Vice-presidente tenta acordo para votar projeto sobre assédio moral no trabalho

O 1º vice-presidente da Câmara, deputado Fábio Ramalho (PMDB-MG), está tentando construir um acordo com os líderes partidários para garantir as votações no Plenário na manhã desta quinta-feira.

Estão na pauta da sessão extraordinária quatro projetos de decreto legislativo (PDCs) que tratam de acordos assinados entre o Brasil e outros países. Também está na pauta o Projeto de Lei 4742/01, que tipifica o crime de assédio moral no trabalho.
O líder do PDT, deputado Weverton Rocha (MA), já informou que o partido vai obstruir a sessão e deve pedir verificação de quórum tão logo seja possível. Até o momento, 273 deputados marcaram presença, número suficiente para iniciar a Ordem do Dia.

Antes da sessão extraordinária, o Plenário vai realizar uma sessão solene para homenagear o Dia do Trabalho. A solene começa em instantes.

Deixe um comentário