Operação da PF desarticula esquema de fraude em poupanças da Caixa

SÃO PAULO, SP, 11.03.2017: GOVERNO-FGTS – Agência bancária da Caixa Econômica Federal, no Centro de São Paulo, abre em esquema de plantão neste sábado (11), para que seja realizado saque do dinheiro das contas inativas do FGTS (Foto: Nelson Antoine/AGIF/Folhapress)

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (15) operação para desarticular grupo criminoso que roubava dinheiro de contas poupança da Caixa Econômica Federal com grandes saldos, falsificando documentos de clientes e contando com o apoio de ao menos um funcionário do banco, informou a PF em comunicado.

Como parte da chamada operação Duas Caras, cerca de 150 policiais cumprem 23 mandados de busca e apreensão, 6 de prisão preventiva, 7 de prisão temporária, 6 de sequestro de bens e 1 de suspensão do exercício de função pública, nos Estados do Paraná, Santa Catarina e Paraíba.

Os suspeitos, que incluem um funcionário ativo do banco, são acusados de crimes como furto e estelionato qualificado, peculato, uso de documento falso, falsificação de documento público e associação criminosa, segundo a PF. As informações são da Agência Reuters.

“O funcionário suspeito pesquisava e identificava contas poupança de clientes do banco com grandes saldos e que não apresentava histórico de retiradas, repassando os dados dos clientes ao líder do grupo criminoso investigado”, afirmou a Polícia Federal.

Com os dados roubados, os suspeitos se passavam pelos clientes e informavam à Caixa a falsa perda do cartão bancário, requisitando um novo envio. Em seguida, retiravam os cartões em centros de distribuição dos Correios usando documentos falsos e começavam uma série de saques nos caixas eletrônicos, compras e transferências, até que o dinheiro nas contas se esgotasse ou que o crime fosse descoberto, segundo a polícia.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: