesta quinta-feira, 26, dois dias depois da sessão da Câmara que impediu a investigação do presidente Michel Temer por obstrução à Justiça, na qual condena a “barganha na liberação de emendas parlamentares pelo governo” e faz um alerta sobre a situação social e política do país. Segundo a CNBB, existe um divórcio entre a classe política e a sociedade brasileira.

“A barganha na liberação de emendas parlamentares pelo Governo é uma afronta aos brasileiros (…). O divórcio entre o mundo político e a sociedade brasileira é grave”, adverte a CNBB.

Estado revelou na quarta-feira que o custo das medidas e concessões feitas a parlamentares para barrar as duas denúncias contra Temer pode chegar a R$ 32 bilhões. As informações são de Ricardo Galhardo, O Estado de S.Paulo.

Leia maisCNBB condena ‘barganha de emendas’ e aponta ‘ameaça’ à democracia

Gilmar Mendes diz que STF proíbe a vaquejada e permite o aborto

Gilmar Mendes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes voltou a criticar hoje (27) o posicionamento da Corte sobre temas polêmicos que foram julgados recentemente. Ao participar de um seminário sobre Direito Constitucional, em Brasília, Mendes disse que “de vez em quando nós somos esse tipo de Corte que proíbe a vaquejada e permite o aborto”.

Na avaliação do ministro, o grande número de demandas que chegam à Corte produziu erros nos julgamentos sobre a validade da vaquejada e na decisão da Primeira Turma da Corte que descriminalizou o aborto no primeiro trimestre de gravidez.

“A decisão [sobre aborto] poderia ter sido favorável à pessoa, por conta do excesso de prazo [de prisão], mas não se precisava entrar no tema. Entrou no tema, porque se viu possibilidade de fazer maioria. De vez em quando nós somos esse tipo de Corte que proíbe a vaquejada e permite o aborto”, criticou o ministro.

O relator da ação sobre a descriminalização do aborto foi o ministro Luís Roberto Barroso. As informações são da Agência Brasil.

Leia maisGilmar Mendes diz que STF proíbe a vaquejada e permite o aborto

Raquel Dodge defende prosseguimento das investigações sobre Temer

Temer

A Procuradora-Geral da República, Raquel Dodge, contrariando pedido da defesa de Michel Temer, defendeu o prosseguimento das investigações no Supremo Tribunal Federal (STF) sobre o presidente em relação à edição de um decreto que trata do setor portuário.

Na mensagem encaminhada ao relator do inquérito, o ministro Luís Roberto Barroso, Raquel Dodge destacou que há diligências (atividades da investigação) a cumprir.

A defesa do presidente Michel Temer havia informado o STF que contratos da Rodrimar foram analisados pela Secretaria Nacional dos Portos e houve uma recomendação em parecer para que nem todos os contratos fossem renovados. Com isso, os advogados pediam que Barroso reconsiderasse a decisão – que autorizou a instauração do inquérito contra o presidente. As informações são da Agência Estado.

Leia maisRaquel Dodge defende prosseguimento das investigações sobre Temer

Papa Francisco conversa com astronautas da Estação Espacial

Por sua posição na Igreja Católica, muitos acreditam que o Papa Francisco está mais perto do céu, mas nesta quinta-feira, ele teve contato com algumas pessoas que estão ainda mais perto. Numa chamada de vídeo via satélite, o Pontífice conversou com os seis astronautas da 53ª expedição da Estação Espacial Internacional.

A conversa durou cerca de 20 minutos. Do espaço, o comandante da missão, Randolph Bresnik, estava ao lado dos cinco especialistas a bordo da estação: o italiano Paolo Nespoli, os russos Sergey Ryanzansky e Alexander Misurkin, e os americanos Joe Acaba e Mark Vande Hei. Sentado no salão Paulo VI, Francisco estava acompanhado do presidente da Agência Espacial Italiana, Roberto Battiston, e pelo diretor da Agência Espacial Europeia Josef Aschbacher.

Durante a conversa, Francisco abordou temas simples, como as diferenças percebidas pelos astronautas na vida a bordo da Estação Espacial Internacional, mas também de assuntos complexos, como o lugar da Humanidade no universo e a paixão pela exploração espacial.

Leia maisPapa Francisco conversa com astronautas da Estação Espacial

Aneel confirma conta de luz mais alta em novembro

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) confirmou, nesta sexta-feira, que as contas de luz ficarão mais caras em novembro. O órgão manteve a bandeira tarifária vermelha no patamar 2 em vigor, após aumentar a cobrança extra na tarifa nesse caso de R$ 3,50 para R$ 5,00 a cada 100 kilowatt-hora consumidos.

Na última terça-feira, a agência aprovou o aumento de 42,8% no valor cobrado pela bandeira vermelha no patamar 2. O mês de outubro foi o primeiro em que essa cota extra, a maior do modelo, foi acionada.

Com o aumento da bandeira vermelha, a conta de luz de novembro do carioca deve ficar 2,7% mais cara que a de outubro, segundo cálculos da Light feitos com base no consumo médio de energia por domicílio.

A decisão desta semana foi tomada por conta do baixo volume dos reservatórios das hidrelétricas. O nível de água nas barragens das usinas está entre os piores da História e em patamares inferiores aos registrados em 2001, ano em que o Brasil passou por um racionamento de energia.

Governo arrecada R$ 6,15 bilhões com leilões do pré-sal

Resultado de imagem para Governo arrecada R$ 6,15 bilhões com leilões do pré-sal

Com a venda de seis das oito áreas ofertadas, o governo arrecadou R$ 6,15 bilhões com as duas rodadas de licitação do pré-sal realizadas nesta sexta (27). O valor representa 79% da receita total esperada inicialmente.

Governo e ANP (Agência Nacional do Petróleo, Gás e Biocombustíveis) classificaram o resultado como “estrondoso sucesso”, alegando que os ganhos para o país com a exploração das áreas será maior do que o estimado.

Isso porque houve grande competição por alguns dos blocos -nesses leilões, venceram os consórcios que se comprometeram a entregar o maior volume do petróleo produzido à União, depois de descorados os gastos nos projetos.

Na segunda rodada de licitações, o percentual mínimo médio ficou em 52,8% e na terceira, em 58,5%. São valores maiores do que os 41,65% do primeiro leilão do pré-sal, em 2013, quando foi vendida a área de Libra.

“O bônus é importante sim, mas o ganho que virá com o petróleo no futuro é muito mais”, disse o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho. As informações são de NICOLA PAMPLONA, Folha de São Paulo.

Leia maisGoverno arrecada R$ 6,15 bilhões com leilões do pré-sal

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: