Agência ligada a publicitário de Temer entra em licitação do Planalto após desclassificação de rival

O resultado da concorrência de propaganda da Presidência sofreu uma reviravolta. A DPZ, agência que havia se qualificado em terceiro lugar, foi desclassificada pela comissão de licitação.

Com isso, abriu lugar para uma outra empresa, a Calia, cujo principal sócio é Gustavo Mouco, irmão do publicitário e consultor do presidente Michel Temer, Elsinho Mouco. A DPZ já avisou que vai recorrer.

Elsinho disse que foi pego de surpresa. “A DPZ cometeu um erro documental. Poderá recorrer.” As informações são da coluna Painel, da Folha de São Paulo

Deixe um comentário