PGR pede a STF para desmembrar inquérito de Geddel

Geddel Vieira Lima vai para prisão domiciliar

A PGR enviou ao Supremo um parece favorável ao desmembramento do inquérito aberto para investigar as incontáveis trapaças dos irmãos Lucio e Geddel Vieira Lima, o homem de 51 milhões de reais.

Se o relator do caso, Edson Fachin, acolher o pleito da procuradoria, o processo de Geddel correrá na 1ª instância e o de Lucio, que é deputado federal, no STF. As informações são da revista VEJA.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: