fbpx

Robinson defende compensação financeira para ampliar investimentos na Segurança

Na reunião dos governadores realizada no início da tarde desta terça-feira, 12, na cidade de Diamantina, em Minas Gerais, o governador do RN, Robinson Faria, defendeu um novo modelo de compensações para os estados que permita o encontro de contas com a União.

“Precisamos imediatamente de uma compensação para estas perdas, que refletem na população em áreas primordiais como Segurança Pública”, destacou o chefe do Executivo potiguar.

O foco das perdas destacadas pelo governador está na Lei Kandir, que regulamentou a aplicação do Imposto sobre a Circulação de Mercadorias e Prestações de Serviços de Transporte Interestadual, Intermunicipal e de Comunicação (ICMS). Uma das normas desta legislação é a isenção do pagamento de ICMS sobre as exportações de produtos primários e semielaborados ou serviços.

Leia maisRobinson defende compensação financeira para ampliar investimentos na Segurança

Vereador evangélico de Assú recebe mais de R$ 20 mil de auxilio paletó e ainda quer vale alimentação

Irmão Stélio Márcio, da Assembléia de Deus, é um parlamentar guloso por dinheiro

O vereador do Assú Stélio Márcio Leitão, não tem do que reclamar da mamata implantada na administração do presidente da Câmara Municipal João Wálace, do PR. Com um salário mensal de R$ 8 mil, o vereador que se diz evangélico, embolsa todo mês mais R$  2.500,00 perfazendo um salário mensal de R$ 10.500,00, agora virou defensor do vale alimentação no valor de R$ 1,040 para engordar a sua conta bancária.

Este ano, o vereador Stélio Márcio, já recebeu mais de R$ 20 mil referente a indenizações e restituições dos cofres públicos, apelidado de auxílio paletó, conforme documento abaixo:

 

Governadores de 7 Estados pedem encontro de contas para sanar dívidas

Da esq. para dir., governador do RN, Robinson Faria (PSD), governador do AC, Tião Viana (PT), governador do MT, Pedro Taques (PSDB), governador de MG, Fernando Pimentel (PT), governador de SE, Jackson de Lima (PMDB), governador do PI, Wellington Dias (PT) e governador de RO, Confúcio Moura (PMDB)

“Da esq. para dir., governadores do RN, Robinson Faria (PSD); do AC, Tião Viana (PT); do MT, Pedro Taques (PSDB; de MG, Fernando Pimentel (PT); de SE, Jackson de Lima (PMDB); do PI, Wellington Dias (PT); e de RO, Confúcio Moura (PMDB)

Reunidos em Diamantina (MG) por ocasião de cerimônia em homenagem a Juscelino Kubitschek, sete governadores pediram nesta terça-feira (12) um encontro de contas com o governo federal para sanar dívidas dos Estados com a União.

“O que desejamos é que nossos Estados e a União possam promover, em clima de solidariedade e de diálogo, o encontro de contas capaz de mensurar as dívidas de todos os entes federados e deduzi-los das dívidas com a União”, afirmaram em carta.

O encontro foi conduzido pelo governador de Minas Gerais, Fernando Pimentel (PT). Com o Estado em calamidade financeira, o petista defende que tem a receber até R$ 135 bilhões para repor a perda de receita com a desoneração do ICMS imposta pela Lei Kandir. As informações são de CAROLINA LINHARES, Folha de São Paulo.

Leia maisGovernadores de 7 Estados pedem encontro de contas para sanar dívidas

Funaro diz que ministro Eliseu Padilha tentou monitorar sua delação

BRASÍLIA, DF, BRASIL 28-04-2010 13h40: A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) das ONGs, no Senado Federal, ouve Lúcio Bolonha Funaro (foto), corretor de câmbio que intermediou operações para dirigentes da Cooperativa Habitacional dos Bancários (Bancoop). Local: Sala 2 da Ala Nilo Coelho. Politica. Foto: Lula Marques / Folha imagem. *** FOTO EM ARTE E NÃO INDEXADA ***

O operador financeiro Lúcio Funaro disse em sua delação premiada que o ministro Eliseu Padilha (Casa Civil) “ficou incumbido” de monitorar as chances de ele fazer um acordo com a Procuradoria-Geral da República.

Segundo o depoimento, que integra o termo número 1 da colaboração de Funaro, homologada pelo Supremo Tribunal Federal, “Eliseu Padilha ficou incumbido de fazer esse acompanhamento, valendo-se, para tanto, da sua amizade com os líderes dos escritórios e causídicos que o defenderam”.

Funaro, implicado na investigação como operador do PMDB da Câmara, aponta Antônio Cláudio Mariz, Eduardo Ferrão e Danier Gerber, este último atual advogado de Padilha, como os criminalistas responsáveis por ajudar nesse monitoramento. Todos chegaram a atender Funaro.

O delator disse ainda que Ferrão é “amigo de longa data” de Padilha. As declarações de Funaro, hoje preso no presídio da Papuda, em Brasília, são citadas no relatório da Polícia Federal no inquérito que investigou suposta quadrilha do “PMDB da Câmara”. O documento foi entregue segunda (11) pela PF ao STF.

A PF aponta indícios de crimes cometidos pelo presidente Michel Temer e outros membros do partido, entre eles Padilha e o ministro Moreira Franco (Secretaria-Geral da Presidência), além dos ex-deputados Eduardo Cunha,Geddel Vieira Lima e Henrique Eduardo Alves, todos os três hoje presos. As informações são de BELA MEGALE, CAMILA MATTOSO e REYNALDO TUROLLO JR., Folha de São Paulo.

Leia maisFunaro diz que ministro Eliseu Padilha tentou monitorar sua delação

Xico Sá rebate afirmação de Zezé sobre ditadura no Brasil

Resultado de imagem para zeze di camargo

Em reação à afirmação do cantor sertanejo Zezé di Camargo que o Brasil não passou por um período ditatorial e, sim, pelo que classificou como militarismo, o jornalista Xico Sá, colunista do El País, rebateu: “Se o pau-de-arara fosse no seu cu, Zezé, talvez você tivesse outra opinião”.

Em sua conta no Twitter, o jornalista ainda criticou o termo “Ditabranda”, que relativiza a violência adotada no Brasil no período ditatorial vivido entre 1964 e 1985. “Depois que a Folha (de São Paulo) cunhou aquele erro histórico chamado Ditabranda, virou modinha achar que não houve ditadura no Brasil”, criticou Sá, ex-colunista da Folha.

Além de Xico Sá, outros jornalistas também criticaram a afirmação do sertanejo. Também no Twitter o jornalista Antero Greco ironizou o comentário de Zezé. “Terra é plana, o nazismo era esquerda, saci existe, o homem não foi pra Lua, manga com leite mata e não teve ditadura no Brasil entre 64 e 85”. As informações são da Agência Estado.

Leia maisXico Sá rebate afirmação de Zezé sobre ditadura no Brasil

Barroso autoriza inquérito para investigar Temer

Michel Temer

O ministro Luis Barroso, do Supremo Tribunal Federal, autorizou a abertura de inquérito contra o presidente Michel Temer (PMDB). A investigação mira o Decreto dos Portos que teria favorecido uma empresa do setor.

A necessidade de uma investigação contra Temer e o ex-deputado Rodrigo Rocha Loures (PMDB-PR) foi inicialmente apontada pelo procurador-geral da República, Rodrigo Janot, em junho, quando a Ministério Público Federal enviou à Corte máxima a denúncia contra o presidente por corrupção passiva.

Em agosto, em manifestação enviada ao Supremo, o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, insistiu na abertura de um novo inquérito, segundo informações da Agência Estado.

Na época, Janot apontou a necessidade de apurar possíveis crimes de lavagem de dinheiro, corrupção ativa e corrupção passiva. Segundo a PGR, durante as investigações relacionadas ao caso da JBS foram identificados “outros fatos penalmente relevantes, os quais merecem ser devidamente apurados em inquérito próprio”.

Alckmin diz que sempre defendeu prévias: ‘democracia começa em casa’

Geraldo Alckmin

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin (PSDB-SP), reforçou nesta terça-feira, 12, sua defesa para que o candidato do PSDB à Presidência da República seja escolhido por meio de prévias internas. Como um dos fundadores do partido, o tucano afirmou que a democracia tem de começar “dentro de casa”.

“Sempre defendi que, quando você tem mais de um candidato, você deve ampliar a escuta. Você erra menos e acerta mais. Ninguém se sente alijado”, explicou antes de citar o modelo norte-americano como referência. “Como o modelo americano se sustenta com dois partidos? Tem primária e você vai afunilando. Sempre defendi (prévias), sou fundador do partido, a sétima assinatura em 1988, democracia começa dentro de casa”, complementou.

As declarações de Alckmin têm como alvo o prefeito de São Paulo, João Doria, que havia rechaçado a possibilidade de disputar prévias no PSDB. Recentemente, em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o prefeito João Doria disse que são as pesquisas de intenção de voto que serão determinantes na escolha do candidato tucano ao Palácio do Planalto em 2018. Isso porque Doria é um dos nomes mais bem cotados nos levantamentos feitos por institutos de pesquisa. As informações são da Agência Estado.

Leia maisAlckmin diz que sempre defendeu prévias: ‘democracia começa em casa’

Para procurador, provas em denúncia contra Lula são ‘batom na cueca’

Lula

O procurador Hebert Mesquita, responsável pela operação Zelotes, disse nesta terça-feira (12) que as provas apresentadas em denúncia de tráfico de influência contra o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva são “batom na cueca” e demonstram que o petista, após deixar o Palácio do Planalto, ofereceu seu prestígio a empresas, em troca de viabilizar um contrato bilionário e a edição de uma medida provisória no governo de Dilma Rousseff.

De acordo com o investigador, a acusação está baseada numa série de mensagens e documentos que comprovam que Lula e o filho caçula, o empresário Luís Cláudio Lula da Silva, se envolveram em negociações com lobistas do setor privado, relativas ao contrato de compra de caças suecos fabricados pela multinacional sueca Saab e à edição da medida provisória 627, de 2013, que prorrogou inventivos fiscais a montadoras de veículos. Ambas as medidas foram tomadas na gestão Dilma.

Mesquita alega que houve encontros para tratar dos dois assuntos e que uma empresa de Luís Cláudio recebeu R$ 2,5 milhões do lobista Mauro Marcondes Machado, representante das empresas interessadas nas decisões, como remuneração pelo apoio de Lula. O repasse foi revelado pelo jornal “O Estado de S. Paulo” em 2015.

Leia maisPara procurador, provas em denúncia contra Lula são ‘batom na cueca’

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: