Maia é aconselhado a frear defesa da pauta econômica

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), foi aconselhado a diminuir a intensidade do apoio à agenda econômica e à pauta reformista do governo, ao menos enquanto o fantasma da nova denúncia pairar sobre a cabeça de Michel Temer.

Para aliados, neste momento, o figurino de defensor de propostas liberais deve sair de cena para dar lugar ao de um personagem isento.

Principal beneficiário de eventual queda do peemedebista, Maia avisou que ficará “mais quieto do que nunca”. As informações são da coluna Painel, Folha de São Paulo.

Deixe um comentário

%d blogueiros gostam disto: