PF cumpre 6 mandados de prisão contra fraudes em contratações na saúde

Policiais federais cumprem hoje (6) seis mandados de prisão e onze de busca e apreensão no Rio de Janeiro, São Paulo, Goiás e Distrito Federal. Os alvos são empresários e agentes públicos suspeitos de fazer contratações irregulares para serviços públicos, especialmente na área da saúde. Até as 7h de hoje, três pessoas já tinham sido presas, de acordo com a Polícia Federal (PF).

Os mandados da operação Dardanários estão sendo cumpridos nas cidades de Petrópolis (RJ), Goiânia, Brasília, São Paulo e São José do Rio Preto (SP). A investigação é um desdobramento das operações Fatura Exposta, Calicute e SOS, que tiveram o ex-governador Sérgio Cabral e gestores de seu governo (2007 a 2014) como investigados.

Os investigados responderão pelos crimes de corrupção, peculato, lavagem de dinheiro e organização criminosa, e após procedimentos de praxe, serão encaminhados ao sistema prisional e ficarão à disposição da justiça.

Leia maisPF cumpre 6 mandados de prisão contra fraudes em contratações na saúde

Ministro garante a Aécio Neves acesso integral a colaborações premiadas que o incriminam

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), assegurou ao deputado federal Aécio Neves (PSDB-MG) o acesso integral às declarações prestadas em colaborações premiadas por diretores da Construtora OAS e da Santa Bárbara Engenharia em processos vinculados ao inquérito policial em que foi indiciado por corrupção e peculato. Os fatos dizem respeito à época em que Aécio governou Minas Gerais e envolvem a construção da nova sede oficial do governo estadual (Cidade Administrativa).

O relator julgou parcialmente procedente a Reclamação (RCL) 42433, em que a defesa de Aécio informou ao Supremo a negativa de acesso aos depoimentos que o incriminam pelo Juízo da Vara de Inquéritos Policiais de Belo Horizonte (MG). Segundo o ministro, houve violação à Súmula Vinculante 14, que garante o amplo acesso, pelo defensor, aos elementos de prova que, já documentados em procedimento investigatório realizado por órgão com competência de polícia judiciária, digam respeito ao exercício do direito de defesa.

Leia maisMinistro garante a Aécio Neves acesso integral a colaborações premiadas que o incriminam

Parlamentares debatem ações dos programas governamentais de apoio à população

Durante a sessão ordinária desta quarta-feira (5), realizada por Sistema de Deliberação Remota (SDR), os deputados abordaram temas de âmbito cultural e esportivo, bem como programas governamentais para melhoria do transporte público e de apoio às populações carentes.

Iniciando o horário destinado aos deputados, Vivaldo Costa (PSD) parabenizou a governadora Fátima Bezerra (PT) pela implementação do Programa “RN Chega Junto” e reiterou sua solicitação para que o Governo do Estado entregue o Castelo de Engady, situado em Caicó, para a administração por parte da Fundação José Augusto.

“Quero começar dizendo que eu aprendi, no sertão, que ‘o pouco com Deus é muito, e o muito sem Deus é nada’. Pois bem, a governadora juntou o que podia de recursos para criar esse programa e está montando uma rede de proteção aos mais pobres do RN. É um projeto em sintonia com a Sethas e que vai chegar aos mais desfavorecidos. Portanto, quero parabenizar a governadora Fátima pela iniciativa”, ressaltou o parlamentar.

Vivaldo falou também sobre seu requerimento ao governo estadual, no sentido de que entregue o Castelo de Engady à administração da Fundação José Augusto, para que seja desenvolvido um programa em favor das crianças e adolescentes que residem na periferia de Caicó.

“O Castelo de Engady foi construído, há meio século, pelo Monsenhor Antenor Salvino de Araújo, e durante muitos anos foi bastante visitado. Hoje, o prédio pertence ao Governo, mas há quinze anos está com suas portas fechadas, sem desenvolver nenhuma atividade. Então eu gostaria de pedir à governadora que entregue o prédio à Fundação, a fim de que seja realizado um projeto cultural, social e esportivo em favor dos jovens da periferia de Caicó, para que esses adolescentes tenham um local para ocupar suas mentes e evitar a marginalização”, finalizou.

Na sequência, a deputada Eudiane Macedo (Republicanos) voltou a exaltar a assinatura, por parte da governadora Fátima Bezerra, da ordem de serviço referente à segunda etapa das obras do Programa Pró-transporte da Zona Norte.

Leia maisParlamentares debatem ações dos programas governamentais de apoio à população

Deputados comentam programa que beneficia pessoas vulneráveis e cobram recuperação de estradas

Os deputados estaduais usaram o horário das lideranças para tratar de diversos assuntos na sessão ordinária por Sistema de Deliberação Remota (SDR) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, que aconteceu nesta quarta-feira (05). Dentre os principais temas, estavam a situação das estradas estaduais na região Trairi e o Programa de ajuda a pessoas em situação de vulnerabilidade.

Foi o deputado estadual Francisco do PT que informou sobre o “Programa RN Chega Junto” que foi lançado pelo Governo do Estado, na terça-feira (04). De acordo com ele, a governadora Fátima Bezerra, preocupada com os setores da população onde os impactos sociais e econômicos caudados pela pandemia afetam mais significativamente as condições de subsistência, lançou o Programa, que terá investimentos na ordem de R$ 9 milhões, para cuidado e acolhimento de quem vive em situação de vulnerabilidade social.

“A intenção é dar a essas pessoas acesso à proteção social, assistencial e saúde. São pessoas em situação de rua, mulheres vítimas de violência, pescadores, refugiados, indígenas, quilombolas, entre outros. Pretende-se chegar junto, por exemplo, dos lares de permanência para idosos, também para fortalecer e intensificar as ações de proteção nesses locais”, explicou o parlamentar. “Em que pese todas as dificuldades enfrentadas, o governo vem se esforçando para chegar junto das pessoas que mais precisam, das populações mais vulneráveis”, complementou.

Já o deputado Ubaldo Fernandes (PL) fez pronunciamento fazendo um alerta para a situação das estradas estaduais, especialmente na Região do Trairi. “Nosso mandato tem cobrado do governo a recuperação das nossas estradas. Foram muitas cobranças, reuniões com prefeitos, vereadores, e, nesta quarta-feira (04), tivemos mais uma reunião com o diretor-geral do DER/RN, Manoel Marques, cobrando do governo atenção em relação a isso”.

Segundo o parlamentar, o governo viabilizou o repasse de R$ 17 milhões para o DER, para que pudessem ser feita essas recuperações. “E eu tenho visto péssima qualidade das estradas na região do Trairi. Estradas deterioradas que há anos não recebem nenhuma recuperação. Por isso nós cobramos, pelo menos, o programa tapa buraco, já que para o recapeamento não há disponibilidade de recurso no momento. Alguns prefeitos dessa região se propuseram a ser parceiros nesses serviços, inclusive”, disse.

Leia maisDeputados comentam programa que beneficia pessoas vulneráveis e cobram recuperação de estradas

Participe da Live de lançamento da campanha da ALRN contra violência doméstica

Hoje, 06 de agosto, a campanha “Violência Doméstica: precisamos dar um basta nisso” será lançada oficialmente pelo presidente da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, Ezequiel Ferreira (PSDB), às 9h, através de uma “Live” com transmissão pela TV Assembleia, canal 51.3 e do Canais do Youtube: TVAssembleia RN e @AssembleiaRN .

Participam da “Live” representantes do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte (TJRN), via a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar, o Ministério Público Estadual (MPE/RN); a Defensoria Pública Estadual (DPE/RN), Governo do RN, Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SESED/RN), Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos – (SEMJIDH/RN), Prefeitura Municipal do Natal, Secretaria de Trabalho e Ação Social, Secretaria de Políticas para as Mulheres e Ordem dos Advogados do Brasil (OAB/RN).

A campanha será divulgada nas televisões, rádios e meios eletrônicos de comunicação com ferramentas de inovação como uso do QR Code nas peças publicitárias produzidas pela agência Base Propaganda. Além das peças, a inovação será as atividades virtuais com ciclo de “Lives” com estratégia de engajamento através das redes sociais para que todos tenham acesso ao conteúdo.

Com a pandemia do novo coronavírus que provocou o isolamento das pessoas em suas casas, em quarentena, desde o mês de março; o mundo parou e os efeitos já são sentidos na economia, na educação e em questões sociais. Um dos casos que mais chama atenção em relação ao período de isolamento social é a violência doméstica. No Brasil, os números aumentaram e no Rio Grande do Norte, os casos cresceram (assustadoramente) 258%.

ATUAÇÃO PARLAMENTAR – Dados da violência doméstica no Brasil – principalmente em relação a vítimas mulheres – apontam que 1 em cada 5 mulheres já foi espancada pelo companheiro e, em 71% dos casos, a violência ocorre com frequência. O tema é um dos mais discutidos entre os deputados estaduais durante as sessões remotas na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e também o que mais registra solicitações de requerimentos ao Executivo como reforço policial e ainda, projetos de lei.

Leia maisParticipe da Live de lançamento da campanha da ALRN contra violência doméstica

Covid19: MPRN recomenda atualização do plano de contingência de seis Municípios

O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN) recomendou às Prefeituras de São Francisco do Oeste, Água Nova, Encanto, Rafael Fernandes, Francisco Dantas e Riacho de Santana que atualizem imediatamente seus Planos Municipais de Contingenciamento da Covid-19. As gestões municipais devem incluir as orientações acerca do protocolo e fluxo de acesso aos leitos para pacientes infectados pelo vírus instituído pela atualização do Plano Estadual de Contingência.

Os Municípios também foram orientados para que realizem regulação de pacientes apenas por profissional médico, por meio do Sistema Regula RN (https://regulacao.saude.rn.gov.br) e atue em articulação com a regional de saúde e a Secretaria de Saúde Pública do Rio Grande do Norte (Sesap). A recomendação foi publicada nesta terça-feira (4) pela 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Pau dos Ferros no Diário Oficial do Estado (DOE).

Houve uma atualização recente no Plano Estadual de Contingência, que passou a adotar um modelo direcionado ao fortalecimento da regionalização, incluindo a lista de hospitais aptos ao atendimento, outras unidades de referência com leitos Covid-19, distribuídos por região de saúde. Enquanto isso, os planos municipais em vigor ficaram com alguns pontos dissonantes em relação ao plano estadual. Os municipais foram elaborados em março e portanto, agora precisam passar por uma revisão.

O planejamento emergencial dos Estados e Municípios objetivou fazer face à emergência de saúde pública decorrente do coronavírus por meio do funcionamento dos serviços de saúde, em especial da Rede de Urgência e Emergência. Foi prevista a ampliação da oferta de leitos hospitalares e de terapia intensiva, a aquisição de insumos, equipamentos e medicamentos, tendo em vista a rápida disseminação e letalidade da doença, principalmente para o chamado grupo de risco.

A 3ª Promotoria de Justiça da Comarca de Pau dos Ferros também está requisitando que no prazo de cinco dias, diante da urgência do caso, que os Municípios adotem medidas com o objetivo de prestar informações sobre o cumprimento ao que foi recomendado (encaminhando documentação comprobatória pertinente, preferencialmente, por meio eletrônico).

Assembleia aprova projeto que dá mais transparência a contratos emergenciais

Foi aprovado por unanimidade, na sessão remota por videoconferência desta quarta-feira (5), projeto de lei de autoria do deputado Coronel Azevedo (PSC), que dispõe sobre a transparência nos contratos emergenciais firmados pelo poder público em razão da situação de calamidade. Os deputados também aprovaram projeto do deputado George Soares (PL) que institui no calendário oficial de eventos do RN a festa comemorativa da Beata Irmã Lindalva.

Na discussão, o autor da iniciativa, Coronel Azevedo, disse que esta é mais uma ação entre as já implementadas pela Casa durante a pandemia. “Esse projeto busca tão somente dar transparência nessas contratações e permitir um maior controle social para que todos acompanhem como estão sendo utilizados os recursos”, afirmou o deputado.

De acordo com o projeto, a Administração Pública Estadual deve publicar, no site da transparência, a relação dos contratos emergenciais firmados,por todos os órgãos estaduais, em razão da situação de calamidade decorrente da pandemia. A publicação deverá conter os dados como: órgão contratante, número do processo de contratação ou de aquisição com numeração do instrumento contratual; nome do contratado ou representante legal, CPF ou CNPJ, justificativa, além de outros dados.

“Nesse momento é de extrema importância a divulgação de todos os contratos decorrentes do estado de calamidade pública instituído por decreto, sejam da Sesap ou de qualquer outro órgão, visando dar mais transparência a todos os processos”, afirmou o deputado.

Religiosidade
A festa da Beata Irmã Lindalva, realizada em Assu, a cada ano amplia a participação popular. “É um momento de muita alegria e muita fé para todos nós assuenses. É uma homenagem muito justa à nossa conterrânea, que foi assassinada no convento em que vivia e hoje está em processo de canonização. Com certeza ela será beatificada e será a santa do Brasil e do Rio Grande do Norte”, disse George Soares.

Brasileiro que vive no exterior usa suas redes sociais para denunciar investidor belga que é responsável pelo Paraiso do Brasil em Touros

O paulista Douglas Antônio da Silva e sua esposa, a polonesa Iwona Marzena Strawa da Silva, realizaram no ano de 2018 negócio imobiliário com investimento no empreendimento Paraiso do Brasil localizado na cidade de Touros, litoral norte do Rio Grande do Norte.

A casa que o paulista e sua esposa adquiriram ainda na planta deveria ter sido construída e entregue até julho de 2019 de acordo com o contrato celebrado entre o senhor Douglas e o proprietário do empreendimento senhor Johannes Leopold Bartholomeus Mallants, que recebeu o valor a vista de R$ 270.000,00 (duzentos e setenta mil reais). Com isso o contratante gravou vídeo e divulgou nas suas redes sociais, para que outros investidores não fossem “lesados” pelo empresário.

Acontece que o imóvel nunca foi entregue aos contratantes e passados dois anos da data do pagamento, integral do valor, o brasileiro só descobriu depois de ter pago o valor pactuado, que o senhor Johannes responde a uma lista interminável de processos, tanto na esfera cível como trabalhista, só na comarca de Touros o empresário responde a mais de 30 (trinta) processos, onde figura como réu, sendo alguns deles;

Betty Ann M Sneppe. Rescisão Contratual Proc. ref. n˚ 0800745-97.2019.8.20.5158
Ivano Peserico, Adjudicação compulsória: Proc. Ref. n˚ 0100085-46.2018.20.0158
Marc Maurissen Adjudicação compulsória: Proc. Ref. n˚ 0800191-65.2019.8.20.5158
Marie Christine Celina Adjudicação compulsória: Proc. Ref. n˚ 0800374-70.2018.8.20.5158
Julian Anthony Davis Adjudicação compulsória: Proc. Ref. n˚ 0800647-15.2019.8.20.5158
Alfio Rorato Adjudicação compulsória: Proc. Ref. n˚ 0800726-91.2019.8.20.5158
PierLuca Fabbri Adjudicação compulsória: Proc. Ref. n˚ 0800703-48.2019.8.20.5158
Mirian Antonia Tavares Resolução contratual, Proc. Ref. n˚ 0800434-05.2020.8.20.5158

Leia maisBrasileiro que vive no exterior usa suas redes sociais para denunciar investidor belga que é responsável pelo Paraiso do Brasil em Touros

Campanha da Assembleia Legislativa estimula diálogo sobre violência doméstica

A Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte vem mobilizando instituições, gestores e entidades da sociedade que lidam com a temática da violência doméstica no Estado para integrarem a partir do próximo dia 06 de agosto, em razão dos 14 anos da Lei Maria da Penha a campanha “Violência Doméstica: precisamos dar um basta nisso”. O objetivo é combater a violência dentro de casa e conscientizar as pessoas em relação aos danos físicos e psicológicos que a vítima acumula.

A mobilização já tem a adesão de membros do Tribunal de Justiça do Estado do Rio Grande do Norte (TJRN), via a Coordenadoria Estadual da Mulher em Situação de Violência Doméstica e Familiar; o Ministério Público Estadual (MPE/RN); a Defensoria Pública Estadual (DPE/RN), Governo do RN, Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SESED/RN); Secretaria de Estado das Mulheres, da Juventude, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos – (SEMJIDH/RN); Prefeitura Municipal do Natal; Secretaria de Trabalho e Ação Social; Secretaria de Políticas para as Mulheres; organizações não governamentais, entre outras.

O crescimento dos casos de violência doméstica é resultado da pandemia do novo coronavírus que provocou o isolamento das pessoas em suas casas, em quarentena, desde o mês de março; o mundo parou e os efeitos já são sentidos na economia, na educação e em questões sociais. Um dos casos que mais chama atenção em relação ao período de isolamento social é a violência doméstica. No Brasil, os números aumentaram e no Rio Grande do Norte, os casos cresceram (assustadoramente) 258%.

Dados da violência doméstica no Brasil – principalmente em relação a vítimas mulheres – apontam que 1 em cada 5 mulheres já foi espancada pelo companheiro e, em 71% dos casos, a violência ocorre com frequência. O tema é um dos mais discutidos entre os deputados estaduais durante as sessões remotas na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte e também o que mais registra solicitações de requerimentos ao Executivo como reforço policial e ainda, projetos de lei.

Leia maisCampanha da Assembleia Legislativa estimula diálogo sobre violência doméstica

Para José Dias, adiamento de reforma da Previdência permite discussão profunda

O deputado José Dias (PSDB) retomou o tema da reforma da Previdência dos servidores estaduais do RN. Foi durante a sessão remota por videoconferência desta quarta-feira (5), onde o parlamentar se pronunciou e afirmou que haverá oportunidade para que o projeto seja discutido com mais profundidade e tranquilidade.

“A Assembleia retirou da pauta a PEC da Previdência e isso foi feito para que tivéssemos a oportunidade de discutir com mais profundidade e tranquilidade, mas não significa que saiu completamente do radar. Temos que ter a consciência de que vamos ter que enfrentar esse assunto mas não podemos evitar discussão, nem fazer com que a votação seja feita a toque de caixa”, criticou José Dias.

O deputado disse em relação a este tema, que o governo estadual está usando a “justificativa mais incorreta que se pode imaginar, que é o Estado fazer a sua reforma porque o Governo Federal obriga”. José Dias afirmou que está faltando humildade e grandeza nesse momento. “No passado se apregoava que a situação da previdência era superavitária, no Brasil e no Estado, que era algo maravilhoso, como se fosse uma mina de ouro produzindo muito”, analisou.

O parlamentar afirmou que há necessidade de reforma para se buscar um equilíbrio econômico e financeiro para que se atenda não somente à questão do pagamento dos servidores, mas de atender às necessidades básicas da população.

O silêncio ensurdecedor do prefeito Gustavo Soares prova autoritarismo de seu irmão deputado e mais uma mentira pro povo do Assú


Desde que seu irmão, o autoritário deputado George Soares, anunciou que Gustavo Soares é candidato sim a reeleição sem a participação dele no programa, o silêncio ensurdecedor tem tomado de conta do prefeito, e na terra dos poetas não se fala em outra coisa.

O que estranha é que o prefeito Gustavo participou de programa para anunciar que desistia da reeleição, encenou uma grande peça teatral, onde chorou de frente às câmeras, e lamentou que ser vítima do COVID-19, fez ele repensar na vida e escolher sua profissão de médico, ao invés de ser prefeito. Mas o irmão deputado e mais prejudicado com a desistência foi pra rádio sozinho, e anunciou a mudança de idéia e que Gustavo seria candidato.

Só que o silêncio tem tomando de conta do prefeito, que foi obrigado pelo irmão a ser candidato, porque quer a todo custo garantir a boquinha que tem na Prefeitura do Assú para fazer barganha com votos pela sua eleição de deputado em 2022. E há quem desconfie que ele vai ser mesmo candidato, e nessa novela mexicana, o grupo dos Soares fingem, mentem, e enganam a população do Assú, como sempre fizeram.

Na verdade, a manobra inicial orquestrada por Ronaldo Soares, que surrupiou a prefeitura de Assú em milhões, na época em que era prefeito, era a esperança de que o povo de Assú, clamasse pelo nome de Gustavo, solicitando que o mesmo voltasse a disputar a prefeitura. Mas o tiro saiu pela culatra, eles tinham feito até um favor, pois o povo gostou e muito da desistência.

Como eles não conseguiram o que queriam, já que a gestão atual é um desastre e vai de mal a pior, voltaram atrás na decisão, e ficam nesse jogo de enganação e briga por interesses próprios.

Nelter Queiroz cobra pagamento de salários atrasados dos servidores do RN

O deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) cobrou nesta quarta-feira (05) o pagamento dos salários atrasados do Governo do Estado. O parlamentar lembrou que os servidores do Rio Grande do Norte ainda não receberam o 13º e o mês de dezembro de 2018, mas, mesmo assim, o Executivo anunciou a convocação de 540 aprovados em concurso para trabalhar na saúde pública.

“É muito estranho ter duas folhas atrasadas e convocar tantos servidores, sem ter conseguido pagar ainda os atrasados. É importante lembrar que a governadora Fátima Bezerra é responsável pelo Governo do Estado e já está há 20 meses no cargo. Nomear 540 servidores é algo bom, mas com atraso de folhas dos servidores?”, questionou o deputado.

Nelter parabenizou ainda os deputados Tomba Farias (PSDB) e Galeno Torquato (PSD) que estiveram essa semana em Brasília, onde se reuniram com o presidente Jair Bolsonaro e os ministros Fábio Faria (das Comunicações) e Rogério Marinho (Desenvolvimento Regional). “Aproveito para convidar a governadora Fátima e sua equipe para irmos até o presidente solicitar recursos para obras importantes no Seridó e Vale do Açu”, finalizou.

Comissão do Meio Ambiente aprova projeto que institui convivência com o semiárido

Instituir a política e o sistema estadual de convivência com o semiárido no Rio Grande do Norte é o objetivo de um Projeto de Lei que foi aprovado em reunião da Comissão de Defesa do Consumidor, Meio Ambiente e Interior, realizada na tarde desta terça-feira (4) pelo Sistema de Deliberação Remota (SDR) da Assembleia Legislativa.

A matéria é de iniciativa da deputada Isolda Dantas (PT) e foi relatada pelo deputado Sandro Pimentel (PSOL). O relator destacou a importância do Projeto, no encaminhamento do seu voto, que recebeu aprovação unânime dos seus colegas de Comissão.

“A convivência com o semiárido é fundamental. Antes se falava em combater o semiárido, diferente de agora que o importante é conviver. Essas políticas públicas fortalecem a agricultura familiar e a economia solidária, que são muito importantes para a sociedade em nosso Estado, seja no campo ou na cidade”, registrou Sandro Pimentel.

Ao todo, a Comissão discutiu, votou e aprovou nove projetos, em reunião que contou com a presença dos deputados Kleber Rodrigues (PL), Sandro Pimentel e Ubaldo Fernandes (PL).

Outra matéria bastante discutida foi a que Institui o Código de Defesa e Proteção aos Animais do Estado, de iniciativa do deputado Sandro Pimentel, que foi relatado pelo presidente da Comissão, deputado Ubaldo Fernandes.

Os parlamentares concordaram com o autor do Projeto de que essa foi uma das mais importantes de sua iniciativa em defesa dos animais, porque trata de todas as espécies. “A Assembleia Legislativa vai deixar um legado para o Rio Grande do Norte, porque não existe uma legislação nesse porte”, comemorou o deputado Sandro.

‘Não pretendo nem participar, nem opinar nas eleições’, diz Rogério Marinho

O ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, afirmou na manhã desta quarta-feira (5) que não pretende se manisfestar sobre as eleições municipais deste ano. Em entrevista para o jornalista Diógenes Dantas, no Jornal 96, o integrante da equipe do Governo Bolsonaro foi enfático para dizer que irá se abster.

“O debate das eleições municipais pra mim está completamente fora. Estou ministro do Estado, não pretendo nem participar, nem opinar com relação ao pleito. Estarei completamente distante da eleição municipal”, declarou.

Rogério Marinho explicou também a saída do PSDB e afirmou que mantém um bom relacionamento com outros políticos que permanecem na sigla. “a minha saída do PSDB foi um processo amadurecido a partir do meu insucesso eleitoral em 2018. Inclusive, na época a minha expectativa era, além de sair do partido, estava avaliando a possibilidade de não voltar para o processo político. Como eu fui convidado para participar do Governo Bolsonaro, fiquei meio que suspenso na questão partidária e eu saí sem muito alarde. Sai na verdade em março deste ano, apenas não dei publicidade ao fato. Quem deu publicidade foi o presidente do partido, porque foi cobrado por alguns membros do partido em São Paulo que eu estaria no governo como membro do PSDB”, relembra.

“Eu tenho um excelente relacionamento com ex-deputado Bruno, que é presidente nacional do PSDB, com boa parte da bancada, com o prefeito Álvaro Dias, com o deputado Ezequiel, com os deputados Tomba, Gustavo, José dias, todo o grupo do PSDB no Rio Grande do Norte, são amigos, são companheiros. Agora eu não tenho mais como ficar em um partido que na minha opinião perdeu um pouco de sua aderência com as bandeiras que eu defendia anteriormente”, afirma Marinho.

Sem partido, o ministro foi perguntado ainda sobre a possibilidade de filiação no partido que o presidente da República pretende criar, o Aliança pelo Brasil. “Não penso nisso nesse momento. A minha expectativa é ser um bom ministro do Desenvolvimento Regional. A minha aspiração é tentar o que eu puder fazer para dar segurança hídrica ao Nordeste”, respondeu.

Com informações, No Minuto. 

Segunda Turma garante novo acesso de Lula a acordos de leniência entre Odebrecht e MPF

A Segunda Turma do Supremo Tribunal Federal (STF), na sessão realizada nesta terça-feira (4), por maioria de votos, assegurou à defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva acesso restrito aos acordos de leniência firmados entre a Odebrecht e o Ministério Público Federal (MPF). De acordo com a decisão, proferida na Reclamação (RCL) 33543, os advogados poderão ter acesso a elementos de prova já documentados e que lhes digam respeito na ação penal relativa à suposta cessão de terreno para construção de sede do Instituto Lula, ressalvadas eventuais diligências em curso ou em deliberação.

A defesa alegava haver restrições ao compartilhamento das provas, mesmo diante da determinação do ministro Edson Fachin, relator da reclamação, para que o Juízo da 13ª Vara Federal Criminal de Curitiba (PR) concedesse o acesso aos autos em que fora depositado o acordo de leniência, inclusive em relação aos sistemas “MyWebDayb” e “Drousys”.

Leia maisSegunda Turma garante novo acesso de Lula a acordos de leniência entre Odebrecht e MPF

MPRN ajuíza ação para que se realizem obras necessárias à desativação ou recuperação de barragem em Angicos

Prefeitura Municipal de Angicos - O que é?
O Ministério Público do Rio Grande do Norte (MPRN), por meio da Promotoria de Justiça da comarca de Angicos, ajuizou uma ação civil pública para que o Poder Judiciário determine a imediata regularização da situação da Barragem São Miguel 2, com a obtenção do licenciamento ambiental junto ao Instituto de Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente do Rio Grande do Norte (Idema) e da outorga de uso da água no Instituto de Gestão das Águas do Estado do Rio Grande do Norte (Igarn).
Na ação judicial, o MPRN destaca que a estrutura só não entrou em colapso, com posterior  desastre ambiental em razão da pronta atuação estatal, diante da inércia do proprietário da barragem. O problema vem sendo acompanhado desde setembro de 2019, por meio de Inquérito Civil instaurado para apurar a situação de risco da Barragem São Miguel 2, a partir de ofício do Ibama, encaminhando relatório de vistoria realizada na referida barragem em 23 de abril de 2019. O procedimento investigou e constatou o funcionamento de empreendimento sem que houvesse autorização dos órgãos competentes, especialmente quanto à Licença Ambiental.
A vistoria noticiou que a Barragem São Miguel 2, que recebe águas do Rio Pataxó, corria risco iminente de rompimento, que poderia causar efeito cascata em barragens/açudes a jusante com risco de romper outro açude, que colocaria em risco as cidades de Angicos e de Ipanguaçu. Ainda segundo o Ibama, o aumento de volume de água na Barragem São Miguel 2 se deu devido ao recebimento de água proveniente de um rompimento anterior da Barragem São Miguel 1, no município de Fernando Pedroza. Foi relatada na vistoria, também, a falta de manutenção na barragem, contribuindo para a gravidade de um possível arrombamento.

Leia maisMPRN ajuíza ação para que se realizem obras necessárias à desativação ou recuperação de barragem em Angicos

Maior evento agropecuário do RN, Festa do Boi cancela sua 58ª edição por causa da pandemia da Covid-19

Evento acontece todos os anos no Parque Aristófanes Fernandes, em Parnamirim (Arquivo) — Foto: Klênyo Galvão/G1

Maior e mais famoso evento agropecuário do Rio Grande do Norte, a Festa do Boi teve sua 58ª edição, prevista para 2020, cancelada por causa da pandemia do novo coronavírus. A informação foi confirmada em comunicado da Associação Norteriograndense de Criadores (Anorc), que organiza a feira anualmente no mês de outubro.

Em 2019, o evento movimentou cerca de R$ 50 milhões em negócios e foi visitado por 240 mil pessoas, entre os dias 12 e 19 de outubro. Além de exposições agropecuárias, leilões e rodada de negócios, a feira conta com shows e parque de diversões, que atraem públicos variados.

Segundo a Anorc, a diretoria participou de uma reunião na noite desta terça-feira (4) para discutir a realização do evento em 2020, diante do cenário de pandemia. Uma possível edição da Festa do Boi 2020 em formato virtual não está descartada, mas o modelo e seus detalhes ainda estão em estudo, segundo a organização.

Leia maisMaior evento agropecuário do RN, Festa do Boi cancela sua 58ª edição por causa da pandemia da Covid-19

Nelter Queiroz demanda requerimentos pra CAERN e EMATER em prol de Jucurutu

O deputado estadual Nelter Queiroz (MDB) voltou a cobrar benefícios ao Governo do Estado para sua terra natal, Jucurutu. As demandas foram encaminhadas para a Companhia de Águas e Esgotos (CAERN) e para o Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (EMATER).

Para a CAERN, o parlamentar voltou a cobrar a extensão do abastecimento hídrico para atender os bairros Pedra do Navio e Vila do Velame. Já para a EMATER, Queiroz cobrou a reabertura da unidade existente no município, que se encontra fechada há alguns meses.

“Requerimentos de grande importância pra nossa Jucurutu, em especial para os moradores dos bairros Vila do Velame e Pedra do Navio, e para os moradores de nossa zona rural. Continuaremos cobrando estas ações até conseguirmos sensibilizar o Governo do Estado para viabilizar estas solicitações”, destacou o deputado.

Projeto visa acabar com prática abusiva no prazo de marcação de consultas

Entre as dez matérias discutidas, votadas e aprovadas pela Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ) da Assembleia Legislativa em reunião realizada na tarde desta terça-feira (4), está o Projeto de Lei 41/2020, de autoria do deputado Gustavo Carvalho (PSDB), que foi relatado pela deputada Cristiane Dantas (SDD) e que propõe acabar com prática abusiva para o consumidor.

“Atualmente tem sido abusiva uma prática que afeta de forma geral os beneficiários de planos privados de assistência à saúde. Sempre que ocorre a tentativa de agendamento, a secretária inicia o atendimento com a seguinte pergunta: é por convênio ou é particular? Seguida de justificativa que se for particular existe vaga hoje, mas se for por convênio, só terá horário disponível daqui a dois meses” justifica o deputado autor da propositura.

O Projeto proíbe a diferenciação no prazo de marcação de consultas, exames e outros procedimentos e medidas entre pacientes cobertos por planos ou seguros privados de assistência à Saúde e os pacientes particulares.

Entre as outras matérias aprovadas pela CCJ está o Projeto de Lei que dispõe sobre a política estadual de sementes de cultivares e mudas crioulas no Rio Grande do Norte.

Antes do início dos trabalhos, o presidente da Comissão, deputado Kleber Rodrigues (PL) apresentou um balanço do número de matérias analisadas em julho último. Tramitaram na Comissão 73 projetos. No mês anterior foram 179 matérias deliberadas. Algumas matérias estão em diligência aguardando resposta dos órgãos para onde foram encaminhadas com pedidos de informações.

Participaram da reunião os deputados Kleber Rodrigues, Coronel Azevedo (PSC), Hermano Morais (PSB), Cristiane Dantas e George Soares (PL)

Ministério Público quer esclarecimentos sobre possível falta de medicamentos na UBS em Assú

Enquanto o prefeito faz esbanja recursos de propagandas miraculosas com as obras de infraestrutura, a saúde da cidade do Assú piora a cada dia, e agora foi alvo do Ministério Público, que quer esclarecimentos sobre a falta de medicamentos na Unidade Básica de Saúde do bairro Vertentes em Assú.

O Ministério Público corajosamente, quer saber o motivo do desabastecimento, quais medicamentos estão em falta pra o tratamento de suspeitos do Covid-19, e desde quando está nessa situação.

Agora o prefeito fantoche que vive de enganar o povo com mídia criada para essa finalidade, esbanjar obras e esconder os problemas, vai ter que se explicar de como está fazendo uso dos recursos públicos que são do povo e deveria servir para cuidar do serviço básico que é a saúde de todos.

Aras adota tom conciliador e nega ser autor de ataques à Lava Jato

O procurador-geral da República, Augusto Aras, negou nesta terça-feira (4) ser autor de ataques à Lava Jato e buscou a conciliação em novo encontro do CSMPF (Conselho Superior do Ministério Público Federal).

Na semana passada, durante sessão do colegiado, Aras bateu boca com subprocuradores após ser cobrado pelas recentes críticas ao trabalho das forças-tarefas da Lava Jato. O conselho é a instância máxima deliberativa dentro da instituição.

Aras disse que sempre tratou colegas da procuradoria com respeito e que quer evitar embates desnecessários.

“Todos sempre tiveram de mim o tratamento mais respeitoso possível”, afirmou. “Eu não posso dizer também que não tenha tido o tratamento mais respeitoso de todos, embora tenha algumas reservas no que toca a alguns assuntos.”

Leia maisAras adota tom conciliador e nega ser autor de ataques à Lava Jato

Líderes da Assembleia debatem saúde, desabastecimento e agricultura familiar

Os problemas identificados na saúde pública do Estado – além da pandemia –, o desabastecimento de água em municípios potiguares e o lançamento de projetos a favor dos agricultores familiares dominaram os discursos do horário de lideranças da sessão por webconferência desta terça-feira (04) da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte.

Dr. Bernardo (Avante) foi o primeiro a se pronunciar e trouxe para o debate justamente o desabastecimento registrado na cidade de Almino Afonso. O parlamentar revelou ter apresentado um requerimento, endereçado ao Governo do Estado e ao diretor da Caern, Roberto Linhares, para se buscar uma solução ao problema. “O município tem passado frequentemente por colapsos. A rede de adutora é antiga. Então estamos requerendo que a Caern tome providências urgentemente para resolver o problema”, disse.

O parlamentar também destacou um projeto de lei que apresentou com o objetivo de permitir ao Governo do Estado prorrogar o prazo de anistia do IPVA das motos com débitos junto ao Detran. Conforme legislação aprovada ano passado, os proprietários tinham até o fim de 2019 para quitar os atrasados do ano e, assim, teriam os débitos anteriores a 2018 perdoados. Dr. Bernardo quer ampliar este benefício até o fim de 2020. “Tem alcance social grande e vem beneficiar, nesse momento dramático da economia, as pessoas que estão passando por dificuldades”, argumentou.

Leia maisLíderes da Assembleia debatem saúde, desabastecimento e agricultura familiar

Reino Unido corre risco de segunda onda de covid-19 duas vezes maior

Londres, coronavírus, COVID-19

O Reino Unido terá uma segunda onda de covid-19 no próximo inverno do Hemisfério Norte duas vezes mais ampla do que o surto inicial se reabrir as escolas sem um sistema mais eficiente de testes e rastreamentos, segundo um estudo publicado hoje (4).

Pesquisadores do University College e da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres modelaram o potencial impacto de disseminação do coronavírus se as escolas forem reabertas, em período integral ou meio-período, permitindo que os pais voltem ao trabalho.

Concluíram que a segunda onda pode ser evitada se 75% das pessoas com sintomas forem identificadas e testadas e 68% de seus contatos forem rastreados, ou se 87% das pessoas com sintomas forem identificadas, e 40% dos contatos, testados.

“No entanto, também prevemos que, na ausência de uma cobertura suficientemente ampla para testagem-rastreamento-isolamento, a reabertura das escolas acompanhada da reabertura da sociedade em todos os cenários pode induzir uma segunda onda de covid-19”, afirmou o estudo, publicado no jornal científico The Lancet Child and Adolescent Health.

“Os resultados de nosso modelo sugerem que a completa reabertura das escolas em setembro de 2020, sem uma estratégia eficiente de testagem-rastreamento-isolamento resultaria em uma taxa R acima de 1 (em que uma pessoa infectada transmite o vírus para pelo menos mais uma pessoa) e em uma segunda onda de infecções que chegaria ao pico em dezembro de 2020 e seria 2 ou 2,3 vezes maior do que a onda original de covid-19.”

Leia maisReino Unido corre risco de segunda onda de covid-19 duas vezes maior

Getúlio alerta para situação de portadores de doenças crônicas no RN

No seu pronunciamento durante a sessão ordinária por videoconferência desta terça-feira (4), o deputado Getúlio Rêgo (DEM) fez um alerta sobre as dificuldades pelas quais passam a população mais humilde do RN que depende dos serviços públicos de saúde no Estado. O parlamentar citou especificamente os pacientes de doenças crônicas.

“As deficiências sempre existiram, mas o Rio Grande do Norte atravessa um momento tormentoso para aqueles que dependem da saúde pública nos procedimentos de alta complexidade de responsabilidade da Secretaria de Saúde Pública (Sesap). É extremamente impactante o que estamos testemunhando no dia a dia”, alertou o deputado.

O parlamentar afirmou que as mudanças nas unidades de saúde, como a redução de leitos no Hospital Ruy Pereira, em Natal, que já não conseguia atender toda a demanda porque sempre teve filas maiores que sua capacidade instalada, agravou ainda mais a vida dos doentes crônicos, especialmente com problemas vasculares.

“Vejo apelos dramáticos, nas redes sociais, mostrando o sofrimento das pessoas. Pacientes diabéticos, com colesterol alto, obstrução nos vasos. Nós que somos médicos sabemos da amplitude que significa a dor por uma obstrução arterial. É impressionante a dor e essa situação vem se agravando dia a dia, porque praticamente parou o fluxo de pacientes dessa especialidade depois da pandemia”, alertou o deputado.

Getúlio Rêgo informou que os deputados que integram a Comissão de Saúde pretendem convidar o titular da Sesap, Cipriano Maia, para prestar esclarecimentos sobre a situação da rende conveniada que atende essa parcela da população. “Hoje tive contato com o deputado Galeno Torquato (PSD), que está em Brasília, para na próxima semana já fazermos um convite ao secretário a fim de que sinalize qual é a possibilidade desse paciente na rede estadual ou conveniada, não dá para esperar mais”, afirmou.

Governos gastaram R$ 13 bi em contratos contra Covid-19, a maioria sem licitação

O governo federal, os estados e os municípios brasileiros já gastaram ao menos R$ 13 bilhões em contratações e aquisições de materiais para o enfrentamento do novo coronavírus. Desses, 80% são compras sem licitação, modalidade de compra que passou a ser permitida com maior frequência dada a urgência da pandemia.

Os dados mais atuais são de 10 de julho. Os números foram tabulados pela CNN a partir de uma base da Controladoria-Geral da União (CGU).

Os dados da CGU analisados pela CNN reuniram informações do governo federal, dos estados e dos municípios, coletados em diários oficiais e portais de transparência. É possível que o valor das contratações e compras seja ainda maior, já que muitas dessas aquisições podem ter ficado de fora dos portais.

A maior parte dos gastos veio dos estados (R$ 6,2 bilhões), seguido pelo governo federal (R$ 4,1 bilhões) e municípios (R$ 2,5 bilhões). Os estados que mais registraram contratos foram Minas (1,6 mil), Rio de Janeiro (1,2 mil) e Paraná (1 mil). Já se considerado o valor total, os maiores gastos foram em São Paulo (R$ 1,4 bilhão), Rio de Janeiro (R$ 1,3 bilhão) e Maranhão (R$ 1,1 bilhão).

Leia maisGovernos gastaram R$ 13 bi em contratos contra Covid-19, a maioria sem licitação

PF faz operação em 2 estados e investiga desvio de R$ 94 milhões nos Correios

Agentes da PF na sede dos Correios, no Rio de Janeiro

A Polícia Federal cumpre na manhã desta terça-feira (4) 12 mandados de busca e apreensão no Rio de Janeiro (capital) e São Paulo (capital, Praia Grande e São Vicente), em residências de investigados e sedes dos Correios.

Segundo informações da PF, a Operação Postal Off II, realizada nesta manhã, é a segunda fase de uma operação desencadeada em setembro de 2019, que visa desarticular uma “organização criminosa que subfaturava valores devidos à Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (EBCT), além de desviar para si grandes clientes no seguimento de postagem de cartas comerciais”.

A investigação começou em 2018, em Santa Catarina, mas os policiais encontraram indícios da “forte atuação” do grupo também no Rio de Janeiro e em São Paulo. A ação contava com a participação de funcionários dos Correios, que faziam com que grandes cargas de clientes fossem distribuídas no fluxo postal sem faturamento ou com faturamento muito inferior ao devido.

O prejuízo causado pela quadrilha é estimado em R$ 94 milhões. Os investigados podem responder pelos crimes de corrupção ativa e passiva, estelionato, violação do sigilo funcional e formação de organização criminosa.

Leia maisPF faz operação em 2 estados e investiga desvio de R$ 94 milhões nos Correios

Operação prende 11 pessoas e 1 suspeito morre em confronto com a polícia no Oeste potiguar

Operação prende 11 pessoas e 1 suspeito morre em confronto com a polícia no Oeste potiguar — Foto: Polícia Militar/Divulgação

Uma operação conjunta da Polícia Militar, Polícia Civil e Polícia penal prendeu 11 pessoas em Patu, no Alto Oeste, na manhã desta terça-feira (4). Os presos são suspeitos de tráfico de drogas. Foram apreendidas armas, munições e drogas. Um suspeito morreu em confronto com a polícia.

A operação chamada de ‘Colheita’ tinha como objetivo cumprir 13 mandados de prisão na cidade. Um dos alvos conseguiu fugir. No momento das abordagens um dos suspeitos reagiu e morreu em confronto com a polícia.

A ação teve o apoio do sistema prisional para transferência imediata dos presos.

Mais informações em instantes.

G1RN

Secretário Municipal de São Gonçalo em seu horário de expediente faz reunião eleitoral em Assú


Informações que chegam de Assú, dão conta de que o Secretário Municipal de Desenvolvimento Econômico e Turismo da cidade de São Gonçalo, Vagner Araújo, esteve hoje na terra dos poetas, nas dependências da Secretaria Municipal de Desenvolvimento, se reunindo com servidores e comissionados, solicitando que eles utilizem mais as redes sociais para tentar impulsionar a campanha de reeleição do prefeito Gustavo. Segundo a fonte, o tema da reunião era ORIENTAÇÕES SOBRE O USO DAS REDES SOCIAIS.

O fato de ir a Assú em horário de expediente do município de São Gonçalo, de onde ele recebe uma salário mensal, já se configura num grave ato de Vagner, pois além de não cumprir expediente, ainda está em uma repartição pública fazendo campanha para o prefeito, supostamente assim, cometendo crime eleitoral e podendo ser processado por improbidade administrativa.

O Ministério Público deve averiguar a reunião realizada em Assú sob o comando de Vagner, e tomar as providências para coibir esse tipo de prática que é ilegal.

Isolda Dantas apresenta Projeto em defesa de comunidades tradicionais durante calamidades

Dispor sobre as medidas de apoio às comunidades tradicionais e aos povos de terreiro para o enfrentamento de surtos, epidemias, pandemias e endemias e seus impactos socioeconômicos no Rio Grande do Norte. Esse foi o conteúdo do Projeto de Lei protocolado pela deputada Isolda Dantas (PT), na Assembleia Legislativa do RN.

“A pandemia do novo Coronavírus (Covid-19) provocou inúmeras consequências em toda a sociedade. As medidas de distanciamento social e os impactos produzidos na Saúde Pública, porém, agravam ainda mais a situação dos povos e comunidades tradicionais, que já vivem em situação constante de vulnerabilidade e necessitam, portanto, de ações específicas para superar este momento”, ressaltou Isolda.

Para a parlamentar, se antes já era possível identificar limites na produção para subsistência e na aquisição de alimentos e medicamentos para essas comunidades, agora a situação está ainda mais crítica.

De acordo com o texto do projeto, estarão envoltos pela futura Lei: I – Quilombolas, ainda que, em razão de estudos, de atividades acadêmicas, de tratamento de sua própria saúde ou de seus familiares, estejam residindo fora das comunidades de origem; II – comunidades tradicionais de pesca artesanal; III – povos e comunidades tradicionais de matrizes africanas; IV – povos e comunidades indígenas.

Leia maisIsolda Dantas apresenta Projeto em defesa de comunidades tradicionais durante calamidades

FARRA COM DINHEIRO PÚBLICO: Prefeito de Ipanguaçu já pagou mais de 4 milhões para empresa de Ceará Mirim


O prefeito de Ipanguaçu, Valderedo Bertoldo, tem currículo extenso em sua vida política com o gasto desordenado de recursos públicos, já que desde que assumiu, paga a empresa A D EMPREENDIMENTOS & CONSTRUÇÕES EIRELI ME, para prestar serviço de limpeza e obras no município.

O prefeito de Ipanguaçu já pagou mais de 4 milhões de reais em 3 anos e meio para a empresa que tem sede em Ceará Mirim, e segundo informações do portal da transparência, até dezembro ainda tem empenhado mais de R$ 1 milhão, que vai totalizar em 4 anos, a bagatela de mais de R$ 5 milhões para os donos da AD Empreendimentos.

E assim, a saga de gastador milionário vai enchendo o currículo do prefeito Valderedo, já que na lista dos fornecedores que mais faturaram, ao invés de visualizarmos uma empresa da área de saúde, com medicamentos ou serviços de atendimento para a população, vemos empresa de lixo, construtoras e posto de combustível, mostrando todo o descaso do prefeito com a população.

Na verdade, Valderedo quer mais é torrar o dinheiro do povo com coisas não essenciais e deixar esse mesmo povo a mercê da sorte, sem saúde e educação. Confira aqui os valores recebidos pela AD Empreendimentos.

Escola da Assembleia oferece capacitação em Novas Estratégias de Liderança

Reinventar-se para se adaptar ao “novo normal”. Por conta da pandemia do coronavírus, grande parte dos órgãos e empresas adotaram o teletrabalho e outras alternativas para que pudessem continuar suas atividades. Na Assembleia Legislativa, cuja gestão preza sempre pela inovação, criatividade e boas práticas no serviço público, a semana começa com um curso de capacitação, exclusivo para os gestores e líderes da Casa: Novas Estratégias de Liderança no período pós pandêmico, que começou hoje (3) e se encerra na próxima quarta-feira (5).

O curso é oferecido pela Escola da Assembleia através da plataforma zoom e os servidores fizeram suas inscrições pelo aplicativo da Escola. “Pensamos na oficina com o intuito de capacitarmos os gestores do Legislativo, e que eles possam refletir sobre a mudança de comportamento que está por vir. Neste novo cenário os gestores devem estimular a participação e autonomia de sua equipe, além de incentivar e apoiar o desenvolvimento individual”, destaca o coordenador de Gestão de Pessoas do Legislativo, Thyago Cortez.

O curso está sendo ministrado pelo consultor organizacional Flávio Emílio, mestre em administração de RH, mentor de carreiras e uma referência na área de gestão. Para o diretor da Escola da Assembleia, professor João Maria de Lima, a capacitação vem ao encontro do cenário diferenciado: “Iremos retomar os trabalhos e a volta será num cenário mudado, vamos estrear no ano praticamente, porque em março as atividades presenciais foram suspensas. É importante nesse momento rever alguns conceitos e o cenário social hoje exige mais do que nunca de nós líderes um papel atuante, de envolvimento, para fazermos a Casa andar de forma ainda mais célere”, afirma.

Nelter Queiroz solicita recursos para instalação de academia da terceira idade em Campo Grande

O deputado Nelter Queiroz (MDB) apresentou requerimento, na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, solicitando ao Governo do Estado a viabilização de convênio e o envio de recursos para o município de Campo Grande visando a instalação de academia da terceira idade na comunidade Caiana.

Conforme o parlamentar, trata-se de um pleito de grande importância. “A demanda em questão tem especial necessidade de atendimento, visto que será mais um equipamento público que proporcionará melhores condições de saúde à população residente na comunidade Caiana. Desta forma, solicito sensibilidade do Governo do Estado para viabilizar este pleito o quanto antes”, informou.

Rio Grande do Norte começa agosto com menor índice de isolamento social do país

Praia de Ponta Negra, em Natal, tem barracas e mesas abertas na areia neste domingo (2) — Foto: Lucas Cortez/Inter TV Cabugi

O Rio Grande do Norte registrou o menor índice de isolamento social entre todos os estados brasileiros, no último sábado, 1º de agosto, com apenas 37,64% da população em casa. No domingo (2), a taxa subiu para 45,17% – ainda assim, o resultado potiguar ficou entre os três piores do país.

Os números fazem parte do levantamento da empresa de tecnologia In Loco, que realiza um acompanhamento nacional sobre o assunto, com base em dados de 60 milhões de brasileiros, usuários de vários aplicativos de smartphones.

Levantamento aponta RN com pior índice de isolamento social do país, no sábado (1º) — Foto: Reprodução

Levantamento aponta RN com pior índice de isolamento social do país, no sábado (1º) — Foto: Reprodução

De acordo com o mapa criado pela empresa, o isolamento registrado no sábado ficou próximo ao de estados como Maranhão (37,72%), Tocantins (37,89%) e Paraíba (37,9%). Já as maiores taxas de isolamento do país ficaram com Piauí (44,52%), Acre (43,22%), Rio Grande do Sul (41,93%), e Espírito Santo (41,74%).

G1RN

Com o aumento da taxa registrado no domingo (2), em todo o país, o estado teve índice um pouco maior que Paraíba (45,02%) e Maranhão (43,92%). Apesar disso, seguiu perto do fim do ranking de isolamento, distante dos melhores resultados, registrados em Santa Catarina (50,26%) e Piauí (49,99%).

Nesta segunda-feira (3), o secretário de Saúde do Estado, Cipriano Maia, afirmou que é preciso que a população se conscientize de que o coronavírus ainda não foi controlado e que deve continuar seguindo as recomendações de só sair em caso de necessidade, por exemplo. A declaração foi dada ao Bom Dia RN, da Inter TV Cabugi.

Cipriano ainda afirmou que a continuidade do processo de reabertura econômica, depende da manutenção do isolamento social e de taxas de ocupação de leitos e transmissibilidade baixas. Ou isso, ou o estado poderia entrar em “lockdown”, segundo ele.

Prefeito do Assú omite dados do COVID-19 e nega transparência a população

A maioria das prefeituras do Brasil que possuem a taxa entre média e alta de disseminação do novo corona vírus, adotaram o máximo de transparência sobre a evolução da doença nas suas cidades. Porém, o prefeito do Assú, Gustavo Soares, faz o contrário, omite dados e nega a população, o direito de saber o cenário real da doença na cidade, para que sejam adotadas medidas de combate mais eficazes.

Um gestor que se preze e tenha amor pela vida das pessoas, divulga diariamente o boletim, e detalha o máximo que puder. Na cidade do Assú, a gestão de Gustavo comete falhas consecutivas e absurdas, como por exemplo, o fato deles não divulgarem o avanço da doença por bairros e comunidades rurais. Pois, o acesso aos dados são tão importantes, que seria possível adequar ações e agir com mais efetividade nos locais em que o crescimento da doença é mais acentuado.

Todo o estado do RN sabe da incompetência do prefeito Gustavo e sua gestão, mas o que causa espanto é que o prefeito é médico, e prefere omitir dados e deixar a população vulnerável a esse vírus que está dizimando famílias em todo o mundo, e ao mesmo tempo que escolhe omitir, ele escolhe também ser o único responsável pelo avanço significativo da doença e das mortes que acontecerem em razão desse vírus.

Guedes defende zerar contribuição patronal sobre mínimo em troca de ‘nova CPMF’

O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse à CNN que o governo pretende zerar a contribuição patronal ao INSS sobre remunerações de até um salário mínimo. A medida seria uma das compensações à “contribuição sobre pagamentos eletrônicos”, novo tributo nos moldes da antiga CPMF que a equipe econômica quer criar na reforma tributária.

O discurso de Guedes é de que a proposta de mudança no pagamento de tributos do governo não acarretará aumento de impostos. “Vamos simplificar e reduzir os impostos. Quem não paga vai pagar. Quando todos pagam, pagamos menos”, argumentou o ministro. “Não haverá aumento de impostos.”

Segundo Guedes, a contribuição sobre pagamentos eletrônicos poderá possibilitar ainda a redução de impostos cobrados de empregadores sobre a folha de pagamentos para outras faixas salariais, bem como reduzir o IPI (Imposto sobre Produtos Industrializados) para alguns setores e até aumentar a faixa de isenção do Imposto de Renda.

“Como reduzir IPI? Como reduzir impostos sobre baixos salários aumentando a faixa de isenção? Contribuição sobre pagamentos eletrônicos, ampliando a base de contribuintes”, disse Guedes. Para ele, o tributo não significará aumento de impostos, pois a “arrecadação vai ser a mesma”. “Quem não pagava vai pagar, para que todos paguem menos”.

Leia maisGuedes defende zerar contribuição patronal sobre mínimo em troca de ‘nova CPMF’

Dólar cai pelas tabelas e pode levar o juro brasileiro junto

Dólar a R$ 5 já foi motivo de meme. Agora, além do Banco Central e dos povos dos mercados, pouca gente fala no assunto, talvez porque faltem reais até para os remediados, porque os importados sumiram dos supermercados de bairro rico, dada a carestia, e porque não se pode viajar para fora.

De março a junho, a despesa dos brasileiros com viagens internacionais foi de US$ 1,25 bilhão. No mesmo período do ano passado, de US$ 5,8 bilhões. No tempo em que “empregada doméstica ia para Disneylândia, uma festa danada”, segundo Paulo Guedes, o gasto era de US$ 8 bilhões (em 2013 e 2014).

Mas o assunto aqui não é a mentalidade doméstica do ministro da Economia e sim o dólar, que cai pelas tabelas.

Leia maisDólar cai pelas tabelas e pode levar o juro brasileiro junto

Festas clandestinas acontecem em meio à pandemia pelo país

“É uma festa, amigo, fechada… que eu tô fazendo, entendeu? Vou levar umas amigas, presença… Aí se você quiser ‘encostar’ eu separo um sofá pra você. Vai rolar funk, pagode, começa às nove da noite e vai até seis da manhã”.

A mensagem é do promotor de um baile clandestino que fica na zona Sul de São Paulo. O homem promete levar mais de cinquenta mulheres convidadas e negocia valores de camarote como se as regras da pandemia não existissem. O próprio flyer improvisado pra divulgar o evento no Instagram assume a palavra “clandestino”.

O evento está agendado pra este sábado, 1º de agosto e é mais um dos muitos semelhantes que tem acontecido pelo Brasil, furando a quarentena, desrespeitando as regras de isolamento social e ignorando os contornos da pandemia do novo coronavírus.

Em Alvorada, no Rio Grande do Sul, o evento clandestino descoberto pela polícia tinha até flyer. No “Jantar dos Solteiros”, as entradas custaram R$12 e o cardápio tinha galeto, arroz, macarrão alho e óleo e salada. Os convidados poderiam consumir até seis latões de cerveja e uma dose de vodca, mas à polícia chegou antes da festa acabar.

Em São José dos Campos, no interior de São Paulo, as festas clandestinas tem acontecido em chácaras com portas fechadas e ingressos vendidos com antecedência. Os endereços são avisados de última hora pra evitar que a fiscalização bloqueie a entrada dos convidados ou desarticule a festa.

Leia maisFestas clandestinas acontecem em meio à pandemia pelo país

Bolsonaro volta a criticar governadores que pedem ajuda emergencial permanente

O presidente Jair Bolsonaro voltou a criticar neste domingo os governadores que defendem “auxílio emergencial permanente” de R$ 600 pagos a trabalhadores informais afetados financeiramente pela pandemia. Sem citar nomes, Bolsonaro disse que o mesmo governador que defende a medida quebrou seu estado.

— Alguns (governadores) estão defendendo auxílio emergencial indefinido. Esses mesmos que quebraram os estados deles, esse mesmo governador está defendendo o emergencial de forma permanente, só que, por mês, são R$ 50 bilhões. Vão arrebentar com a economia do Brasil — disse o presidente.

— Você sabe de quem eu estou falando.

Bolsonaro saiu guiando uma moto, na manhã deste domingo, da residência oficial do Palácio da Alvorada e foi até uma padaria no Lago Norte, bairro nobre de Brasília. No local, o presidente também comentou que em setores de alimentação, como padarias, o reflexo da crise com a pandemia é pequeno.

Leia maisBolsonaro volta a criticar governadores que pedem ajuda emergencial permanente

PUXA-ENCOLHE: Deputado George Soares é quem anuncia candidatura do fantoche prefeito do Assú

O deputado estadual do RN que mais gosta de uma boquinha, George Soares, resolveu dar o ar da graça em entrevista na terra dos poetas, depois de chorar muito em entrevista anterior anunciando a desistência do irmão no projeto de reeleição pela Prefeitura do Assú. E hoje, anunciou que ele será sim o candidato do grupo, o mesmo grupo que elegeu George para deputado em 2018.

O fantoche é uma forma particular de marionete, uma pessoa sem vontade própria que é manipulada por outro, e isso é o que representa bem o papel do prefeito Gustavo Soares. O prefeito é obrigado pelo irmão a ser candidato a reeleição, e isso fica bem claro quando o seu irmão e deputado George Soares, vai a rádio tanto para anunciar a desistência do irmão, como vai sozinho a mesma rádio para anunciar que o irmão vai ser candidato a prefeito de novo.

O fato de Gustavo não ter participado, mostra que ele não está à vontade com essa decisão autoritária do irmão, que insiste em mantê – lo como candidato mesmo contra a sua vontade, e tem criado situações constrangedoras. Toda essa situação pode soar bem para a população? Um candidato que não fala e sempre tem alguém que fala por ele, e o mais triste, faz uma politicagem coronelista sebosa, que tem causado a destruição pouco a pouco da nossa cidade, que está abandonada, e sem uma mão forte que lidere e resolva os problemas que afligem a população.

A crise no grupo em Assú liderado pelo deputado George Soares só piora a cada dia, pois com conduta de coronel, ele tem ditado mais e mais ordens, o que nem sempre tem o aval de seus aliados, principalmente quando ele vai a rádio, e age como se fosse o prefeito de fato, e enquanto isso, o prefeito de direito se esconde do povo, porque não aguenta a rejeição e cobrança diariamente.

Dr. Bernardo solicita equipamentos hospitalares para Fernando Pedroza

A estrutura de saúde no município de Fernando Pedroza tem sido insuficiente para a estabilização de pacientes acometidos pelo novo coronavírus. É o que afirma o deputado Dr. Bernardo (Avante), que encaminhou requerimento ao Governo do Estado solicitando a disponibilização de equipamentos para a área da saúde na cidade.

Segundo Dr. Bernardo, a necessidade, neste momento, é de um ventilador pulmonar de transporte, um monitor multiparâmetros, duas bombas de infusão, um desfibrilador, além de um carro de emergência e uma cama hospitalar tipo fawler, mecânica. O objetivo é que, com esses equipamentos, seja montado um leito de estabilização para pacientes sintomáticos da Covid-19 que estejam em situação grave e precisem de cuidados emergenciais.

“Recebemos um ofício da Prefeitura de Fernando Pedroza solicitando a doação dos equipamentos listados para efetuar a montagem de um leito de estabilização até que seja garantida uma vaga pelo sistema de regulação. O município foi habilitado pelo Ministério da Saúde com um Centro de Enfrentamento Covid-19 e precisa com urgência dessa estrutura”, justifica o deputado.

Presidente do STJ chama jornalistas de analfabetos por reportagens sobre Queiroz

O presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), João Otávio de Noronha, chamou jornalistas de “analfabetos” nesta sexta-feira (31). A ofensiva aconteceu após sua decisão de conceder prisão domiciliar ao ex-assessor de Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ), Fabrício Queiroz e sua esposa Márcia Oliveira, enquanto ainda estava foragida.

“Os analfabetos jornalistas, que mal sabem versar uma palavra de direito, criticam decisões cujos fundamentos não leram”, disse Noronha, em palestra durante congresso realizado pela Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

“Eu sabia que seria criticado pela imprensa ao decidir o caso famoso, mas não podia me furtar de decidir. Há juízes no Brasil”, defendeu o ministro. Durante sua fala ele não chegou a citar o nome do preso beneficiado por sua decisão e alvo das matérias.

João Otávio de Noronha concedeu prisão domiciliar para Queiroz no último dia 9. A decisão atendeu em partes ao pedido da defesa, que embora tenha deixado a penitenciária de Bangu, no Rio de Janeiro, está cumprindo algumas medidas restritivas, como a utilização de tornozeleira eletrônica e a impossibilidade de ter contato com pessoas investigadas no caso das rachadinhas.

Leia maisPresidente do STJ chama jornalistas de analfabetos por reportagens sobre Queiroz

Donald Trump anuncia que vai banir TikTok nos Estados Unidos

O presidente Donald Trump anunciou que vai assinar neste sábado, 1, uma ordem executiva para banir o aplicativo TikTok dos Estados Unidos.

A proibição seria o ápice das preocupações dos EUA quanto à segurança dos dados pessoais de usuários do TikTok. A ação do presidente americano deve abalar a empresa ByteDance, dona do aplicativo, que se tornou um dos poucos conglomerados globais chineses graças ao sucesso comercial do TikTok.

“Com relação ao TikTok, vamos bani-lo dos Estados Unidos… Vou assinar o documento amanhã”, disse Trump a repórteres no Air Force One.

Nesta sexta-feira, a agência de notícias Bloomberg divulgou que Trump pretendia obrigar a ByteDance a vender as operações da rede social nos EUA como uma condição para o aplicativo continuar funcionando no país. Autoridades americanas acreditam que os dados pessoais de usuários do TikTok, que tem 1 bilhão de usuários em todo o mundo, são utilizados pela inteligência chinesa para espionagem. A empresa nega qualquer vínculo com o governo de Pequim.

Leia maisDonald Trump anuncia que vai banir TikTok nos Estados Unidos

Kleber Rodrigues requer obras de recapeamento asfáltico para a Região da Grande Natal

Pensando em proporcionar mais conforto e segurança aos motoristas que trafegam pelas estradas da Região da Grande Natal, o deputado Kleber Rodrigues (PL) apresentou requerimentos solicitando ao Governo do Estado e ao Departamento de Estradas de Rodagens (DER), o início da Operação Tapa-Buraco na RN-269, trecho entre Barra de Cunhaú até o posto 101 no município de Canguaretama.

“É urgente à necessidade da realização dessa obra, por se tratar de acesso importante nos municípios citados. Além disso, garante a segurança e a vida dos que trafegam diariamente naquele trecho e irá contribuir para o desenvolvimento local, por ser uma via de importante acesso para os comerciantes locais, bem como importante acesso de turismo”, justificou.

O deputado solicitou ainda que a Operação Tapa-Buracos beneficie o trecho entre os municípios de Vila Flor e Canguaretama. “A recuperação desse trecho é de suma importância, pois, além de garantir a segurança dos que trafegam cotidianamente, reduz o número de vítimas em acidentes de trânsito naquela localidade”, ressaltou.

Outra solicitação de Kleber Rodrigues foi o recapeamento asfáltico no trecho entre os municípios da BR-101 passando por Pedro Velho, Montanhas a Nova Cruz. “Os motoristas que trafegam por esse trecho estão tendo vários prejuízos com seus veículos e necessitam desse benefício”, destacou.

Outro trecho da BR-101 que deverá ser beneficiado com o pedido do deputado Kleber Rodrigues é entre os municípios de Passe e Fica e Serra de São Bento. “Todos esses pedidos já foram direcionados ao Governo do Estado que deverá iniciar os trabalhos de tapa buraco nos próximos dias. Agora é aguardar que as nossas solicitações sejam atendidas e que a população dessa região seja beneficiada”, disse.

Getúlio Rêgo pede melhorias para a estrutura do 11º Batalhão da Polícia Militar

O deputado Getúlio Rêgo (DEM) solicitou providências urgentes ao Governo do Estado para melhorar a estrutura física e as condições de trabalho dos policiais militares do 11º Batalhão, localizado em Macaíba.

De acordo com o parlamentar, os policiais estão trabalhando em um ambiente insalubre, sem a mínima condição de trabalho e com insuficiência de equipamentos para o pleno atendimento à população.

“Existe uma necessidade latente de recuperar e revitalizar o prédio onde funciona o 11º Batalhão da Polícia Militar e de disponibilizar os equipamentos, como coletes, munições dentro do prazo de validade, além da renovação do armamento utilizado”, disse Getúlio reforçando que também é preciso aparelhar as viaturas e viabilizar combustível suficiente para realizar as atividades, a fim de oferecer condições favoráveis ao trabalho dos policiais militares.

error: Content is protected !!
%d blogueiros gostam disto: